Intertextualidade

3.714 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.714
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
735
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide
  • ALUSÃO
  • Intertextualidade

    1. 1. Língua PortuguesaINTERTEXTUALIDADE E IMAGEM Profa. Angélica 1
    2. 2. 2
    3. 3. - Intertexto no registro visual.-Textos de linguagem não verbal.- Uma imagem, um vídeo, uma canção, umdesenho animado também são compreendidoscomo textos. 3
    4. 4. DIÁLOGOS POSSÍVEIS ALUSÃO (INTERTEXTUALIDADE EXPLÍCITA OU IMPLÍCITA (CO-PRESENÇA) PARÓDIA, PASTICHE, TRAVESTIMENTO BURLESCO, DERIVAÇÃO(RETOMADA PARA DIFERENTES FORMAS E PROPÓSITOS) 4
    5. 5. ALUSÃO OU MENÇÃO•REFERÊNCIA EXPLÍCITA OU IMPLÍCITA AUMA OBRA DE ARTE, UM FATO HISTÓRICOOU UM AUTOR.•TERMO DE COMPARAÇÃO QUE APELAPARA A CAPACIDADE DE ASSOCIAÇÃO DEIDEIAS DO “LEITOR”. 5
    6. 6. ALUSÃO 6
    7. 7. PARÓDIA 7
    8. 8. ALUSÕES 8
    9. 9. 9
    10. 10. 10
    11. 11. BOTTERO 11
    12. 12. SALVADOR DALI 12
    13. 13. BASQUIAT 13
    14. 14. PSICOSE 14
    15. 15. VELAZQUEZ E PICASSO 15
    16. 16. Alusão 16
    17. 17. 17
    18. 18. ETS 18
    19. 19. PARODÍSTICAS 19
    20. 20. 20
    21. 21. 21
    22. 22. 22
    23. 23. MONAS 23
    24. 24. 24
    25. 25. 25
    26. 26. 26
    27. 27. 27
    28. 28. 28
    29. 29. 29
    30. 30. 30
    31. 31. 31
    32. 32. 32
    33. 33. 33
    34. 34. 34
    35. 35. 35
    36. 36. 36
    37. 37.  WIKIPEDIA 37
    38. 38. 38
    39. 39. Se você quer a “casabranca”… 39
    40. 40. 40
    41. 41. Referências bibliográficas BEUGRAND, R.A. e DRESSLER, W. Intertextuality. In: Introduction to Text Linguistics, Londres: Longman, 1981, pp.182-208. KOCH, I.G.V. Intertextualidade como fator de textualidade. Cadernos Puc- 22, 1986, pp.39-46. __________ , Bentes, A. C. & Cavalcante, M. Intertextualidade: Diálogos possíveis. São Paulo, Cortez, 2007. KRISTEVA, J. Introdução à semanálise. São Paulo: Perspectiva, 1974. VIGNER, G. Intertextualidade, norma e legibilidade. In: GALVES, C. (Org.) O texto: escrita e leitura. Campinas: Pontes, 1988, pp 31- 37. 41

    ×