SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
Baixar para ler offline
Estrutura de uma planta: a Raiz
Fonte: http://tigreepantera.pt/blog/2014/03/raizes/
Classificação das raízes
Que diferenças existem entre as seguintes raízes?
Fonte: http://homeguides.sfgate.com/
Classificação das raízes
 As raízes apresentam ramificações e
espessuras diferentes.
 Umas são muito ramificadas, outras são
pouco ramificadas.
 Umas são muito espessas (porque
armazenam substâncias de reserva), outras
são pouco espessas.
Classificação das raízes
 A ramificação e a espessura permitem
classificar as raízes quanto à forma em:
o Raízes aprumadas
o Raízes fasciculadas
o Raízes aprumadas tuberculosas
o Raízes fasciculadas tuberculosas
Classificação das raízes
o Raízes aprumadas:
apresentam uma
ramificação principal de
onde saem algumas
ramificações secundárias,
mais finas.
Fonte:
http://www.penafielsul.com/naveg
ar_quiz/ciencias/plantas_lim/
Classificação das raízes
o Raízes aprumadas
Dente-de-leão
Fonte:
http://plantaservasmedicinal.blogspot.pt/20
13/01/agriao-verdura-de-sabor-
ligeiramente.html
Couve
Fonte:
http://www.smartgardener.com/plants/5
65-kale-red-russian/pests/541-
cabbage-root-maggot
Classificação das raízes
o Raízes fasciculadas:
apresentam um conjunto
de raízes todas
semelhantes, que partem
do mesmo ponto.
Alface
Fonte: http://homeguides.sfgate.com/harvest-
hydroponic-lettuce-roots-45857.html
Classificação das raízes
o Raízes fasciculadas
Alho
Fonte: http://verdepordendro.blogspot.pt/
Tomateiro
Fonte:
http://www.ourveggiegarden.com/IntroPl
ants.html
Classificação das raízes
o Raízes aprumadas
tuberculosas: raízes
espessas, com raiz
principal de onde saem
algumas ramificações
secundárias.
Cenoura
Fonte:
http://porchsidegardening.wordpress.com/
2013/07/25/chameleon-carrots/
Classificação das raízes
o Raízes aprumadas tuberculosas
Nabo
Fonte:
http://cultivehortaorganica.blogspot.pt/2013/07/cul
tivo-organico-de-hortalicas-raizes.html
Rabanete
Fonte: http://hortas.info/como-plantar-rabanete
Classificação das raízes
o Raízes fasciculadas
tuberculosas: raízes
espessas, com um feixe
de raízes muito
idênticas.
Mandioca
Fonte:
http://marianapfroes.blogspot.pt/2010/11
/coma-ate-o-caule.html
Classificação das raízes
o Raízes fasciculadas tuberculosas
Batata-doce
Fonte:
http://adeliomartins.blogspot.pt/2013_11_01_archiv
e.html
Dália
Fonte:
http://www.morrisnursery.com/information/archi
ve.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Caule
CauleCaule
Caule
 
Classif
ClassifClassif
Classif
 
Morfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com florMorfologia das plantas com flor
Morfologia das plantas com flor
 
Plantas: Caule
Plantas: CaulePlantas: Caule
Plantas: Caule
 
Apresentação plantas
Apresentação plantasApresentação plantas
Apresentação plantas
 
Folha
FolhaFolha
Folha
 
Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule Morfologia Vegetal - Caule
Morfologia Vegetal - Caule
 
Folhas e flores
Folhas e floresFolhas e flores
Folhas e flores
 
Anatomia do Fruto e da Semente
Anatomia do Fruto e da SementeAnatomia do Fruto e da Semente
Anatomia do Fruto e da Semente
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
3 flor
3 flor3 flor
3 flor
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FolhaSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Folha
 
Folhas
FolhasFolhas
Folhas
 
Plantas
PlantasPlantas
Plantas
 
Estudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- BiologiaEstudo das Folhas- Biologia
Estudo das Folhas- Biologia
 
Angiospermas
AngiospermasAngiospermas
Angiospermas
 
Reprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com florReprodução de plantas com flor
Reprodução de plantas com flor
 
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre FloresSlides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
Slides da aula de Biologia (Renato) sobre Flores
 

Semelhante a Estrutura Raiz Classificação

212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdfveraalvesmatmar
 
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdfveraalvesmatmar
 
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1Albano Novaes
 
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raizrrodrigues57
 
Mateus, michel e adriele 6ª m1
Mateus, michel e adriele  6ª m1Mateus, michel e adriele  6ª m1
Mateus, michel e adriele 6ª m1juninhowwave
 
Trabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízesTrabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízesjuninhowwave
 
Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerMatheus Yuri
 
Morfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mMorfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mle_firmino
 
1234886853 raiz
1234886853 raiz1234886853 raiz
1234886853 raizPelo Siro
 
2 gimnospermas
2   gimnospermas2   gimnospermas
2 gimnospermasRuiter123
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantasPaulo_Jorge
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantasPaulo_Jorge
 
Apresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhoApresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhogabrielcaitano
 
Apresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhoApresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhogabrielcaitno
 

Semelhante a Estrutura Raiz Classificação (20)

212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
 
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
212072789-diversidade-nas-plantas-5-º-ano.pdf
 
Raiz
RaizRaiz
Raiz
 
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
Ppoint.anatomia.vegetal.raiz.1
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz1 morfologia vegetal_raiz
1 morfologia vegetal_raiz
 
Mateus, michel e adriele 6ª m1
Mateus, michel e adriele  6ª m1Mateus, michel e adriele  6ª m1
Mateus, michel e adriele 6ª m1
 
Trabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízesTrabalho sobre raízes
Trabalho sobre raízes
 
As plantas
As plantasAs plantas
As plantas
 
Aula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth BergerAula 4 Prof. Guth Berger
Aula 4 Prof. Guth Berger
 
Morfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.mMorfologia vegetal 2o.m
Morfologia vegetal 2o.m
 
1234886853 raiz
1234886853 raiz1234886853 raiz
1234886853 raiz
 
Apresentação1
Apresentação1Apresentação1
Apresentação1
 
2 gimnospermas
2   gimnospermas2   gimnospermas
2 gimnospermas
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
Diversidade das plantas
Diversidade das plantasDiversidade das plantas
Diversidade das plantas
 
Apresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhoApresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalho
 
Apresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalhoApresentação2 trabalho
Apresentação2 trabalho
 

Mais de 00367p

Sistema reprodutor de uma ave
Sistema reprodutor de uma aveSistema reprodutor de uma ave
Sistema reprodutor de uma ave00367p
 
Revestimento do corpo das aves
Revestimento do corpo das avesRevestimento do corpo das aves
Revestimento do corpo das aves00367p
 
Morfologia interna de uma ave
Morfologia interna de uma aveMorfologia interna de uma ave
Morfologia interna de uma ave00367p
 
Reprodução dos Animais
Reprodução dos AnimaisReprodução dos Animais
Reprodução dos Animais00367p
 
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparação
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparaçãoSistemas circulatórios dos animais: uma comparação
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparação00367p
 
O sangue
O sangueO sangue
O sangue00367p
 
Revestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebradosRevestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebrados00367p
 
Formas dos animais
Formas dos animaisFormas dos animais
Formas dos animais00367p
 
Planta: folha
Planta: folhaPlanta: folha
Planta: folha00367p
 
Plantas caules2
Plantas caules2Plantas caules2
Plantas caules200367p
 
Plantas: Raiz
Plantas: RaizPlantas: Raiz
Plantas: Raiz00367p
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas00367p
 
Reino dos Animais
Reino dos AnimaisReino dos Animais
Reino dos Animais00367p
 
Categorias taxonómicas
Categorias taxonómicasCategorias taxonómicas
Categorias taxonómicas00367p
 
Classificação seres vivos
Classificação seres vivosClassificação seres vivos
Classificação seres vivos00367p
 
Célula animal e vegetal
Célula animal e vegetalCélula animal e vegetal
Célula animal e vegetal00367p
 
Como utilizar o microscópio
Como utilizar o microscópioComo utilizar o microscópio
Como utilizar o microscópio00367p
 
O Microscópio
O MicroscópioO Microscópio
O Microscópio00367p
 
Teoria celular
Teoria celularTeoria celular
Teoria celular00367p
 
Características dos seres vivos
Características dos seres vivosCaracterísticas dos seres vivos
Características dos seres vivos00367p
 

Mais de 00367p (20)

Sistema reprodutor de uma ave
Sistema reprodutor de uma aveSistema reprodutor de uma ave
Sistema reprodutor de uma ave
 
Revestimento do corpo das aves
Revestimento do corpo das avesRevestimento do corpo das aves
Revestimento do corpo das aves
 
Morfologia interna de uma ave
Morfologia interna de uma aveMorfologia interna de uma ave
Morfologia interna de uma ave
 
Reprodução dos Animais
Reprodução dos AnimaisReprodução dos Animais
Reprodução dos Animais
 
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparação
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparaçãoSistemas circulatórios dos animais: uma comparação
Sistemas circulatórios dos animais: uma comparação
 
O sangue
O sangueO sangue
O sangue
 
Revestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebradosRevestimento dos animais invertebrados
Revestimento dos animais invertebrados
 
Formas dos animais
Formas dos animaisFormas dos animais
Formas dos animais
 
Planta: folha
Planta: folhaPlanta: folha
Planta: folha
 
Plantas caules2
Plantas caules2Plantas caules2
Plantas caules2
 
Plantas: Raiz
Plantas: RaizPlantas: Raiz
Plantas: Raiz
 
Reino das Plantas
Reino das PlantasReino das Plantas
Reino das Plantas
 
Reino dos Animais
Reino dos AnimaisReino dos Animais
Reino dos Animais
 
Categorias taxonómicas
Categorias taxonómicasCategorias taxonómicas
Categorias taxonómicas
 
Classificação seres vivos
Classificação seres vivosClassificação seres vivos
Classificação seres vivos
 
Célula animal e vegetal
Célula animal e vegetalCélula animal e vegetal
Célula animal e vegetal
 
Como utilizar o microscópio
Como utilizar o microscópioComo utilizar o microscópio
Como utilizar o microscópio
 
O Microscópio
O MicroscópioO Microscópio
O Microscópio
 
Teoria celular
Teoria celularTeoria celular
Teoria celular
 
Características dos seres vivos
Características dos seres vivosCaracterísticas dos seres vivos
Características dos seres vivos
 

Último

A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...Unidad de Espiritualidad Eudista
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLaseVasconcelos1
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREIVONETETAVARESRAMOS
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...nexocan937
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxAntonioVieira539017
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxGislaineDuresCruz
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terraBiblioteca UCS
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoCelianeOliveira8
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxHlioMachado1
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfmarialuciadasilva17
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdfCarlosRodrigues832670
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaeliana862656
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas BrasileirosMary Alvarenga
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaFernanda Ledesma
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.HildegardeAngel
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãodanielagracia9
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAEdioFnaf
 

Último (20)

A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
A Unidade de Espiritualidade Eudista se une ao sentimiento de toda a igreja u...
 
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdfLinguagem verbal , não verbal e mista.pdf
Linguagem verbal , não verbal e mista.pdf
 
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTREVACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
VACINAR E DOAR, É SÓ COMEÇAR - - 1º BIMESTRE
 
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
Minha Luta (Mein Kampf), A História do País que Lutou contra a União Soviétic...
 
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptxQUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
QUIZ – GEOGRAFIA - 8º ANO - PROVA MENSAL.pptx
 
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025Os Ratos  -  Dyonelio Machado  FUVEST 2025
Os Ratos - Dyonelio Machado FUVEST 2025
 
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptxAULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
AULA-06---DIZIMA-PERIODICA_9fdc896dbd1d4cce85a9fbd2e670e62f.pptx
 
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terraSistema de Bibliotecas UCS  - A descoberta da terra
Sistema de Bibliotecas UCS - A descoberta da terra
 
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e femininoGametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
Gametogênese, formação dos gametas masculino e feminino
 
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptxRevolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
Revolução Industrial - Revolução Industrial .pptx
 
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdfTIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
TIPOS DE DISCURSO - TUDO SALA DE AULA.pdf
 
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdforganizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
organizaao-do-clube-de-lideres-ctd-aamar_compress.pdf
 
Apreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escritaApreciação crítica -exercícios de escrita
Apreciação crítica -exercícios de escrita
 
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona  - Povos Indigenas BrasileirosMini livro sanfona  - Povos Indigenas Brasileiros
Mini livro sanfona - Povos Indigenas Brasileiros
 
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão LinguísticaA Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
A Inteligência Artificial na Educação e a Inclusão Linguística
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptxSlides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
Slides Lição 01, Central Gospel, Os Sinais do Fim dos Tempos 2Tr24.pptx
 
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
LIVRO A BELA BORBOLETA. Ziraldo e Zélio.
 
atividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetizaçãoatividades diversas 1° ano alfabetização
atividades diversas 1° ano alfabetização
 
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZAAVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
AVALIAÇÃO INTEGRADA 1ª SÉRIE - EM - 1º BIMESTRE ITINERÁRIO CIÊNCIAS DAS NATUREZA
 

Estrutura Raiz Classificação

  • 1. Estrutura de uma planta: a Raiz Fonte: http://tigreepantera.pt/blog/2014/03/raizes/
  • 2. Classificação das raízes Que diferenças existem entre as seguintes raízes? Fonte: http://homeguides.sfgate.com/
  • 3. Classificação das raízes  As raízes apresentam ramificações e espessuras diferentes.  Umas são muito ramificadas, outras são pouco ramificadas.  Umas são muito espessas (porque armazenam substâncias de reserva), outras são pouco espessas.
  • 4. Classificação das raízes  A ramificação e a espessura permitem classificar as raízes quanto à forma em: o Raízes aprumadas o Raízes fasciculadas o Raízes aprumadas tuberculosas o Raízes fasciculadas tuberculosas
  • 5. Classificação das raízes o Raízes aprumadas: apresentam uma ramificação principal de onde saem algumas ramificações secundárias, mais finas. Fonte: http://www.penafielsul.com/naveg ar_quiz/ciencias/plantas_lim/
  • 6. Classificação das raízes o Raízes aprumadas Dente-de-leão Fonte: http://plantaservasmedicinal.blogspot.pt/20 13/01/agriao-verdura-de-sabor- ligeiramente.html Couve Fonte: http://www.smartgardener.com/plants/5 65-kale-red-russian/pests/541- cabbage-root-maggot
  • 7. Classificação das raízes o Raízes fasciculadas: apresentam um conjunto de raízes todas semelhantes, que partem do mesmo ponto. Alface Fonte: http://homeguides.sfgate.com/harvest- hydroponic-lettuce-roots-45857.html
  • 8. Classificação das raízes o Raízes fasciculadas Alho Fonte: http://verdepordendro.blogspot.pt/ Tomateiro Fonte: http://www.ourveggiegarden.com/IntroPl ants.html
  • 9. Classificação das raízes o Raízes aprumadas tuberculosas: raízes espessas, com raiz principal de onde saem algumas ramificações secundárias. Cenoura Fonte: http://porchsidegardening.wordpress.com/ 2013/07/25/chameleon-carrots/
  • 10. Classificação das raízes o Raízes aprumadas tuberculosas Nabo Fonte: http://cultivehortaorganica.blogspot.pt/2013/07/cul tivo-organico-de-hortalicas-raizes.html Rabanete Fonte: http://hortas.info/como-plantar-rabanete
  • 11. Classificação das raízes o Raízes fasciculadas tuberculosas: raízes espessas, com um feixe de raízes muito idênticas. Mandioca Fonte: http://marianapfroes.blogspot.pt/2010/11 /coma-ate-o-caule.html
  • 12. Classificação das raízes o Raízes fasciculadas tuberculosas Batata-doce Fonte: http://adeliomartins.blogspot.pt/2013_11_01_archiv e.html Dália Fonte: http://www.morrisnursery.com/information/archi ve.html