Cidade Digital Rent

1.157 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.157
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
77
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cidade Digital Rent

  1. 2. Construindo uma Cidade Digital
  2. 3. <ul><li>Estabelecer um espaço de exercício da cidadania; </li></ul><ul><li>Permitir a manifestação política e cultural; </li></ul><ul><li>Possibilitar a comunicação entre a administração pública e os cidadãos; </li></ul><ul><li>Criar um acervo de informações diferentes sobre a cidade; </li></ul><ul><li>Fortalecer os laços sociais entre os moradores. </li></ul>Objetivos Dentre os objetivos de uma cidade digital podemos citar:
  3. 4. Benefícios <ul><li>GOVERNO : modernização da administração pública, com a integração, via computador, de todas as entidades diretas e indiretas; integração das estruturas tributária, financeira e administrativa; aumento da arrecadação tributária; melhoria da fiscalização; acesso mais imediato às informações e serviços; comunicação via VoIP (voz sobre o protocolo de Internet). </li></ul><ul><li>CIDADANIA : instalação de telecentros a custos reduzidos; disseminação de terminais para consultas e reclamações por parte dos cidadãos; acesso à Internet para os cidadãos, produção de conhecimento. </li></ul><ul><li>EDUCAÇÃO : integração das escolas a outras instituições de pesquisa e ensino; laboratórios de informática; acesso a acervos de livros e documentos históricos; capacitação dos professores. </li></ul>
  4. 5. <ul><li>SAÚDE : gestão integrada dos centros de assistência à saúde; interligação com serviços de emergência como o Corpo de Bombeiros e a Defesa Civil; uso de novas tecnologias, tais como videoconferência e telemedicina. </li></ul><ul><li>SEGURANÇA : interligação via computadores de órgãos como as polícias Civil e Militar e o Corpo de Bombeiros; instalação de câmeras de vigilância via Internet em pontos mais vulneráveis da cidade. </li></ul><ul><li>ECONOMIA : acesso à Internet sem fio para pequenos empresários; comunicação mais barata com entidades de classe ou empresários de outra cidade/região através da Internet ou da telefonia VoIP; incentivo ao turismo. </li></ul>Benefícios
  5. 6. <ul><li>Intranet Municipal </li></ul><ul><li>Integração da rede de computadores dos órgãos governamentais </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Reduzir custos de acesso à Internet e aos sistemas centralizados </li></ul><ul><li>Controle de conteúdo e segurança da informação </li></ul>Projetos
  6. 7. <ul><li>Telefonia VoIP </li></ul><ul><li>Integração da rede telefonia dos serviços municipais </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Eliminar custo com ligações entre órgãos governamentais </li></ul><ul><li>Centralizar centrais e linhas telefônicas </li></ul><ul><li>Melhor negociação com as Operadoras </li></ul><ul><li>Reduzir custos de ligações DDD ou DDI </li></ul>Projetos
  7. 8. Projetos <ul><li>Segurança </li></ul><ul><li>Vídeomonitoramento </li></ul><ul><li>Integração com carros de polícia para operações especiais </li></ul><ul><li>Acesso a Banco de Dados on-line </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Redução de criminalidade </li></ul><ul><li>Monitoramento de Transito </li></ul>
  8. 9. Projetos <ul><li>Acesso gratuito à Internet </li></ul><ul><li>Iluminação de locais com necessidades sociais, praças e pontos turísticos </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Integração Social do Munícipe </li></ul><ul><li>Divulgação da Cidade e de Serviços ao Turista </li></ul>
  9. 10. Projetos <ul><li>Saúde </li></ul><ul><li>Integração da rede de Postos de Atendimento (P.S. e Hospitais) com extensão à ambulâncias e carros de resgate </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Melhoria de eficiência no atendimento (ex: envio de imagens/dados para central de diagnóstico) </li></ul><ul><li>Redução de Estoque de Medicamentos, via receituário on-line; </li></ul><ul><li>Controle de Disponibilidade de Leitos, Médicos e Ambulâncias </li></ul>
  10. 11. Projetos <ul><li>Educação </li></ul><ul><li>Integração da rede de Escolas </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Disponibilização Aulas e Palestras on-line para alunos e professores </li></ul><ul><li>Controle de Disponibilidade de vagas e Professores </li></ul>
  11. 12. Projetos <ul><li>Divulgação de Obras Públicas </li></ul><ul><li>Rede de TV pública em órgãos e locais públicos </li></ul><ul><li>Objetivo: </li></ul><ul><li>Divulgar Obras Realizadas e Projetos Públicos Previstos </li></ul><ul><li>Divulgar Programas Educativos para: Prevenção de Doenças, Economia de Energia, Serviços Públicos, Transito, etc. </li></ul>
  12. 13. <ul><li>Os Municípios são vistos como atores determinantes que, a partir da identificação de potenciais internos do uso de seus recursos e da formulação de projetos e idéias, influenciam e direcionam os rumos do desenvolvimento sócio-econômico local, regional e do país. </li></ul><ul><li>As cidades digitais podem ser vistas como um estágio avançado da comunidade virtual, onde o cidadão se torna o principal ator na produção, gestão e usufruto dos benefícios da sociedade da informação. </li></ul>Os Municípios na Sociedade da Informação
  13. 14. Próximos Passos <ul><li>Definição do escopo do Projeto adequado à sua Cidade e respectivas fases </li></ul><ul><li>Mapeamento dos locais a serem atendidos com respectivas coordenadas </li></ul><ul><li>Estudos e testes de performance </li></ul><ul><li>Obtenção de Previsão de Valores </li></ul>
  14. 15. Sugestões para obtenção de verba BNDES Programa de Modernização da Administração Tributária e de Gestão dos Setores Sociais Básicos (PMAT) Possibilita aos municípios obter recursos e diminuir custos na prestação de serviços nas áreas da administração, assistência à criança e jovens, saúde, educação e de geração de oportunidades de trabalho e renda. Os itens financiáveis são tecnologia de informação e equipamentos de informática; capacitação de recursos humanos: serviços técnicos especializados; equipamentos de apoio à operação e fiscalização; e infra-estrutura física. Informações detalhadas sobre como os municípios podem habilitar-se ao PMAT estão no endereço: http://www.bndes.gov.br/social/municip.asp
  15. 16. CAIXA Programa Nacional de Apoio à Modernização Administrativa e Fiscal (PNAFM) O objetivo do programa é melhorar a qualidade da execução das funções sociais da administração pública, em especial o atendimento ao cidadão. Inclui, entre várias ações, a implementação de sistemas destinados ao controle da arrecadação, atendimento ao cidadão, comunicação de dados, controle financeiro, recursos humanos, consultorias, aquisição de equipamentos de informática, infra-estrutura e geoprocessamento referenciado. Parte dos recursos é originária do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Para mais informações sobre o programa e como aderir a ele, visite o endereço http://www1.caixa.gov.br/gov/gov_comercial/municipal/modernizacao_gestao_publica/pnafm/index.asp Sugestões para obtenção de verba
  16. 17. MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES Governo Eletrônico Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac) A proposta é promover a inclusão social por meio da inclusão digital, e o objetivo é alcançar todos os municípios brasileiros. Oferece instalações equipadas para uso da informática e acesso à Internet através de antenas via satélite nos mais diferentes locais, inclusive escolas e órgãos públicos. O Ministério das Comunicações vem priorizando o atendimento aos municípios que ainda não foram contemplados com pontos de presença Gesac, notadamente aqueles que não têm oferta de Internet banda larga na região. Para saber mais, visite o site do Ministério, no endereço http://www.mc.gov.br , vá até Inclusão Digital e clique em Gesac. Visite também a página http://www.idbrasil.gov.br/ ou www.idbrasil.org.br . Nesses sites, é possível encontrar todas as informações sobre o funcionamento do programa e também como se candidatar a ele. Sugestões para obtenção de verba
  17. 18. MINISTÉRIO DAS COMUNICAÇÕES Telecentros Embora não constituam por si só um projeto abrangente de cidade digital, os Telecentros – espaços com computadores conectados à Internet banda larga – podem ser um ponto de partida. As prefeituras precisam ficar atentas aos chamamentos oficiais do Ministério das Comunicações quanto aos Telecentros. Mais informações sobre os Telecentros podem ser encontradas em http://www.idbrasil.gov.br/menu_gestao ou no site do Ministério das Comunicações, em http://www.mc.gov.br Sugestões para obtenção de verba
  18. 19. Outras Alternativas!?

×