4ª edição do BHSM - André Teles

417 visualizações

Publicada em

André Teles, na 4ª edição do BHSM.

Publicada em: Internet
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
417
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
130
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

4ª edição do BHSM - André Teles

  1. 1. A SUPEREXPOSIÇÃO À INFORMAÇÃO ALTEROU O COMPORTAMENTO DAS PESSOAS, TORNANDO-AS DISPERSAS E SELETIVAS. COMO O BOM CONTEÚDO CHAMA A ATENÇÃO NO MEIO DE UM TSUNAMI DE INFORMAÇÕES?
  2. 2. AS MÍDIAS SOCIAIS HUMANIZARAM AS MARCAS E HUMANOS ADORAM CONVERSAR. UM BOM CONTEÚDO DEVE CONVERSAR. DEVE HAVER PROXIMIDADE COM A REALIDADE DO PÚBLICO.
  3. 3. PROXIMIDADE: ENVOLVIMENTO E IDENTIFICAÇÃO PESSOAL COM O CONTEÚDO; SUTILEZA E EMPATIA NAS STUAÇÕES APRESENTADAS.
  4. 4. PROXIMIDADE.
  5. 5. O MARKETING DE CONTEÚDO EM MÍDIAS SOCIAIS TEM RELAÇÃO COM PESQUISA, CRIAÇÃO E COMPARTILHAMENTO DE CONTEÚDOS.
  6. 6. CRIAR BRAND PERSONAS.
  7. 7. MATRIZ DE BRAND VOICE.
  8. 8. NO ENTENDIMENTO QUE O AMBIENTE SOCIAL É PRIMORDIALMENTE DE RELACIONAMENTO.
  9. 9. FUNIL DE CONVERSÃO DE UM CONSUMIDOR EM UM ADVOGADO DA MARCA.
  10. 10. DO BRAND AWARENESS AO CALL TO ACTION.
  11. 11. DÊ AO CONSUMIDOR O CONTEÚDO QUE NÃO SEJA ÓBVIO AO SEU SEGMENTO DE MERCADO.
  12. 12. CONTEÚDOS INUSITADOS. EVITE CLICHÊS.
  13. 13. MEMIFICAÇÃO DO CONTEÚDO
  14. 14. MEMIFICAÇÃO DO CONTEÚDO
  15. 15. A CLAREZA DO EMISSOR DA MENSAGEM: ENTENDIMENTO DOS SIGNIFICADOS; INTERPRETAÇÃO CORRETA DA MENSAGEM; RELAÇÕES E ASSOCIAÇÕES POSITIVAS COM A MENSAGEM.
  16. 16. MEMIFICAÇÃO DO CONTEÚDO E METALINGUAGEM DA INTERNET.
  17. 17. ADAPTAÇÃO DO CONTEÚDO ÀS CARACTERÍSTICAS DE LINGUAGEM REGIONAIS.
  18. 18. ADAPTAÇÃO DO CONTEÚDO ÀS CARACTERÍSTICAS DE LINGUAGEM REGIONAIS.
  19. 19. REAL TIME MARKETING.
  20. 20. CONTEÚDOS COM OPORTUNIDADE.
  21. 21. EM UMA BOA CONVERSA VOCÊ NUNCA DEIXA A OUTRA PESSOA FALANDO SOZINHA, CERTO?
  22. 22. SEU CONTEÚDO DEVE TER A LINGUAGEM PRÓ-ATIVA.
  23. 23. CUSTOMIZE O CONTEÚDO QUE VOCÊ DISTRIBUI EM CADA CANAL SOCIAL.
  24. 24. COMO PENSAR SEU CONTEÚDO PARA O INSTAGRAM? “EMOLDURE OPINIÕES EM FORMA DE FOTOS.”
  25. 25. MANTENHA A IDENTIDADE VISUAL, MAS CUSTOMIZE O CONTEÚDO QUE VOCÊ DISTRIBUI EM CADA CANAL SOCIAL.
  26. 26. MANTENHA A IDENTIDADE VISUAL, MAS CUSTOMIZE O CONTEÚDO QUE VOCÊ DISTRIBUI EM CADA CANAL SOCIAL.
  27. 27. MANTENHA A IDENTIDADE VISUAL, MAS CUSTOMIZE O CONTEÚDO QUE VOCÊ DISTRIBUI EM CADA CANAL SOCIAL.
  28. 28. CONTEÚDOS EM VÍDEO. CASE KOMBI, HISTÓRIAS DE CONSUMIDORES.
  29. 29. NO YOUTUBE POSSIBILIDADE DE MAIOR MINUTAGEM. NO FACEBOOK E INSTAGRAM VÍDEOS CURTOS.
  30. 30. TEXTO E IMAGEM DEVEM COINCIDIR. O TEXTO PROPORCIONA O ELO ENTRE A SITUAÇÃO ESPACIAL E TEMPORAL DA IMAGEM.
  31. 31. IMAGEM E LEGENDA RELACIONAIS. LOOK & FEEL. UMA IMAGEM EM SI MESMA É SEMPRE NEUTRA, SE TIVER LEGENDA NUNCA O SERÁ. (Barthes)
  32. 32. EXPERIÊNCIAS ÚNICAS PROPORCIONAM DESEJO DE COMPARTILHAMENTO.
  33. 33. O MARKETING DE CONTEÚDO ESTÁ DIRETAMENTE LIGADO AO CONCEITO DE MARCA UTILITÁRIA OU BRAND UTILITY.
  34. 34. COMUNICAÇÃO COMO SERVIÇO PROPORCIONA DESEJO DE COMPARTILHAMENTO.
  35. 35. POSTS DE DATAS COMEMORATIVAS ALINHADAS COM O CORE DA EMPRESA E COM CONTEXTO. PAUTAS FRIAS.
  36. 36. POSTS DE DATAS COMEMORATIVAS ALINHADAS COM O CORE DA EMPRESA E COM CONTEXTO.
  37. 37. POSTS DE DATAS COMEMORATIVAS ALINHADAS COM O CORE DA EMPRESA E COM CONTEXTO.
  38. 38. UMA BOA CONVERSA, UMA BOA RELAÇÃO, EXIGE TEMPO. EXIGE CONSTÂNCIA E PERIODICIDADE.
  39. 39. ADAPTAÇÃO DA PERIODICIDADE DE ACORDO COM O SEGMENTO DA EMPRESA E DAS DIFERENTES MÍDIAS SOCIAIS.
  40. 40. PESSOAS ENGAJAM COM CAUSAS.
  41. 41. PESSOAS ENGAJAM COM CAUSAS.
  42. 42. CONTEÚDOS ADAPTADOS E SEQUENCIADOS A “SEGUNDA TELA”.
  43. 43. DESCOMPLIQUE CONTEÚDOS COMPLEXOS.
  44. 44. CONTEÚDOS CATEGORIZADOS (HUMOR, NOTÍCIAS, MEMES, PRODUTO, INSTITUCIONAL, FRASES...).
  45. 45. STORYTELLING.
  46. 46. UMA BOA HISTÓRIA DEVE TER UM BOM ARGUMENTO. O ARGUMENTO JUSTIFICA, ESTIPULA ELEMENTOS, ESCLARECE COMO: TEMPORALIDADE: QUANDO COMEÇA? QUANDO TERMINA? O TEMPO É CONTÍNUO? (DIAS, HORAS, ANOS) LOCALIDADE: O ESPAÇO É CONTÍNUO? É REAL?
  47. 47. SEU CONTEÚDO MUITAS VEZES DEVE ASSUMIR O TOM PROFESSORAL. TRAZER AUTORIDADE PARA A MARCA!
  48. 48. CREDIBILIDADE: ACEITAÇÃO DO CONTEÚDO PERSUASIVO; AÇÃO RECEPTIVA (CURTIR, COMPARTILHAR, COMENTAR); MANIFESTAÇÃO DE CONFIANÇA NA HONESTIDADE DAS INTENÇÕES E NA VERACIDADE DAS PROMESSAS.
  49. 49. CONTEÚDO HONESTO, TRANSPARENTE E VELOZ.
  50. 50. CONTEÚDO EM MÍDIAS SOCIAIS DEVE GERAR CONVERSAÇÃO. AS PESSOAS NÃO CONVERSAM COM FORMATOS ANTIGOS DE PROPAGANDA EM MÍDIAS SOCIAIS. A LINGUAGEM NAS MÍDIAS SOCIAIS NÃO PODE SER MERA ADAPTAÇÃO DE PEÇAS OFFLINE.
  51. 51. A QUALIDADE DO CONTEÚDO ESTÁ NA INTERSESSÃO ENTRE O QUE A EMPRESA QUER DIZER E O CONSUMIDOR ESTÁ DISPOSTO A OUVIR.
  52. 52. CONTEÚDO CONVERGENTE = CONTEÚDO PRÓPRIO + CONTEÚDO ORGÂNICO DISTRIBUÍDO + CONTEÚDO PATROCINADO
  53. 53. PLATAFORMA ÚNICA, MILHARES DE SITES . Segmentação contextual: Quer deixar o poderoso motor do Google encontrar as páginas da web adequadas para seus anúncios? Segmentação por canal: Quer escolher seus próprios sites? Segmentação contextual e por canal: Quer identificar temas em determinados sites? Remarketing: Quer alcançar pessoas que visitaram seu site? Publicidade acima da dobra: Quer parar de desperdiçar as impressões? Lances demográficos: Quer alcançar mulheres? ou pessoas de 20 anos de idade? Segmentação geográfica e por idioma: Quer alcançar pessoas que falam inglês em qualquer lugar do mundo? Ou pessoas que falam espanhol na sua cidade? Programação de anúncios: Quer que seu anúncio apareça antes do almoço em dias de semana? Limite de frequência: Quer limitar a exposição repetida de seus anúncios? Exclusões: Quer evitar sites irrelevantes e inapropriados? Contatos: www.andretelles.net.br andre@icities.com.br Whatsapp: 4191927651 www.facebook.com/andre.telles1 Skype: andretelles74

×