Genética

16.996 visualizações

Publicada em

Este trabalho é sobre Genética e a divisão celular.Esta apresentação é fruto de uma pesquisa acadêmica, feita por um aluno, que ao publicar o seu o conhecimento contribui com a educação e aprendizagem de outros alunos.

Publicada em: Educação
2 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • emcima do video, clique em Get File com uma seta verde para baixo
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • como eu fasso para baixar esse slide em meu computador?
       Responder 
    Tem certeza que deseja  Sim  Não
    Insira sua mensagem aqui
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
16.996
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4.145
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
153
Comentários
2
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Genética

  1. 1. DISCIPLINA: Biologia CASE: Genética
  2. 2. Genética
  3. 3. CLASSIFICAÇÃO DOS CROMOSSOMOS: <ul><li>Quando a célula vai entrar no processo de divisão,ainda no processo de interface, Cada cromátide produz uma outra cromátide idêntica a ela, denominadas então de Cromátides Irmãs . </li></ul>
  4. 5. <ul><li>As cromátides ficam reunidas por uma região denominada: </li></ul><ul><li>Centrômero </li></ul><ul><li>Inicia-se o processo de divisão celular. </li></ul>
  5. 6. <ul><li>As cromátides que começam a sofrer condensação,agora denominadas: </li></ul><ul><li>Cromossomos </li></ul>
  6. 7. <ul><li>A Heterocromatina , </li></ul><ul><li>que antes já se encontrava condensada não sofre muitas alterações . </li></ul>
  7. 8. <ul><li>A Eurocromatina </li></ul><ul><li>porém,condensa-se intensamente, mas de modo mais frouxo se comparada com a Heterocromatina. </li></ul>
  8. 10. <ul><li>Assim, no cromossomo totalmente condensado,as regiões heterocromáticas aparecem como CONSTRIÇÕES . </li></ul>
  9. 11. Constrição Primária <ul><li>É formada por duas regiões heterocromáticas bem próximas, contendo, no meio, o Centrômero. </li></ul><ul><li>Centrômero : estrutura presente em todos os cromossomos e que se divide em dois braços. É a região através da qual às fibras do fuso se prendem. </li></ul>
  10. 12. Constrição Secundária <ul><li>É formada por uma região heterocromática que não contém centrômero.Essa constrição separa uma região do braço do cromossomo denominada satélite. </li></ul>
  11. 13. Cromossomos Homólogos e Cariótipo. <ul><li>Em um cromossomo existe vários genes dispostos linearmente,o local que cada gene ocupa no cromossomo é denominado: </li></ul><ul><li>Locus Gênico . </li></ul>
  12. 14. <ul><li>Os cromossomos das células somáticas e germinativas aparecem aos pares, onde cada par possui seus Locus Gênicos iguais, por isso são denominados: CROMOSSOMOS HOMÓLOGOS </li></ul>
  13. 15. <ul><li>As células que possuem cromossomos aos pares são denominados Diplóides e representadas por 2n. </li></ul>
  14. 16. <ul><li>Os gametas, possuem apenas um cromossomo e são denominados células Haplóides e representados por n. </li></ul>
  15. 18. DNA <ul><li>Estrutura Primário do Dna: </li></ul><ul><li>- É um polímero de unidades de desoxirribonucleotídeos; </li></ul>
  16. 19. Desoxirribonucletídeos <ul><li>Um açúcar – a desoxirribose, uma base nitrogenada (ligada ao C1 da pentose) e um ou até 3 grupos de P (PO - 4 ) ligados ao C5 da pentose. </li></ul>
  17. 21. <ul><li>Os desoxirribonucleotídeos formam cadeias ligadas entre si por pontes fosfodiéster estabelecidas entre os grupos fosfato e o OH(hidroxila) do C3 do nucleotídeo adjacente. </li></ul>
  18. 22. Ribonucleotídeos - RNA <ul><li>O RNA é um polímero de nucleotídeos, geralmente em cadeia simples, formado por moléculas de dimensões muito inferiores às do DNA. </li></ul>
  19. 23. <ul><li>O RNA é constituído por uma Pentose ( Ribose ), por um grupo fosfato e uma base nitrogenada que pode ser Adenina (A), Guanina (G), Citosina (C) e Uracila (U). </li></ul>
  20. 25. <ul><li>O RNA forma-se no núcleo e migra para o Citoplasma . </li></ul><ul><li>O RNA apresenta um tipo de cadeia diferente da do DNA.Ele tem geralmente uma só cadeia simples que pode, por vezes, ser dobrada. </li></ul><ul><li>A quantidade de RNA é variável de célula para célula e com a atividade celular. </li></ul>
  21. 27. Orientação da cadeia Polinucleotídica (DNA) <ul><li>Os nucleotídeos na cadeia Polinucleotídica tem a mesma orientação relativa.Estando a C5 da Pentose voltado para cima, todos os demais estarão na mesma posição, conferindo direcionalidade a cadeia. </li></ul>
  22. 28. <ul><li>Na extremidade 5’ da cadeia, um grupo fosfato está presente; </li></ul><ul><li>Na extremidade 3’, um grupo OH. </li></ul>
  23. 29. <ul><li>Logo: </li></ul><ul><li>As cadeias polinucleotídicas são representadas por convenção na orientação 5’,3’ e apenas as letras das base nitrogenadas são representadas. </li></ul>
  24. 34. Dupla-Hélice do DNA <ul><li>As duas fitas de DNA se enrolam em torno de um eixo imaginário da hélice.As ligações Fosfodiéster nas duas fitas estão em direções opostas: - uma direção 5’ – 3’ e outra direção 3’ - 5’, sendo denominadas Antiparalelas . </li></ul>
  25. 36. Forças que estabilizam a Dupla-Hélice do DNA: <ul><li>É fundamental que essas forças sejam fortes o suficiente para manterem sua integridade, mas devem permitir uma flexibilidade conformacional que é essencial a sua atividade . </li></ul>
  26. 37. <ul><li>São elas: </li></ul><ul><li>Ligações covalentes; </li></ul><ul><li>Efeitos hidrofóbicos; </li></ul><ul><li>Forças de Van der Walls; </li></ul><ul><li>Pontes de H; </li></ul><ul><li>Forças eletrostáticas. </li></ul>
  27. 38. DESNATURAÇÃO E RENATURAÇÃO DO DNA <ul><li>Estes fenômenos físicos são fundamentais para os processos de replicação, transcrição e recombinação. </li></ul>
  28. 39. <ul><li>A desnaturação ocorre quando as pontes de hidrogênio entre as cadeias complementares do DNA são rompidas e as fitas se separam. </li></ul><ul><li>O processo inverso ocorre na renaturação. </li></ul>
  29. 40. <ul><li>A desnaturação pode ser obtida por: </li></ul><ul><li>Aumento da temperatura; </li></ul><ul><li>Ácidos; </li></ul><ul><li>Agentes desnaturantes (formamida, DMSO); </li></ul><ul><li>Entre outros... </li></ul>
  30. 42. Replicação ou Duplicação do DNA <ul><li>Replicação do DNA é o processo de auto-duplicação do material genético mantendo assim o padrão de herança ao longo das gerações. </li></ul>
  31. 43. <ul><li>Duas teorias tentaram explicar a replicação do DNA: </li></ul>
  32. 44. <ul><li>Teoria conservativa : Cada fita do DNA sofre duplicação e as fitas formadas sofrem pareamento resultando num novo DNA dupla fita, sem a participação das fitas &quot;parentais&quot; (fita nova com fita nova formam uma dupla hélice e fita velha com fita velha formam a outra dupla fita). </li></ul>
  33. 45. <ul><li>Teoria semi-conservativa : Cada fita do DNA é duplicada formando uma fita híbrida, isto é, a fita velha pareia com a fita nova formando um novo DNA; de uma molécula de DNA formam-se duas outras iguais a ela. Cada DNA recém formado possui uma das cadeias da molécula mãe, por isso o nome semi-conservativa. </li></ul>
  34. 47. Fim da Apresentação. Mande suas apresentações para: www.zemoleza.com.br e veja como ganhar super prêmios!
  35. 48. <ul><li>Esta apresentação é fruto de uma pesquisa acadêmica, feita por um aluno, que ao publicar o seu o conhecimento contribui com a educação e aprendizagem de outros alunos. WWW.ZEMOLEZA.COM.BR O seu parceiro acadêmico! </li></ul>

×