Cintilações luminosas
 As cintilações luminosas são sintomas
comuns de uma relação anormal entre a
retina e o vítreo. O p...
Tratamentos
 A tracção vitreorretiniana pode não
requerer nenhum tratamento.
 Pode se induzir a ruptura retinal,
descola...
Corpos Vítreos flutuantes
 São os sintomas mais comuns de
anormalidade de vítreo.
 Uma mosca volante representa a
consci...
Sinais clínicos
 O inicio pode ser insidioso ou agudo,
unilateral; ou bilateral. O paciente tem
consciência de uma ou mai...
Cont.
 As periféricas passam facilmente
desapercebidas, uma vez que são
intermitentes e requerem grandes
movimentos do ol...
Causas
 As moscas volantes podem ser
causadas por pequenas hemorragias
no vítreo, resultantes da ruptura da
retina ou doe...
Cont.
 As moscas volantes vítreas devidas a
pigmentos são geralmente
consequências de deslocamento ao
da retina antigo in...
Exames e conduta
 Um exame cuidadoso do vítreo é
sempre indicada para identificar a
natureza e a origem das moscas e
deci...
OBRIGADO
ELABORADO POR:
 Grupo1.
 Chauque
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Doenças do vitreo

339 visualizações

Publicada em

alguns conhecimentos relacionados com algumas doenças que afectam o humor vitreo

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
339
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Doenças do vitreo

  1. 1. Cintilações luminosas  As cintilações luminosas são sintomas comuns de uma relação anormal entre a retina e o vítreo. O paciente percebe luzes, brilho, faixa luminosa ou cintilações.  Geralmente o paciente pode apontar pode apontar a área do distúrbio e muitas vezes descreve como na um arco trimulante na periferia de um ou dois quadrantes. A luz, raramente persiste por mais de uma fracção de segundo, frequentemente, recidiva em intervalos pequenos por alguns minutos então desaparece por horas, dias ou ate semanas.
  2. 2. Tratamentos  A tracção vitreorretiniana pode não requerer nenhum tratamento.  Pode se induzir a ruptura retinal, descolamento da retina ou hemorragia do vítreo, cada novo caso exige uma pesquisa da conexão vitreorretiniana especialmente na periferia.
  3. 3. Corpos Vítreos flutuantes  São os sintomas mais comuns de anormalidade de vítreo.  Uma mosca volante representa a consciência do paciente da sombra de uma opacidade móvel no vítreo deslocando se sobre a retina. A mente projecta a forma escura correspondente sobre a área apropriada do campo visual.
  4. 4. Sinais clínicos  O inicio pode ser insidioso ou agudo, unilateral; ou bilateral. O paciente tem consciência de uma ou mais formas escura e fina no campo visual.  As moscas volantes centrais e relativamente imóveis são visualmente incómodas e podem ser também incapacitantes.
  5. 5. Cont.  As periféricas passam facilmente desapercebidas, uma vez que são intermitentes e requerem grandes movimentos do olho ou posições especial para serem vistas.  Diferentemente das luzes tipo flash elas são vistas mais facilmente contra luzes brilhantes ou contra um fundo uniformemente iluminados. São extremamente comuns nos míopes e em pessoas com sinerese.
  6. 6. Causas  As moscas volantes podem ser causadas por pequenas hemorragias no vítreo, resultantes da ruptura da retina ou doenças hemorrágicas como retinopatia diabética, hipertensão, leucemia, a oclusão antiga do ramo venoso da retina, doença de Eales, doença de Coat e endocardite infecciosa subaguda.
  7. 7. Cont.  As moscas volantes vítreas devidas a pigmentos são geralmente consequências de deslocamento ao da retina antigo induzido por ruptura que ainda não atingiu a mácula.
  8. 8. Exames e conduta  Um exame cuidadoso do vítreo é sempre indicada para identificar a natureza e a origem das moscas e decidir o tratamento. Se a causa for de patológico grave, deve se informar ao paciente em relação ao seu estado.  Os exames indicados compreendem a lâmpada de fenda, lentes de contacto que auxiliam o exame do vítreo, ultra- sonografia tipo B.
  9. 9. OBRIGADO
  10. 10. ELABORADO POR:  Grupo1.  Chauque

×