MOVIMENTO ESTUDANTIL DE HISTÓRIA
Introdução geral:
“PROMEMEU: História e Memória em construção”
“Documentário produzido pe...
2.3 Federações Regionais de Estudantes de História (F+Sigla da Região+EH): Instância
representativa de estudantes de Histó...
instâncias estudantis não acontece e eles legitimam essa que seria a maior instância
estudantil “por si mesmos” (sem dialo...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Movimento estudantil de história

200 visualizações

Publicada em

Movimetno Estudantil de História.

Base para discução no 1º Pré-ENEH da UnB no dia 27/06/14.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
200
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Movimento estudantil de história

  1. 1. MOVIMENTO ESTUDANTIL DE HISTÓRIA Introdução geral: “PROMEMEU: História e Memória em construção” “Documentário produzido pelo Centro de Documentação da Universidade de Brasilia (CEDOC- UnB), em parceria com a UnBTV, fruto do projeto "Dialogando com PROMEMEU", contemplado pelo edital em comemoração aos 50 anos da universidade. Narra a trajetória do Projeto Memória do Movimento Estudantil da UnB - PROMEMEU, realizado por estudantes do curso de história da universidade na década de 1980, cujo objetivo era a recuperação da memória do movimento discente por meio do recolhimento e do tratamento da documentação de diversas entidades representativas dos (as) estudantes. O projeto produziu um acervo que contém registros das atividades estudantis na UnB entre as décadas de 1960 e 1990. Atualmente, esse acervo é custodiado pelo CEDOC-UnB. ” Disponivel em: http://www.youtube.com/watch?v=IzUzUfCh2Jk Movimento Estudantil: O Movimento Estudantil (ME) é um dos Movimento Sociais que compõem a sociedade e as mobilizações políticas visando melhorias sociais, no caso do ME ligadas principalmente a educação. O ME se faz presente em vários níveis da Educação tais como os setores secundaristas e universitários. Movimento político, o ME delibera em suas diversas instâncias Planos de Lutas baseados em pautas elaboradas em suas instâncias e busca por meio dos mais diversos meios levar as demandas estudantis as estâncias governamentais e administrativas da Educação visando as melhorias sociais inerentes as propostas. Movimento Estudantil de História: O Movimento Estudantil de História (MEH) faz parte do Movimento Estudantil Nacional, se caracterizando por ser um movimento especifico dos/as estudantes de História no Brasil. A maioria dos cursos tem seu ME especifico de cursos, sendo organizado por meio de várias estâncias que dialogam no contexto de curso local, estadual/distrital, regional e nacional. Assim, temos as seguintes estâncias: 1. Movimento Estudantil de História na UnB: 1.1 Centro Academicos (CA) ou Diretorios Academicos (DA): Instancia representativa de estudantes que se organiza por meio de cursos no ensino superior e dos estudantes em geral no movimento secundarista. Na História; CAHIS UnB Sergio Barreira. 1.2 Diretoria Central Estudantil (DCE): Instancia que representa o conjunto de cursos e estudantes dentro do ensino superior. Na UnB; DCE UnB Honestino Guimarães. 2. Movimento Estudantil de História Nacional: 2.1 Centro Acadêmicos (CA) ou Diretórios Acadêmicos (DA): Instância representativa de estudantes que se organiza por meio de cursos no ensino superior e dos estudantes de determinada escola no movimento secundarista presente em instituições públicas e particulares. Na História da UnB; CAHIS UnB Sergio Barreira. 2.2 Federações Estaduais/Distrital de Estudantes de História (F+Sigla do Estado/Distrito+ EH): Instância representativa de estudantes História do Estado ou Distrito Federal composta por universidade e faculdades públicas e particulares. É organizada nos Encontro Estaduais ou Distrital de Estudantes de História. No DF; Encontro Distrital de Estudantes de História (EDEH), instância inativa.
  2. 2. 2.3 Federações Regionais de Estudantes de História (F+Sigla da Região+EH): Instância representativa de estudantes de História de uma região (Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste ou Sul). É organizada nos Encontros Regionais de Curso. No DF; Encontro Regional de Estudantes de História do Centro-Oeste (EREHCO), instância inativa. 2.4 Federação do Movimento Estudantes de História (FEMEH): Instância representativa de estudantes de História Nacional. É organizada no Encontro Nacional de Estudantes de História (ENEH) e tem representantes eleitos nos encontros Estaduais/Distrital. Nesse ano; UEC, Fortaleza. Os CA's e DA's movimentam e organizam o MEH a nivel local nas universidade e faculdades, os Encontros Estaduais e Distrital os/as estudantes de História a nível de unidade ferederativa, os Encontros Regionais os/as estudantes de História a nível regional e o Encontro Nacional os/as estudantes de História a nível Nacional. Encontro Nacional de Estudantes de História (ENEH): O ENEH é um evento acadêmico e social organizado por estudantes de História para estudantes de História. A Comissão Organizadora do ENEH (COENEH) é formada por estudantes que se organizam na Universidade sede do encontro e fazem toda a organização do evento com a ajuda de FEMEH. Os encontros são escolhidos com um ano de antecedencia e os estudantes correspondentes a universidade/faculdade que deseja sediar o encontro no ano posterior deve apresentar a proposta na Plenária Final do ENEH. Caos não haja proposta, a FEMEH fica responsável por ajudar na organização do próximo ENEH. Exemplo: No XXXII ENEH na UERJ-Maracanã em 2013 foi deliberado na Plenária Final que o XXXIII ENEH seria realizado no Ceará em 2014. Da mesma maneira deve ocorrer na Plenária Final do ENEH no Ceará esse ano para a deliberação do próximo encontro. O encontro tem a media de presença de mais de 1000 estudantes de todo o país. Estudantes de diversas faculdades, universidade e unidades federativas se organizam em Delegações e vão para o encontro propiciando uma troca cultural, acadêmica e social intensa. A programação do encontro está disponível no site do ENEH 2014 (http://eneh2014.com.br/site/) e contem diversos espaços dentre eles mesas de debate, oficinas, vivencias, cine-debates, plenárias deliberativas, culturais (todos os dias a noite), ELO (Espaço de Livre Organização), Minicursos, Ato (Manifestação), Simpósio Temático, GD's (Grupos de Discussão) e afins. Nesse ano também estão presentes na programação os espaços paralelos que vem acontecendo pelo menos deis do inicio dos anos 90 e que se tornaram tradição nos encontros. CHURREH (Churrasco dos Estudantes de História), CopaENEH – uma disputa entre os times das delegações - e “Babilônia”, um ritual de iniciação com teor Dionisíaco. Além desses espaços, existe o “Batizado” dos/as calouros/as de ENEH. Obs:  O MEH não é representado e nem favorável a União Nacional dos Estudantes (UNE). A justificativa roda em torno do fato da UNE ser a representação estudantil dentro das instâncias governamentais e trabalhar sobre dinâmicas verticais, aonde o dialogo com as Encontros Regionais CA's e Da's Encontro Nacional Encontros Estaduais e Distrial
  3. 3. instâncias estudantis não acontece e eles legitimam essa que seria a maior instância estudantil “por si mesmos” (sem dialogo com os movimento de curso, das universidade, etc.). Além disso, é característico a falta de politização da UNE que se caracteriza por seu caráter “festivo” em suas atividades financiadas pelo Governo Federal e pela utilização da UNE como trampolim para vida política (a exemplo, os Ministros do Esporte de 1988 até hoje são em grande maioria ex-presidentes da UNE) o que demonstra uma utilização dessa instância a nível individualista e utilitária.  Por mais que existam as Federações/Representações, os espaços de discussão e deliberação costumam ser abertos para todos/as os/as estudantes.  As Assembleias Gerais/Plenárias são sempre os espaços máximos de deliberação estudantil, a nível de universidade e nacional de curso. Dicionário de siglas: ME = Movimento Estudantil MEH = Movimento Estudantil de História CA = Centro Acadêmicos DA = Diretórios Acadêmicos CAHIS = Centro Acadêmico de História DAHIS = Diretório Acadêmico de História DCE = Diretório Central Estudantil FDEH = Federação Distrital de Estudantes de História (Em outros unidades de Federação, troque o “D” pela sigla do Estado. Ex: MT, SP, RJ, PR, RN, etc.) EDEH = Encontro Distrital de Estudantes de História (Em outros unidades de Federação, troque o “D” pela sigla do Estado. Ex: MT, SP, RJ, PR, RN, etc.) FCOEH = Federação do Centro-Oeste de Estudantes de História (Em outros regiões de Federação, troque o “CO” pela sigla da Região. Ex: S, N, NE, ou SE) ECOEH = Encontro Centro-Oeste de Estudantes de História (Em outros regiões de Federação, troque o “CO” pela sigla da Região. Ex: S, N, NE, ou SE) FEMEH = Federação do Movimento Estudantil de História ENEH = Encontro Nacional de Estudantes de História COENEH = Comissão Organizadora do Encontro Nacional de Estudantes de História UNE = União Nacional dos Estudantes CHURREH = Churrasco dos Estudantes de História

×