Nr 32 treinamento básico

2.584 visualizações

Publicada em

Treinamento básico da NR 32 para os colaboradores da saúde.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.584
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
232
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nr 32 treinamento básico

  1. 1. Treinamento NRTreinamento NR -32-32 Palestrante: Ythia KarlaPalestrante: Ythia Karla
  2. 2. NR 32 SEGURANÇA E SAÚDE NO TRABALHO EM SERVIÇO DE SAÚDE PORTARIA MTE Nº 485, 11 DE NOVEMBRO DE 2005
  3. 3. NR 32.1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO ESTABELECE AS DIRETRIZES BÁSICAS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE MEDIDAS DE PROTEÇÃO À SEGURANÇA E À SAÚDE DOS TRABALHADORES DOS SERVIÇOS DE SAÚDE, BEM COMO DAQUELES QUE EXERCEM ATIVIDADES DE PROMOÇÃO E ASSISTÊNCIA À SAÚDE EM GERAL
  4. 4. NR 32.1 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO  Profissionais mais conscientes sobre os riscos existentes no ambiente de trabalho.  Melhoria da qualidade de vida e do ambiente profissional.  Mudança cultural e hábitos.  Aumentar o interesse dos profissionais da área da saúde para o assunto, propiciando ampla discussão do problema.
  5. 5. O que a norma determina em relação ao risco biológico? Agentes Biológicos: microrganismos, geneticamente modificados ou não: as culturas; os parasitas; as toxinas.
  6. 6. Quais são as medidas de proteção? Lavar as mãos antes e depois do uso das mesmas e a cada troca de luvas. Trabalhadores com Feridas ou lesões nos membros superiores só podem iniciar suas atividades após avaliação médica. Deve-se comunicar todo acidente ou incidente, com possível exposição a agentes biológicos, ao responsável pelo local de trabalho e a segurança do trabalho.
  7. 7. Quais são as medidas de proteção? Os trabalhadores: Devem comunicar imediatamente todo acidente ou incidente, com possível exposição a agentes biológicos, ao SESMT; Que utilizam objetos perfuro cortantes são responsáveis pelo seu descarte.
  8. 8. O que está Vedado (Não é permitido)?  Utilização de pias de trabalho para fins diversos dos previstos;  Ato de fumar;  Uso de adornos;  Lentes de contatos  Reencape e a desconexão manual de agulhas
  9. 9. O que está Vedado (Não é permitido)?  Consumo de alimentos e bebidas nos postos de trabalho;  Guarda de alimentos em locais não destinados para este fim;  Uso de calçados abertos.
  10. 10. E quanto as Vestimentas?  Vestimenta de trabalho adequada e confortável;  Não devem deixar o local de trabalho com os EPI e as vestimentas utilizadas.
  11. 11. E quanto aos riscos químicos? Como vai funcionar?  Deve ser mantida a rotulagem do fabricante na embalagem original dos produtos químicos;  Deve ser identificado, de forma legível, com o nome do produto, composição química, sua concentração, data de envase e de validade, e nome do responsável pela manipulação ou fracionamento;  É vedado o procedimento de reutilização das embalagens de produtos químicos;  Uma cópia da ficha deve ser mantida nos locais onde o produto é utilizado;  Deve ser feita por profissional qualificado;  A utlização dos produtos químicos dever ser realizado em local apropriado;  Fazer o uso do EPI.
  12. 12. Qual deve ser a postura de quem trabalha próximo às radiações?  permanecer nestas áreas o menor tempo possível para a realização do procedimento;  estar capacitado inicialmente e de forma continuada em proteção radiológica;  usar os EPIs adequados para a minimização dos riscos;  estar sob monitoração individual de dose de radiação ionizante.
  13. 13. A NR-32 prevê algo para a questão dos resíduos? A NR-32 dedicou especial atenção ao tratamento de resíduos, por suas implicações na biosegurança pessoal e no meio ambiente.
  14. 14. Resíduos Segregação A segregação consiste em separar e colocar os resíduos no local designado cercando-se de cuidados especiais para evitar o manuseio indevido ou seu desprendimento. Acondicionamento O acondicionamento consiste no ato de embalar corretamente os resíduos segregados, de acordo com as suas características, em sacos e/ou recipientes impermeáveis.
  15. 15. Transporte Interno e Externo Transporte Interno: Movimento dos resíduos do ponto de geração até o local de armazenamento. Transporte Externo: Remoção dos resíduos do abrigo (armazenamento externo) da unidade de saída até o local de tratamento ou disposição final. Destinação final em aterro Disposição de resíduos no solo, sendo esse previamente preparado para recebe-lo.
  16. 16. Classificação dos Serviços de Saúde E RESÍDUOS PERFUROCORTANTE
  17. 17. Infectante GrupoA Químico GrupoB Radioativo GrupoC GrupoD Comum GrupoE Perfurocortante RESÍDUO PERFUROCORTANTE
  18. 18. Resíduos – O que é bom saber? Entre outros, podemos destacar: Os sacos plásticos utilizados no acondicionamento dos resíduos de saúde devem: preenchidos até 2/3 de sua capacidade; fechados de tal forma que não se permita o seu derramamento, mesmo que virados com a abertura para baixo; retirados imediatamente do local de geração após o preenchimento e fechamento; mantidos íntegros até o tratamento ou a disposição final do resíduo.
  19. 19. Resíduos – O que é bom saber?  Para os recipientes destinados a coleta de material pérfuro- cortante, o limite máximo de enchimento deve estar localizado 5 cm abaixo do bocal.  O transporte manual do recipiente de segregação deve ser realizado de forma que não exista o contato do mesmo com outras partes do corpo, sendo vedado o arrasto.
  20. 20. Agradecemos a todos os colaboradores Departamento responsável: Segurança do Trabalho Esperamos!!! Apresentar, mudanças benéficas que poderão ser alcançadas por meio da implantação da referida NR, uma vez que procedimentos e medidas protetoras são para promover a segurança no trabalho e prevenção de acidentes e doenças ocupacionais entre os trabalhadores da área da saúde.

×