JK Notícia      ANO 7 - NÚMERO 59 - BELO HORIZONTE - OUTUBRO - 2006              Um sonho bom. E poss vel !Esta é uma foto...
2                                                                                                                         ...
JK Notícia                                                                                                                ...
4                                                                                                                         ...
JK NotíciaOUTUBRO/2006                                                                          ESPORTE                   ...
6                                                                                                                         ...
JK Notícia                                                                                                                ...
8                                                                                                                         ...
JK Notícia                                                                                                                ...
10                                                                                                                        ...
JK Notícia                                                                                                                ...
12                                                                      COMUNIDADE                                        ...
Atlético rumo à série a
Atlético rumo à série a
Atlético rumo à série a
Atlético rumo à série a
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Atlético rumo à série a

686 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
686
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Atlético rumo à série a

  1. 1. JK Notícia ANO 7 - NÚMERO 59 - BELO HORIZONTE - OUTUBRO - 2006 Um sonho bom. E poss vel !Esta é uma foto montagem. Foi realizada pelojornalista Alysson Dario, sobre idéia do editorTom Paixão. Os dois consideraram o trabalhoquase perfeito. O que é uma questão desomenos importância, como se dizia nos áureostempos de construção e ocupação do complexoJK. Pois é, o JK já foi assim. E o que impede queele volte a ser como antes? Tirando a questãofinanceira, agravada em muito pelo não paga-mento das dividas do Estado para com o con-domínio, bem pouco. Afinal, não é apenas aquestão física, a beleza dos prédios. É questãotambém de urbanidade, de convivência entremais de cinco mil pessoas. Transformar o JK noque ele foi, em termos de arquitetura e encanto,é missão da administração, que vem lutandocom unhas e dentes para que isto se concretize. Transformar corações e mentes, no sentido dese abrir para maior harmonia, amizade, dedi-cação, humanismo; missão de cada um de nós.Boa leitura. Página 4 Paulistas se encantam com o JK Página 7 Um toque de classe: cortinas bonitas Página 8 Página 13 Página 16 Motoqueiro Amadeu, um Lara Jéssica e o encara ônibus homem apaixona- deputado tarado no peito do...pelos livros.
  2. 2. 2 JK Notícia OPINIÃO OUTUBRO/2006 JK Notícia Editorial Síndica Colaboração: Maria Lima das Graças César Véspoli Mea culpa, máxima culpa Farid Assrauy (advogado) Conselho Administrativo Maria Lima das Graças (jornalista) Antônio Carlos Pereira da Silva E o eleitor que se dane Edson Felix Fernandes (advogado) Astrogildo Wolaniek Maria de Lourdes Mourão Endereço: Rua Timbiras, 2.500 Já votamos. Elegemos governador, senador, deputa- Editor chefe Santo Agostinho dos federais e estaduais. Se escolhemos bem ou não, Belo Horizonte/MG vai da vontade de cada um de nós acertar. Ou deixar pra Tom Paixão - MG 04538/JP CEP 30140-092 Telefax:3272-7466 lá, com a rubrica de "político é tudo igual". Eis uma frase muito usada e que exime a pessoa de culpa, por votar Diagramação Alysson Dário por dinheiro ou promessa de emprego, além de cestas Site do Condomínio e e-mail: Vicente de Paulo Sant’Anna básicas, jogos de camisas e engradados de cerveja e www.conjuntojk.com.br jornaljknoticias@yahoo.com.br churrasco. É também prova de desconhecimento da vida Reportagem conjuntojk@conjuntojk.com.br nacional, o que torna tal pessoa irresponsável por qual- Alysson Dário - MG 7555/JP quer que seja o destino que uns e outros queiram dar ao Flávia Aguiar - MG 10960/JP país. E depois se queixam nos bares, nas filas, nos ban- Leonardo Fonseca - MG 11557/JP Anúncios e publicidade 3272-0649 / 8413-0631 cos de praça. Há quem goste de dizer que o povo não sabe votar. E se não sabe, é porque não quis aprender. Impressão: FUMARC As informações estão aí. Os boletins policiais, também. Fale conosco Se qualquer torcedor sabe toda a regra dos campe- jornaljknoticias@yahoo.com.br * As matérias assinadas são de responsabilidade de onatos que seu time participa, e porque ele subiu, seus autores e não correspondem, necessariamente, à opinião do jornal. desceu ou foi para os lados; porque não sabe que proje- to o deputado em que ele votou, pretende apresentar?Índice Desinteresse. É claro que a política, pra quem não sente gosto por seus meandros e filosofias, não é tão empol-Opinião...............................................................................2 gante quanto um final de campeonato. Mas deveriaCondomínio.......................................................3 - 4 - 6 e 9 empolgar na medida em que nosso salário, nossaComunidade.....................................................7 - 8 -11e 12 saúde, segurança e educação estão nas mãos daquelesEsporte................................................................................5 a quem demos emprego -- por uma cesta básica,Saúde................................................................................10 promessa de emprego, jogo de camisas, cervejada e churrasco -- e dos quais, lavamos as mãos, como se dis-Cultura..............................................................................13 séssemos: "faz aí o que você quiser!" Se o elemento forVariedades................................................................14 e 15 de índole desonesta, vai fazer. Para seu próprio bem. EColuna da Lara.................................................................16 o eleitor que se dane. Porque pediu para se danar. EU VOU TIRAR VOCÊ DESSE LUGAR desqualificado, como re- todos os modos e maneiras. MasOtacílio Ferreira da Costa até ridículo, flexos ne- voltemos aos Odair Josés da vida. atingindo melan- gativos Muitos deles, apaixonados pelas " colicamente as junto ao Diva do Amor", as tiraram doQue tal um governo "brega", tipo sofridas famílias comércio e infortúnio, da esmagadora e per-Odair José, para dizer ao povo do País. Os tec- indústria e versa prostituição, preferindo per-brasileiro, "Eu vou tirar você desse nocratas invete- c o n s e - doar, como Jesus Cristo perdooulugar". Mas que lugar é esse? Que rados, aboleta- quente- Madalena.lugar tão promíscuo, tão cruel e dos nos cargos mente o Agiram então com a alma e ainfernal que faz da nossa gente, um com supersalá- sacrifício fraternidade. Quer dizer, "não ati-povo sofrido e injustiçado, que pre- rios, donos da financeiro raram a primeira pedra".cisa receber esmola para sobreviver? verdade e das das cama- Preferiram na grandeza do perdão,Eu era criança e ouvia falar em fome falsas soluções das mais ser felizes para sempre, prestigian-e miséria. Ouvia não, enxergava, milagrosa, voci- pobres e do o " mágico toque para sempre",testemunhava mesmo a tragédia das feram seus pla- sofridas da que enleva o espírito e faz bem aopopulações mais humildes, vítima nos econômicos, população. coração.de um padrão de vida humilhante e acadêmicos e Como se E o povo brasileiro, quando serávergonhoso. O tempo passou. Fui da imperiais. toda esta premiado com aquele iluminadopuberdade para a juventude. Mas o Repletos de dantesca candidato a presidente da repúbli-clima insólito dos salários baixos e injunções de tragédia ca que dirá crédulo e confiante:depreciativos continuou inatacável, toda natureza. f o s s e "Vote em mim eleitor amigo, quevitimando milhões de brasileiros. Até o dia de p o u c o , EU VOU TIRAR VOCÊ DESSECheguei à maturidade e nada hoje, nenhuma assistimos LUGAR". Mas será que o dito cujomudou. As desqualificadas áreas da dessa geringon- a esta cumprirá a promessa? Ou serásaúde, da educação, da segurança e ças deu bons avassa- mais um Judas, não seguindo asos transportes, prosseguiram na sua resultados em l a d o r a lições dos Odair Josés, que no ge-dramática sina de sempre dilace- prol dos inter- massa de neroso perdão que Jesus Cristorarem um povo bom, trabalhador e esses populares, impostos, consagrou com a sua sabedoria ehospitaleiro. E o pior, "o salário do sejam eles quanto ao custo de vida uma das maiores do mundo, que divindade, esqueceram o pecadomedo" dos que suam o rosto cotidi- ou melhorias salariais. Muito sacrificam ainda mais as classes da mulher amada e com ela vive-anamente em busca do pão e da antes pelo contrário, só provo- menos afortunadas e sofridas, que ram para sempre felizes da vida esobrevivência, permaneceu baixo, caram desacertos e intempéries, nasceram para levar cacete de realizadas no amor!
  3. 3. JK Notícia 3 CONDOMÍNIO Maus vizinhosOUTUBRO/2006Montagem e criação: Alysson Dário BRUXA JOTAKEIRA SE ALIA COM OSAMAN a edição enterior, os moradores do JK conheceram a temida bruxa jotakeira que prometeu não dar paz aos moradores do condomínio. Conheceram onosso super herói, O SUPER JOTAKENSE, que nos garan-tiu manter a paz e a ordem no condomínio. Mas a bruxa esua turma aprontaram de novo.A bruxa estava sentada na praça Raul Soares com o ter-rorista OSAMA BIN LADEN. O que ela teria em comum com Osama? Sabemos que OSAMA BIN LADEN trouxe um manual para ensinar a bruxa Basta seguir as minhas jotakeira a tumultuar o convívio pací- dicas. Você lembra o dia que fico e cordial dos moradores do destruí as torres gêmeas lá maior condomínio de Minas Gerais. Tá nos EUA? É só prestar Segundo informações de nossos jor- difícil atenção nessa cartilha que fiz nalistas, a primeira lição que Osama Osaminha ! O Super pra você. Minha dica é começar JOTAKENSE está acaban- mandando seus seguidores ensinou para a bruxa, foi de formar do com todos os meus planos a não se identificar na seguidores para torturar os malígnos. O que eu faço para portaria. porteiros e causar escandalos na me livrar desse Super Herói ? 2 portaria do condomínio... coitadinha da bruxa... só não esperava a ação 1 imediata do nosso super herói OSUPER JOTAKENSE. Já ar rroriz identifiquei o ate 6 Com akenses esses maus vi- jot zinhos e irei tomar todas as providências a favor dos jotakenses! Afinal asnormas têm que ser cumpridas. Vamos Oh!...Quem 3 Aí entrar sem iden- Acho poderá me 5 Pedrão : Já tificar!!! Sou amigo da bruxa e melhor a 4 defender? chamei o nosso estou disposto a quebrar tudo, gente fugir. o Super Super JOTAKENSE. começando por você. Jotakense está vindo aí!! Ele vai acabar com Corra, salve-se quem puder! essa turma do mau. Dicas importantes: * A identificação é uma segurança a mais contra a violência em nosso condomínio. “Não crie problemas na portaria do condomínio. não custa nada se identificar”. * Cortinas coloridas causam má impressão. * Fezes e urinas dos animais nas áreas comuns deixam o prédio mal cheiroso e podem causar doenças. Se seu bichinho sujar as áreas comuns, limpe, não é vergonha nehuma. Você estará demosntrando sua educação e preocupação com seus vizinhos.
  4. 4. 4 JK Notícia CONDOMÍNIO OUTUBRO/2006 Bons Vizinhos Tem dois meses que a professora Morando no JK há um ano, Isabel Sabrina de Carvalho mora no Nazaret Lopes garante: lugar igual a este Condomínio JK. E já se apaixonou pelo não existe. "Pelo menos que eu conheça", local. "Uma das coisas que mais gosto assegura. Isabel diz que os demais con- aqui é a localização. Torna tudo muito domínios nao oferecem a tranqüilidade prático pra mim", afirma. Sabrina, que que reina no conjunto. Mineira, nascida é professora do colégio Pandiá em Senador Modestino Gonçalves, região Calógeras, aqui na região do Barro de Diamantina, Isabel nas horas de folga Preto, nasceu na cidade de Volta gosta de ir ao bairro Jaqueline, em Venda Redonda, interior do Rio de Janeiro. Ela Nova. Lá estão seus familiares. E quando também está gostando muito da capital pode, vai à terra natal para visitar seus mineira. Agora que é mãe da pequena pais. E abraçar e beijar muito seu xodó, Cecília, de dois meses de vida, tem cur- o filho João Carlos Lopes Santos, de qua- tido muito a filha. Que aproveita o tro anos de idade. sossego de seu apartamento para des- Ao conjunto JK, só tem elogios. "Além de cansar. Sabrina é casada com o escritor ser um local sossegado para viver, os vi- Leonardo Queiros, que acaba de lançar zinhos e funcionários são bastante um livro. Ela diz que acha muito boa a prestativos e educados. Isabel Nazaret Lopes administração do JK. E aproveita este Noveleira de carteirinha e crachá, ela Sabrina de Carvalho espaço do JK NOTICIA para elogiar os não perde um capitulo. E segue umas três, diariamente. Isabel Nazareth tem serviços prestados pelos funcionários do um sonho. E o persegue, a duras penas. Quer poder completar seus estudos econdomínio. "Aqui no JK eu acho tudo ótimo, só tenho elogios. O local é muito fazer uma faculdade. Ainda não decidiu qual curso vai fazer. Isabel, na entre-bom para se viver, além de ser próximo do colégio onde dou aulas e do trabalho vista para a coluna do JK NOTÍCIA ficou muito feliz. Disse que estava ganhan-de meu marido", assegura. do um presente, uma vez que era o dia de seu aniversário, 13 de outubro. "NãoA limpeza dos prédios também é outro item que tem agradado a professora, que vejo a hora de ter o jornal em mãos. Vou enviar para todos os amigos e pa-diz que os prédios sempre estão muito limpos, o que estimula os moradores a tra- rentes", disse, sorrindo.zerem visitantes para o JK. ESTUDANTES PAULISTAS DE ARQUITETURA VISITAM O JK Especial: Turminha do JK Allaine Isabella Professor e alunos se admiram a grandiosidade do condomínioLeonardo Fonseca local. Segundo Álvaro, a visita ao JK foi Em homenagem a todas as crianças neste mês que é delas, o feita de última hora, o que impediu que JK NOTÍCIA não publica neste número a coluna Funcionário do Estudantes de Arquitetura da os alunos conhecessem com maisFaculdade Escola da Cidade, de São detalhes o restante do conjunto. Todos Mês. No lugar, o carinho pelas crianças de alguns dos funcionáriosPaulo, vieram ao JK no último dia 11 de estavam com hora marcada para a volta que fazem mover em mar sereno esse transatlântico chamadooutubro. Acompanhados pelo professor a São Paulo. Condomínio JK. Nas fotos, Allaine Gomes Pereira, filha de Geraldode projetos Álvaro Puntoni, os alunos Eustáquio Pereira, Isabella Vitória do Nascimento Patrocínio, filhaficaram maravilhados com a dimensão Os paulistas vão voltar de José Geraldo do Patrocínio, Leonardo de Souza Oliveira, filhodo condomínio. de Adeyrson Lopes e Oliveira e Enoque Fernandes Junior. Se disse Compararam ao Copan, similar ao Álvaro Puntoni garantiu a volta, em o grande Homem: "vinde a mim as criancinhas", que assim seja.Conjunto Kubitschek, que fica no cen- breve, para os alunos conhecerem mais Todas merecem todo o nosso amor, proteção e afeição.tro velho da capital paulista. Este con- detalhadamente as dependências dodomínio passou pelos mesmo proble- conjunto. "É uma pena que só agora amas que o JK. Só mudou depois que pouco recebi o convite feito pelo Pedrouma junta de administradores, sob o Morais, que é arquiteto e mora no con-comando de um síndico, tomou as domínio, mas com certeza vou voltarrédeas da situação, que era de calami- com meus alunos para conhecer comdade. Assim como o JK, muita gente mais calma o conjunto. Isso vaitinha e ainda tem preconceitos contra o enriquecer muito o conhecimento deles. Afinal é um projeto do Niemeyer", afirmou, entusiasmado. Os alunos da Escola da Cidade estavam fazendo uma excursão por Minas Gerais. Já haviam visitado cidades históricas como Ouro Preto e Diamantina. Álvaro e seus alunos tam- bém elogiaram muito o fato de o JK pos- suir um jornal próprio. Isso aumentou ainda mais a admiração deles pelo Leonardo Júnior Conjunto JK.
  5. 5. JK NotíciaOUTUBRO/2006 ESPORTE 5Cruzeiro na Libertadores? Cuidado: O infalível JK Holmes está à sua procura ! Se você escreve, canta, desenha, compõe ou tem uma história para contar, poupe-me trabalho e entre em conta- to com a redação do JK NOTÍCIA.Leonardo Fonseca Tel: (31) 3272-7466 O time do Cruzeiro nesse mês de outubro terá o tempo a seu favor. Com jogosapenas nos finais de semana, o técnico Oswaldo de Oliveira vai ter tempo sufi-ciente para entrosar a equipe celeste. Tudo para manter o time na boa fase emque está. O time do Barro Preto começou outubro com duas vitórias e umempate. O goleiro Fábio, que é um dos jogadores mais regulares do time, acre-dita que o Cruzeiro possa participar da Copa Libertadores da América em 2007.Segundo ele, é difícil, mas não impossível. Fábio assegura que o time tem poten-cial para vencer todos os jogos. Mas é preciso cautela "Temos de agir como seestivéssemos subindo uma escada. Ou seja, degrau por degrau", ponderou. Estratégia americana O time do América está fazendo planos para permanecer emsegundo lugar na fase de classificação da Taça Minas Gerais ecom isso ter a vantagem de decidir em casa a vaga na semi-final. Especialistas acreditam que a chance do Coelho ficarentre os dois primeiros colocados é de 75%. Mas para issovai ter que vencer os quatro jogos restantes. O time doAmérica também pode se orgulhar de ter o segundo me-lhor ataque da competição com 17 gols perdendo ape-nas para a Caldense e o Democrata de Sete Lagoas quemarcaram 18 gols. Atlético rumo à série A Depois de um ano cheio de expectativas sobre o futuro do Clube AtléticoMineiro, parece que o torcedor começa a respirar aliviado. Ao que tudo indica,o time alvinegro tem grandes possibilidades de retornar à elite do futebolbrasileiro. Na análise do administrador esportivo Alexandre Siqueira, aschances de o Galo subir são de 93%. Nessa altura do campeonato tudo que otime de Lourdes precisa é do apoio de sua fanática e numerosa torcida. A boafase do Galo pode levar o time de volta à série A antes mesmo do campeonatoacabar. E ainda chegar a 2007 somando mais seis pontos. Outra boa noticia parao torcedor atleticano é a volta do artilheiro Marinho. Ele foi liberado pelo depar-tamento médico do Atlético no ultimo dia 16. E já vem fazendo atividades físi-cas na Cidade do Galo, em Vespasiano. Segundo o médico Marcos Vinicius, osexames feitos pelo jogador apresentaram resultados satisfatórios.
  6. 6. 6 JK Notícia CONDOMÍNIO OUTUBRO/2006 FOFOCA E LERO-LERO Classificados NO ELEVADOR Todos reconhecem o meu trabalho. Só minha vizinha é que eu preferia não ter que ouvir cer- muito chata tas coisas. E nem ficar sabendo das intimidades de moradores", diz outro ascensorista. Para um dos ascensoris- tas, trabalhando aqui no JK há um ano e meio, algumas pessoas tomam ati- tudes dentro do elevador como se ele não estivesse ali: "Já passei por cada constrangimento... e muitas vezes com casais", conta. rindo. Ela, sempre ela Mas algumas situações não são hilárias. Um dos ascensoristas garante que já foi até ameaçado por uma moradora, contumaz causadora de fofoca e mal estar entre os jotakenses. Mas ele assegura que tirou de letra: "A falta de educação e urbanidade de poucos é recompensada pela grande simpatia de muitos," conclui.Alysson Dário ca, mesmo", diz um deles. Mas todos Dicas Importantes: garantem: nunca tiveram problemasP oucas coisas incomodam tanto com a maioria dos moradores. Até Evite fofocas dentro do elevador. quanto entrar num elevador e porque eles respeitam o trabalho dos um passageiro começar a profissionais. "Graças a Deus nunca ***comentar sobre a vida alheia. Ou fui destratado por nen-mesmo sobre sua própria vida. Ficar hum morador. Espere a porta da cabine abrirdurante toda a viagem -ainda mais se totalmente para depois abrir afor para o último andar-, ouvindo porta do pavimento.uma pessoa, integrante do bloco dosmaus vizinhos, que não consegue ***ficar sem falar da vida dos outros, émuito constrangedor. E na vida priva- Evite se apoiar nas portas duranteda, um pouco de discrição não faz a viagem.mal a ninguém. *** Ascensorista sofreQuem nunca passou por isso? Pior Não sobrecarregar o elevador,deve ser a vida dos ascensoristas que respeitando o número máximo depassam horas dentro do elevador, car- passageiros indicado na cabine. Além da segurança, você vai evitarregando esse tipo de gente. Para a danos ou queima do motor, quemaioria deles, e aqui a gente não vai significa prejuizo financeiro paraidentificar um por um por questões todos.éticas, é muito complicado e ***embaraçoso ter que ouvir certosabsurdos de algumas pessoas. "Dentro Apertar o botão várias vezes, nãodo elevador se ouve de tudo. São adianta. Isso não acelera o ele-reclamações infundadas, criticas sem vador.fundamento e muita, mas muita fofo- Se você viu alguma dessas crianças, entre em conta- to com a Delegacia Especializada em Pessoas Desaparecidas pelo telefone 0800-28 28 197 ou (31) 3429 - 6009 Vendo móveis usados em ótimo estado - Edifício JK, Bl. B Tratar c/Marco Túlio - Tel.:3271-6653 ou 3333-2788 Mesa p/computador, sofá de 2 lugares, mesa de jantar, armário estante e 1 arca de cerejeira FOTOS REPRODUÇÃO ANUNCIE O SEU SERVIÇO QUER VENDER OU COMPRAR, ANUNCIE AQUI. Walace de Dionísio A. Adriana Marcia Tel.: 3272-0649 ou 8413-0631 Souza Freitas Lima Martins Felipe (Contato: Cesar)
  7. 7. JK Notícia 7 OUTUBRO/2006 COMUNIDADEAlysson Dário Uma garagem segura Foto : Alysson Dário por medida de segurança que o transi- to de pedestres não é permitido dentro da garagem. Algumas pessoas tentamH oje em dia não há como negar cortar caminho, entrando pela porta que o carro é uma das paixões da garagem do lado da avenida do brasileiro. Quem não quer Olegário Maciel. Isso, além de riscoter um carro bonito e confortável? Já para a integridade dos passantes, violaquem tem, toma muito cuidado com as normas de segurança, uma vez queseu xodó, para que nada lhe aconteça. os veículos ali guardados são dePrincipalmente para que não seja le- responsabilidade do condominio.vado por um amigo do alheio. NoBrasil é roubado um veículo a cada 15minutos. O mês de maio último teve omaior índice de roubos a automóveisdos últimos 13 meses segundo dadosdo Departamento Nacional deTrânsito. Os bandidos levaram 34 milveículos. A situação é tão grave que E osalgumas seguradoras aqui em Belo porteiros não são obrigados a con-Horizonte chegam a cobrar 30 % a hecer todos os moradores, ocasio-mais no seguro para um mesmo veícu- nando, com isso, situações delo. O valor vai depender da área em exigência de identificação. Segundoque ficará o automóvel. Na verdade norma da administração do con- Garagem do JK: aqui a segurança é garantida. Pode entrar.todo cuidado deve ser tomado para domínio JK, de conhecimento deque não seja surpreendido por uma maior segurança dos carros e até mente. Faróis acesos, vidros abertos, todos os moradores, é proibidosituação desagradável. E deixar o mesmo dos proprietários dentro da algum vazamento, são comunicados entrar ou circular dentro dacarro fora da rua é um dos fundamen- garagem. E até ao imediatamente ao pro- garagem pessoas que não tenhamtos para se evitar tal situação. No saírem dela. “ A segurança é o prietário. Por medida vagas locadas, moradores ou não.entanto, essas preocupações não afe- Fu n c i o n á r i o s ponto forte do JK”. de segurança as pes- garantem que são soas só entram ou dei- Essa medida é para evitar danos etam os usuários da garagem do prédio.A garagem do condomínio JK é segura. feitas rondas nas xam a garagem se devida- roubos aos veículos. O que seTodas as medidas são tomadas para a dependências da garagem diaria- mente identificadas. E é exatamente espera é a compreensão de todos. Cortina, um segredo simples para uma janela bonita FOTO: FLÁVIA AGUIAR Flávia AguiarO uve-se dizer que a primeira impressão é a que fica. E isso não se resume ao comporta-mento ou a maneira de se vestir, mastambém ao local onde se vive. Numaselva de concreto, onde os olharesestão sempre atentos, volta e meia nosdeparamos com imagens não muitoharmoniosas das janelas dos prédios.Sabemos todos que gosto não se dis-cute. E vai da preferência de cadamorador ter uma cortina verme-lha,amarela, preta e branca com bolinhasroxas, o arco íris que for. O problemanão está na cor da cortina. Mas noforro. Segundo Eliézer Batista Coelho,gerente da Casa Aguiar, especializadaem confeccionar e vender cortinas eforros, o prédio que tem muitasjanelas chama mais atenção. "O JK éum conjunto que se destaca pelagigantesca estrutura, bem na área cen-tral de Belo Horizonte. E por sedestacar, as pessoas que conhecem ocondomínio apenas pelo lado de foratêm uma imagem negativa do local.Afinal, vêem cortinas de todas ascores e jornal ou papelão colados nosvidros das janelas. Isso passa uma O Condomínio JK e as cortina claras: um jeito fácil de decorar bem. E valorizar o prédioimagem de desleixo por parte dos que cortina deve ser branco ou bege. nas desbotadas, verdadeiros molam- Manoel alerta que nesses casos oresidem no prédio", analisa Coelho. Eliézer Coelho afirma que uma mora- bos multicores ou papel como substi- morador é convidado a adminis- Colcha de retalhos ou dia deve ser um ambiente agradá-vel tuto. tração. E é orientado quanto à colo- molambo colorido? para que habitantes e visitas possam "Ninguém quer morar num con- cação do forro e da cortina adequada- Para o gerente administrativo do se sentir bem. Porém, não adianta domínio em que todas as pessoas mente. Se cada um cumprir com seuJK, Manoel de Freitas, o regulamento muito se, do lado de fora, o que se vê ficam criticando a fachada devido à dever, nosso JK vai ser ainda maisinterno deve ser cumprido pelos é uma colcha de retalhos gigante, com colcha de retalhos que se for-ma na agradável de se viver. E com umamoradores. E lá se lê que o forro da roupas penduradas nas janelas, corti- maioria das janelas," finaliza. imagem positiva para todos.
  8. 8. 8 JK Notícia COMUNIDADE OUTUBRO/2006 Onde o peito é o para-choque Fotos : Alysson Dário motoqueiros discutiam no semáforo não deu muitos detalhes sobre sua e de repente um deles arrancou situação. Disse apenas que o moto- avançando o sinal e se chocou com boy sofreu alguns pequenos trau- o ônibus", disse. O motoqueiro foi mas. E arrematou: "ele teve sorte socorrido cerca de 20 minutos dessa vez". Até quando? depois por uma unidade do Samu. O médico que atendeu o motoboy O atendimento ao motoqueiro foi rápido e eficazAlysson Dário final de setembro último na Praça Raul Soares, aqui ao lado do JK. UmA cidentes com motocicletas já motoqueiro se chocou de frente são rotina em Belo com um ônibus que trafegava na Horizonte. A imprudência é Avenida Amazonas, sentido centro.a maior causadora desses muitas Segundo o motorista do ônibus, quevezes graves eventos. São moto- não quis se identificar, o motoboyqueiros que abusam da sorte transi- passou no sinal vermelho e o aci-tando em alta velocidade, avançan- dente foi inevitável. O acidentedo sinal e cometendo verdadeiros chamou a atenção de muitas pes-absurdos no trânsito. Tudo para soas que passavam pelo local. Umachegar mais rápido ao seu destino. testemunha disse que o motoqueiroUm desses acidentes aconteceu no foi imprudente. "Eu vi que dois Amar é uma Oração Divulgação Paiva Netto que todos enfrentamos. Apesar da convicção de alguns, o criador do marxismo também era Ser Humano, a seu modo preocupado com os problemas sociais. A Prece não é o refúgio dos Certamente, o polêmico autor de Ocovardes nem dos ociosos. Ela nos Capital meditava a cerca de seuseleva, o trabalho nos realiza. O ideais. Sabendo ou não, de certaPapa reza, o Dalai-Lama medita, forma orava. Em Crônicas eChico Xavier orava, os rabinos Entrevistas*², escrevi a respeito deentoam suas súplicas, os evangéli- que orar e meditar assemelham-se.cos cantam seus louvores a Deus, (...)os islâmicos recitam o CorãoSagrado, Madre Teresa de Calcutá *¹ As nações também vomitamrezava, Helen Keller também, até o - Vide Reflexões e Pensamentos -Cony ora, no amor à sua cadelinha Dialética da Boa Vontade (1987),Mila. Amar é uma oração. O que é pp. 109 e 110, de Paiva Netto.a Prece senão o Amor que se dis- *² Crônicas e Entrevistas -põe para grandes feitos? Um irmão Livro de Paiva Netto, lançado pelaateu, quando realiza um ato que Editora Elevação, durante asbeneficia a coletividade, está oran- comemorações do Congresso Vivado. Rezar não é uma ação simples- Jesus! em Belo Horizonte/MG,mente figurativa. É o mais forte Brasil, em dezembro de 2000.instrumental que a essênciahumana, o Capital Divino, possui. José de Paiva Netto, jornalista,Como afirmava o monge católico radialista e escritor. É Presidentealemão Tomás de Kempis (1380- das Instituições da Boa Vontade.1471), em Imitação de Cristo, "sub-lime é a arte de conversar comDeus." Nestes tempos de mundializa- História se repete no somatório de Espiritual, muita vez erguem suação em que muitas fronteiras caem frustrações que podem desembo- prece a um deus antropomórfico,preferentemente sobre as cabeças car num movimento incontrolável que não lhes responde, pois nemdas populações mais pobres, o de massas. As nações também existe.Povo procura um rumo seguro vomitam*¹. Creio que até Marx proferiria apara a existência, regida por forças Buscam, então, alento para oração, como poderosa ferramentadiscrepantes. No entanto, nem suas dores no Invisível. Todavia, psíquica para o fortalecimento dasempre é o melhor de todos o des- como diversos se acostumaram a mente e fator de estabilidade antetino que se lhe oferecem. E a uma visão restritiva do Poder os dramas pessoais e familiares,
  9. 9. JK Notícia 9OUTUBRO/2006 CONDOMÍNIO JK SE PREPARA PARA O NATAL Arte : Alysson DárioFlávia Aguiar hos ficam encantados pela originali- dade e beleza dos enfeitesA gente nem observa direito, na O encarregado de portaria Pedro correria do dia a dia. Mas nos Carvalho diz que todos os anos várias pequenos detalhes, se nota: pessoas que não moram nos prédiosNatal se aproxima. Contagem regres- tiram fotos da decoração, surpresassiva de dois meses. E o Condomínio com tanta beleza e bom gosto na mon-JK já esta em clima de solidariedade, tagem da arvore de Natal e da orna-que é, ou deveria ser, a mola mestra mentação ao redor do prédio. No con-do Natal. E como faz todos os anos, a junto JK a decoração chama mesmo afamília jotakense se reúne a visitantes atenção de quem passa. E principal-e amigos numa festiva ação cheia de mente moradores e visitantes. E oalegria, fraternidade e paz. E pre- mais interessante é que os materiaistendendo com isso reunir a família são reaproveitados. Porém, semprenuma data em que se dando um toque a maiscomemora o nascimen- de criatividade ato do Menino Deus. cada ano. E dizPara o contador mais o Pedro:N e l s o n "O espíritoRodrigues o natalinoque mais se contagiadestaca nesta toda a com- Mais de cinco mil pessoas e um pensamento bom: É Natal!época do ano no nidade. ElaJK são os prepara- sai às ruas taria do Bloco A, da rua Timbiras. É músicas ao vivo cantadas pelativos dos enfeites para apreciar onde são distribuídos balas e pre- dupla Chikito e Dário Júnior. Estenos blocos A e B. os enfeites", sentes para a garotada. ano a festa vai contar com a partic-Com pouco gasto, acredita. Já os adultos podem se deliciar com ipação do Coral do JK. Integradomas muita criativi- um bom churrasco, cerveja gelada, por moradores do condominio edade, funcionários e No Natal no JK as frango assado, cachorro-quente, regido por Carlos Augusto dosmoradores participam da crianças aguardam a tira gosto, refrigerantes e muito Santos, ilustre jotakense, o coral jádecoração do condomínio. chegada do bom velhi- mais. A noite ganha muito mais está ensaiando para fazer bonito naMoradores dos prédios vizin- nho, Papai Noel, na por- brilho com o repertório eclético de apresentação. IMPORTANTE PARA A SOCIEDADE. IMPORTANTE PARA MIM ! Foto : Alysson DárioAlysson Dário o gerente administrativo Manoel Freitas, as visitas constantes ao JKD o alto de seus trinta e seis servem para mostrar a nova cara do andares, se consegue ver condominio a uma sociedade em grande parte do centro de grande parte preconceituosa.Belo Horizonte. O JK impõe sua "Tantas visitas provam para toda agigantesca estrutura e serve como comunidade a importância do con-referência para o controle do trânsi- domínio JK no cenário da cidade deto na capital mineira. No dia em que Belo Horizonte", diz. Ainda de acor-foi comemorada jornada interna- do com o gerente, falta para algunscional Na Cidade Sem Meu Carro, moradores um reconhecimentomais de 1.500 cidades no mundo e maior da importância do local onde60 no Brasil fizeram parte desse vivem. E chega até a criar, involun-movimento que teve como objetivo tariamente, um lema: "Condomíniolevar a uma mobilização e conscien- JK, a sociedade já reconheceu.tização da sociedade sobre a neces- Agora só falta você, jotakense".sidade de reduzir o uso do carro noscentros urbanos. A repórter da Rede Foto : Alysson DárioGlobo Minas, Flávia Menzone veioaté o condomínio JK para conhecero trabalho dos fiscais da BHTRANS,que ficam postados no último andardo bloco b, monitorando o trânsitoda região do hipercentro da capital. A maravilhosa vista do bloco B, que encantou reporter globalMas ela acabou por se surpreender em prática uma pauta sobre o con- eles, Alterosa Rede Minas e agora, acom a imensa estrutura do con- domínio. "Assunto é o que não falta Globo. As faculdades e universi-domínio. Segundo a jornalista a no JK. Espero voltar e produzir dades também reconhecem a grandeorganização do prédio e a limpeza matérias aqui," disse. Nos últimos importância do JK na sociedade.chamaram muito sua atenção. meses nosso condomínio foi visita- Estão sempre sugerindo algum tipoFlávia falou da vontade de colocar do por vários canais de TV. Entre de trabalho prático no JK. Segundo Flávia Menzone em ação
  10. 10. 10 JK Notícia SAÚDE OUTUBRO/2006 Câncer: Humano TambémLeonardo Fonseca Foto : Leonardo Fonseca rar o serviço odontológico anualmente.D entre os vários tipos de cânceres existentes, um não menos grave, mas pouco Exames de coração, sangue... e bocaconhecido e divulgado é o câncer Para ele, assim como se faz umde boca. Ele tem entre as princi- check up de coração, sangue, epais causas o hábito de fumar, outros, seria interessante eingerir bebidas alcoólicas e o uso saudável, além de preventivo,de próteses mal ajustadas. que se incluísse a visita ao dentista nesses exames anuais. “O câncer de boca: Pouco Afinal, se o câncer de boca for divulgado, mas muito detectado de forma prematura, perigoso”. “Quanto mais rápidoOs principais sintomas desse tipo detectado, maiores sãode câncer são aparecimentos de as chances de cura”.ferimentos indolores na boca, quesão confundidos com aftas e que as chances de cura são boas.não cicatrizam no prazo de uma Ele chega a dizer que há pes-semana. Todo cuidado é pouco soas que acreditam que porcom essas feridinhas. usarem próteses dentarias, não precisam mais ir ao dentista. Cuidado, fumante e bebedor "Uma pessoa que use uma com dentadura prótese que esteja mal ajustadaSegundo o médico endodontista e não tenha uma higiene deCleiton Vagner Araújo, para se acordo, corre sérios riscos deprevenir o câncer de boca é muito ter câncer de boca", alerta oimportante que todas as pessoas profissional.com mais de 40 anos e que te- Cleiton : uma ida por ano ao dentista pode prevenir o câncernham próteses dentárias, o hábito gorosa, não estou referindo ao fato mal, então não adianta", afirma Serviçode beber e são fumantes, mante-nham uma higiene bucal rigorosa, de se escovar os dentes três vezes Araújo que também reclama quefazendo uma consulta odontológi- ao dia apenas, já que a maioria os pacientes só procuram pelos www.paginas.terra.com.br/saude/dr.cleitonbragaca anual. dos meus pacientes mantém esse dentistas quando sentem dores de E-mail: cleitonbr@terra.com.br"E quando eu falo em higiene ri- hábito, o problema é que escovam dente, quando o correto é procu- Pergunte à Doutora FOTO:LEONARDO FONSECA A médica infectologista PatriciaBotelho, da secretaria de estado da Tratamento e PrevençãoSaúde, responde: O tratamento consiste em repouso e diminuição da dor de O que é rubéola? cabeça, que leva ao desconforto. A Rubéola é uma doença transmiti- prevenção se faz com vacinas deda por um vírus. Ela leva a um vírus atenuados nas várias faixas dequadro de febre elevada, deixando idade de risco. Também aqui a imu-várias manchas vermelhas pelo nidade é permanente.corpo e gânglios que são chamadosde íngua. No adulto e no adolescente Observaçãoapresenta mal estar e dores nocorpo. E, mais raramente, tosse, Em caso de rubéola consulte ofaringite e coriza. posto de saúde ou o médico mais próximo, não tente se auto medicar Como é transmitida? para não ocorrer gravidades no A transmissão da rubéola, como é quadro. Na região metropolitana devirótica, ocorre por via respiratória Belo Horizonte desde o dia 18 dede pessoa para pessoa. A infecção agosto está ocorrendo um surto degeralmente tem evolução benigna e rubéola e os homens estão sendofreqüentemente não produz qual- mais afetados que as mulheresquer manifestação clínica. Do Segundo a médica infectologistamesmo modo que no sarampo, o Patricia Botelho, cerca de 80% dosdoente deve ser isolado, pois é infec- Patricia: a maioria dos casos acontece com homens. Tome vacina! casos de rubéola são do sexo mas-tante durante uns 10 dias depois do culino. "A melhor forma de se pre-aparecimento da erupção. Existe ainda a chamada rubéola mações congênitas com alterações venir é vacinando. Logo, se você é congênita, em que a mãe, sintomática cardíacas e principalmente oculares e, homem e tem até 49 anos, vacine. Se Complicações na gravidez, tem? ou não, transmite o vírus pela circu- freqüentemente, leva a abortos de for mulher, a idade sobe para 49. E lação ao feto, provocando malfor- natimortos. deve também ser vacinada," orienta. Fotos: Leonardo Fonseca
  11. 11. JK Notícia 11 OUTUBRO/2006 COMUNIDADE Conheça a vizinhançaMini - síndico é exemplo para condomínios Fotos : Leonardo Fonseca corredores. Isso vinha causando malLeonardo Fonseca estar em alguns moradores. E muitas reclamações à sindica. Ela resolveu o problema de forma pragmática. Edifício Brasília, ou a arte "Conversei com as crianças. Propus de resolver conflitos que me ajudassem a tomar conta do prédio. Foi assim que surgiu o sindico - mirim e seus colaboradores, com um ótimo resultado" assegura, feliz. SoniaU m dos mais antigos con- convoca a garotada para uma reunião domínios da cidade de Belo mensal. Todos participam com muita Horizonte, o edifício Brasília é seriedade. Chegam a dar conselhoso que podemos chamar de um con- aos mais velhos.domínio ideal para se viver. Mesmolocalizado no hipercentro da capitalmineira, onde o barulho e a poluiçãosão constantes, os moradores se ale-gram ao falar sobre o local. É o que dizManuelita de Castro, moradora docondomínio há 33 anos. Ela é uma dasproprietárias mais antigas do prédio."Minha vida é esse prédio. Meu filho,que hoje tem 34 anos, foi criado aqui.Mesmo tendo passado a infância emum apartamento no centro da capital,ele teve uma vida normal, não foiimpossibilitado de fazer nada",garante, empolgada. Edfício Brasília, experiência de mini-síndicos, pôs crianças na linha todos os moradores. À frente da prédio. O Brasília foi construído pra Uma síndica e seus administração há cinco meses, ela ser comercial. Por isso, não tem mini síndicos ressalta que os conflitos no con- garagem nem área de lazer. Guardar osSônia Aparecida dos Reis é outra que domínio são resolvidos com uma boa carros não causa muitos problemas. Sônia e Manuelita, conversando se entendesó tem elogios ao local. E assegura que conversa. Garante que nunca precisou Mas o prédio tem entre seusseu principal objetivo dentro do con- tomar nenhuma providência mais moradores várias crianças. E que, nadomínio é possibilitar o bem estar de séria para solucionar os problemas do falta de área de lazer, brincavam nos Para ser síndico, é preciso rebolar No berro, nem bode ganha Como numa eleição legislativa Poucos dias atrás, todo o Brasil ou presidencial, não se ganhaesteve envolvido no clima da uma eleição de síndico aos gritos,escolha dos componentes das berros ou destilando mentirasassembléias e do congresso para a comunidade. Nas assem-nacional. Agora o povo volta às bléias, se ganha pela transparên-urnas para eleger o presidente da cia e competência administrativa.República. E por isso a partici- Os moradores sabem muito bempação de todos os brasileiros é quando tudo está funcionando emmuito importante na escolha de ordem.seu representante. O mesmo O mais grave também ocorreocorre nos condomínios que se quando a oposição apela para ospreparam para fazer assembléias meios de comunicação, para man-e escolherem o síndico. Não basta char a imagem do próprio localchegar ao poder, o difícil é se em que moram. Se agem assim emmanter nele. Ser síndico implica nome de poder, imagine tomandoter respeito e responsabilidade conta da sua casa, ou seja, dopara com os condôminos. É condominio.necessário estar à disposição para Segundo o gerente administra-resolver vários problemas nas tivo do Conjunto JK, Manoelhoras mais impróprias. E as Gonçalves de Freitas, toda épocapicuinhas podem ser desde um em que se aproximam as eleições,barulho que incomoda, a um a oposição, que se constitui devazamento de água até briga de pouco mais de meia dúzia de pes- soas, aproveita para despejar avizinhos. frustração de ser sempre derrota- Oposição irresponsável da. "O triste é que quem paga por ninguém merece todo este circo de maldade são Segundo o presidente do aqueles que pagam em dia asSindicon, Sindicato dos Condo- taxas condominiais e amam omínios, Helton Donato, os mo- local em que moram. Para cadaradores devem ter muito cuidado acusação feita ao Judiciário, o JKcom falsas promessas vindas da do convívio e bem estar de todos condomínio, isso só causa tumul- é obrigado a gastar uma grandeoposição. Na maioria das vezes os moradores. São necessários, to e desorganização. Administrar quantia com advogados. Tudosão práticas difíceis de serem além de consistência de idéias, um condomínio não é brincar de para defender os interesses dorealizadas. Muitos síndicos são uma boa organização, honesti- casinha. Tem que se ser muito condomínio. Com isso, as obrasreeleitos, porque mostram na dade e competência para exercer profissional, buscar ajuda de essenciais para os dois prédios,prática competência e profissio- ficam sendo adiadas ou são inter- o cargo de síndico. Infelizmente, todos para que tudo saia bem.nalismo, nas tarefas para as quais rompidas. Afinal, do solo do con-foram escolhidos. o clima que existe entre alguns Não se aceita, para o bem geral opositores é de conspiração. dos moradores, que um con- domínio, não jorra dinheiro", afir- Nos condomínios residenciais ma.sempre existe a oposição. Como Ataques pessoais acusações in- domínio seja administrado por De tudo, fica uma indagação:nos governos. Isso é bom. Mas fundadas, denúncias sem provas amadores. Logo, a eleição para como seria a administração feitanão bastam apenas propostas e muita inveja, fazem parte do síndico não pode ser este vale por uma pessoa que não paga ovazias para ajudar nas melhorias manual de oposição irresponsá- tudo para ganhar a qualquer seu próprio condomínio? Cartas à vel. E seja num governo, seja num preço. redação.
  12. 12. 12 COMUNIDADE JK Notícia OUTUBRO/2006 Visual novo e chique no JK O PERIGO MORA AO LADO... FOTOS: LEONARDO FONSECA DA POLÍCIA“Reforma Flávia Aguiar nos ele- Medo. É o que estão vadores sentindo os jotakenses e transeuntes que pegam não ônibus no ponto da avenida Olegário Maciel, em frenteaumenta ao anexo da Universal do Reino de Igreja o con- Deus. O local passou a ser fre-domínio” qüentado por pedintes. Até aí, tudo bem, já que o que Nelson Rodrigues não falta é gente pedindo Esperar o ônibus é um risco na parada no medo esmola na região aqui do Barro Preto. O problema maior, principalmente no início da noite, é que as pes- Flavia Aguiar soas pedem e se não são atendidas, partem muitas vezes para a agressão. Vários Piso de granito confere classe e elegância aos elevadores casos já aconteceram. Todos ficam com medo, pois o local tem pouca ilumi- Não há nenhum morador ou visitante que não se encante com os pisos de nação, o que facilita qualquer abordagem das pessoas mal intencionadas. Osgranito que estão sendo colocados nas cabines dos elevadores dos blocos A e B alvos preferidos são mulheres e idosos.do Condomínio Kubitschek. Segundo uma moradora do JK, que não quis se identificar por medo de A reforma era acalentada há muito pela administração. A intenção também represália, isto já está acontecendo há um bom tempo. "São dois homens adul-está sendo tornar o ambiente do condomínio ainda mais agradável. Isto faz com tos. Eles só não atacam quando uma viatura ou policiais a pé passam pela aveni-que o local seja ainda mais valorizado. E que possa dar um visual bonito e ele- da. Ou ainda quando as luzes da igreja estão acessas", alerta. A moradoragante aos elevadores. E o que é melhor, de forma prática e barata. Se aconte- desabafa dizendo ser um absurdo isso acontecer lado de duas delegacias e umcesse a troca de todas as cabines dos elevadores, com as várias tecnologias exis- posto da PM.tentes, custaria em torno de R$ 300 mil para cada cabine. Segundo o contador do Condomínio Kubitschek, Nelson Rodrigues, a troca Outro ladodos pisos não vai refletir no pagamento dos tributos dos moradores. "Os grani-tos foram comprados sob medida. Para as cabines dos elevadores de serviço O Major Márcio Cassavari, da 3ª AISP (Área integrada de Segurança Pública)serão colocados pisos de borracha protetora sobre o granito para que o piso não garante que não estava sabendo dos ataques dos pedintes. Segundo ele, natrinque ou quebre pelo peso de algum objeto numa mudança", informa. unidade policial, nenhum registro aconteceu sobre as agressões. O policial aler- Não só as cabines ficaram com uma imagem bonita e renovada. As portas ta para quem for vitima ou presenciar qualquer atividade criminosa, ligar,de madeiras também entraram no processo de recuperação. mesmo sem se identificar, para o Disque Denúncia da Policia Militar, através do número 0800 300 190. Professor doa mapas para Instituto Histórico e Geografico sos livros didáticos e agora está procu- para a faculdade atrás de diploma, sucedida em sua profissão, seja ela rando ampliar o acervo geográfico da ninguém está interessado em apren- qual for, precisa ler pelo menos um entidade. Para ele, "o problema é que der. Há pouco tempo eu estava mi- livro por mês. aqui em Minas se dá mais importância nistrando um curso de pós-gradu- aos estudos de história do que de ação e me sentia constrangido com a geografia e ambos têm a mesma quantidade de alunos que me entre- Arte : Alysson Dário importância para o estado". Segundo o gavam trabalhos copiados da inter- professor, existe em seu poder uma quantidade enorme de mapas de net" afirma David. extrema importância. E ele vai disponibilizar para a biblioteca do TV, a grande IHG. vilã Davi Márcio e o prazer de ensinar Trabalhos acadêmicos copia- O professor também culpa a televisão pela dos da internet quantidade de progra-Leonardo Fonseca mas que são produzidos O professor, que desde agosto passadoR econhecido por possuir um sem nenhum conteúdo. é membro do instituto, disse estar ani- David Márcio pretende grande acervo de livros de mado com a contribuição que dará à história e geografia, o Instituto aumentar o número de entidade. visitantes ao IHG, "pois éHistórico e Geográfico de Minas E se diz muito preocupado com os um local muito rico emGerais agora tem como membro um rumos que as instituições de ensino informações e as pessoasdos principais cartógrafos do país, oprofessor David Márcio Santos, que tomaram nos últimos tempos. "Acho precisam conhecer", afirma.durante muitos anos escreveu diver- um absurdo o que está acontecendo Para ele, não tem meio nos dias de hoje. Os alunos só vão termo: a pessoa para ser bem Manutenção, modernização e conservação de elevadores e escadas rolantes. Rua Juiz de Fora, 114 - Barro Preto - Belo Horizonte - MG Telefax: 3295-3127 / 3295-5735 E-mail: multiel@terra.com.br

×