Simulado enem

1.090 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.090
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Simulado enem

  1. 1. Professor Helanderson SousaSimulado ENEMAssunto: Física,Ciências da naturezae suas tecnologias1) A potência da radiação solar sobre o solo de nosso planeta, numadada região, é diretamente proporcional à área de exposição do solo àluz solar. Na transposição do rio São Francisco, ao se distribuir a águado seu leito natural para outras regiões, ocorre um aumento nasuperfície de exposição da água à radiação solar. Assim sendo, deveocorrer um aumento na taxa de evaporação da água. A fim de se testaressa hipótese, suponha que 1000 litros de água estejam armazenadosnum recipiente cúbico de 1m de aresta e expostos à radiação solar emdeterminada região por onde passa o rio São Francisco. Observa-seque, para o nível da água ser reduzido em 10 cm, ou seja, 100 litros deágua, devido exclusivamente à evaporação provocada pela radiaçãosolar, é necessário um intervalo de tempo ∆t. Considere, agora, queesse volume de água seja distribuído, de forma equânime, em outroscinco recipientes cúbicos idênticos, de 1m de aresta. Levando emconsideração apenas a radiação que atinge a superfície superior dosrecipientes, assinale a alternativa correta.A)Para reduzir o nível de água nos recipientes em 10 cm, o intervalo detempo necessário será 5∆t.B) Para reduzir o nível de água nos recipientes em 10 cm, o intervalode tempo necessário será ∆t/5.C) Na segunda situação, para evaporar um total de 100 litros de águados recipientes, será necessário um intervalo de tempo igual a ∆t/5.D) Para que toda água dos recipientes seja evaporada, será precisoesperar um intervalo de tempo mínimo de 10∆t.E) Para que toda a água dos recipientes seja evaporada, será precisoesperar um intervalo de tempo mínimo de 5∆t.
  2. 2. 2) O Brasil já é o quarto maior mercado de consumo de águaengarrafada, ficando atrás apenas de Estados Unidos, México e China.Dados da Associação Internacional de Águas Engarrafadas revelamque nosso consumo cresce mais de 7% ao ano. O Brasil consome maiságua engarrafada que, por exemplo, França, Itália e Alemanha.Todavia, há um alto impacto ambiental nesse consumo. Um dosproblemas está relacionado à embalagem, geralmente feita de PET(politereftalato de etileno), plástico obtido a partir de petróleo. NoBrasil, o consumo de água engarrafada até o final de 2007 foi de 13,6bilhões de litros. Para esse tanto, estima-se que pelo menos 1,5 milhõesde toneladas de plástico tenham sido usados para a fabricação degarrafas PET. A Environmental Research Letters (Janeiro-Março2009) publicou que, em 2007 foram consumidos, nos EUA, 33 bilhõesde litros de água engarrafada. Para a produção, estocagem edistribuição desse produto, calcula-se que são necessários entre 32 e 54milhões de barris de petróleo. Mas, para engarrafar esses 33 bilhões delitros de água, calcula-se que são consumidos cerca de 15 milhões debarris de petróleo na produção das embalagens. Se utilizarmos osmesmos dados da produção de água engarrafada nos EUA para o casobrasileiro, pode-se afirmar que, em 2007, o “custo energético total” daprodução, engarrafamento, estocagem e distribuição de águaengarrafada em nosso país esteve, aproximada-mente, entre:A) 10 e 20 milhões de barris de petróleo.B) 19 e 28 milhões de barris de petróleo.C) 21 e 34 milhões de barris de petróleo.D) 26 e 40 milhões de barris de petróleo.E) 33 e 44 milhões de barris de petróleo.3) Quando o motorista de um automóvel aciona os freios, uma parcelada energia cinética do veículo é desperdiçada para o ambiente. Umexemplo da parcela de energia dissipada, está no aumento significativona temperatura das peças que compõem o freio do automóvel. Alguns
  3. 3. carros de Fórmula 1 utilizam um dispositivo denominado KERS (Kinetic Energy Recovery System ) que, em síntese, recupera parte daenergia que seria desperdiçada, armazenando-a sob forma de energiaelétrica ou mecânica, dependendo da concepção do dispositivo.Posterior-mente, essa energia armazenada pode ser utilizada, porexemplo, numa ultrapassagem. Para que se tenha uma idéia, aliberação da energia armazenada no KERS é ca-paz de aumentarcerca de 10% a potência do carro de Fórmula 1 duranteaproximadamente 7 segundos. Dentre as afirmações a seguir, assinaleaquela que pode ser depreendida do texto.A) O funcionamento do KERS é um duro golpe na segunda lei daTermodinâmica, que afirma ser impossível produzir um dispositivoque transforme, integral-mente, energia térmica em energia mecânica.B) A eficiência desse tipo de dispositivo somente se verifica em corposem alta velocidade.C) Em contrapartida ao aumento na potência do carro de Fórmula 1,durante o uso do KERS, o motor necessitará de mais combustível.D) Para melhor desempenho do carro de Fórmula 1, o piloto deve fazeruso intenso dos freios, por longos intervalos de tempo.E) O funcionamento do KERS está alicerçado pelo princípio geral daconservação de energia. 4) O rotor é um brinquedo que existe em parques de diversões. Ele é constituído de um cilindro oco provido de um assoalho. As pessoas entram no cilindro e ficam em pé encostadas na parede interna. O cilindro começa a girar em torno de seu eixo vertical e a partir de uma velocidade angular mínima, o assoalho é retirado e as pessoas ficam “presas” à parede do cilindro. Sendo 2 m o raio do cilindro. 0,05 o coeficiente de atrito entre as pessoas e o cilindro , determine a velocidade angular mínima de rotação do cilindro a fim de que as pessoas não escorreguem durante seu movimento. a) 10Hz b) 100Hz c) 1HZ
  4. 4. d) 0,1Hz e) 0,01HzTexto para as questões 5 e 6Durante a aula de biologia, a professora Fulana de Tal, resolveu fazeruma experiência para identificar o mosquito Aedes aegypti através deuma lupa. Como não dispunha desse instrumento, ela aproveitou duaslentes que havia no laboratório de Física da escola.As figuras abaixo mostram o mosquito visto a olho nu, através da lentaL1 (Fig. 1) e através da lente L2 (Fig. 2).Ela ficou surpresa ao perceber que, em uma das lentes, a imagem domosquito era reduzida (e não ampliada, conforme ela esperava queocorresse). 5) Com relação ao texto as a figuras podemos afirmar que as lentes L1 e L2 são respectivamente: a) Convergente e divergente b) Divergente e convergente c) Convergente e convergente d) Divergente e divergente e) Convergente e fosca 6) Especifique cada uma das imagens produzidas pelas lentes L1 e L2, respectivamente, segundo as seguintes características:  Real ou Virtual  Aumentada ou Diminuída  Direita ou Invertida a) Virtual-aumentada-direita, Virtual-diminuida-direita b) Virtual-diminuida-direita, virtual-aumentada-direita
  5. 5. c) Virtual-aumentada-invertida, real-aumentada-direitad) Virtual-aumantada-invertida, real-diminuida-invertidae) Real-aumentada-direita, real-diminuida-direita7) Uma corda de violino tem no instrumento 50 cm entre os dois apoios. Sua massa é de 5,0 g (este comprimento pode ser modificado pelo artista, comprimindo a corda com o dedo em certo ponto). Quando livre, a corda toca a nota lá (440 ciclos por segundo). Que comprimento se deve dar à corda para tocar a nota dó (528 ciclos por segundo)? a) 25 cm b) 32,4 cm c) 41,6 cm d) 45,8 cm e)Devia ser mais do que 50 cm. (É possível tocar 528 ciclos/s nesta corda.)8) Observe a tabela seguinte. Ela traz especificações técnicas constantes no manual de instruções fornecido pelo fabricante de uma torneira elétrica.
  6. 6. Considerando que o modelo de maior potência da versão 220 V datorneira suprema foi inadvertidamente conectada a uma rede comtensão nominal de 127 V, e que o aparelho está configurado paratrabalhar em sua máxima potência. Qual o valor aproximado dapotência ao ligar a torneira?a) 1.830 Wb) 2.800 Wc) 3.200 Wd) 4.030 We) 5.500 W 9) As pontes de hidrogênio entre moléculas de água são mais fracas que a ligação covalente entre o átomo de oxigênio e os átomos de hidrogênio. No entanto, o número de ligações de hidrogênio é tão grande (bilhões de moléculas em uma única gota de água) que estas exercem grande influência sobre as propriedades da água, como, por exemplo, os altos valores do calor específico sensível, do calor específico de vaporização e de solidificação da água. Os altos valores do calor específico sensível e do calor específico de vaporização da água são funda mentais no processo de regulação de temperatura do corpo humano. O corpo humano dissipa energia, sob atividade normal por meio do metabolismo, equivalente a uma lâmpada de 100 W. Se em uma pessoa de massa 60 kg todos os mecanismos de regulação de temperatura parassem de funcionar, haveria um aumento de temperatura de seu corpo. Supondo-se que todo o corpo é feito de água, em quanto tempo, aproximadamente, essa pessoa teria a temperatura de seu corpo elevada em 5ºC? a) 1,5 h b) 2,0 h c) 3,5 h d) 4,0 h e) 5,5 h Dado: calor específico sensível da água 4,2. J/Kg.°C 10) Uma fonte de energia que não agride o ambiente, é totalmente segura e usa um tipo de matéria-prima infinita é a energia eólica, que gera eletricidade a partir da força dos ventos. O Brasil é um país privilegiado por ter o tipo de ventilação
  7. 7. necessária para produzi-la. Todavia, ela é a menos usada na matriz energética brasileira. O Ministério de Minas e Energia estima que as turbinas eólicas produzam apenas 0,25% da energia consumida no país. Isso ocorre porque ela compete com uma usina mais barata e eficiente: a hidrelétrica, que responde por 80% da energia do Brasil. O investimento para se construir uma hidrelétrica é de aproximadamente US$ 100 por quilowatt. Os parques eólicos exigem investimento de cerca de US$ 2 mil por quilowatt e a construção de uma usina nuclear, de aproximadamente US$ 6 mil por quilowatt. Instalados os parques, a energia dos ventos é bastante competitiva, custando R$ 200,00 por megawatt-hora frente a R$ 150,00 por megawatt- hora das hidrelétricas e a R$ 600,00 por megawatt-hora das termelétricas. Época. 21/4/2008 (com adaptações).De acordo com o texto, entre as razões que contribuem para a menorparticipação da energia eólica na matriz energética brasileira, inclui-seo fato dea) haver, no país, baixa disponibilidade de ventos que podem gerarenergia elétrica.b) o investimento por quilowatt exigido para a construção de parqueseólicos ser de aproximadamente 20 vezes o necessário para aconstrução de hidrelétricas.c) o investimento por quilowatt exigido para a construção de parqueseólicos ser igual a 1/3 do necessário para a construção de usinasnucleares.d) o custo médio por megawatt-hora de energia obtida após instalaçãode parques eólicos ser igual a 1,2 multiplicado pelo custo médio domegawatt-hora obtido das hidrelétricas.
  8. 8. e) o custo médio por megawatt-hora de energia obtida após instalaçãode parques eólicos ser igual a 1/3 do custo médio do megawatt-horaobtido das termelétricas.

×