O teu sinuoso, afectuoso e impetuoso corpo
é o destino, clandestino e de desatino das minhas mãos
atingível, apetecível e aprazível desejo que elejo, manejo e arpejo em acórdãos .
Estou em ti Cor urzela, és bela e como numa zarzuela, mulher, Melodiosa, gaudiosa e maviosa, és formosa.
Eu sou o que subverteu, perverteu e ficou teu, Pelo aprazer de satisfazer e de te subjazer fogosa.
Estou em ti Penso-te, imagino-te, vejo-te, não te posso esquecer Só enternecer, enaltecer, embevecer porque sou teu.
Estou em ti. Não paro de te fazer sonhar, acarinhar e redesenhar, para servir-te, servires-me e amarmo-nos,
Como tontos, até ficarmos roucos, quiçá talvez loucos, Daquela loucura que é ternura duma pintura que perdura
E nos sobreleva, enleva e subleva para amar e só amar…   Estou em ti!
POEMA DE  josé torres  sobre pps existente
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

PENSO EM TI josé torres

363 visualizações

Publicada em

meu pps

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
363
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

PENSO EM TI josé torres

  1. 2. O teu sinuoso, afectuoso e impetuoso corpo
  2. 3. é o destino, clandestino e de desatino das minhas mãos
  3. 4. atingível, apetecível e aprazível desejo que elejo, manejo e arpejo em acórdãos .
  4. 5. Estou em ti Cor urzela, és bela e como numa zarzuela, mulher, Melodiosa, gaudiosa e maviosa, és formosa.
  5. 6. Eu sou o que subverteu, perverteu e ficou teu, Pelo aprazer de satisfazer e de te subjazer fogosa.
  6. 7. Estou em ti Penso-te, imagino-te, vejo-te, não te posso esquecer Só enternecer, enaltecer, embevecer porque sou teu.
  7. 8. Estou em ti. Não paro de te fazer sonhar, acarinhar e redesenhar, para servir-te, servires-me e amarmo-nos,
  8. 9. Como tontos, até ficarmos roucos, quiçá talvez loucos, Daquela loucura que é ternura duma pintura que perdura
  9. 10. E nos sobreleva, enleva e subleva para amar e só amar…   Estou em ti!
  10. 11. POEMA DE josé torres sobre pps existente

×