Portugal - século XIII

802 visualizações

Publicada em

Portugal no século XIII

Publicada em: Educação
1 comentário
1 gostou
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
802
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
69
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
17
Comentários
1
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Portugal - século XIII

  1. 1. CARACTERÍSTICAS NATURAIS DO REINO RELEVO Norte : Terras altas com planaltos e serras Sul: Terras baixas; planície e peneplanície RIOS: • A maior parte corre de este para oeste; • Acompanham a inclinação do relevo; • Apresentam caudais variáveis, dependendo da precipitação.
  2. 2. CLIMA Norte: • Litoral: Chuvas abundantes Temperaturas amenas • Interior: Poucas chuvas; Invernos frios e verões quentes Sul: • Poucas chuvas; • Verões quentes e invernos suaves
  3. 3. VEGETAÇÃO Norte: Florestas densas e de folhagem predominantemente caduca Sul: Florestas pouco densas e de folhagem predominantemente persistente. •a vegetação natural do séc. XIII aparece já modificada devido à prática da agricultura e da pastorícia. • O território estava coberto de um manto vegetal frondoso e abundante, com diferenças:
  4. 4. APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAIS RECURSOS DA TERRA • Terrenos aráveis: ocupavam pequenas áreas. Produziam-se: cereais vinho e azeite legumes e frutos linho
  5. 5. APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAIS RECURSOS DA TERRA • Terrenos bravios: ocupavam grandes áreas Criavam-se: ovelhas e cabras porcos bois e cavalos Recolhiam-se: lenha e madeira cortiça mel e cera
  6. 6. APROVEITAMENTO DOS RECURSOS NATURAIS RECURSOS DO MAR E RIOS
  7. 7. PRODUÇÃO ARTESANAL As principais atividades artesanais: • satisfaziam as necessidades do dia a dia da população • estavam ligadas à agricultura e à pesca
  8. 8. TROCAS COMERCIAIS • COMÉRCIO INTERNO: Feiras e mercados Almocreves ( vendedores ambulantes) • Os reis tomaram medidas de proteção, criando feiras francas ( os vendedores não pagavam impostos)
  9. 9. TROCAS COMERCIAIS COMÉRCIO EXTERNO: • Os reis tomaram medidas de proteção; D. Dinis criou a Bolsa de Mercadores (espécie de seguro que cobria os prejuízos)
  10. 10. Senhorios Coutos Senhorios Honras Concelhos DISTRIBUIÇÃO DAS TERRAS Reguengos
  11. 11. Senhorio
  12. 12. A Nobreza Principal atividade: combater Outras atividades: •administrar o senhorio •aplicava a justiça no seu território •proteção dos moradores dos senhorios
  13. 13. O Clero Principal atividade: Serviço religioso Outras atividades: • ensino • cópia de livros- monges copistas • assistência a doentes e peregrinos •combate contra os infiéis (monges guerreiros)
  14. 14. O Povo Principal atividade: Trabalhar (na agricultura, pastorícia e pesca) Tinham uma vida dura e difícil: •trabalhavam de sol a sol; •cultivavam terras que não eram suas, das quais pagavam pesados impostos; •viviam pobremente com o pouco que lhes restava ,depois de cumpridas as obrigações.
  15. 15. Senhorios Coutos Senhorios Honras Concelhos DISTRIBUIÇÃO DAS TERRAS Reguengos
  16. 16. SÍMBOLOS DO PODER DO CONCELHO Foral do século XVI Pelourinho Domus Municipalis Selo Municipal Foral do século XII Carta de Foral
  17. 17. Bibliografia e outras fontes Manual Historia e Geografia de Portugal 5º ano, Costa, Fátima e Marques, António, Porto Editora www.google.pt imagens euquerosol.blogspot.com eb23-castelo-maia.rcts.pt janaoseinao.blogspot.com Manual Historia e Geografia de Portugal 5º ano, Costa, Fátima e Marques, António, Porto Editora www.google.pt imagens euquerosol.blogspot.com eb23-castelo-maia.rcts.pt janaoseinao.blogspot.com

×