Trabalho noas

19.974 visualizações

Publicada em

0 comentários
12 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
19.974
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
366
Comentários
0
Gostaram
12
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Trabalho noas

  1. 1. FACULDADE DE MEDICINA SAÚDE E SOCIEDADE &FORUM INTERDISCIPLINAR II
  2. 2. Trabalho realizados pelos alunos:  Kelson Cruz  Lais Lacerda  Luisa Andrade  Thamilee Pizzatto  Gessiane Domiciano  Amanda Reis  Lorena Branquinho  Suzany Pereira  Isabela Ribeiro  Vinicius Peres
  3. 3. NOASNORMA Operacional de Assistência a Saúde
  4. 4. NOAS – Norma Operacional de Assistência a SaúdeNOAS – 01/2001- Amplia as responsabilidades do município na atenção básica,- Estabelece o processo de REGIONALIZAÇÃO,- Cria mecanismo de fortalecimento da gestão do SUS- Atualiza os critérios de habilitação/desabilitação de Estados e Municípios
  5. 5. NOAS – Norma Operacional de Assistência a SaúdeNOAS – 01/2002 Preconiza: - Planejamento integrado - Garantia de acesso - Hierarquização dos serviços de saúde EQUIDADE - Resolubilidade - Racionalização dos recursos Estabelece: 02 tipos de gestão para habilitação dos municípios - Gestão plena da atenção básica ampliada - Gestão plena dos sistemas municipais
  6. 6. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde GPAB – Gestão Plena da Atenção Básica Ampliada O município passa a gerenciar todas as unidades básica de saúde em seu território e recebe recursos por habitantes/ano. São acrescentadas estratégias mínimas como condição para a habilitação tais como: - Clinica Médica, - Pediatria, - Ginecologia, - Cirurgia Geral, - Serviços de Vigilância Sanitária, - Ações de Epidemiologia ( controle da tuberculose, hipertensão diabetes mellitus, eliminação da Hanseníase, saúde da Mulher, Criança e saúde bucal) O município passa a receber de forma regular e automática os recursos destinados a essas estratégias.
  7. 7. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde Regionalização Para que os serviços de saúde pudessem ser executados com eficiência e eficácia, cada estado se dividirá em partes menores a fim de que o planejamento fique mais preciso e a sua execução mais facilitada. ESTADO REGIÕES DE SAÚDEMICRORREGIÕES MUNICÍPIOS Distritos (Polo ou Sede)
  8. 8. NOAS – Norma Operacional de Assistência a SaúdePDR – Plano Diretor de Regionalização Instrumento de gestão para a Regionalização Plano realizados com base nas necessidades assistenciais da população e na garantia dos cidadãos aos serviços em todos os níveis de atenção a saúde. SISTEMAS FUNCIONAIS E RESOLUTIVOS
  9. 9. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Conceitos: Região de Saúde: Base territorial de planejamentode atenção a saúde, não necessariamente coincidente com adivisão administrativa do estado a ser definida pela SecretariaEstadual de Saúde, de acordo com a especificidades eestratégias de regionalização da saúde em cada estado,considerando as características demográficas, sócio -econômica, geográficas, sanitária, epidemiológicas, oferta deserviços, relação com outros municípios entre outras mais.
  10. 10. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Conceitos: Modulo Assistencial: Modulo territorial com resolubilidade correspondente ao primeiro nível de referencia. Exemplo atividades ambulatoriais de apoio diagnostico e terapêutico e internação hospitalar Constituído por um ou mais municípios: Município Sede Município Pólo
  11. 11. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Conceitos: Município Sede: Ter a capacidade de ofertar a totalidade dos Serviços M1 – correspondente ao primeiro nível de referencia intermunicipal, com suficiência, para sua população e para população dos municípios a eles adstrito.
  12. 12. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Conceitos: Município Sede: Os municípios sedes de módulos assistenciais deverão dispor de leitos hospitalares, no mínimo, para o atendimento básico em: Clinica Médica; Clinica Pediátrica; M1 Obstetrícia (parto normal)
  13. 13. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Conceitos: Município Pólo: (Portaria GM 2023 de 23/09/04) De acordos com a definição de estratégia de regionalização de cada Estado, este município apresenta o papel de referência para os outros municípios, em qualquer nível de atenção. Ex. Rio de Janeiro
  14. 14. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Garantias: O acesso dos cidadãos o mais próximo possível desua residência, a um conjunto de ações e serviços vinculadosas seguintes responsabilidades mínimas. Acesso de todos os cidadãos aos serviçosnecessários a resolução de seus problemas de saúde emqualquer nível de atenção , diretamente ou mediante oestabelecimento do compromissos entre os gestores para oatendimento de referencias intermunicipais.
  15. 15. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Garantias (responsabilidade mínima) Assistência pré-natal e partos; Acompanhamento do crescimento e desenvolvimento infantil; Ações de promoção de saúde e prevenção de doenças; Tratamento das intercorrências mais comum na infância; Acompanhamento de pessoas com doenças crônicas de alta prevalência;
  16. 16. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Garantias (responsabilidade mínima) Tratamento clinico e cirúrgicos de casos de pequenas urgências ambulatoriais; Tratamento dos distúrbios mentais e psicossociais mais frequente; Controle das doenças bucais mais comum; Suprimentos e dispensação dos medicamentos da Farmácia Básica.
  17. 17. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde PDR – Plano Diretor de Regionalização Garantias de Acesso aos Procedimentos ESTADO Regiões de Saúde ALTA COMPLEXIDADEMMicrorregiões de MÉDIA COMPLEXIDADE Saúde Módulos Assistenciais M1 - Clinica Médica; Municípios Clinica Pediátrica; (Sede e Pólo) Obstetrícia (parto normal)
  18. 18. NOAS – Norma Operacional de Assistência a Saúde

×