Os 50 anos do golpe civil militar de 1964

230 visualizações

Publicada em

Aula sobre os 50 anos do golpe

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
230
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
7
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Os 50 anos do golpe civil militar de 1964

  1. 1. CIEP 289 CECÍLIO BARBOSA DA PAIXÃO
  2. 2. Roda Viva. Chico Buarque de Holanda
  3. 3. “Em 64 a nação recebeu um tiro no peito. Um tiro que matou a alma nacional, (...) Os personagens que pareciam fazer parte da história do Brasil como nós imaginávamos, esses personagens de repente sumiram. Ou fora do poder, ou presos ou mortos. E em seu lugar surgiram outros, que eu nunca tinha visto. Idiotas que nem mereciam ser notados. (...) Aí veio a percepção clara que o Brasil tinha mudado para sempre. (...) Havia sido cometido um assassinato político. Ali morreu um país, morreu uma liderança popular, morreu um processo. (...) Não se matam somente as pessoas, também se matam os países, os processos históricos.(...)” (Herbert de Souza – Betinho)
  4. 4. Agora, vamos analisar algumas imagens construídas sobre a ditadura civil-militar de 1964
  5. 5. “A caricatura foi publicada em um jornal de da grande imprensa (Correio da Manhã – 17/05/1963), e sua mensagem implica a denúncia dos supostos pendores autoritários de Goulart. Ele é caracterizado como um camponês pobre que joga o seu trator contra um monte de pedras, os obstáculos em seu caminho. As pedras que a máquina tente remover são os dois partidos políticos mais importantes do bloco conservador e liberal, PSD e UDN. As duas agremiações opunham-se aos projetos de reforma agrária das esquerdas, bloqueando a aprovação no Congresso. A expressão facial de Jango, juntamente com a presença do trator em cena, conotam a alegada vocação autoritária do presidente. No entanto o trator encontra-se parcialmente atolado na terra, o que sugere as dificuldades encontradas por Jango em seu propósito.” Análise extraída do livro: Jango e o Golpe de 1964 na caricatura de Rodrigo Patto Sá Motta. Pag. 122.
  6. 6. A resposta conservadora. São Paulo 19 de março de 1964 Marcha da Família com Deus pela Liberdade
  7. 7. Uma nova marcha?
  8. 8. Apesar de Você – Chico Buarque de Holanda
  9. 9. As consequências
  10. 10. A Rede Globo e o golpe de 1964
  11. 11. DESAFIOOs trechos que melhor explicitam uma voz de determinação de luta contra a ditadura militar no Brasil e uma motivação para esta luta são, respectivamente, os de número:

×