Jornalismo e hidridismo Objetivo:  pretende refletir as possibilidades da web e do jornalista no uso das ferramentas dispo...
Aspectos contextuais <ul><li>Na Internet,  modalidades  coexistem num único artefato tecnológico  </li></ul><ul><ul><li>Sí...
Aspectos contextuais <ul><li>No webjor,  predominam :: </li></ul><ul><ul><li>Continuidades e Potencializações </li></ul></...
Aspectos contextuais <ul><li>Exemplo:: </li></ul><ul><li>Hipertextualidade  </li></ul><ul><ul><li>Enciclopédia  </li></ul>...
Redes híbridas... <ul><li>... ou  reseaux hybride , é... </li></ul><ul><ul><li>Composta humanos e não humanos </li></ul></...
Redes híbridas... <ul><li>Co-sistemas  são... </li></ul><ul><ul><li>Ciberespaço e rede, e organizações sociais </li></ul><...
Complexidade <ul><li>co-existe com </li></ul><ul><ul><li>Ambientes  informacionais </li></ul></ul><ul><ul><li>Bases de  da...
Redes híbridas e conceitos Discurso, sentidos, relações e o fazer  jornalístico  neste cenário
Impacto <ul><li>Umberto  Eco  disse em 1964... </li></ul><ul><ul><li>Negar totalmente o  sistema  era... </li></ul></ul><u...
Compreensão <ul><li>Pierre  Levy  define isso:: </li></ul><ul><ul><li>...é o “ universal  sem totalidade”.. </li></ul></ul...
Busca de sentidos <ul><li>Conceito de  autor  aplica-se à contemporaneidade </li></ul><ul><li>Construção de  sentido , é e...
Uso da dispersão <ul><li>Ciberespaço vira campo de movimento  articulação </li></ul><ul><li>Ícone::  </li></ul><ul><ul><li...
Influência na narrativa <ul><li>Surge uma rede de  solidariedade </li></ul><ul><li>Homem  pós moderno sente a necessidade ...
Influência na narrativa <ul><li>Há  libertação  do pólo emissor </li></ul><ul><ul><li>Idéias, opiniões não passam por um c...
Atividades <ul><li>A:: </li></ul><ul><li>1:. Busca na web de  experimentos com narrativas híbridas no jornalismo </li></ul...
Referências <ul><li>PALÁCIOS , Marcos >  </li></ul><ul><ul><li>www.facom.ufba.br/JOL/pdf/2003_palacios_redes hibridas .pdf...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornalismo e Hidridismo

791 visualizações

Publicada em

Aborda alguns aspectos oriundos das redes híbridas, bem como aponta pata o efeito no jornalismo

Publicada em: Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
791
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
17
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornalismo e Hidridismo

  1. 1. Jornalismo e hidridismo Objetivo: pretende refletir as possibilidades da web e do jornalista no uso das ferramentas disponíveis neste contexto Palavras: jornalismo, narrativa, hibridismo
  2. 2. Aspectos contextuais <ul><li>Na Internet, modalidades coexistem num único artefato tecnológico </li></ul><ul><ul><li>Síncronas/assíncronas </li></ul></ul><ul><ul><li>Pessoais/massivas </li></ul></ul><ul><li>Oferta das mensagens e demandas das NTC > modelos </li></ul><ul><ul><li>Um ⇔ Todos </li></ul></ul><ul><ul><li>Todos ⇔ Todos </li></ul></ul><ul><li>NTCs ampliam sistematicamente a necessidade de... </li></ul><ul><ul><li>Processos profissionais de filtragem, triagem, validação </li></ul></ul><ul><li>A igualdade de acesso à informação não cria igualdade de uso da informação </li></ul><ul><ul><li>Quem confunde isso cria a tecno-ideologia” : </li></ul></ul>
  3. 3. Aspectos contextuais <ul><li>No webjor, predominam :: </li></ul><ul><ul><li>Continuidades e Potencializações </li></ul></ul><ul><ul><li>Isso não é ruptura em relação em suportes anteriores </li></ul></ul><ul><li>Podem ser encontrados nos outros meios:: </li></ul><ul><ul><li>Interatividade, </li></ul></ul><ul><ul><li>Multimidialidade, </li></ul></ul><ul><ul><li>Hipertextualidade, </li></ul></ul><ul><ul><li>Instantaneidade e Atualização Contínua, </li></ul></ul><ul><ul><li>Memória, </li></ul></ul><ul><ul><li>Personalização </li></ul></ul>
  4. 4. Aspectos contextuais <ul><li>Exemplo:: </li></ul><ul><li>Hipertextualidade </li></ul><ul><ul><li>Enciclopédia </li></ul></ul><ul><li>Personalização </li></ul><ul><ul><li>Suplementos especializados (impresso) </li></ul></ul><ul><ul><li>Grades de programação (Rádio e TV) </li></ul></ul><ul><li>Evolução dos meios ajuda a entender  </li></ul><ul><li>Ciberespaço não pode ser apenas como suporte, porque </li></ul><ul><ul><li>Ocorrem ações variadas </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>compra e venda </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>educação e treinamento </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Crimes </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Lazer </li></ul></ul></ul><ul><li>Isso produz efeitos além do âmbito comunicacional/informacional </li></ul>
  5. 5. Redes híbridas... <ul><li>... ou reseaux hybride , é... </li></ul><ul><ul><li>Composta humanos e não humanos </li></ul></ul><ul><ul><li>Aplicações concretas são operacionalizáveis </li></ul></ul><ul><li>Articulação espaço físico e ciberespaço </li></ul><ul><ul><li>É mediação e uma das funções da Internet na Rede Híbrida </li></ul></ul>
  6. 6. Redes híbridas... <ul><li>Co-sistemas são... </li></ul><ul><ul><li>Ciberespaço e rede, e organizações sociais </li></ul></ul><ul><ul><li>Servindo-se mutuamente de ambiente </li></ul></ul><ul><li>Ex . cidade digital, ou mega-portal </li></ul><ul><ul><li>Configuram problemas </li></ul></ul><ul><ul><li>Modelos sistêmicos </li></ul></ul><ul><li>Estas características ampliam a idéia de mero meio.. </li></ul><ul><ul><li>Ciberespaço vira um sistema </li></ul></ul><ul><li>Funciona como... </li></ul><ul><ul><li>Ambiente de informação </li></ul></ul><ul><ul><li>Possibilidades de comunicação </li></ul></ul><ul><ul><li>Idem para ações múltiplas e heterogêneas </li></ul></ul><ul><ul><li>Atendendo outros sistemas </li></ul></ul>
  7. 7. Complexidade <ul><li>co-existe com </li></ul><ul><ul><li>Ambientes informacionais </li></ul></ul><ul><ul><li>Bases de dados variados (web visível e invisível) </li></ul></ul><ul><ul><li>Bases jornalísticas (jornais online, rádios online, agencias de notícias, etc) </li></ul></ul><ul><ul><li>Bases educacionais (cursos à distância, listas de discussão especializadas, simulações educativas, bibliotecas) </li></ul></ul><ul><ul><li>Interação e comunicação (chats, fóruns, correio eletrônico) </li></ul></ul><ul><ul><li>Lazer e cultura (jogos online, museus) </li></ul></ul><ul><ul><li>Serviços (bancos, sites para declaração de impostos online), </li></ul></ul>
  8. 8. Redes híbridas e conceitos Discurso, sentidos, relações e o fazer jornalístico neste cenário
  9. 9. Impacto <ul><li>Umberto Eco disse em 1964... </li></ul><ul><ul><li>Negar totalmente o sistema era... </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>... a única saída para romper com o modelo capitalista da industria cultural </li></ul></ul></ul><ul><li>Década passada:: internet populariza-se.... </li></ul><ul><ul><li>Cria o acesso a um fluxo de informações </li></ul></ul><ul><ul><li>Pensamento humano não acompanha </li></ul></ul><ul><ul><li>Provocando certa inquietação... </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>... ou a “angústia da pós modernidade” </li></ul></ul></ul><ul><li>Noam Chomsky prevê?: </li></ul><ul><ul><li>&quot;se não fizermos nada, a Internet estará monopolizada dentro de dez ou quinze anos pelas megacorporações empresariais.” </li></ul></ul>
  10. 10. Compreensão <ul><li>Pierre Levy define isso:: </li></ul><ul><ul><li>...é o “ universal sem totalidade”.. </li></ul></ul><ul><ul><li>... pluralidade e fluxo infinitos , que... </li></ul></ul><ul><ul><li>... todos são emissores e receptores </li></ul></ul><ul><ul><li>... espaço virtual vira praça pública </li></ul></ul>
  11. 11. Busca de sentidos <ul><li>Conceito de autor aplica-se à contemporaneidade </li></ul><ul><li>Construção de sentido , é elaborada </li></ul><ul><ul><ul><li>Comunitariamente </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Por meio da relação dos nós </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Pontos da rede comunicam e trocam experiências </li></ul></ul></ul>
  12. 12. Uso da dispersão <ul><li>Ciberespaço vira campo de movimento articulação </li></ul><ul><li>Ícone:: </li></ul><ul><ul><li>Revolução Zapatista </li></ul></ul><ul><li>Um personagem :: </li></ul><ul><ul><li>Movimento anti-globalização </li></ul></ul><ul><li>Conhecimento disperso faz surgir os hackers </li></ul><ul><li>Outros conceitos :: </li></ul><ul><ul><li>Software livre, Linux, ou o copyleft, ausência de direitos autorais para fins não comerciais com a citação da fonte </li></ul></ul>
  13. 13. Influência na narrativa <ul><li>Surge uma rede de solidariedade </li></ul><ul><li>Homem pós moderno sente a necessidade de se ver narrado </li></ul><ul><li>Há um desejo de identificação com o todo </li></ul><ul><li>Ver-se refletido no que é veiculado pela mídia </li></ul>
  14. 14. Influência na narrativa <ul><li>Há libertação do pólo emissor </li></ul><ul><ul><li>Idéias, opiniões não passam por um centro editor </li></ul></ul><ul><ul><li>Bloggs e personalização das narrativas... </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>... aproxima o leitor do autor </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>... rompem com a barreira da impessoalidade </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>... Reduz-se a imposição da técnica jornalística </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Busca-se a experimentação </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Novas práticas que atinjam o leitor de forma a tocá-lo </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>Busca-se uma íntegridade que </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>... Defende a opinião </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>...e evita a manipulação do leitor </li></ul></ul></ul></ul>
  15. 15. Atividades <ul><li>A:: </li></ul><ul><li>1:. Busca na web de experimentos com narrativas híbridas no jornalismo </li></ul><ul><li>2.: Captura e arquivamento individual via Google Docs </li></ul><ul><li>3:: Compartilhamento com o editor-chefe para análise e ponderações nos respectivos docs. </li></ul><ul><li>B:: </li></ul><ul><li>1.Realizar buscas para sondar exemplos de redes híbridas </li></ul><ul><li>2. Relacionar e capturar textos e endereços </li></ul><ul><li>3. realizar análises dentro das perspectiva da interatividade e dos níveis de comunicação </li></ul>
  16. 16. Referências <ul><li>PALÁCIOS , Marcos > </li></ul><ul><ul><li>www.facom.ufba.br/JOL/pdf/2003_palacios_redes hibridas .pdf </li></ul></ul><ul><li>WOLTON , Dominique > </li></ul><ul><ul><li>www.pucrs.br/famecos/producao_cientifica/publicacoes_online/ revistafamecos/fam15/apresentacao15.html </li></ul></ul><ul><li>VELOSO , Adriana > </li></ul><ul><ul><li>http://www.midiaindependente.org/en/blue/2002/05/25727.shtml </li></ul></ul>

×