CIPA 
2006/2007 
Acidentes 
Físicos 
Ergonômicos 
Biológicos 
Químicos 
Proporção do Risco 
GRANDE MÉDIO PEQUENO 
GRANDE 
...
CIPA 
2006/2007 
TIPO DE RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
FÍSICO 
QUÍMICO 
ERGONÔMICO 
B...
CIPA 
2006/2007 
Nº 01 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
BIOLÓGICO 
Vírus, Bactér...
CIPA 
2006/2007 
Nº 02 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ACIDENTE Piso escorregad...
CIPA 
2006/2007 
Nº 03 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ACIDENTE Piso escorregad...
CIPA 
2006/2007 
Nº 04 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ERGONÔMICO Bolsões pesad...
CIPA 
2006/2007 
Nº 06 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
SEM RISCOS ESPECÍFICOS 
...
CIPA 
2006/2007 
Nº 07 
Proporção do Risco 
_____________________ 
Roberto Fidelis da Silva 
Membro da CIPA 
_____________...
CIPA 
2006/2007 
Nº09 
TIPO 
RISCO 
SETOR: CHEFIA DE SEGURANÇA 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 10 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
QUÍMICO 
Graxas, solvent...
CIPA 
2006/2007 
Nº 11 
Proporção do Risco 
_____________________ 
Roberto Fidelis da Silva 
Membro da CIPA 
_____________...
CIPA 
2006/2007 
Nº 12 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ACIDENTE Prateleiras Peq...
CIPA 
2006/2007 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
BIOLÓGICO 
Contato com agentes ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 13 
Proporção do Risco 
_____________________ 
Roberto Fidelis da Silva 
Membro da CIPA 
_____________...
CIPA 
2006/2007 
Nº 14 
_____________________ 
Roberto Fidelis da Silva 
Membro da CIPA 
_____________________ 
Wilson Din...
CIPA 
2006/2007 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS 
CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
FÍSICO Ruído proveniente dos 
...
CIPA 
2006/2007 
Nº 15 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ERGONÔMICO Manutenção e ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 16 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
BIOLÓGICO Contato com sa...
CIPA 
2006/2007 
Nº 19 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
BIOLÓGICO Instrumentais ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 23 
TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
FISICO Gerador de Energia ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 24 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
Ergonômico Levantamento ...
CIPA 
2006/2007 
Nº 25 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
FÍSICO Ruído provocado p...
CIPA 
2006/2007 
Nº 27 
TIPO 
RISCO 
FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO 
ERGONOMICO 
Esforço físi...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Mapa de Risco

454 visualizações

Publicada em

Mapa de Risco

Publicada em: Engenharia
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
454
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
33
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Mapa de Risco

  1. 1. CIPA 2006/2007 Acidentes Físicos Ergonômicos Biológicos Químicos Proporção do Risco GRANDE MÉDIO PEQUENO GRANDE MÉDIO PEQUENO SETOR: CALDEIRA _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT
  2. 2. CIPA 2006/2007 TIPO DE RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO FÍSICO QUÍMICO ERGONÔMICO BIOLÓGICO ACIDENTE
  3. 3. CIPA 2006/2007 Nº 01 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO BIOLÓGICO Vírus, Bactérias, Protozoários na manipulação de óbitos e higienização do local Contaminação Uso de luva de procedimento, máscara cirúrgica, avental e óculos de proteção. ERGONOMICO Levantamento de peso excessivo. Dores lombares e musculares nos processos de transferência d o óbito. Treinamento de levantamento de peso, postura em transporte. Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: NECROTÉRIO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  4. 4. CIPA 2006/2007 Nº 02 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ACIDENTE Piso escorregadio (área molhada) Queda Uso de calçados emborrachados apropriados Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: VESTIÁRIO FEMININO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  5. 5. CIPA 2006/2007 Nº 03 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ACIDENTE Piso escorregadio (área molhada) Queda Uso de calçados emborrachados apropriados Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: VESTIÁRIO MASCULINO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  6. 6. CIPA 2006/2007 Nº 04 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ERGONÔMICO Bolsões pesados Dores lombares e musculares Treinamento de levantamento de peso, postura em transporte. Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: BOLSÃO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  7. 7. CIPA 2006/2007 Nº 06 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO SEM RISCOS ESPECÍFICOS Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: PORTARIA DE FUNCIONÁRIOS GRANDE MÉDIO PEQUENO
  8. 8. CIPA 2006/2007 Nº 07 Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: SESMET GRANDE MÉDIO PEQUENO TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO BIOLÓGICO Contato com pacientes e objetos potencialmente contaminado Contaminação Óculos de proteção, luvas de procedimento e máscara ACIDENTE Agulhas, scalp e mandris Espaço físico inadequado Perfurações e cortes Lesões diversas Treinamento de prevenção de acidentes, óculos de segurança, luvas de procedimento e máscara Adequar espaço físico
  9. 9. CIPA 2006/2007 Nº09 TIPO RISCO SETOR: CHEFIA DE SEGURANÇA FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO SSEEMM RRIISSCCOOSS EESSPPEECCÍÍFFIICCOOSS Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT PATRIMONIAL GRANDE MÉDIO PEQUENO
  10. 10. CIPA 2006/2007 Nº 10 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO QUÍMICO Graxas, solventes orgânicos, óleos minerais, desengraxantes, cola e soldas. Intoxicação Luvas de látex, máscara para vapores orgânicos, avental e óculos de proteção. ACIDENTE Equipamentos elétricos Choque e queimaduras Luvas de PVC e de látex, ferramentas isoladas e sapato de segurança _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: MANUTENÇÃO ELÉTRICA GRANDE MÉDIO PEQUENO
  11. 11. CIPA 2006/2007 Nº 11 Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: COSTURA GRANDE MÉDIO PEQUENO TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO FÍSICO Ruído provocado pelo acionamento esporádico do gerador Irritação e dores de cabeça Protetor auricular ERGONÔMICO Transporte de roupa e trabalho sentado Problemas lombares Treinamento de levantamento e transporte de peso e postural ACIDENTE Agulhas, tesouras, máquina de corte e ferro de passar roupas Cortes, perfurações e queimaduras Luva de malha de aço, atenção e treinamento de prevenção de acidentes
  12. 12. CIPA 2006/2007 Nº 12 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ACIDENTE Prateleiras Pequenas contusões Organização de materiais armazenados Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: HIGIENIZAÇÃO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  13. 13. CIPA 2006/2007 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO BIOLÓGICO Contato com agentes patológicos nas operações de higienização e limpeza terminais nas diversas dependências do hospital Contaminação Uso de luva de procedimento, máscara cirúrgica, avental e óculos de proteção. FÍSICO Umidade Doenças do aparelho respiratório, quedas, doenças da pele, doenças circulares Botas de PVC, Luva de látex e nitrilica QUÍMICO Cera, removedor, detergente, hipoclorito de sódio, pesticidas, álcool e desinfetantes Intoxicação Óculos de segurança, luva de látex e nitrílica, máscaras, aventais e uniforme ERGONOMICO Movimentos repetitivos Cansaço, dores musculares e lombalgias Treinamento de levantamento de peso, postura em transporte. ACIDENTE Agulhas, lâminas de bisturi e barbear, scalpes, mandris, vidros, e piso molhado Quedas, perfurações, batidas e escorregões Treinamento de prevenção de acidentes Óculos de proteção Nº 12-A SETOR: HIGIENIZAÇÃO _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT Proporção do Risco GRANDE MÉDIO PEQUENO
  14. 14. CIPA 2006/2007 Nº 13 Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: TRANSPORTE TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO SEM RISCOS ESPECÍFICOS GRANDE MÉDIO PEQUENO
  15. 15. CIPA 2006/2007 Nº 14 _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: SND Proporção do Risco GRANDE MÉDIO PEQUENO
  16. 16. CIPA 2006/2007 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO FÍSICO Ruído proveniente dos equipamentos Irritação, dores de cabeça, cansaço e fadigo. Manutenção periódica dos equipamentos. QUÍMICO Removedor, álcool, detergente e cloro. Contaminação, intoxicação e queimaduras. Luva de látex, Óculos de proteção, Protetor facial, Botas de PVC e Avental de trevira ERGONOMICO Distribuição do espaço físico e processos de Levantamento de peso Lombalgia Atenção, organização do local de trabalho, treinamento sobre levantamento e transporte de peso. ACIDENTE Estocagem – Baixa Temperatura – Piso molhado – Facas – Equipamentos elétricos – Fogão - fritadeira – Ralo defeituoso – vidros e Autoclave. Cortes, queimaduras, queda, tropeções e choque elétrico. Uso de EPI como: Luva de látex, luva de malha de aço, luva anti-corte, Bota de PVC, Sapato de segurança, Jaquetão anti-térmico, estrados anti-derrapante, Avental de trevira, Óculos de segurança, Luva de Kevlar, limpeza e organização do local, aterramento das máquinas e treinamento sobre prevenção de acidentes. Nº 14 _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: SND
  17. 17. CIPA 2006/2007 Nº 15 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ERGONÔMICO Manutenção e transporte de equipamentos de informática. Dores lombares e musculares Treinamento de levantamento e transporte de peso Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: CPD GRANDE MÉDIO PEQUENO
  18. 18. CIPA 2006/2007 Nº 16 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO BIOLÓGICO Contato com sangue e secreções na limpeza e manutenção dos equipamentos. Contaminação Luvas Uso de luva de procedimento, máscara cirúrgica, avental e óculos de proteção. FÍSICO Ruído produzido pelo ar comprimido utilizado na secagem de materiais Dores de cabeça , Cansaço , Irritabilidade , Perda auditiva Protetor auricular tipo Concha Protetor auricular de inserção (Plug) QUÍMICO Manuseio de gases e aparelhos contendo resíduo de medicação. Contaminação Uso de luvas de procedimento e óculos de proteção ACIDENTE Prateleiras contendo partes viva Corte Eliminar partes cortantes _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: GASOTERAPIA GRANDE MÉDIO PEQUENO
  19. 19. CIPA 2006/2007 Nº 19 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO BIOLÓGICO Instrumentais e extensões contaminadas Contaminação Luvas Uso de luva de procedimento, máscara cirúrgica, avental e óculos de proteção. FÍSICO Ruído provocado pelo acionamento do ar comprimido utilizado na secagem de materiais Dores de cabeça, cansaço, irritação Protetor auricular tipo concha ou plug QUÍMICO DEIV, hipoclorito de sódio e detergente Intoxicação Luva de látex, Óculos de proteção, Protetor facial, Botas de PVC e Avental ACIDENTE Agulhas, lâminas, scalpes, bisturis, instrumentais e autoclave Cortes e perfurações queimaduras Óculos de proteção, máscaras e treinamento de prevenção de acidentes e luvas de Kevlar Auto claves Jardim SETOR: CME GRANDE _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT MÉDIO PEQUENO
  20. 20. CIPA 2006/2007 Nº 23 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQUÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO FISICO Gerador de Energia Ruído Protetor auricular tipo concha QUÍMICO Óleo Diesel , Gasolina Intoxicação Seguir orientações técnicas para o uso dos produtos químicos. ACIDENTE Descarga de arco voltaíco, Eletrocussão, Limpeza da Caixa d’agua Queimaduras , Morte , Incêndios Afogamento e Asfixia Luvas para alta tensão, Óculos ,Botas de PVC, Máscaras , Treinamento de Prevenção de Acidentes Extintores CAIXA D’ÁGUA CASA DAS BOMBAS TANQUE DE OLEO DIESEL GERADOR DE ENERGIA TRANSFORMADOR DA CALDEIRA 440 VOLTS As setas indicam que há risco em todo o setor SETOR: CABINE SECUNDÁRIA _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT Proporção do Risco GRANDE MÉDIO PEQUENO
  21. 21. CIPA 2006/2007 Nº 24 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO Ergonômico Levantamento e transporte de peso Dores lombares. Treinamento de levantamento de peso, postura em transporte. ACIDENTE Rampa de acesso ao arquivo Quedas e escorregões Atenção e treinamento Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: ARQUIVO GRANDE MÉDIO PEQUENO
  22. 22. CIPA 2006/2007 Nº 25 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO FÍSICO Ruído provocado pelo acionamento do esmeril e radiação não ionozantes. Dores de cabeça, irritação, cansaço e problemas oculares. Protetor auricular tipo plug ou inserção, máscara para solda e pintura e óculos de proteção. QUÍMICO Graxas, solventes orgânicos, óleos minerais, desengraxantes, cola e soldas. poeiras provenientes do processo de pintura. Intoxicação e problemas respiratórios. Luvas, mascaras, óculos e sapatos de segurança. incorretas Cansaço físico e dores musculares Treinamento de levantamento de peso, ERGONOMICO Trabalhos físicos pesado e posturas postura em transporte. ACIDENTE Equipamentos elétricos e trabalho em alturas e maquinários diversos Choque, quedas, queimaduras, perfurações, projeção de partículas Capacete, luvas de PVC e de látex e vaqueta, cinto de segurança e sapato de segurança Pintura Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: MANUTENÇÃO CIVIL GRANDE MÉDIO PEQUENO
  23. 23. CIPA 2006/2007 Nº 27 TIPO RISCO FONTE GERADORA POSSÍVEIS CONSEQÜÊNCIAS MEDIDAS DE PREVENÇÃO ERGONOMICO Esforço físico intenso, posturas inadequadas, levantamento de peso, atenção e responsabilidade e controle rígido Estresse e dores lombares Treinamento de levantamento de peso, postura em transporte. ACIDENTE Prateleiras Cortes Adequar partes cortantes Proporção do Risco _____________________ Roberto Fidelis da Silva Membro da CIPA _____________________ Wilson Dinis da Silva Membro da CIPA Elaboração _____________________ Gilson Luiz Moretto Presidente da CIPA _____________________ SESMT SETOR: FATURAMENTO GRANDE MÉDIO PEQUENO

×