PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ          FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE SÃO JOSÉ    CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ -...
PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ          FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE SÃO JOSÉ    CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ -...
O tema liderança é constantemente alvo de diversas pesquisas e estudos acadêmicos.As autoras Limongi-França e Arellano abo...
pouco reflexivo onde leva o leitor a tirar suas próprias conclusões, porém o autor em si não énem um pouco conclusivo, pel...
ReferênciasLIMONGI-FRANÇA, Ana Cristina, ARELLANO, Eliete Bernal, Liderança, poder ecomportamento organizacional.
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional

67.836 visualizações

Publicada em

1 comentário
3 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
67.836
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
15
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
673
Comentários
1
Gostaram
3
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Resenha crítica sobre o artigo liderança, poder e comportamento organizacional

  1. 1. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE SÃO JOSÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ - USJ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO WILLIAN FELLIPE DOS SANTOSRESENHA CRÍTICA SOBRE O ARTIGO LIDERANÇA, PODER E COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL São José 2011
  2. 2. PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ FUNDAÇÃO EDUCACIONAL DE SÃO JOSÉ CENTRO UNIVERSITÁRIO MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ - USJ CURSO DE ADMINISTRAÇÃO WILLIAN FELLIPE DOS SANTOSRESENHA CRÍTICA SOBRE O ARTIGO LIDERANÇA, PODER E COMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL Trabalho elaborado para a disciplina de Administração de Recursos Humanos II do curso de administração do Centro Universitário Municipal de São José - USJ. Orientadora: Profª. Msc. Luciane Schmidt. São José 2011
  3. 3. O tema liderança é constantemente alvo de diversas pesquisas e estudos acadêmicos.As autoras Limongi-França e Arellano abordam de maneira sistemática e abrangente o temaem questão, na obra “Liderança, poder e comportamento organizacional”. O artigo demonstraos vários tipos de liderança inerentes às organizações, bem como a questão comportamentalpertinente ao assunto. Vale salientar a importância ressaltada na obra a respeito do perfil do líder, que, naverdade afirma não existir um perfil pessoal, deixando claro que o ato de liderar, bem como ashabilidades envolvidas nada tem haver com uma capacidade exclusiva a poucos ou habilidadenata de alguns poucos indivíduos. A questão levantada a respeito da não existência de um perfil ou conjunto dehabilidades é um tanto quanto questionável, pois através de estudo empírico usando grandesnomes do mundo dos negócios é possível discernir alguns traços marcantes e também comumentre os tais. Todavia, dizer que para ser um líder é necessário ter algumas habilidadesinalcançáveis para alguns é também totalmente inaceitável, pois como bem citado pelo autor,em citações simples e cotidianas pode-se revelar um líder. A questão do poder foi brevemente esplanada, porém sua fundamentação fornece umabase consistente para afirmações que poderiam ter sido melhor exploradas na segmentaçãoelaborada por Montana e Charnov a respeito do poder no contexto do ambienteorganizacional. O texto aborda em um determinado momento a questão do momento de liderar, ouseja, uma séries de atitudes que devem ser tomadas no tempo presente do ato de liderar.Porém se analisado com cuidado, nota-se que tais atitudes são muitas vezes fruto de umdeterminado perfil pessoal, ou pelo menos representam um conjunto de habilidades que nemtodo indivíduo possui, mesmo sendo possível o aprendizado. As teorias da liderança são alvos de maior atenção por parte do autor, representandocerca de 40% da obra. As teorias, por sua vez, esmiúçam com destreza a questão liderança eseus diversos fatores, como por exemplo a teoria dos traços que tem por afirmação o fato “deque os líderes possuem traços de personalidade que os auxiliam em seu papel”. A bem daverdade é que o autor procurou comparar vários pontos de vista e diferentes ideias. O autor procurou ainda elaborar um apanhado de outras ideias provenientes de maistrês teorias, cujas ideias não se harmonizam totalmente na questão da formação de um líder.Enquanto uma teoria abordava as capacidades e habilidades pessoais, outra contraria e afirmaque o ato de liderar é resultado de preparo, estudo, construção de conhecimento. Contudo,pode-se afirmar que a obra em questão tem, de longe, um objetivo meramente expositivo e um
  4. 4. pouco reflexivo onde leva o leitor a tirar suas próprias conclusões, porém o autor em si não énem um pouco conclusivo, pelo contrário, demonstra que não há uma verdade absolutaquando o assunto gira em torno do comportamento humano.
  5. 5. ReferênciasLIMONGI-FRANÇA, Ana Cristina, ARELLANO, Eliete Bernal, Liderança, poder ecomportamento organizacional.

×