CONTINENTE
AFRICANO
Introdução
O continente africano tem uma estreita ligação
com a história universal desde os tempos mais
remoto: ele é cons...
Características Gerais
• O Mar Mediterrâneo ao norte divide a África
da Europa;
• É banhada pelo Oceano Atlântico e Oceano...
Aspectos Naturais
• A hidrografia africana não é muito rica, ela é
constituída por poucos rios e lagos de origem
tectônica...
Imperialismo
• Conferência de Berlim
• Realizada na Alemanha em 28 de fevereiro de
1885;
• Objetivo: evitar a guerra entre...
Justificativa para o
Imperialismo
• Ideias racistas do século XIX;
• A missão civilizadora, ou seja, o dever dos
europeus ...
• Em 1880, 10% do território africano estava
ocupado pelos europeus; em 1990, os
europeus já tinha se apoderado de 90% da
...
Imperialismo foi a disputa entre as potências
capitalistas por colônias ou áreas de influência
na Ásia, África, América La...
Consequências do Imperialismo
• Exploração dos recursos minerais e
degradação dos ambientes;
• Proliferação da pobreza dec...
A descolonização da África
• Em 1939 algumas potências europeias
estimulavam o autogoverno, sem concederem,
entretanto, a ...
África Subsaariana
• Expectativa média de vida de 53 anos;
• 3,5 milhões de pessoas fogem de guerras ou da
seca;
• 18 milhões de minas terres...
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Aula sobre a África
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Aula sobre a África

494 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
494
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
9
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Aula sobre a África

  1. 1. CONTINENTE AFRICANO
  2. 2. Introdução O continente africano tem uma estreita ligação com a história universal desde os tempos mais remoto: ele é considerado o berço da humanidade e de algumas civilizações. Entre os séculos XV e XIX, a África tornou-se o continente fornecedor de mão de obra escravizada para plantations americanas e posteriormente foi disputada pelas potencias europeias.
  3. 3. Características Gerais • O Mar Mediterrâneo ao norte divide a África da Europa; • É banhada pelo Oceano Atlântico e Oceano Indico; • É o erceiro maior continente e extensão territorial e o que possui o maior numero de países; • É o continente mais pobre do mundo, mesmo assim ainda possui alguns países que se destacam economicamente.
  4. 4. Aspectos Naturais • A hidrografia africana não é muito rica, ela é constituída por poucos rios e lagos de origem tectônica; Os principais rios africanos são: • O Nilo nasce em áreas tropicais com a maior parte de suas águas atravessando o Saara; • O rio Niger atravessa por algumas capitais de países e percorre áreas de intensa densidade demográfica; • O rio Zambeze que nasce na Zâmbia até desaguar no oceano Indico, ele possui muitas quedas;
  5. 5. Imperialismo • Conferência de Berlim • Realizada na Alemanha em 28 de fevereiro de 1885; • Objetivo: evitar a guerra entre os países; • Fixou-se as fronteiras artificiais dos territórios africanos que misturou culturas e povos de línguas diferentes e separou povos que tinham grande identidade cultural.
  6. 6. Justificativa para o Imperialismo • Ideias racistas do século XIX; • A missão civilizadora, ou seja, o dever dos europeus de levar o progresso e os “bons costumes” para os povos primitivos da África e da Ásia. “As raças superiores têm um direito perante as raças inferiores. Há para elas um direito porque há um dever para elas. As raças superiores têm o dever de civilizar as inferiores [...]”. Jules Ferry, ministro da França (1832-1893)
  7. 7. • Em 1880, 10% do território africano estava ocupado pelos europeus; em 1990, os europeus já tinha se apoderado de 90% da África. • Darwinismo social: enfatizava a necessidade de levar a inteligência, a sagacidade e a superioridade da Europa aos demais povos do planeta;
  8. 8. Imperialismo foi a disputa entre as potências capitalistas por colônias ou áreas de influência na Ásia, África, América Latina e Oceania para dominação política, econômica e cultural desses povos. É chamado de neocolonialismo para diferenciar do colonialismo clássico europeu praticados nos séculos XVI e XVII.
  9. 9. Consequências do Imperialismo • Exploração dos recursos minerais e degradação dos ambientes; • Proliferação da pobreza decorrente da exploração exercida; • Proliferação de doenças; • Governos totalitários; • Inúmeros conflitos ambicionando uma reestruturação das fronteiras políticas de acordo com a composição étnica;
  10. 10. A descolonização da África • Em 1939 algumas potências europeias estimulavam o autogoverno, sem concederem, entretanto, a independência política; • Governos concentrados na famílias da elite ligadas aos colonizadores; • Inúmeros conflitos ligados a descolonização tiveram como cenário o contexto da Guerra Fria; • Resultado: 10 a 15 milhões de mortos nesse período.
  11. 11. África Subsaariana
  12. 12. • Expectativa média de vida de 53 anos; • 3,5 milhões de pessoas fogem de guerras ou da seca; • 18 milhões de minas terrestres espalhadas pelo continente; • Pelo menos 30 milhões de pessoas contaminadas pela AIDS; • Apenas um país industrializado (África do Sul); • Produtores de café, cana-de-açúcar, amendoim, cacau e exploração de riquezas minerais

×