Como tomar decisões com Business Intelligence

664 visualizações

Publicada em

A palestra conta o caso de Fernanda uma gerente Financeira buscando informações para levar sua empresa de volta ao caminho do lucro utilizando Tecnologias de Business Intelligence.

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
664
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
210
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Como tomar decisões com Business Intelligence

  1. 1. Business Intelligence – Como decidir melhor
  2. 2. Fernanda Gerente financeira em uma rede atacadista sempre foi apaixonada por análise de dados, relatórios e gráficos.
  3. 3. Fernanda está vendo as m a r g e n s d e v e n d a s d e s p e n c a r e m e s e u s gestores não estavam satisifeitos com o rumo da empresa.
  4. 4. Mas não conseguia tempo para analisar a quantidade de dados que possui.
  5. 5. A empresa possui um ERP para controle das principais áreas da empresa, um software para controle da força de vendas e um software para controle de folha.
  6. 6. Em reunião com, Pedro Diretor Executivo, ele pede mais detalhes para entender a situção
  7. 7. Fernanda começa a exportar dados para planilhas, realizar cálculos. Preparar um power point com gráficos.
  8. 8. Fernanda conversa com Paulo, gerente de TI para encontrar uma forma de descobrir algum relatório que permita relacionar todas as informações da empresa.
  9. 9. Paulo informa que isso pode demorar a ser desenvolvido porque a informação está dispersa em várias fontes de dados.
  10. 10. Fernanda e Paulo se reunem para encontrar soluções e descobrir o porque de margens menores.
  11. 11. Paulo sugere utilizar o Business Intelligence para resolver o problema.
  12. 12. Passam a ter duas opções: Contratar uma Consultoria especialista em BI Treinar sua equipe para implementar o BI
  13. 13. P a u l o e F e r n a n d a apresentam as soluções a Pedro que escolhe seguir c o m u m a c o n s u l t o r i a especializada.
  14. 14. Fernanda solicita uma visita de uma consultoria para ajudá-los.
  15. 15. W a g n e r c o n s u l t o r d a Empresa de BI, propõem um projeto para melhorar a t o m a d a d e d e c i s ã o e apresenta as fases do projeto.
  16. 16. Iniciação1 Elaboração2 Construção3 Todas as informações necessárias para modelagem dos processos de análise decisório são iniciados. Transição4
  17. 17. Iniciação1 2 Construção3 Com base no levantamento das informações, os modelos dimensionais de dados para tomada de decisão são iniciados. Transição4 Elaboração
  18. 18. Iniciação1 Elaboração2 Construção3 A partir dos modelos desenvolvidos os programas de cargas são confeccionados e testados. Transição4 FLUXO DE TAREFAS Input/Output Atividade Tarefa Decisão 1.1.1.3 XXXX 1.1.2.10 XXXX 1.1.1.1 INPUT: XXXX 1.1.1.2 INPUT: XXXX 1.1.1.5 XXXX 1.1.1.4 XXXX 1.1.2.8 OUTPUT: XXXX 1.1.2.9 INPUT: XXXX 1.1.3.15 1.1.3.15 1.1.1.6 OUTPUT: XXXX 1.1.2.13 XXXX 1.1.2.11 XXXX 1.1.2.12 XXXX 1.1.2.14 OUTPUT: XXX 1.1.3.15 1.1.2.7 XXXX S S N 1.1.1 XXX 1.1.2 XXX
  19. 19. Lidera e ExecutaL/E AprovaAExecutaE LideraL Comitê Executivo Diretor de Vendas Ger. Nac. de Trade Grouper de Trade Ger. Trade Franquia Ass. Trade Franquia Ger, Trade Célula Ass. Trade Célula Ger. GC Ass. de GC Merchandising Marketing Vendas Trade Finanças Finanças Demanda Jurídico Agência Externa InformadoI ParticipaP A E P P A P A A E P A P L/E L/E L/E A A L/E A A E A L/E L/E E AA E I E P P A E E E MATRIZ DE RESPONSABILIDADES 1.1.1 XXX 1.1.2 XXX L/E I P P P P P P P A 1.1.1.3 XXXX 1.1.1.4 XXXX 1.1.1.5 XXXX 1.1.2.10 XXXX 1.1.2.11 XXXX 1.1.2.12 XXXX 1.1.2.13 XXXX Iniciação1 Elaboração2 Construção3 Todos os programas de visualização serão elaborados e disponibilizados para análises. Transição4
  20. 20. AgoJul SetJun CICLO 1 CICLO 2 Iniciação Elaboração Construção Transição CICLO 3 CICLO 4 Iniciação Elaboração Construção Transição Iniciação Elaboração Construção Transição Iniciação Elaboração Construção Transição Divide-se o projeto em ciclos de entrega
  21. 21. Projeto foi iniciado e a coleta dos dados foi automatizada
  22. 22. O s i n d i c a d o r e s ganharam um dashboard que permitiu identificar os maiores gastadores e quem traz dinheiro para empresa.
  23. 23. O Cubo para cruzamento das informações permitiu chegar ao menor detalhe dos produtos que mais trazem dinheiro para empresa.
  24. 24. Fernanda passou a usar o cubo e descobriu que 80% dos produtos que estavam sendo distribuidos para rede estavam com margem de contribuição negativa.
  25. 25. Pedro decidiu investir nos 20% dos p r o d u t o s d a s u a r e d e d e distribuição que trazem 80% da sua margem.
  26. 26. material.argum.com.br/bi willame.tiberio@argum.com.br +55 (85) 98818-0970

×