Super Frete. Entendendo custos e produtividade em transporte

327 visualizações

Publicada em

"Estou com dificuldade para entender os fretes da transportadora".

Por que o transportador cobra esse valor? Está caro ou está barato? Por que cobra ad valorem? O que é gris? E essas taxas? O que eu faço?

Assista essa apresentação sobre Custo e Produtividade sobre Transporte e Fretes!!

E se gostar ou ainda não entender nada... me chama para conversar e vamos fazer juntos online ou in company.

LET'S GO!

Super Frete. Entendendo custos e produtividade em transporte

  1. 1. Por que reduzir custo é importante?
  2. 2. CUSTO X LUCRO Redução do custo em 2,5% Aumenta o lucro em 10% O que na verdade traz um lucro de 12,5%. Economia é ganho!
  3. 3. PRODUTIVIDADE
  4. 4. A produtividade está ligada ao tempo: Ele é limitado, 24h por dia, 7 dias por semana, 30 dias do mês O serviço de transporte: Total do tempo gasto no transporte Tempo disponível por dia Dias trabalhados por mês Velocidade Tempo de carga e descarga
  5. 5. A FÓRMULA DA PRODUTIVIDADE H – Horas trabalhadas por dia D – Dias trabalhados por mês P – Percurso (km) V – Velocidade (Tempo em transito/hora) T – Tempo (Carga e descarga) Produtividade = = Resultado H x D P V + T Tempo Disponibilidade
  6. 6. A FÓRMULA DA PRODUTIVIDADE H – Horas trabalhadas por dia D – Dias trabalhados por mês P – Percurso (km) V – Velocidade (Tempo em transito/hora) T – Tempo (Carga e descarga) Produtividade = = 7 viagens 10 x 22 900 40 + 8 Tempo = 220 horas Disponibilidade = 30 horas
  7. 7. COMPOSIÇÃO DA TABELA DE FRETE FRETE PESO DESPACHO AD VALOREM GRIS GENERALIDADES
  8. 8. FRETE PESO É o custo da sua operação: Taxa de Lucro Custo Fixo e Variável Custo Direto e Indireto Custo de Transferências Custo de despacho (Coletas e Entregas)
  9. 9. DESPACHO É o custo para coletar e entregar as cargas: Custo de deslocamento dos carros Custo do tempo parado para coletar e entregar Custo administrativo e operacional para operar
  10. 10. AD VALOREM É o custo da segurança e garantias de funcionamento: Seguro obrigatório da carga (RCTR-C) Seguro das instalações Despesas não cobertas por seguro Avarias, extravios, mão de obra, administração É cobrada através de uma porcentagem do valor da nota fiscal (% / R$-NF)
  11. 11. GRIS É o custo do gerenciamento de riscos: Seguro Facultativo RCF-DC Cuidados para combater o roubo de cargas e prevenir diversos riscos... Segurança, Rastreamento, Controle, Gestão Cobra-se um % sobre o valor da Nota Fiscal
  12. 12. GENERALIDADES São custos não previstos na tabela de frete que geram despesas e devem ser ressarcidas em forma de taxas Cubagem TRT – Taxa de Restrição de Transito Devolução TDE – Taxa de Dificuldade de Entrega Reentrega TAS – Taxa de Adm. e SEFAZ Estadia TFD – Taxa de Fiel Depositário Pedágio TPC – Taxa de Permanência de Carga
  13. 13. Ainda precisa de ajuda com os Fretes?
  14. 14. “Você é o meu convidado especial” Para se tornar o próximo case de sucesso! Wellington Cid cid@profitilog.com (11) 9 7314-3111 (11) 2369-6387 Wellington Cid - Customer Development / Acquisition Experiência significativa em e-commerce e na logística brasileira. Responsável por implantar o e-commerce da Barreds, loja de moda tradicional no Brasil. Ex-integrante da equipe de Delivery da B2W. MBA em Marketing na UNIP e Bacharel em Administração, Logística e Transportes na UNIMONTE.

×