O Resultado Liderança

466 visualizações

Publicada em

Um novo olhar sobre a liderança

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
466
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
135
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Resultado Liderança

  1. 1. O Resultado L I D E R A N Ç AWéllington Nunes de Trindadewellington.consultoria@2me.com.brGraduado em Liderança Avançada pelo Instituto Haggai do BrasilTecnólogo em Mecânica – SoldagemJoinville/SCBrasilResumoA ordem dos fatores não altera o produto. Essa é uma das regras mais conhecidas damatemática. Em uma operação de multiplicação, não importa a ordem em que estão dispostosos fatores, do maior para o menor, do menor para o maior, ordenação aleatória, não importa:o produto (resultado) será o mesmo. A questão é: qual o valor numérico atribuído a cadafator? Se um dos fatores for zero, independente dos valores atribuidos aos demais, oresultado será zero. De acordo com os resultados que nossas equipes apresentam, ou deacordo com aquilo que nossos liderados vêm em nós, qual é o resultado da nossa liderança?Pensemos um pouco sobre isso.Vários artigos são escritos sobre o assunto liderança. Particularmente gosto depensar sobre isto, é um assunto que sempre está em evidência, afinal a liderança éfundamental para a convivencia em sociedade, até mesmo entre os animais irracionais, aliderança se faz presente.Liderar não quer dizer ocupar um cargo mais elevado, ou ser o capataz do chefe,“liderar é fazer com que as pessoas ajam de forma efetiva1”, rumo a um objetivo comum, nãopor constrangimento, mas por que elas desejam fazer aquilo a que são convidadas aparticipar. Liderar envolve planejamento, controle, organização, comunicação, empatia,integridade, e principalmente a capacidade de persuação.Comparo cada uma dessas habilidades acima citadas como que a elos de umacorrente chamada liderança. A carga que a corrente pode suportar é dada pela capacidade decarga de cada elo. Se a carga a suportar é de 100 kg e um dos elos da corrente suportasomente 20 kg, a capacidade de carga da corrente será de 20 kg. Uma excelente capacidadede planejar é limitada por uma extraordinária desorganização, uma excelente capacidade decomunicação é ofuscada por uma integridade questionável, e a capacidade de persuação émuito diferente da repugnante tirania.O líder precisa buscar competência em cada uma dessas habilidades, o que existe debom precisa ser lapidado e aquilo que não existe precisa ser adquirido. Faça essa perguntapara você mesmo: Quais meus pontos fortes? Como vou aprimorá-los? Quais meus pontos
  2. 2. fracos? O que eu preciso melhorar? Onde poderei aprender mais? Eu quero realmente meaprimorar?Costumo dizer o seguinte: O nosso foco deve estar em coisas que nos colocam maispróximos dos nossos objetivos. Tudo o que fazemos brota do desejo de ter ou ir, mas oslíderes devem pensar no ter, no ir e no chegar. O ter e o ir se completam no chegar. O homemteve um desejo, ele decidiu ir e ele chegou até a lua.Na nossa operação matemática de multiplicação mencionanda na introdução, osfatores planejamento, controle, organização, comunicação, empatia, integridade e persuaçãogeram um produto chamado liderança ou vitória, (ninguém lidera uma equipe para chegar alugar nenhum, todos queremos cruzar a linha de chegada dentro do prazo determinado e como mínimo de gastos possíveis, por isso nesse contexto liderança e vitória são sinônimos),repare que estamos falando de uma operação de multiplicação, se um dos fatores for zero, oresultado será o insucesso, não estamos sendo eficazes para que nossas equipes atinjamresultados positivos. Precisamos ter valores positivos e reais, nossa equipe precisa ver e nãosomente ouvir falar que houve mudança. Em outras palavras, o nosso sucesso como líderes éresultado de um aprimoramento contínuo de nossas habilidades.Quando pensamos em sucesso, logo nos vêm à mente, as câmeras, os reporteres, osprêmios, as muitas entrevistas, o reconhecimento público, etc. Não estamos falando dessesucesso. “Todos nós procuramos o sucesso, mas ninguém sabe como ele é2.” O nossosucesso está em atingir o alvo, logo seremos bem sucedidos na condução da equipe. A fama,essa sim, deixemos para os outros.Devemos ser honestos e humildes reconhecendo o empenho da nossa equipe, afinalenquanto estamos em uma reunião ou viajando, nossos liderados continuam produzindoresultados.Deixemos então nos avaliar e descobrir onde temos oportunidades de nos aprimorar esermos bem sucedidos como líderes, como subordinados, como pessoas em uma sociedadeem constante mudança, onde somente aqueles que têm valores positivos atribuidos as suashabilidades chegarão até lá. Lá aonde? Ao sucesso de conduzir equipes.Referências Bibliográficas1) DOUGLASS, Stephen B., COOK, Bruce E., HENDRICKS, Howard G., O Ministério daAdministração, 1 ed. São Paulo: Candeia, 1999, p. 109.2) OLIVEIRA, Djalma de Pinho Rebouças de, Manual de Consultoria Empresarial, 9 ed. SãoPaulo: Atlas, 2010, p. 19.Fig.1 - Resultado Liderançal
  3. 3. Wéllington Nunes de Trindadewellington.consultoria@2me.com.brGraduado em Liderança Avançada pelo Instituto Haggai do BrasilTecnólogo em Mecânica – SoldagemJoinville/SCBrasil2013

×