• Compartilhar
  • Email
  • Incorporado
  • Curtir
  • Salvar
  • Conteúdo privado
Pregando as parábolas de jesus   o semeador
 

Pregando as parábolas de jesus o semeador

on

  • 12,188 visualizações

 

Estatísticas

Visualizações

Visualizações totais
12,188
Visualizações no SlideShare
12,188
Visualizações incorporadas
0

Actions

Curtidas
2
Downloads
90
Comentários
0

0 Incorporações 0

No embeds

Categorias

Carregar detalhes

Uploaded via as Adobe PDF

Direitos de uso

© Todos os direitos reservados

Report content

Sinalizado como impróprio Sinalizar como impróprio
Sinalizar como impróprio

Selecione a razão para sinalizar essa apresentação como imprópria.

Cancelar
  • Full Name Full Name Comment goes here.
    Are you sure you want to
    Sua mensagem vai aqui
    Processing...
Publicar comentário
Editar seu comentário

    Pregando as parábolas de jesus   o semeador Pregando as parábolas de jesus o semeador Document Transcript

    • Pregando as Parábolas de Jesus.O Semeador [os quatro solos]. (Mt 13:3-9,18-23) Jean-François Millet – O Semeador – 1850 – Em exposição no Walters Art Museum – Baltimore-EUA Esta mensagem visa mostrar aos semeadores - irmãos, missionários e pastores, pregadores em geral, que o ser humano reage de diferentes maneiras à pregação da Palavra de Deus conforme Jesus mostrou nos 4 diferentes tipos de solos desta 1 conhecida parábola. Página
    • Pregando as Parábolas de Jesus.O Semeador [os quatro solos]. (Mt 13:3-9,18-23)INTRODUÇÃO. 1. Quando Jesus pregava o evangelho do Reino dos Céus (Mt 4:17,23), Ele nem sempre encontrava um público tão receptivo... a. Mesmo quando fez milagres, alguns não se arrependeram - Mt 11:20-24. b. Alguns tentaram enganá-lo, para então terem motivos de acusá-lo - Mt 12:9-14.Foi certamente por esta razão que Jesus passou a ensinar publicamente pormeio de parábolas - Mt 13:10-13. 2. O problema que Jesus enfrentava era que muitas pessoas, apesar de terem ouvidos para ouvir, seus corações se tornaram endurecidos - Mt 13:14-15. 3. Para ilustrar esse problema Jesus contou uma parábola que veio a ser conhecida como A Parábola do Semeador. a. Também pode ser adequadamente chamada de: A Parábola dos Quatro Solos. b. Ou ainda: A Parábola da Semente.Foi dita para ilustrar as diferentes reações à mensagem do evangelho. 4. A parábola em si é registrada em Mateus 13:3-9 (também em Marcos 4:3-9 e Lucas 8:4-8) - LEIA! a. É uma das poucas parábolas em que temos a interpretação do próprio Jesus no contexto. b. A importância desta parábola em particular é reforçada pelas palavras de Jesus registradas em Marcos 4:13... “Não compreendeis esta parábola? Como, então, compreender todas as parábolas?”O valor desta parábola se torna mais evidente à luz da explicação de Jesus. 2Por ela podemos nos ver como realmente somos no que diz respeito ao Páginamodo como recebemos a Palavra em nossa vida.
    • I. A PARÁBOLA EXPLICADA.A. O semeador. 1. Não é especificamente mencionado aqui, mas comparando com Mt 13:37... a. Este texto é a explicação da Parábola do Joio e o Trigo... b. No qual Jesus explica: “O que semeia a boa semente é o Filho do Homem”. 2. Por isso, é provável que o semeador nesta parábola faça referência imediata ao próprio Senhor Jesus Cristo. 3. Mas também é possível aplicar, por inferência, a todo aquele que, nos dias de hoje, proclama fielmente a mensagem do Filho do Homem.B. A semente. 1. A semente é a palavra do Reino - Mateus 13:19a. 2. Isto é, o evangelho do Reino, que era o tema recorrente da pregação de Jesus - Mt 4:23. 3. E foi também um elemento importante da pregação apostólica - At. 8:12; 28:30-31.C. A beira do caminho (o primeiro solo). 1. Este solo representa aquele que “...ouve e não entende” - Mt 13:19a. 2. Muito provavelmente, estes são os que endureceram o coração antes mesmo de ouvir a Palavra - Mt 13:15. 3. As aves representam o maligno (chamado de diabo em Lc 8:12). a. Que arrebata a Palavra daqueles cujo coração está endurecido. b. Sua condição, portanto, é de estar cego para o evangelho pela ação do diabo - 2Co 4:3-4. 4. Ainda que Satanás contribua para a sua cegueira espiritual, ela acontece também pela dureza do seu próprio coração!D. O solo rochoso (o segundo solo). 1. Este solo representa aquele que... 3 a. “Ouve a palavra e logo a recebe com alegria” - Mt 13:20. Página b. “Mas não tem raiz em si mesmo, por isso dura apenas pouco tempo” - Mt 13:21a.
    • c. “Quando surge a tribulação ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandaliza” - Mt 13:21b. 2. Alguns ouvem a Palavra e a recebem com muita alegria... a. Mas, estão sem raiz, pois não são fundamentados na Palavra, b. De modo que quando os problemas surgem, não há resistência e o tropeço ocorre. 3. Aqui aprendemos que uma recepção emocional, sem uma base sólida na Palavra de Deus não permitirá uma posição firme contra a tribulação e a perseguição.E. Entre os espinhos (o terceiro solo). 1. Este solo representa o que... a. “Ouve a palavra” - Mt 13:22a. b. Mas cuja capacidade de dar frutos é sufocada por: 1) “cuidados deste mundo” - Mt 13:22b; 2) “sedução das riquezas” - Mt 13:22c; 3) “prazeres da vida” (acrescentado em Lc 8:14). 2. Como esses três espinhos podem nos tornar infrutíferos é explicado em outras partes da Palavra de Deus... a. Cuidados deste mundo. 1) Podem nos levar a ficar despreparados para o dia da vinda de Cristo - Lc 21:34-36. 2) O perigo nos cuidados e ansiedades é que eles podem distrair nossa mente do que é realmente importante - Lc 12:29-32. b. Sedução das riquezas. 1) Este perigo é descrito em 1 Timóteo 6:9-10. 2) Mais uma vez, o perigo das riquezas é que ela desvia nossa atenção para longe de Deus, fazendo- nos sentir auto-suficientes - 1Tm 6:17. c. Prazeres da vida. 1) Estes envolvem os prazeres da carne em especial, para desviar nossa mente das coisas do Espírito - Gl 5:17. 2) O apóstolo Paulo nos adverte seriamente: O que se 4 semeia na carne é impossível colher no Espírito! - Página Gl 6:7-9.
    • F. A boa terra (o quarto solo). 1. Este solo representa o que... a. “Ouve a palavra e a compreende” - Mt 13:23a. b. “Dá fruto e produz muito” - Mt 13:23b. c. Lucas acrescenta que ele ouve “a palavra com um coração bom e reto”, e “retém a palavra e dá fruto com perseverança” - Lc 8:15. 2. Aqueles com “um coração bom e reto”, então, são os... a. Que vão entender a Palavra de Deus, e... b. Que vão guardá-la, e com paciência, produzir frutos em sua vida! 3. Eles serão como os bereanos, que foram elogiados por serem nobres, cuja nobreza é vista na forma como eles: a. “Receberam a palavra com toda prontidão”. b. “Examinando diariamente as Escrituras para descobrir se estas coisas eram assim” - Atos 17:11. 4. Note a importância do “entendimento” em relação aos “frutos”... a. Jesus fez a conexão entre os dois nesta parábola - Mt 13:23. b. Paulo liga os dois quando escreve sobre o evangelho que produz frutos entre os Colossenses: “... desde o dia em que ouviste e entendeste a graça de Deus em verdade” - Colossenses 1:6.Quando alguém entende, frutifica mais facilmente, mas a chave para acompreensão está em ter um “coração bom e reto”, disposto a ouvir e aprender! 5. E que tipo de fruto será esse? Existem diferentes tipos... a. O fruto da conquista de almas para Cristo - Rm 1:13. b. O fruto da santificação - Rm 6:22. c. O fruto do Espírito (isto é, o caráter de Cristo) - Gl 5:22-23. 6. Uma observação importante é que nem todos vão ter a mesma produtividade... a. “Alguns cem, outros sessenta, e outros trinta” - Mt 13:23. b. Como ilustrado na Parábola dos Talentos, uns podem ter mais, de acordo com a capacidade que Deus lhes deu - Mt 25:14-15. c. Seja qual for a nossa capacidade, devemos exercê-la em conformidade - 1Pe 4:10-11.Com a explicação dada pelo próprio Senhor Jesus, devemos ter poucos 5 Páginaproblemas de compreensão na Parábola do Semeador e nas verdadesespirituais Jesus estava ensinando.
    • II. A PARÁBOLA APLICADA.No entanto, uma coisa é compreendê-lo, outra muito diferente é fazer aaplicação do mesmo. Precisamos fazer a aplicação de maneira instigante, porisso, deixe-me perguntar-lhe: Que tipo de solo você é?A. Você é como o “solo à beira do caminho”? 1. Se você já ouviu o evangelho de Cristo e seu Reino, mas ainda não é um cristão... 2. Você pode estar no processo de endurecimento do seu coração! 3. Desse modo está suscetível ao engano de Satanás, que de alguma forma, quer cegá-lo e não permitir que a Palavra de Deus tenha o efeito desejado em você!B. Você é como o “solo rochoso”? 1. Se você recebeu o evangelho alguma vez, mas não está sendo fundamentado na fé... 2. Você provavelmente vai cair quando a perseguição ou tentação vier pelo caminho!C. Você é como o “solo com espinhos”? 1. Se você recebeu o evangelho alguma vez, mas está se tornando muito preocupado com os cuidados, as riquezas e os prazeres deste mundo... 2. Você não será capaz de dar fruto!Lembre-se do que Jesus disse sobre ramos que não produzem frutos! - Jo 15:1-6.D. Você é como “a boa terra”? 1. Se você tiver recebido o evangelho, e está dando frutos... 2. Então você tem demonstrado várias coisas importantes: a. Você tem um coração bom e reto! b. Você veio a entender a Palavra de Deus! c. Você manteve a perseverança! 3. E assim a Palavra de Deus tem sido capaz de produzir o efeito pretendido em sua vida! 6 Página
    • CONCLUSÃO. 1. Quando Jesus terminou de contar sua parábola do Semeador, Ele clamou: “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!” - Mt 13:9. 2. É evidente, a partir da explicação do próprio Jesus, que nem todos realmente ouvem! 3. É importante que nós escutemos bem, quando a Palavra de Deus é proclamada, por que é o modo como a fé é obtida - Rm 10:17. 4. Como você tem ouvido esta parábola de Jesus e Sua explicação? a. Se você é outra coisa que não seja “boa terra”, você precisa arrepender-se hoje! b. Para que na próxima ocasião, aprenda o que Jesus fará quando voltar para reunir o Seu Reino! - Mt 13:24-30,36-43.Caro amigo e irmão, você pode realmente ter um coração bom e reto.Ouça, analise, compreenda e aceite o evangelho de Jesus Cristo, o evangelhodo Seu Reino! 7 Página
    • O Rev. Giovanni M. Guimarãesé formado no SPN – SeminárioPresbiteriano do Norte, emRecife no ano 2000 e ordenadoao sagrado ministério emdezembro do mesmo ano.Casado com a pedagoga emissionária Abilene é pai deGiulia e Arthur e atualmente épastor na Igreja Presbiterianado Carnaubal, em Mossoró.Contatos: (84) 9660-9271 webminst@ig.com.br 8 Página