Webinar 2010. Presentación teresa pessoa

1.015 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.015
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
277
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
32
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Webinar 2010. Presentación teresa pessoa

  1. 1. 1 A integração das Tics na educação – algumas iniciativas em Portugal Teresa Pessoa (tpessoa@fpce.uc.pt), Novembro, 2010, Universidade de Coimbra _____________ A integração das tecnologias da informação e comunicação (TIC) no sistema educativo tem sofrido nos últimos anos uma significativa evolução. Fez, no dia 31 Outubro de 2010, 25 anos de TIC na educação em Portugal como bem refere António Dias Figueiredo que, para assinalar o feito publica um blog com o seu próprio nome. O pai do projecto Minerva lembra aqui (http://adfig.com/pt/?p=1) assim essa data: “ Projecto Minerva, 31 Outubro 1985 - um quarto de século sobre o lançamento à escala nacional das tecnologias da informação e da comunicação na educação, e como homenagem a todos quantos, pelo seu empenho e paixão, tornaram possível, não apenas esse projecto, mas as múltiplas e valiosas inciativas de TIC na Educação que se lhe seguiram até aos nossos dias, reproduzo duas peças do museu das TIC na Educação em Portugal: o despacho de criação do projecto MINERVA (abaixo) e um artigo de reflexão pedagógica escrito nessa época. Este artigo, que também fazia um balanço dos três primeiros anos do projecto, intitulava-se Computadores nas Escolas e foi publicado na revista Colóquio Ciências, da Fundação Calouste Gulbenkian, nº 4, de Janeiro/Abril de 1989.” Não sendo possível registar todo o caminho traçado em Portugal com vista a dotar cada criança com um computador lembraremos aqui alguns momentos significativos: A) 2002 – programa Internet@EB1 No início de 2002 foi aprovado um programa – Internet@EB1 – coordenado pela Fundação para a Computação Científica Nacional (FCCN), para acompanhamento das escolas do 1º ciclo na utilização da Internet para fins educativos assim como para a formação de professores. B) 2005/06 - o programa CBTIC@EB1 Este programa substitui o Internet@EB1 e é desenvolvido pelo CRIE – Equipa de Missão Computadores, Redes e Internet na Escola, agora abrangendo actividades mais amplas em TIC no 1º ciclo. Apenas no ano lectivo 2005/06 o programa envolveu 6.583 escolas, sendo 89% escolas do 1º ciclo. C) 2005-2007 – É criada a Agência para a Sociedade do Conhecimento - UMIC [Decreto-Lei nº 16/2005, Decreto-Lei nº 153/2007 e Portaria nº 551/2007], Esta agência coordena, com o Ministério da Educação, Tecnologia e do Ensino Superior, as políticas para a Sociedade da Informação que, com a definição do Plano Tecnológico pelo
  2. 2. 2 programa do XVII Governo Português (2005-2009), são peças chave na transformação de Portugal numa sociedade do conhecimento. D) No final de Julho de 2005, o Governo lançou o programa Ligar Portugal*, como programa de acção integrado para a concretização do Plano Tecnológico. “Ligar Portugal” teve como preocupação importante a integração das TIC em todo o sistema de ensino nomeadamente através do propósito de “Multiplicar o número de computadores nas escolas, de forma a atingir a proporção média de um computador por cada 5 estudantes até 2010”. Neste âmbito, na Lei do Orçamento para 2006, foi aprovado um sistema de deduções fiscais que facilitam a compra de computadores por famílias com estudantes. Esta medida foi estendida a 2009. E) Em 2006 - Escolas, Professores e Computadores Portáteis Esta iniciativa do Ministério da Educação reforçou 1.100 escolas com 26.000 computadores portáteis para cerca de 11.600 professores e para actividades práticas com cerca de 200 mil alunos. F) eTwinning – http://www.crie.min-edu.pt/index.php?section=34 O eTwinning é uma Acção do Programa Life Long Learning da União Europeia que tem como preocupação importante a construção de redes de trabalho, com recurso à Internet e TICs, entre as escolas europeias através do desenvolvimento de projectos comuns. De 2005 /06 para 2006/2007 a presença portuguesa quase quadriplicou! G) Em Setembro de 2007, foi aprovado o Plano Tecnológico da Educação http://www.escola.gov.pt/pte/PT/OPTE/index.htm Este plano tem, entre outros, como objectivos importantes “Atingir uma média de 2 alunos por computador com ligação à Internet (em 2006 era 9,6 alunos por computador)” e “assegurar que 90% dos professores e 50% dos alunos certifiquem as suas competências em TIC”. Neste âmbito têm vindo a ser concebidos vários projectos (http://www.escola.gov.pt/pte/PT/Projectos/index.htm ). H) 2008 – O programa e.escolinha De entre os projectos concebidos no âmbito do Plano Tecnológico da Educação salientamos o programa e.escolinha, no âmbito do qual meio milhão de alunos do recebem o novo „Computador Português de Baixo Custo‟ desenvolvido para alunos do 1º Ciclo – o Magalhães.
  3. 3. 3 No ano lectivo 2007/2008, o número de alunos do ensino básico e secundário por computador atingiu 7,9 e por computador com ligação à Internet 8,9, quando no ano lectivo 2004/2005 estes números eram, respectivamente, 48% e 81% mais elevados, o que corresponde a uma melhoria enorme desde 2004/2005. No final de Julho de 2009, já tinham sido distribuídos mais de 370 mil computadores Magalhães. Este programa tem recebido o reconhecimento internacional pelo seu enorme impacto ao massificarem a posse de computadores portáteis. I) Setembro,2010 - O projecto Magalhães – resultados do inquérito aos professores pelo Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação (GEPE) (http://www.gepe.minedu.pt/np4/?newsId=528&fileName=Relat_rioInqeEscolhinhaProfessores.pdf) Foram recentemente publicados os resultados do inquérito levado a cabo pelo GEPE – Ministério da Educação sobre o uso do Magalhães. Tratou-se de um inquérito realizado a nível nacional, através de questionário electrónico, em que se obtiveram respostas válidas de 9473 professores do 1º ciclo. O estudo foi realizado de Maio a Julho de 2010. O programa e.escolinha é avaliado de forma positiva por 74% dos professores que acreditam, também na sua maioria (79%) que vem promover uma igualdade de oportunidades no acesso a computadores. O Magalhães foi utilizado por 90% dos professores para diversas actividades (Fig1) Fig. 1 – Actividades realizadas pelos professores com o Magalhães As áreas curriculares em que a utilização do Magalhães é mais significativa: Língua Portuguesa, 96%; Estudo do Meio, 90% e Matemática, 67%. Por outro lado, uma grande parte dos professores usa só num dia da semana o computador (49%) enquanto alguns em 2 dias por
  4. 4. 4 semana (24%). Tendo sedo criado um portal com recursos para os professores usarem na sala de aula com o Magalhães a maioria (65%) não usa! Fonte: UMIC (2010) Educação e Formação, Agência para a Sociedade do Conhecimento. Consultado em 31 Outubro 2010 http://www.umic.pt/index.php?option=com_content&task=section&id=10&Itemid=86

×