Regulamento Campeonato Gaúcho 2011

1.642 visualizações

Publicada em

Regulamento Campeonato Gaúcho 2011.

Publicada em: Esportes
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.642
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
211
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Regulamento Campeonato Gaúcho 2011

  1. 1. i) Homologar os resultados e a classificação do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino - 2011 e proclamar as campeãs, vice-campeãs e 3ªs colocadas; j) Expedir atos administrativos a fim de disciplinar as questões pertinentes ao campeonato; k) Transferir ou suspender partidas programadas; l) Decidir quanto às conseqüências técnicas das interrupções de partidas, determinadas pelos árbitros; m) Proceder à convocação das diversas sessões que integram o Congresso Técnico, estabelecendo as datas, horários e locais; n) Prestar às equipes as informações de natureza técnica, quando solicitadas; o) Informar às equipes, imediatamente, toda e qualquer irregularidade solicitadas; p) Resolver os casos omissos de natureza técnica, valendo-se de critérios Técnico-Científicos adequados.Art. 8º - Não se aplica.CAPÍTULO VI – DAS INSCRIÇÕESArt. 9º - Para efetuar a inscrição as equipes deverão preencher a ficha de“Proposta de Confirmação de Inscrição” entregando a mesma assinada peloresponsável da entidade na sede da AGFF cito av. Siqueira campos, 1170 1º andarCj. 07 das 14h às 18h. Esta ficha encontra-se postada no site www.agff.com.br.Art. 10º - A ficha de “Proposta de Confirmação de Inscrição” somente seráaceita após o pagamento pela entidade da anuidade da AGFF/2011.Parágrafo único: A anuidade garante vínculo da entidade com a AGFF pelo períodode 12 meses a contar da data de pagamento e contempla a despesa de arbitragemdos jogos de uma equipe da categoria adulta ou uma equipe da categoria sub-17, aescolher, durante o primeiro turno da primeira fase da competição, premiações,crachás e administração.Art. 11º - Não será cobrada taxa de inscrição de atletas e comissão técnica até odia 11 de Agosto de 2011. Informações e inscrições devem sersolicitadas/realizadas através do telefone (51) 3084-2328, de segunda a sexta das14h às 18h ou pelo e-mail inscricao@agff.com.br.Parágrafo único; Não havendo interesse por parte da entidade de participação nacategoria adulta, a categoria beneficiada será a imediatamente correspondente eassim sucessivamente.Art. 12º - Para que seja confirmada a participação da entidade, a ficha de“Proposta de Confirmação de Inscrição” deverá ser entregue a AGFF até o dia02 de Março de 2011, devidamente regularizado. Cada equipe poderá inscrevertantas atletas quanto achar necessário. A data final de inscrição de atletas ecomissão técnica para todas as equipes será dia 11 de Agosto de 2011. AComissão Técnica deve ser formada por cinco membros, (Técnico, Auxiliar Técnico,Preparador Físico (CREF), Médico (CRM) e Massagista) todos maiores de dezoitoanos, sendo obrigatória a presença de Treinador e Massagista em jogosoficiais. No caso de, no ato de entrega da ficha de inscrição o número dejogadoras não estar completo, poderão ser feitas inscrições de novas atletas até as24 horas da quinta-feira que anteceda a rodada.2
  2. 2. Art. 13º - As fichas de “Inscrição de Jogadoras” e “Inscrição coletiva” serãodisponibilizadas no Congresso Técnico da categoria e para serem publicadas no“BINA”, devem estar com todos os dados exigidos devidamente preenchidos.Parágrafo primeiro: Estará disponibilizado no site: www.agff.com.br a listagem deatletas inscritas e liberadas para atuarem nos jogos do Campeonato Gaúcho deFutebol Feminino 2011. “BINA” – Boletim de inscrição de atletas.Parágrafo segundo: Todas as atletas oriundas de outras equipes devem apresentarno ato de inscrição para o segundo turno do Campeonato Gaúcho de FutebolFeminino 2011 o atestado liberatório da entidade.Parágrafo terceiro: Todas as equipes classificadas para a segunda fase doCampeonato 2011 poderão inscrever no máximo 03 atletas oriundas de equipesdesclassificadas da primeira fase desde que atendam aos requisitos doparágrafo segundo deste artigo. E somente da primeira para a segunda fase.Parágrafo quarto: Todas as atletas oriundas de outros países/estados devem estardevidamente regularizadas quanto a sua transferência junto a ConfederaçãoBrasileira de Futebol, Federação Gaúcha de Futebol e a Federação do estado deorigem além de atender o disposto no parágrafo segundo deste artigo.Art. 14º – Não serão efetuadas substituições de atletas inscritas, ou ainda fazernovas inscrições no dia dos jogos.Art. 15º - Poderão participar do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino – 2011: Atletas nascidas até 1995 para a categoria Livre; Atletas nascidas em 1994, 1995, 1996 e 1997 para a categoria sub-17.Parágrafo único: A autorização, devidamente assinada pelos responsáveis, paraparticipar da categoria livre deve obedecer ao ano de nascimento 1996.Art. 16º - A atleta inscrita não poderá ser substituída por outra.Parágrafo primeiro – A atleta que estiver inscrita por duas equipes terá validade naequipe em que se inscrever primeiro, sendo permitida sua substituição na outraequipe. A inscrição se caracterizará pela entrega do “Formulário de InscriçãoIndividual” devidamente assinada pela atleta.Parágrafo segundo – A atleta que participar por duas equipes sem cumprir o quedetermina o artigo 13º deste regulamento, será suspensa da competição vigente.Art. 17º - Todas as atletas (titulares e reservas) que assinarem o FormulárioPadrão da AGFF (Nominata de Atletas, modelo do site), deverão apresentar odocumento de identificação, expedido pela AGFF e documento de identidadeexpedido pelo órgão público oficial, caso seja solicitado, e ficarão sujeitos àsmedidas disciplinares aplicadas pela arbitragem (advertências verbais, cartõesamarelos ou cartões vermelhos), desde o momento em que a arbitragem adentraao campo de jogo e até que o abandone, após o apito final.Parágrafo primeiro – Poderá o árbitro fazer relatório extra, caso seja ofendido ouagredido até adentrar no seu vestiário, ou ainda, até sua saída do estádio.Parágrafo segundo – Não será aceito, sob hipótese alguma, o “protocolo” de RG.Art.18º - O documento de identificação da atleta deverá permanecer na mesadurante o jogo.3
  3. 3. Art. 19º - A atleta que jogar sem estar legalmente inscrita será eliminada docampeonato e a equipe perderá os pontos da partida considerando o placar de 2x0(Dois a Zero) para a equipe adversária. A equipe será multada em R$ 500,00(quinhentos reais). O pagamento deverá ser realizado antes da próximaparticipação da equipe no certame.Art. 20º - Qualquer tipo de fraude na documentação de atleta determinará adesclassificação da equipe no campeonato vigente.Parágrafo único – Além de denúncias e de recursos impetrados pelas equipes, adiretoria da AGFF poderá, a qualquer momento, sustar a inscrição de uma atleta jáconcedida, ficando comprovado, posteriormente, ter existido a irregularidade.CAPÍTULO V – DOS JOGOSArt. 21º – Os jogos serão realizados nos locais definidos em Congresso Técnico daCategoria. O clube mandante do jogo se obriga às suas expensas, a disponibilizarno estádio, nos dias de jogos, os requisitos constantes no Anexo I. A tabela dejogos será divulgada após a realização do Congresso Técnico.Parágrafo primeiro – Cada equipe terá direito a uma solicitação de transferência dejogo, em comum acordo, por motivos particulares durante todo o campeonato. Asdemais, caso ocorram, os dirigentes deverão observar o valor da taxa conformetabela “Regime Financeiro”. (anexo II).Parágrafo segundo – O comum acordo deve ser devidamente assinado pelasequipes interessadas e encaminhado com antecedência de 48h do final de semanaque ocorrerá a partida para a AGFF aos cuidados da Equipe de SupervisãoTécnica/Executiva.Art. 22º - Em caso de cancelamento de jogo ou rodada, as datas e locais derealização dos jogos cancelados serão determinadas pela Equipe de SupervisãoTécnica/Executiva.Art. 23º - Os jogos da categoria adulto e sub-17 terão a duração de 02 tempos de40 minutos. O intervalo entre os tempos será de 10 minutos. Categorias menoresterão o tempo de jogo discutido em CT específico da categoria.Art. 24º - A organização cederá 03 (três) bolas para cada entidade inscrita comduas categorias e 02 (duas) bolas para aquela entidade que inscrever uma equipe.O árbitro não deverá dar início ou continuidade a uma partida do CAMPEONATOGAÚCHO DE FUTEBOL FEMININO, sem que os clubes coloquem a disposição dojogo 02 (duas) bolas da marca KAGIVA oferecida pela AGFF para a referidacompetição.Parágrafo primeiro - A Bola Oficial do Campeonato Gaúcho de FutebolFeminino - 2011 é da marca KAGIVA. .Parágrafo segundo – A equipe que extraviar a bola do jogo oferecida deveráapresentar outra de mesma marca.Parágrafo terceiro – A não utilização do material oferecido bem como a nãoapresentação da bola da marca oficial no dia do jogo acarretará taxa de R$ 100,00(cem reais) para a(s) equipe(s) faltosa(s), por jogo.Art. 25º - O árbitro não permitirá a atleta o uso de adereços tais como: anéis,brinco, correntes, etc.4
  4. 4. Art. 26º - Os jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino 2011 serãorealizados nas seguintes categorias: Categoria Livre: Atletas nascidas até 1995; Categoria sub-17: Atletas nascidas em 1994, 1995, 1996 e 1997; Categorias sub-15 e sub-13: definidas em congresso técnico específico.Art. 27º - A fórmula do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino – 2011 seráproposta a partir do número equipes que preencham os requisitos apresentadosneste regulamento.Art. 28º - Em caso de atrasos para início de partidas que excedam o previsto de 15minutos, a(s) equipe(s) infratora(s) será(ão) multada(s) em R$100,00 (cem reais).O pagamento deverá ser realizado antes da próxima participação da equipe nocertame.Art. 29º - Os clubes deverão entregar ao Delegado da AGFF ou ao 4º (quarto)árbitro da partida, nos vestiários, até 30 (trinta) minutos antes da hora marcadapara início da partida, uma relação, em formulário padrão da AGFF (modelo dosite), com o número de inscrição na AGFF, nome completo, apelido e número dascamisetas de suas respectivas atletas e assinaturas.Parágrafo primeiro - As equipes deverão realizar protocolo de entrada e saída emtodos os seus jogos.Parágrafo segundo – O não cumprimento do Art. 29º em seu parágrafo primeiroacarretará em perda de pontos no troféu disciplina.Parágrafo terceiro – Os maqueiros (mínimo dois) e gandulas (mínimo quatro) paraos jogos do CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL FEMININO serão deresponsabilidade do clube mandante do jogo. A não observação deste itemacarretará na pena de multa a equipe referente a R$ 100,00 (cem reais). VideAnexo III.Art. 30º - A atleta, capitã da equipe, deverá identificar-se ao mesário e ao árbitroantes do início das partidas, bem como todos os cinco componentes da ComissãoTécnica.Art. 31º - Será consignado W.O. a uma equipe nos seguintes casos:  Não comparecimento da equipe para a disputa da partida;  Se a equipe exceder o tempo de tolerância sem concordância da opositora;  Comparecimento da equipe com menos de 07 (sete) atletas.Parágrafo primeiro - A consignação de W.O. será confirmada exclusivamente peloárbitro da partida devidamente registrado em súmula.Parágrafo segundo – Caso exista concordância de tolerância, o tempo de esperanão poderá exceder 30 (trinta) minutos da hora marcada para o início da partida. Oárbitro deverá formalizar seu relatório e encaminhar para a Equipe de SupervisãoTécnica/Executiva para conhecimento e apreciação.CAPÍTULO IV – DO SISTEMA DISCIPLINARArt. 32º - Os assuntos de ordem técnica, disciplinar e administrativa, deverão serdecididos e aprovados em Congresso Técnico.5
  5. 5. Art. 33º - A organização do evento não se responsabiliza por acidentes ocorridoscom atletas ou por estes ocasionados por terceiros, antes, durante ou depois dosjogos.Art. 34º - Será punida com multa no valor de R$350,00 (Trezentos e cinquentaReais) a equipe que perder por W.O ou que não participar de toda a programaçãodos jogos, seja por falta de número regulamentar de jogadores ou por se recusar,sob qualquer pretexto, a iniciar ou continuar o jogo.Art. 35º - Os protestos de ordem administrativa e que caracterizam fraude ouinfração ao Regulamento Geral do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino –2011, deverão ser encaminhados à Equipe de Supervisão Técnica/Executiva, porescrito e juntada provas, até 48 horas após a realização da partida ou de detectadaa fraude, acompanhada do comprovante de pagamento de R$350,00 (trezentos ecinqüenta Reais). No caso específico de denúncias, as mesmas podem serencaminhadas a qualquer tempo obedecendo aos trâmites burocráticos previstosneste artigo.Parágrafo único – A infração a qualquer artigo dos aspectos disciplinares serájulgada pela Comissão Disciplinar com base nas súmulas, relatórios da arbitragem erelatório da Supervisão Técnica/Executiva.Art. 36º - Todo o atleta, componentes da Comissão Técnica da Agremiação queapresentar conduta incompatível com a moral desportiva, promover ou participarde distúrbios durante os jogos, terá sua condição de jogo ou participaçãosumariamente cassada para o campeonato em vigência, podendo de acordo com agravidade do fato, ter sua participação vetada em outros eventos organizados pelaAssociação Gaúcha de Futebol Feminino em parceria com a Federação Gaúcha deFutebol.Parágrafo único – Este dispositivo também se aplica a todo e qualquercomponente de torcida identificada, sendo que a punição será aplicada à equipe doqual os torcedores fazem parte.Art. 37º - A agressão física a árbitro, auxiliar ou componente da organização, poratleta, técnico ou dirigente de equipe acarretará na exclusão da referidaagremiação deste campeonato e punição no valor de R$300,00 (Trezentos Reais).Art. 38º - Em todas as fases deste campeonato a atleta que receber três cartõesamarelos estará suspensa do próximo jogo.Art. 39º - A punição pelo árbitro com cartão vermelho (expulsão) implicará emsuspensão automática da atleta por um jogo e posterior julgamento, se necessário,pela Comissão Disciplinar (CD), conforme a gravidade do caso relatado em súmula.Parágrafo único – O cartão vermelho só substitui o cartão amarelo do jogo emvigência.Art. 40º - Os clubes disputantes do CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOLFEMININO se obrigam a reconhecer somente a COMISSÃO DISCIPLINAR comoinstância própria para resolver as questões relativas à disciplina e disputa docampeonato.Art. 41º - A retirada intencional da equipe do campo de jogo acarretará emsuspensão da agremiação e todos os seus atletas inscritos no Campeonato vigentee o caso será julgado posteriormente pela Comissão Disciplinar (CD) com aplicaçãode multa de R$500,00.6
  6. 6. CAPÍTULO VIII – DA FÓRMULA DE DISPUTA, PONTUAÇÃO E CRITÉRIOS PARADESEMPATE.Art. 42º - Fórmula de disputa sugerida:Quatro chaves de quatro equipes para a 1ª fase em turno e returno classificando-seduas equipes em cada chave mais duas melhores terceiras colocadas para a 2ª fasepor pontos corridos.1ª fase: de 10 de Abril a 19 de Junho;  Quinzenalmente em turno e returno na chave com possibilidade de preliminares sub-17;  CT: 22 de Junho.2ª fase: de 03 de Julho a 14 de Agosto;  Duas chaves de cinco equipes jogando em turno único dentro da chave classificando-se três equipes em cada chave, com possibilidade de preliminares sub-17 ou sub-15;  CT: 18 de Agosto.3ª fase: de 28 de Agosto a 25 de Setembro;  Duas chaves de três equipes jogando em turno único dentro da chave classificando-se duas equipes em cada chave para a 4ª fase ou semifinais com possibilidade de preliminares sub-17 ou sub-15;  CT: 27 de Setembro.4ª fase: Semifinais;  Jogo de “ida”: 02 de Outubro;  Jogo de “volta”: 16 de Outubro.5ª fase: Finais;  Jogo de “ida”: 30 de Outubro;  Jogo de “volta”: 06 de Novembro.Art. 43º - A pontuação será a seguinte: a) Vitória – 03 pontos; b) Empate – 01 ponto; c) Derrota – zero ponto.Art. 44º – Para o caso de desempate e definição de melhor terceira colocadadurante a fase de pontos corridos, serão aplicados os seguintes critérios:  Maior número de vitórias;  Resultado do confronto direto, se for entre duas equipes;  Menor número de gols sofridos;  Maior número de gols marcados;  Menor número de cartões amarelos e vermelhos;  Sorteio.Art. 45º – Nas fases semifinais e finais, em caso de empate, os jogos serãodecididos em 01 (uma) série de 05 (cinco) penalidades máximas alternadas porclube, não havendo prorrogação. Mantendo-se a igualdade se efetuará 01 (uma)cobrança alternada, por clube, sendo 01 (um) pênalti para cada jogadora (queestava atuando ao término da partida), até que se defina o vencedor.7
  7. 7. CAPÍTULO IX – DOS CONGRESSOS TÉCNICOSArt. 46º - Os Congressos Técnicos por categoria serão realizados em datas pré-definidas pela AGFF sempre às 15 horas na sede da Federação Gaúcha de Futebol,sito Travessa Francisco Leonardo Truda, 98 – 8º andar. Caso aconteça algumaalteração de local a informação será repassada aos responsáveis de cada equipepor e-mail.Parágrafo único – As datas das reuniões intermediárias entre as fases já estãodefinidas neste regulamento.CAPÍTULO XI – DAS EQUIPESArt. 47º - A bola do jogo, bem como todo o material promocional oferecido pelospatrocinadores oficiais, deverá ser usada em todos os jogos.Parágrafo único – Caso não sejam utilizados os materiais fornecidos pelospatrocinadores, a equipe será punida com cartão amarelo, perderá pontos para otroféu disciplina e pena de multa prevista no artigo 24º deste regulamento.Art. 48º - As equipes deverão comparecer obrigatoriamente com qualquer tempo(clima) ao local do jogo para seu compromisso, cabendo somente à Equipe deSupervisão Técnica/Executiva ou a arbitragem dar condições ou não para arealização da rodada.Art. 49º - As equipes deverão apresentar-se com dois fardamentos completos ede cores diferentes, isto é, calções, meias, camisetas numeradas, caneleiras ecalçados apropriados.Art. 50º - No caso de duas equipes com fardamento da mesma cor e não havendoacordo entre as mesmas, a mesa realizará sorteio para definir quem deverá efetuara troca. Caso a equipe não possua fardamento para a troca e utilizar outro tipo de“fardamento de identificação” será multada em R$500,00 (quinhentos reais). Opagamento deverá ser realizado antes da próxima participação da equipe nocertame.CAPÍTULO XII – DAS JOGADORASArt. 51º - No banco de reservas, somente poderão estar 11 (Onze) atletas fardadase inscritas na competição, mais os cinco membros da Comissão Técnica.Art. 52º - Cada equipe terá direito de realizar 07 substituições durante o tempototal de jogo.Art. 53º - Por questões de segurança, é obrigatório o uso de caneleiras por todas asatletas nas disputas das partidas.CAPÍTULO XIII – DA PREMIAÇÃOArt. 54º - Serão conferidos os seguintes prêmios: As equipes campeãs e vice-campeãs da categoria Livre, a representação oficial do Rio Grande do Sul na Copa do Brasil Feminina de 2012; O valor de R$ 1.800,00 (um mil e oitocentos reais) para a campeã da categoria Livre;8
  8. 8. O valor de R$ 900,00 (novecentos reais) para a vice-campeã da categoria Livre; Troféus para as duas primeiras colocadas de cada categoria; Medalhas para as três primeiras colocadas de cada categoria; Troféu disciplina em cada categoria; Troféu de Goleira menos vazada em cada categoria; Troféu de Artilheira em cada categoria.Art. 55º - Receberá o troféu de Artilheira de cada categoria, a atleta que marcar omaior número de gols durante a competição. Em caso de empate serão observadosos seguintes critérios: 1º - Atleta que tiver disputado o maior número de partidas; 2º - Atleta que tiver marcado o maior número de gols em uma únicapartida; 3º - Atleta que tiver o menor número de cartões; 4º - Sorteio.Art. 56º - Receberá o troféu de goleira menos vazada de cada categoria, a Goleirainscrita que disputar o maior número de partidas e sofrer o menor número de golsem toda a competição. Em caso de empate serão observados os seguintes critérios: 1º - Goleira que tiver o menor número de cartões; 2º - Sorteio.Art. 57º - As equipes 1ª e 2ª colocadas (campeã e vice-campeã) estarãoclassificadas para a Copa do Brasil de Futebol Feminino – 2012, promovidopela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).CAPÍTULO XIV – DA ARBITRAGEMArt. 58º - A arbitragem é de responsabilidade do SAFERGS.Parágrafo primeiro - o pagamento da arbitragem deve ser feito antes de iniciar apartida e em espécie.Parágrafo segundo – Além da taxa, o quarteto de arbitragem terá direito apassagens e alimentação, conforme ocorrido em edições anteriores.CAPÍTULO XV – TROFÉU DISCIPLINAArt. 59º - Concorrerão ao troféu disciplina todas as equipes que chegarem aoquadrangular final do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino – 2011.Art. 60º - A pontuação para o troféu disciplina será a seguinte:  Cartão amarelo – 1 ponto;  Cartão vermelho – 2 pontos;  Não cumprimento do Art. 29º - 3 pontos.Art. 61º - As equipes que tiverem atletas, dirigentes ou torcedores enquadradosnos artigos 36º e 37º, não concorrerão ao troféu disciplina.Art. 62º - Será declarada vencedora do troféu disciplina a equipe com menor médiade pontos por jogo.9
  9. 9. CAPÍTULO XVI – DAS DISPOSIÇÕES GERAISArt. 63º - Os jogos do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino – 2011 serãorealizados de acordo com este regulamento, leis e regras adotadas pela FederaçãoGaúcha de Futebol (FGF).Art. 64º - Não caberá veto, em hipótese alguma, aos oficiais de arbitragem.Art. 65º - Os jogos constantes do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino – 2011serão realizados conforme etapas previstas neste regulamento e definidas emCongresso Técnico.Art. 66º - Ocorrendo qualquer fato que fira este regulamento, a equipe dearbitragem responsável pela rodada deverá encaminhar a pasta com o relatório e asúmula devidamente preenchida para a AGFF onde será analisada.Art. 67º - Caso 02 (duas) equipes da mesma entidade se classifique para a fasesemifinal da competição, obrigatoriamente uma das disputas desta fase será entreambas.Art. 68º - Em caso de enquadramento da equipe em punições que envolvamvalores, as identificações de atletas serão recolhidas até a quitação das mesmas.Parágrafo primeiro – Em caso de reincidência do clube infrator nos referidos artigosque compões este regulamento, a pena de multa será triplicada a cada novainfração cometida.Art. 69º - Os clubes receberão as intimações informando os julgamentos que estãoenvolvidos suas atletas e/ou membros de comissão técnica via e-mail e por escrito,e também serão postadas em “pasta” do clube, no site da AGFF. As decisõestambém serão divulgadas pelo site www.agff.com.br, além da fixação no quadromural da AGFF.Art. 70º - O Regulamento editado em fevereiro de 2010 perde o seu valor sendosubstituído pelo presente texto.CAPÍTULO XVI – CASOS OMISSOSArt. 71º - Os casos omissos neste regulamento serão resolvidos pela diretoria daAGFF.PORTO ALEGRE, FEVEREIRO DE 2011.Carlos Alberto de Souza – Prof. NecoAssociação Gaúcha de Futebol Feminino – AGFFPresidente10
  10. 10. ANEXO I PROVIDÊNCIAS DA EQUIPE SEDE - 2011Equipes sedes devem tomar as seguintes providências quanto ao local da(s)partida(s):  Ambulância ou Departamento Médico com médico no local;  Segurança – Brigada Militar ou particular;  Vestiários para as equipes e arbitragem em condições de uso;  Casamata para 4º (quarto) árbitro e/ou delegado da AGFF (súmula): - 02 (duas) mesas; - 03 (três) cadeiras; - Água para equipe de arbitragem no(s) intervalo(s) do(s) jogo(s); - Placas de Substituição.  04 (quatro) Gandulas;  02 (dois) maqueiros com maca apropriada.Providências quanto à Arbitragem/Delegado da AGFF:  Pagamento da taxa de arbitragem em dinheiro antes do início da partida;  Rateio entre as equipes do valor de deslocamento da equipe de arbitragem;  Almoço (quando necessário);  Hospedagem (quando necessário).Atenciosamente,Carlos Alberto de Souza - Prof. NecoAssociação Gaúcha de Futebol Feminino - AGFFPresidente* Este anexo é parte componente exclusiva do Regulamento do Campeonato Gaúcho deFutebol Feminino 2011.11
  11. 11. ANEXO II REGIME FINANCEIRO - 2011Anuidade AGFF (inscrição duas categorias, premiação, crachás, R$ 900,00arbitragem primeiro turno da primeira fase)Inscrição de atleta após 11 de Agosto R$ 20,00Inscrição Comissão Técnica após 11 de Agosto R$ 30,00Falta de treinador ou massagista em jogos oficiais R$ 100,00Segunda via de identificação R$ 50,00Taxa de antecipação ou transferência de jogos R$ 200,00Taxa de arbitragem, por jogo casado, fase classificatória: a ser R$ 182,00dividido entre as equipesTaxa de arbitragem por jogo isolado: a ser dividido entre as R$ 273,00equipesAtenciosamente,Carlos Alberto de Souza - Prof. NecoAssociação Gaúcha de Futebol Feminino - AGFFPresidente* Este anexo é parte componente exclusiva do Regulamento do Campeonato Gaúcho deFutebol Feminino 2011.12
  12. 12. ANEXO III PERMISSÃO PARA PERMANÊNCIA NO LOCAL DOS JOGOS - 2011Por ocasião dos jogos, será permitido o ingresso e permanência dentro doalambrado do campo, além da Comissão Técnica e Atletas Reservas de cadaequipe, mais as seguintes pessoas:  01 (um) Delegado escalado pela AGFF, quando em serviço e identificado no portão de acesso a gramado, nas formas estabelecidas pela AGFF (braçadeira, carteira de Delegado da AGFF, crachá ou jaleco);  Encarregados de reposição de bolas (gandulas), devidamente uniformizados e autorizados pela AGFF, no mínimo 04 (quatro) e no máximo 06 (seis), e que serão distribuídos ao redor do gramado;  Maqueiros, mínimo 02 (dois), com idade mínima de 18 (dezoito) anos, devidamente uniformizados posicionados ao lado da casamata destinada ao Delegado da AGFF;  Fotógrafos de imprensa e repórteres esportivos de rádio e televisão, quando em serviço e identificados no portão de acesso ao gramado, na forma estabelecida pela AGFF (braçadeira, crachá ou jaleco) e/ou autorizados pelo Delegado da AGFF. Solicitar cadastro através do e-mail associacaogauchaff@gmail.com;  Componentes da Brigada Militar e/ou seguranças, em serviço, devidamente fardados e/ou identificados;  Componentes da Empresa de Fiscalização devidamente uniformizados e credenciados pela AGFF.Observação 1: Os fotógrafos de imprensa e repórteres esportivos de rádio etelevisão deverão permanecer, no transcorrer da partida, atrás das linhas de metae linhas laterais do campo, com uma distância mínima de 01 (um) metro dasmesmas (compreende-se fora do campo de jogo). Entretanto, os referidosprofissionais poderão deslocar-se livremente antes, no intervalo e ao final dosjogos.* Este anexo é parte componente exclusiva do Regulamento do Campeonato Gaúcho deFutebol Feminino 2011.13
  13. 13. Observação 2: Durante o transcurso da partida, aos profissionais citados naobservação anterior deste anexo é expressamente proibida, sob qualquer pretexto,a invasão ao campo de jogo.Observação 3: Os componentes da Empresa de Fiscalização ficarão posicionados deacordo com as instruções da AGFF.Observação 4: A designação de Delegado para o jogo será de competênciaexclusiva da AGFF.Atenciosamente,Carlos Alberto de Souza - Prof. NecoAssociação Gaúcha de Futebol Feminino - AGFFPresidente* Este anexo é parte componente exclusiva do Regulamento do Campeonato Gaúcho deFutebol Feminino 2011.14
  14. 14. ANEXO IV TABELA DE JOGOS - 2011 Equipes: Juventus/ASE – Santa Rosa Três Estrelas – Gravataí Ijuí – Ijuí Chimarrão – Estância Velha Flamengo – Alegrete Atlântico – Erechim Duda – Porto Alegre Guarani – Venâncio Aires Gaúcho – Porto Alegre Flores da Cunha – Flores da Cunha Black Show – Guaíba Rio Grande – Rio Grande Rey Sol – Viamão Pelotas/Phoenix – Pelotas Corintias – Alvorada Torrense - Torres A B C D1 Guarani – Venâncio Aires Juventus/ASE – Santa Rosa Flores da Cunha – Chimarrão – Estância Flores da Cunha Velha2 Black Show – Guaíba Ijuí – Ijuí Torrense - Torres Grêmio – Porto Alegre3 Rio Grande – Rio Grande Flamengo – Alegrete Duda – Porto Alegre Três Estrelas – Gravataí4 Pelotas/Phoenix – Pelotas Atlântico – Erechim Rey Sol – Viamão Corintias – Alvorada Fórmula de Confronto: 1º - ___________1 x 4___________ 4º - ___________4 x 2___________ 2º - ___________2 x 3___________ 5º - ___________2 x 1___________ 3º - ___________3 x 1___________ 6º - ___________3 x 4___________ Atenciosamente, Carlos Alberto de Souza - Prof. Neco Associação Gaúcha de Futebol Feminino - AGFF Presidente * Este anexo é parte componente exclusiva do Regulamento do Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino 2011. 15
  15. 15. 16

×