PROGRAMAS LOCAIS PROGRAMAS LOCAIS  -  Secretaria de Reforma do Judiciário
Princípios – Protejo (Proteção de Jovens em Território Vulnerável) <ul><li>sensibilizar o jovem para a sua inclusão em um ...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Público Alvo <ul><li>jovens e adolescentes expostos à violência doméstica, urbana ou em situa...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Implementação: Distribuição por UF <ul><li>Jovens residentes nas áreas infra-urbanas selecion...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Implementação: Distribuição por UF R$ 7.665.654,51 2900 950 PE R$ 624.512,59 220 350 CE R$ 3....
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Implementação: Distribuição por UF <ul><li>* Total projetado entre Convênios e Termos de Parc...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Implementação: Identificação <ul><li>Identificados por: </li></ul><ul><li>Mulheres da paz </l...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Oficinas – Promotores Legais Juvenis <ul><ul><li>800 horas divididas em 2 Ciclos </li></ul></...
Temas do 1º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo OFICINAS 320h-  Adaptação, atividades psicossociais, construção do percurso...
<ul><li>As temáticas desenvolvidas no projeto terão de trabalhar o jovem nas 4 dimensões.  </li></ul><ul><li>Jovem – jovem...
Desenvolvimento do 1º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo O jovem não terá a condicionante de entrar para a escola (ensino ...
Temas do 2º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo <ul><li>OFICINAS 273h </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Continuidade da prática...
Desenvolvimento do 2º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Os jovens que não foram inseridos no percurso social, em outro pr...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Itens obrigatórios <ul><li>Seleção dos jovens a partir de níveis de exposição à violência; </...
PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo Implementação: Elaboração  do diagnóstico e formação da rede de atendimento <ul><li>O  Mecani...
Implementação: Estruturação da gestão  PROGRAMAS LOCAIS  -  Protejo <ul><li>Unidade Gestora Federal </li></ul><ul><li>Unid...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Apresentação açoes protejo 03 09-2008

453 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
453
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apresentação açoes protejo 03 09-2008

  1. 1. PROGRAMAS LOCAIS PROGRAMAS LOCAIS - Secretaria de Reforma do Judiciário
  2. 2. Princípios – Protejo (Proteção de Jovens em Território Vulnerável) <ul><li>sensibilizar o jovem para a sua inclusão em um percurso social formativo associado a práticas sociais </li></ul><ul><li>saudáveis, desenvolvendo um circuito formativo realizado em oficinas com forte eixo sócio cultural, </li></ul><ul><li>sentimento de pertencimento e formação cidadã. </li></ul>PROGRAMAS LOCAIS - Protejo PROGRAMA DE TRANSIÇÃO PARA UM PROJETO EMANCIPATÓRIO Fortalecimento da cidadania – Formação para uma participação social ativa a partir de orientações fundamentadas nos direitos humanos e questões de gênero, etnia, etárias, orientação sexual etc. Proteção ao jovem – Implementação de um sistema de acompanhamento e proteção dos jovens expostos à violência doméstica ou urbana, residentes nas áreas de atuação do Pronasci. Pacificação Social – Implementação de ações estruturais e territoriais que garantam a segurança, o desenvolvimento saudável e convivência juvenil pacífica. Emancipação juvenil – Reintegração do jovem a um percurso social formativo que lhe garanta a oportunidade de acessar a educação e o trabalho. Formação de redes – Integração entre os entes federativos, movimentos sociais e entidades de apoio da sociedade civil organizada para o atendimento ao jovem.
  3. 3. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Público Alvo <ul><li>jovens e adolescentes expostos à violência doméstica, urbana ou em situação de rua residentes no território selecionado no Pronasci </li></ul><ul><li>OBS: Para a seleção dos jovens, deve-se aplicar níveis de exposição a violência. </li></ul>
  4. 4. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Implementação: Distribuição por UF <ul><li>Jovens residentes nas áreas infra-urbanas selecionadas </li></ul><ul><li>16.567 por ano. (previsto) </li></ul><ul><li>22.646 por ano. (realizado) = 67.938 em 3 anos. </li></ul>R$ 959.626,80 400 400 MA R$ 1.673.334,55 592 592 BA R$ 916.379,00 350 350 AL Valor total / sem bolsa Total de jovens conveniados Total de Jovens Acordado Estado
  5. 5. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Implementação: Distribuição por UF R$ 7.665.654,51 2900 950 PE R$ 624.512,59 220 350 CE R$ 3.360.000,00 1400 1400 GO R$ 4.221.826,36 1574 1574 RS R$ 1.543.481,18 585 585 PA R$ 960.000,00 400 400 AC R$ 1.800.000,00 750 750 DF R$ 7.668.231,02 4210 3410 RJ Valor total / sem bolsa Total de jovens conveniados Total de Jovens Acordado Estado
  6. 6. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Implementação: Distribuição por UF <ul><li>* Total projetado entre Convênios e Termos de Parceria </li></ul>16.567 R$ 49.338.081,88* 22.646* R$ 2.191.916,92 965 965 MG R$ 11.100.419,44 6550 2093 SP R$ 2.222.008,27 500 500 ES Total R$ 2.430.691,24 1200 698 PR Valor total / sem bolsa Total de jovens conveniados Total de Jovens Acordado Estado
  7. 7. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Implementação: Identificação <ul><li>Identificados por: </li></ul><ul><li>Mulheres da paz </li></ul><ul><li>Equipe multidisciplinar </li></ul><ul><li>Assistentes sociais </li></ul><ul><li>Conselhos Tutelares </li></ul><ul><li>Programa Saúde da Família - PSF </li></ul><ul><li>Unidades Executoras Municipais </li></ul><ul><li>Instituições públicas municipais e estaduais. </li></ul><ul><li>Parceiros institucionais do Ministério da Justiça </li></ul>
  8. 8. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Oficinas – Promotores Legais Juvenis <ul><ul><li>800 horas divididas em 2 Ciclos </li></ul></ul><ul><ul><li>Bolsa de R$ 100,00 Mensais </li></ul></ul><ul><li>1º Ciclo: </li></ul><ul><ul><li>440h </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>320h de oficinas </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>80h de informática </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>30h de atividades complementares </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>10h de reuniões pedagógicas </li></ul></ul></ul><ul><li>2º Ciclo: </li></ul><ul><ul><li>360h </li></ul></ul><ul><ul><ul><li>273h de desenvolvimento de projetos locais e </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>acompanhamento psicoterapeutico </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>72h de informática </li></ul></ul></ul><ul><ul><ul><li>15h de reuniões pedagógicas </li></ul></ul></ul>
  9. 9. Temas do 1º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS - Protejo OFICINAS 320h- Adaptação, atividades psicossociais, construção do percurso social formativo individualizado, violências, auto-estima e estética, corpo e sexualidades, família e paternidade responsável, meio ambiente, mitos, direitos humanos (abordagem em gênero, raça, sexualidade e juventude), classes sociais, mídia, estado e sociedade, cidadania (formação sócio-jurídica), protagonismo juvenil, segurança pública e sistema penal, drogas e redução de danos, projeto comunitário – (Rito de passagem) e prática cidadã. INFORMÁTICA 80h - Estrutura básica, informática básica, aplicativos, internet, programação, banco de dados e outros. ATIVIDADES EXTRAS 30h - Atividades complementares e encontros de capacitação 10h - Reunião pedagógica, atividades complementares e gerenciamento de crise
  10. 10. <ul><li>As temáticas desenvolvidas no projeto terão de trabalhar o jovem nas 4 dimensões. </li></ul><ul><li>Jovem – jovem </li></ul><ul><li>Jovem – família e amigos </li></ul><ul><li>Jovem – comunidade </li></ul><ul><li>Jovem – sociedade </li></ul><ul><li>A mudança não pode ocorrer somente com o jovem, mas também com sua família, seu entorno (comunidade onde vive) e o meio social onde ele se insere (sociedade). </li></ul>PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Metodologia
  11. 11. Desenvolvimento do 1º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS - Protejo O jovem não terá a condicionante de entrar para a escola (ensino formal), durante os dois primeiros meses do 1º ciclo. O método tradicional de ensino muitas vezes é desinteressante e o número de evasão é grande quando existe esta condicionante. A contrapartida do jovem será a presença nas oficinas (75% de presença)
  12. 12. Temas do 2º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS - Protejo <ul><li>OFICINAS 273h </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Continuidade da prática cidadã </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Desenvolvimento de projetos locais </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Acompanhamento Psicoterapêutico </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>INFORMÁTICA 72h </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Informática avançada </li></ul></ul></ul></ul><ul><li>ATIVIDADES EXTRAS 15h </li></ul><ul><ul><ul><ul><li>Atividades complementares </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Encontros de capacitação </li></ul></ul></ul></ul><ul><ul><ul><ul><li>Reunião pedagógica </li></ul></ul></ul></ul>
  13. 13. Desenvolvimento do 2º Ciclo PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Os jovens que não foram inseridos no percurso social, em outro programa social ou não estão adaptados a uma caminhada individual para a sua emancipação, poderão cursar o 2º ciclo.
  14. 14. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Itens obrigatórios <ul><li>Seleção dos jovens a partir de níveis de exposição à violência; </li></ul><ul><li>Curso de 800 horas divididos em um ano; </li></ul><ul><li>Planejamento do Percurso Social Formativo; </li></ul><ul><li>Formação para a vida; </li></ul><ul><li>Formação em informática; </li></ul><ul><li>Execução de atividades praticas no território selecionado; </li></ul><ul><li>Acompanhamento Psicosocial; </li></ul><ul><li>Implementação do Mecanismo de Informação Juvenil </li></ul>
  15. 15. PROGRAMAS LOCAIS - Protejo Implementação: Elaboração do diagnóstico e formação da rede de atendimento <ul><li>O Mecanismo de Informação Juvenil cria uma metodologia capaz de identificar </li></ul><ul><li>e dialogar com os gestores estaduais de todos os equipamentos mapeados, </li></ul><ul><li>compondo as atividades faltantes do percurso social formativo e individualizar a </li></ul><ul><li>oferta com a demanda. </li></ul><ul><li>Pesquisas das diferentes características e situações da juventude </li></ul><ul><li>Estudo de viabilidade para a implementação do programa levando em consideração os equipamentos urbanos e as parcerias possíveis </li></ul><ul><li>Integração com outras experiências já existentes </li></ul><ul><li>Pesquisa de “oferta” de PPJ e “demanda” local </li></ul>
  16. 16. Implementação: Estruturação da gestão PROGRAMAS LOCAIS - Protejo <ul><li>Unidade Gestora Federal </li></ul><ul><li>Unidade Executora Estadual </li></ul><ul><li>Unidade Executora Municipal </li></ul><ul><li>Ritla - Apoio às Unidades Gestoras e ao diagnóstico </li></ul><ul><li>para o percurso social formativo </li></ul><ul><li>Unesco – Apoio no desenvolvimento dos ciclos </li></ul><ul><li>Formativos e diagnóstico dos jovens </li></ul><ul><li>Caixa Econômica Federal – Agente pagador </li></ul>

×