Cinesiologia alavancas

10.708 visualizações

Publicada em

1 comentário
14 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
10.708
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
297
Comentários
1
Gostaram
14
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Cinesiologia alavancas

  1. 1. CINESIOLOGIA Sistema de alavancas – Alavancas de 1º, 2º e 3º classe FISIOTERAPIA 3º período Alunos:Armando Cabrini, Drielen de Lima, Elizama Ribeiro, Natália Araújo e Wando Paganini Profª Maria Angélica
  2. 2. DEFINIÇÃO DE ALAVANCA  Considerada uma estrutura rígida capaz de se movimentar ao redor de um ponto de apoio, chamado ponto fixo ou eixo, quando uma força é aplicada.
  3. 3. NO CORPO HUMANO Haste Rígida ——> Segmento corporal envolvido no movimento. Ponto Fixo ——> Articulação. Força Potente ——> Força Muscular (representada no local de inserção do músculo). Força Resistente ——> Peso dos Segmentos corporais envolvidos no movimento.
  4. 4. Alavancas de 1ª classe  INTERFIXA O ponto fixo se encontra entre a força potente e a força resistente; É mais bem desenhada para o movimento de balanceio;
  5. 5. EXEMPLOS NO CORPO HUMANO  Movimento da cabeça sobre o Atlas (1ª vértebra cervical) no sentido de flexão e extensão do pescoço.
  6. 6. Alavancas de 2ª classe  INTER-RESISTENTES A força resistente está entre a força potente e o ponto fixo; Apresenta maior vantagem mecânica pois o braço de força é sempre maior que o braço de resistência; Pouco encontrada no corpo humano.
  7. 7.  Braço de resistência – Distância perpendicular desde o ponto fixo até a ação do peso.  Braço de Força – Distância perpendicular desde a força de resistência ao ponto fixo.
  8. 8. EXEMPLOS NO CORPO HUMANO  A mais usada para força;  Muitos autores afirmam que não há no corpo humano.  A ação dos músculos flexores plantares do tornozelo quando uma pessoa fica nas pontas dos pés.
  9. 9. Alavancas de 3ª classe  INTERPOTENTES A força potente está entre a força resistente e o ponto fixo; Mais comum no corpo humano; Não oferece vantagem mecânica; É boa para o movimento.
  10. 10. EXEMPLOS NO CORPO HUMANO  Bíceps durante a flexão de cotovelo, onde o ponto fixo é a articulação do cotovelo, a força potente é a inserção proximal do bíceps no rádio e a força resistente é o peso do antebraço e da mão.
  11. 11. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS  Konin, Jeff G. , Cinesiologia Prática para Fisioterapeutas. Guanabara Koogan.  Nordim, Margareta. Biomecânica Básica do Sistema Músculoesquelético. Guanabara Koogan.

×