Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8

1.213 visualizações

Publicada em

AULA 7
Conceito de Estoque;
Controle de Estoque;
Objetivos;
Tipos de Estoque.

AULA 8
Formação Patrimonial;
Procedimentos Contábeis Básicos;
Débito e Crédito;
Balanço Patrimonial;
Contas Contábeis;
Método das Partidas Dobradas.

Publicada em: Educação
0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.213
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
111
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 7 e 8

  1. 1. Práticas Financeiras e Contábeis Prof. Wandick Rocha wandickrocha@yahoo.com.br http://contabilidademais.blogspot.com.br/
  2. 2. AULA 7 a) Conceito de Estoque; b) Controle de Estoque; c) Objetivos; d) Tipos de Estoque.
  3. 3. O que é estoque?
  4. 4. Conceito de Estoque  Estoque é a acumulação armazenada de recursos materiais em um sistema de produção, comercialização ou suprimentos que uma empresa utiliza.  Os estoques podem ser representados pelo conjunto de matérias-primas, produtos em fabricação, produtos prontos, material de aplicação e material de embalagem, nas indústrias, e pelas mercadorias nas empresas comerciais.
  5. 5. Controle de Estoque  Controle de estoque é o procedimento adotado para registrar, controlar, fiscalizar e administrar as entradas e saídas de mercadorias e produtos da empresa.  O planejamento é um dos principais instrumentos para o estabelecimento de uma política de estocagem eficiente.
  6. 6. Objetivos do Controle de Estoque  Fornecer informações sobre produtos vendidos;  Indicar quantidades de cada produto em estoque;  Mostrar a necessidade de reposição da mercadorias;  Fornecer montante financeiro do estoque;  Evitar desvios;  Evitar produtos parados em estoque.
  7. 7. Dicas para Controle de Estoque  Tenha um controle rígido – registro e controle das entradas e saídas.  Crie um sistema de organização – organização lógica de armazenagem.  Estabeleça processos – atualização das ferramentas de controle.  Mapeie o fluxo – saída dos produtos e frequência de reposição.  Programe as compras – fluxo de compras.  Tenha fornecedores confiáveis – cumprem prazos e orçamentos.
  8. 8. Produtos, Mercadorias e Serviços  Mercadorias - produtos adquiridos de terceiros. Exemplo: farmácia adquire medicamentos de um distribuidor, e revende-os.  Produtos - fabricação própria (indústria). Exemplo: indústria farmacêutica adquire e industrializa os insumos e vende aos distribuidores.  Serviços – prestação de serviços. Exemplo: serviços prestados pelo farmacêutico.
  9. 9. Tipos de Estoque  Estoque de produtos em processo;  Estoque de matéria prima;  Estoque de produtos acabados;  Estoque de materiais administrativos.
  10. 10. Métodos de Avaliação dos Estoques  Considerando que vários fatores podem fazer variar o preço de aquisição dos materiais entre duas ou mais compras, surge o problema de selecionar o método para avaliar os estoques.  Os métodos mais comuns são:  PEPS – Primeiro a entrar, primeiro a sair; UEPS – Último a entrar, primeiro a sair; Custo médio.
  11. 11. Métodos de Avaliação dos Estoques  Os métodos de avaliação de estoques devem considerar o valor pago na aquisição das mercadorias deduzindo o ICMS e acrescentando as despesas com fretes e seguros, que fazem parte do custo.  Preço Específico – consiste em atribuir a cada unidade do estoque o preço realmente pago.
  12. 12. PEPS Primeiro que entra, primeiro que sai  Apura que os primeiros artigos que entram no estoque serão os primeiros a sair.  Vantagens do método: O resultado da apuração reflete exatamente o custo real utilizados nas saídas; A baixa das mercadorias do estoque é feita de maneira racional e sistemática. Evita a deterioração de produtos.
  13. 13. PEPS – Primeiro a entrar, primeiro a sair DATA ENTRADA SAÍDA SALDO Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total 02/01 4.000 10,00 40.000,00 4.000 10,00 40.000,00 03/01 3.000 12,00 36.000,00 4.000 3.000 7.000 10,00 12,00 - 40.000,00 36.000,00 76.000,00 04/01 4.000 10,00 40.000,00 3.000 12,00 36.000,00 05/01 2.000 12,00 24.000,00 1.000 12,00 12.000,00 10/01 1.500 15,00 22.500,00 1.000 1.500 2.500 12,00 15,00 - 12.000,00 22.500,00 34.500,00 31/01 250 12,00 3.000,00 750 1.500 2.250 12,00 15,00 - 9.000,00 22.500,00 31.500,00 31/01 8.500 - 98.500,00 6.250 - 67.000,00 2.250 - 31.500,00
  14. 14. UEPS Último a entrar, primeiro a sair  Apura que os últimos artigos que entram no estoque são os vão sair em primeiro lugar.  Vantagens do método: Redução de lucro; Confronto dos custos com as receitas.
  15. 15. UEPS – Último a entrar, primeiro a sair DATA ENTRADA SAÍDA SALDO Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total 02/01 4.000 10,00 40.000,00 4.000 10,00 40.000,00 03/01 3.000 12,00 36.000,00 4.000 3.000 7.000 10,00 12,00 - 40.000,00 36.000,00 76.000,00 04/01 3.000 1.000 4.000 12,00 10,00 - 36.000,00 10.000,00 46.000,00 3.000 10,00 30.000,00 05/01 2.000 10,00 20.000,00 1.000 10,00 10.000,00 10/01 1.500 15,00 22.500,00 1.000 1.500 2.500 12,00 15,00 - 12.000,00 22.500,00 34.500,00 31/01 250 15,00 3.750,00 1.000 1.250 2.250 12,00 15,00 - 10.000,00 18.750,00 28.750,00 31/01 8.500 - 98.500,00 6.250 - 69.750,00 2.250 - 28.750,00
  16. 16. Custo Médio  Os produtos serão avaliados pela m´[edia do custo de aquisição.  Vantagens do método: Controle permanente de estoque; Preço médio do estoque constantemente atualizado; Aceito pela legislação fiscal.
  17. 17. Custo Médio DATA ENTRADA SAÍDA SALDO Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total Qtd. Preço Vr. Total 02/01 4.000 10,00 40.000,00 4.000 10,00 40.000,00 03/01 3.000 12,00 36.000,00 4.000 3.000 7.000 10,00 12,00 10,86 40.000,00 36.000,00 76.000,00 04/01 4.000 10,86 43.428,57 3.000 10,86 32.571,43 05/01 2.000 10,86 21.714,29 1.000 10,86 10.857,14 10/01 1.500 15,00 22.500,00 1.000 1.500 2.500 10,86 15,00 13,34 10.857,14 22.500,00 33.357,14 31/01 250 13,34 3.335,71 2.250 13,34 30.021,42 31/01 8.500 - 98.500,00 6.250 - 68.478,57 2.250 - 30.021,42
  18. 18. CMV Custo das Mercadorias Vendidas  Comparando os resultados obtidos para os critérios apresentados: CMV PEPS UEPS CUSTO MÉDIO 67.000,00 69.750,00 68.479,00  A apuração do custo das mercadorias vendidas (CMV) está diretamente relacionada aos estoques da empresa, pois representa a baixa efetuada nas contas dos estoques por vendas realizadas no período.
  19. 19. CMV Custo das Mercadorias Vendidas  O custo das mercadorias vendidas pode ser apurado através da equação:  Onde: CMV = EI + C - EF CMV = Custo das Mercadorias Vendidas EI = Estoque Inicial C = Compras EF = Estoque Final (inventário final)
  20. 20. Gestão de Estoques  É a função que planeja, executa e controla o fluxo de materiais nas condições mais eficientes e econômicas, partindo das especificações dos artigos a comprar até a entrega ao cliente.  Funções da gestão de estoque: o Determinar “o que” manter em estoque; o Determinar “quando” reabastecer; o Determinar “quanto” requisitar;
  21. 21. Gestão de Estoques  É o planejamento de suprimentos e controle das quantidades adquiridas, com o intenção de medir a localização, movimentação, utilização e armazenagem dos estoques, atendendo com regularidade as necessidades dos clientes em relação a preços, quantidades e prazos.  Pode ser utilizada ao longo de toda a cadeia de suprimentos gerando vantagens competitivas em relação aos concorrentes.
  22. 22. Estoque Mínimo e Máximo  O estoque mínimo (estoque de segurança) é a quantidade mínima de um item para cobrir eventuais atrasos no suprimento e garantir o processo produtivo ou comercial, sem o risco de faltas.  O estoque máximo é quantidade máxima viável de um item para uma demanda em um pequeno período de tempo evitando excessos e comprometendo menos capital de giro possível.  Ver vídeo neste link: http://www.youtube.com/watch?v=FhOZ1mn3Wn0&list=PL6F84CFD199ADAECA
  23. 23. AULA 8 a) Formação Patrimonial; b) Procedimentos Contábeis Básicos; c) Débito e Crédito; d) Balanço Patrimonial; e) Contas Contábeis; f) Método das Partidas Dobradas.
  24. 24. O que é patrimônio?
  25. 25. Patrimônio  Conjunto de bens, direitos e obrigações que a empresa possui.  Bens  Conjunto de coisas palpáveis.  Direitos  Valores da empresa em poder de terceiros.  Obrigações  Valores de terceiros em poder da empresa. PATRIMÔNIO Bens Direitos Obrigações
  26. 26. Bens  São coisas úteis, capazes de satisfazer às necessidades das pessoas e das empresas.  Bens Tangíveis ou Corpóreos Têm forma física, são palpáveis. Veículos, imóveis, estoques de mercadorias, dinheiro, móveis e utensílios, ferramentas.  Bens Intangíveis ou Incorpóreos Não têm forma física, não são palpáveis. Marcas, patentes de invenção (direito exclusivo de explorar uma invenção).
  27. 27. Bens  Bens Imóveis Vinculados ao solo e não podem ser retirados sem destruição ou dano. Edifícios e árvores.  Bens Móveis Podem ser removidos por si próprios ou por outras pessoas. Máquinas, equipamentos, veículos, peças, estoques, animais (semoventes).
  28. 28. Bem  Realizável  Ativo BENS TANGÍVEIS INTANGÍVEIS MÓVEIS IMÓVEIS Imóveis 180.000,00 180.000,00 Móveis e Utensílios 90.000,00 90.000,00 Veículos 110.000,00 110.000,00 Máquinas 400.000,00 400.000,00 Terrenos 900.000,00 900.000,00 Patentes 150.000,00 150.000,00 Total 1.680.000,00 150.000,00 750.000,00 1.080.000,00 Total Geral 1.830.000,00 1.830.000,00
  29. 29. Direitos  São valores em poder de terceiros que a empresa tem o direito de receber.  Em Contabilidade  Direitos Realizáveis.  Exemplo: Valores a receber; Títulos receber; Contas a receber; Salários a receber.
  30. 30. Direito  Realizável  Ativo ITENS VALORES Caixa 4.000,00 Banco Conta Movimento 168.000,00 Duplicatas a Receber 132.000,00 Títulos a Receber 150.000,00 Alugueis a Receber 13.000,00 Total 467.000,00
  31. 31. Obrigações  São valores de terceiros em poder da empresa.  Em Contabilidade  Obrigações Exigíveis.  Exemplo: Empréstimos a pagar; Contas a pagar; Impostos a pagar; Salários a pagar; Duplicatas a pagar.
  32. 32. Obrigação  Exigível  Passivo ITENS VALORES Fornecedores 380.000,00 Empréstimos 220.000,00 Financiamentos 140.000,00 Duplicatas a Pagar 60.000,00 Salários a Pagar 80.000,00 Tributos a pagar 120.000,00 Total 1.000.000,00
  33. 33. Obrigações Patrimônio Líquido  São valores que os sócios têm na empresa em um determinado momento.  No Balanço Patrimonial é igual a diferença entre o valor do Ativo e o valor do Passivo.  Em Contabilidade  Obrigações Não Exigíveis.  Exemplo: Capital Social; Reserva de Capital; Lucros Acumulados.
  34. 34. Obrigação  Não Exigível  PL ITENS VALORES Capital Social 340.000,00 Reserva de Capital 100.000,00 Lucros Acumulados 107.000,00 Total 547.000,00
  35. 35. Demonstrações Contábeis  As Demonstrações Contábeis são o conjunto de informações que devem ser obrigatoriamente divulgadas, anualmente pela administração de uma empresa.  As principais demonstrações contábeis são: Balanço Patrimonial; Demonstração do Resultado do Exercício.
  36. 36. Equação Patrimonial  Determina a situação patrimonial da empresa. (Bens + Direitos) – Obrigações Exigíveis = PL Ativo – Passivo Exigível = PL PL = A – P
  37. 37. Situação Patrimonial Situação Patrimonial Negativa A < P Situação Patrimonial Nula A = P Situação Patrimonial Positiva  A > P
  38. 38. SITUAÇÃO PATRIMONIAL POSITIVA (A > P) ATIVO PASSIVO Bens 1.830,00 Direitos 2.800,00 Obrigações Exigíveis 4.500,00 Patrimônio Líquido ? PATRIMÔNIO LÍQUIDO = ATIVO – PASSIVO EXIGÍVEL PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (BENS + DIREITOS) - OBRIGAÇÕES PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (1.830 + 2.800) – 4.500 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = 4.630 – 4.500 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = 130
  39. 39. SITUAÇÃO PATRIMONIAL NULA (A = P) ATIVO PASSIVO Bens 1.830,00 Direitos 2.800,00 Obrigações Exigíveis 4.630,00 Patrimônio Líquido ? PATRIMÔNIO LÍQUIDO = ATIVO – PASSIVO EXIGÍVEL PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (BENS + DIREITOS) - OBRIGAÇÕES PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (1.830 + 2.800) – 4.630 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = 4.630 – 4.630 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = 0
  40. 40. SITUAÇÃO PATRIMONIAL NEGATIVA (A < P) ATIVO PASSIVO Bens 1.600,00 Direitos 2.800,00 Obrigações Exigíveis 4.500,00 Patrimônio Líquido ? PATRIMÔNIO LÍQUIDO = ATIVO – PASSIVO EXIGÍVEL PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (BENS + DIREITOS) - OBRIGAÇÕES PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (1.600 + 2.800) – 4.500 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = 4.400 – 4.500 PATRIMÔNIO LÍQUIDO = (100)
  41. 41. Demonstrações Contábeis Dados Coletados Usuários Contabilizados Relatórios Contábeis
  42. 42. Usuários da Contabilidade  Os usuários são as pessoas ou entidades que se utilizam da contabilidade para analisarem a situação patrimonial de uma empresa.  Podem ser internos ou externos: Internos  administrador, sócios ou acionistas, empregados, auditores, contador. Externos  fornecedores, bancos, governo, peritos contábeis, concorrentes, financiadores.
  43. 43. Balanço Patrimonial  É a demonstração contábil destinada a evidenciar, qualitativa e quantitativamente, a posição patrimonial e financeira da empresa num determinado momento.  Balanço Patrimonial é constituído pelo: Ativo  Bens e direitos. Passivo  Obrigações exigíveis  capital de terceiros. Patrimônio Líquido  Obrigações não exigíveis  capital próprio.
  44. 44. Aspecto Qualitativo = Qualificar Consiste em dar nome (qualidade). Aspecto Quantitativo = Mensurar Consiste em atribuir valores (quantidade). ATIVO PASSIVO Caixa 10.000 Qualitativo Quantitativo Bem Valor Empréstimo 10.000 Qualitativo Quantitativo Obrigação Valor
  45. 45. Ativo  Conjunto de bens e direitos que a empresa tem num determinado momento. Ativo Bens e Direitos Lado Positivo APLICAÇÃO DE RECURSO
  46. 46. Passivo (Exigível)  São obrigações que a empresa tem com terceiros. Passivo Obrigações Lado Negativo ORÍGEM DE RECURSOS (CAPITAL DE TERCEIROS)
  47. 47. Patrimônio Líquido (Não Exigível)  São obrigações que a empresa tem com os seus sócios. É o Capital próprio da empresa. PL Obrigação Lado Negativo ORÍGEM DE RECURSOS (CAPITAL PRÓPRIO)
  48. 48. Balanço Patrimonial Ativo Passivo  Lado esquerdo  Lado positivo Bens e Direitos  Aplicação dos recursos  Saldo devedor Ver vídeo neste link: http://www.youtube.com/watch?v=QLwsvulOvvo  Lado direito  Lado negativo  Obrigações exigíveis  Origem dos recursos  Capital de terceiros  Saldo credor Patrimônio Líquido  Capital próprio  Obrigações não exigíveis
  49. 49. ORIGEM E APLICAÇÃO DE RECURSOS ATIVO PASSIVO ESTOQUE FORNECEDOR Compra de mercadoria Compra à prazo BEM OBRIGAÇÃO Aplicação de recursos Origem dos recursos APLICAÇÃO ORIGEM
  50. 50. ORIGEM E APLICAÇÃO DE RECURSOS EQUILÍBRIO ATIVO = PASSIVO + PL APLICAÇÃO = ORIGEM Ativo Passivo + PL
  51. 51. BALANÇO PATRIMONIAL ATIVO PASSIVO Caixa Estoque Veículos Imóveis Máquinas Ferramentas Móveis e Utensílios Marcas e Patentes Direitos Banco Conta Movimento Duplicatas a Receber Empréstimos a Pagar Salários a Pagar Duplicatas a Pagar Financiamentos Impostos a Pagar Encargos Sociais a Pagar Alugueis a Pagar Fornecedores PATRIMÔNIO LÍQUIDO Capital Social Lucros Acumulados
  52. 52. Débito e Crédito  As contas de Ativo, por terem saldo devedor, são aumentadas de valor por Débito e diminuídas por Crédito.  As contas de Passivo Exigível e de Patrimônio Líquido, por apresentarem saldo credor, são aumentadas de valor por Crédito e diminuídas por Débito. VARIAÇÃO ATIVO PASSIVO + PL AUMENTO DÉBITO CRÉDITO DIMINUIÇÃO CRÉDITO BÉBITO
  53. 53. Contas de Ativo Débito Crédito Lado Esquerdo Lado Direito Contas de Passivo e PL Débito Crédito Lado Esquerdo Lado Direito DÉBITO E CRÉDITO Convenções Contábeis Debitar = lançamento valores lado esquerdo Creditar = lançamento valores lado direito
  54. 54. CONTABILIDAÇÃO DAS CONTAS DÉBITO E CRÉDITO Balanço Patrimonial Ativo Passivo e PL Balanço Patrimonial Ativo Passivo e PL D Contas do Ativo C Aumenta Diminui + - D Contas de Passivo e PL C Diminui Aumenta - +
  55. 55. Integralização do Capital Social em R$ 20.000,00. D Caixa C 20.000,00 +A D Capital Social C 20.0000,00 +P Compra de um terreno no valor de R$ 5.000,00. D Caixa C 20.000,00 D Imóveis C 5.000,00 +A 5.000,00 -A 15.000,00
  56. 56. Compra de mercadorias à prazo no valor de R$ 8.500,00. D Estoques C 8.500,00 +A D Duplicatas a Pagar C 8.500,00 +P Compra de um aparelho de ar condicionado no valor de R$ 1.500,00. D Máq. e Equipam. C 3.000,00 1.500,00 4.500,00 +A D Caixa C 20.000,00 5.000,00 1.500,00 20.000,00 6.500,00 13.500,00 -A

×