ISO

278 visualizações

Publicada em

ISO

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
278
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

ISO

  1. 1. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 1 ISO ISO é uma derivação da palavra grega “isos” que significa igualdade. ISO é o nome de uma organização não governamental que tem seu escritório central em Genebra (Geneva, Switzerland). A empresa se chama ISO – International Organization for Standardization – é a maior empresa de desenvolvimento e publicação de normas internacionais, no momento e está presente em 162 países. Para se ter informações mais atualizadas, consulte a própria página da ISO (http://www.iso.org/iso/about.htm). FUNÇÃO: Muitos são os benefícios de se aplicar de maneira efetiva os requisitos preconizados na ISO 9001. Vamos relacionar alguns que considero importante:  Melhorar a imagem da empresa perante o mercado;  Aumentar a confiança do cliente;  Reduzir o número de auditorias dos clientes nos fornecedores;  Melhorar o desempenho dos produtos;  Redução de custos por ineficiência e reclamações;  Aumento da auto-estima dos trabalhadores;  Diminuição dos riscos do negócio;  Melhoria na eficiência dos fornecedores;  Redução de sucata;  Possibilidade de atuação no mercado global. REQUISITOS: Tabela dos principais requisitos das normas ISO 9000 Rubrica ISO 9001 ISO 9002 ISO 9003 Resumo Requisitos formais gerais x x x suficientes sobre todos os pontos relevantes para a qualidade dos produtos e/ou serviços. aplicação destes mesmos métodos. Manual da qualidade descrevendo
  2. 2. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 2 as medidas adoptadas, ou seja, o Sistema da Qualidade no qual a empresa está empenhada. descobrir a origem dos defeitos detectados e verificar, após a realização da auditoria, a boa aplicação do Sistema da Qualidade descrito no respectivo manual. 4.1 Responsabilidade da direcção 4.1.1 Politica da qualidade 4.1.2 Organização 4.1.2.1 Responsabilidade e autoridade 4.1.2.2 Meios 4.1.2.3 Representante da direcção 4.1.3 Análise pela Direcção x x x x x x x x x x x x x x x objectivos precisos relativos à qualidade, em função das expectativas dos seus clientes (se possível de forma a ultrapassar os seus concorrentes). seus objectivos e segui-los, procurando explorar os eventuais litígios e as reclamações dos clientes. A organização deve estar definida e permitir o bom funcionamento da empresa (ou seja, alcançar os objectivos da qualidade previstos). Os meios devem permitir o bom funcionamento da empresa. Deve ser designado um representante da Direcção, incumbido de gerir o Sistema da Qualidade de forma a assegurar que a qualidade não se deteriore com o tempo apesar da evolução da empresa e dos seus quadros. A qualidade deve ser gerida, devendo ser-lhe atribuída prioridade ao mais alta nível da empresa de forma a mantê-la permanente 4.2 Sistema da qualidade 4.2.1 Generalidades 4.2.2 Procedimento do Sistema da Qualidade 4.2.3 Planificação da qualidade x x x x x x x x x A empresa deve resumir num Manual da Qualidade quais as medidas que foram tomadas com vista a garantir a qualidade dos bens e/ou serviços prestados. Os métodos de trabalho essenciais devem ser formalizados, -cf. os requisitos genéricos – As medidas que permitem garantir a qualidade devem ser objecto de uma organização global a fim de garantir a sua lógica e exaustividade, como, por exemplo: plano da qualidade
  3. 3. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 3 especifico, plano de aferição 4.3 Análise do contrato x x x A empresa deve «fiabilizar» os produtos/serviços oferecidos nos seus contratos: -verificando que os produtos/serviços correspondem adequadamente às expectativas dos clientes, são completos, fiáveis e que o preço é adequado. - organizando os contratos de forma a assegurar o seu bom desenvolvimento. 4.4 Controlo da concepção x Os estudos e os desenvolvimentos devem ser organizados de forma criteriosa, a fim de garantir a qualidade dos produtos finais: organização, planificação, gestão de projectos, caderno de encargos, métodos de desenvolvimento; validação e qualificação, industrialização; 4.5 Controlo dos documentos e dos dados x x x Os documentos devem ser objecto de uma gestão bem organizada, de forma a evitar erros, assegurando uma adequada estrutura geral, controlo, difusão, arrumação, actualização, arquiva, o mesmo se aplica em relação aos dados: ficheiros informatizados, bases de dados. 4.6 Aprovisionamento x x devem ser geridos em função da qualidade dos bens ou produtos a fornecer As encomendas devem ser validadas; validação técnica, com controlo do acordo estabelecido com o fornecedor, verificação formal… 4.7 Controlo do produto fornecido pelo cliente x x x Os produtos fornecidos pelos clientes devem ser objecto de um estudo cuidado 4.8 Identificação e rastreabilidade do produto x x x O produto e os seus elementos constituintes devem estar adequadamente identificados e rotulados, permitindo a sua rastreabilidade, ou seja, encontrar as informações necessárias à verificação
  4. 4. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 4 da qualidade do produto e à análise das causas dos incidentes 4.9 Controlo dos processos x x A empresa deve mostrar que controla bem os trabalhos associados à certificação, designadamente, os processos cujos resultados são difíceis de controlar (soldadura, engaste, tratamentos térmicos…) 4.10 Inspecção e ensaios x x x A empresa deve efectuar os controlos e ensaios suficientes, sob condições rigorosas que possam dar garantias adequadas. 4.11 Controlo dos equipamentos de inspecção, medição e ensaio x x x Os aparelhos de medição devem ser suficientemente precisos, devendo ser objecto de manutenção, regulação, e aferição adequada. 4.12 Estado de inspecção e ensaio x x x Antes de expedir os seus produtos, a empresa deve assegurar, que todas as verificações, ensaios e, de uma forma mais generalizada, todas as disposições previstas à qualidade foram devidamente cumpridas e que não se registaram anomalias 4.13 Controlo do Produto não conforme x x x Os produtos não conformes devem ser isolados e sujeitos a tratamento especial, evitando a sua reintrodução no circuito de produção enquanto a não qualidade não for eliminada. 4.14 Acções correctivas e preventivas x x x As acções iniciadas no seguimento dos problemas detectados devem ser geridas e acompanhadas até que a situação tenha sido normalizada 4.15 Manuseamento, armazenamento, embalagem, prevenção, expedição x x x A empresa deve fazer com que as diferentes condições não possam deteriorar a qualidade dos seus produtos 4.16 Controlo dos registos da Qualidade x x x Os diferentes registos à qualidade devem ter sido compreendidos, devendo ser conservados em arquivo (cf. requisitos genéricos) 4.17 Auditorias internas da qualidade x x x Vigilância do bom funcionamento e do bom cumprimento das medidas efectuadas, através de auditorias regulares 4.18 Formação x x x A formação necessária à qualidade dos trabalhos deve ser registada e cumprida
  5. 5. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 5 4.19 Assistência após venda x x «anexas» tais como AAV e assistência técnica, desde que estes representem apenas uma pequena parte da actividade da empresa medidas adoptadas com vista a garantir a qualidade destes serviços. 4.20 Técnicas estatísticas x x x A empresa deve indicar as regras aplicadas para efeitos de controlo estatístico, designadamente a nível do controlo de riscos VALIDADE: O certificado, em si, tem duração de três anos; porém, as empresas que utilizam a ISO 9001 são periodicamente avaliadas por auditores. Essa periodicidade pode variar entre seis meses e um ano e, caso a empresa não esteja adequada, o certificado é suspenso antes do período de03 anos. Famila ISO 9000 e suas funções A família de normas ISO 9000 é composta por uma série de normas que se completam objetivando a manutenção de um sistema de gestão da Qualidade eficiente e eficaz. A norma ISO 9000 fornece os fundamentos e o vocabulário usado em todas as normas da família ISO 9000. A ISO 9000 favorece um claro entendimento dos elementos básicos do sistema de gestão da qualidade descrito nas normas ISO. Além disso, a ISO 9000 apresenta aos seus usuários os Oito Princípios da Gestão da Qualidade, da mesma forma que apresenta a Abordagem de Processos como o caminho para se atingir a melhoria contínua em toda a organização. A ISO 9001 é recomendada para empresas que procuram estabelecer um Sistema de Gestão pela Qualidade que demonstre confiança na capacidade de fornecer produtos que satisfaçam os desejos e as necessidades dos seus Clientes. A ISO 9001 é a única norma da família, cujo atendimento aos seus requisitos pode ser Certificado por um organismo certificador externo, dessa forma, basta uma organização provar para um órgão certificador reconhecido, que atende a todos os requisitos da ISO 9001, para a empresa receber um Certificado oficial.
  6. 6. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 6 A ISO 9001 é dividida basicamente em cinco seções, são elas:  Visão geral do sistema de gestão da qualidade e sua documentação;  Responsabilidades, Foco, Política, Planejamento e Objetivos;  Gestão e alocação de Recursos;  Realização do Produto ou Serviço e Gestão de Processos;  Medição, Monitoramento, Análise e Melhoria. Quatro das cinco seções podem ser aplicadas em todos os tipos de empresa, são elas: Sistema de Gestão da Qualidade; Gestão de Responsabilidades; Gestão de Recursos e Medição, Análise e Melhorias. A Realização do Produto ou Serviço é uma seção que pode ser adequada para cada tipo de organização, podendo inclusive, ter alguns itens excluídos, desde que devidamente justificado. Sendo assim, cada empresa deve redigir seu próprio Manual da Qualidade, descrevendo como a organização pretende atender aos requisitos da ISO 9001. Juntamente com o atendimento às cinco seções da ISO 9001, a organização deve demonstrar ter condições e estratégia bem definida para atender as necessidades dos seus Clientes e procurar sempre a melhoria contínua. Além disso, a ISO 9001, possui uma fase introdutória e um pacote de suporte ao usuário preparado pela ISO/TC 176, subcomitê SC 2 que fornece ao usuário os seguintes tópicos:  Terminologia;  Aplicações;  Requisitos de documentação;  Abordagem de processo;  Processos Terceirizados;  Implementação;  Perguntas mais freqüente (FAQ) A ISO 9004 é responsável por estender os benefícios obtidos pela ISO 9001 para todas as partes interessadas ou afetadas pelas operações da sua empresa. Partes interessadas incluem:  Funcionários;  Sócios;  Fornecedores;
  7. 7. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 7  Parceiros;  Governo;  Sociedade em geral. Apesar de serem compatíveis, a ISO 9001 e a ISO 9004 podem ser implantadas juntas ou separadamente, porém, somente a ISO 9001 pode ser certificada. A ISO 19011 é responsável por padronizar a área de auditorias do sistema de gestão da qualidade e do sistema de gestão ambiental, baseada na norma ISO 14001. A ISO 19011 fornece um guia para:  o programa de auditorias,  a condução de auditorias internas e externas e para  gerenciar a competência dos Auditores. A ISO 19001 fornece uma visão geral de como um programa de auditoria deve ser operado e gerenciado. O objetivo principal das auditorias descritas pela norma ISO 19011 é garantir que o sistema de gestão em questão atende aos requisitos mínimos da norma. O tamanho e o tipo da empresa em questão definem a forma como a ISO 19011 será aplicada e mantida, bem como os seus objetivos e metas, portanto, maiores detalhes sobre o programa de auditorias devem ser detalhadamente descritos no Manual da Qualidade ou em documento específico. Além disso, a ISO 19011 oferece aos seus usuários importantes dicas que o ajudarão a realizar uma auditoria cada vez mais eficaz. Segue uma relação completa da família ISO 9000: ISO 9000 Sistemas de gestão da qualidade – Fundamentos e vocabulário Quality management systems – Fundamentals and vocabulary ISO 9001 Sistemas de gestão da qualidade – Requisitos Quality management systems – Requirements
  8. 8. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 8 ISO 9004 Gestão para o sucesso sustentado de uma organização — Uma abordagem da gestão da qualidade Quality management systems – Guidelines for performance improvements ISO 10001 Quality management – Customer satisfaction – Guidelines for codes of conduct for organizations ISO 10002 Gestão da qualidade – Satisfação do cliente – Diretrizes para o tratamento de reclamações nas organizações Quality management – Customer satisfaction – Guidelines for complaints handling in organizations ISO 10003 Quality management – Customer satisfaction – Guidelines for dispute resolution external to the organization ISO 10005 Sistemas de gestão da qualidade – Diretrizes para planos da qualidade Quality management – Guidelines for quality plans ISO 10006 Sistemas de gestão da qualidade – Diretrizes para a gestão da qualidade em empreendimentos Quality management – Guidelines for quality management in projects ISO 10007 Sistemas de gestão da qualidade – Diretrizes para gestão de configuração Quality management – Guidelines for configuration management ISO 10012 Sistemas de gestão de medição – Requisitos para os processos de medição e equipamentos de medição Measurement management systems – Requirements for measurement processes and measuring equipment
  9. 9. Prof. Wandick Rocha – ISO – http://contabilidademais.blogspot.com.br/ 9 ISO/TR 10013 Diretrizes para a documentação de sistema de gestão da qualidade. Guidelines for quality management system documentation ISO 10014 Gestão da qualidade – Diretrizes para a percepção de benefícios financeiros e econômicos Quality management – Guidelines for realizing financial and economic benefits ISO 10015 Gestão da qualidade – Diretrizes para treinamento Quality management – Guidelines for training ISO/TR 10017 Guia sobre técnicas estatísticas para a ABNT NBR ISO 9001:2000. Guidance on statistical techniques for ISO 9001:2000 ISO 10019 Diretrizes para a seleção de consultores de sistemas de gestão da qualidade e uso de seus serviços Guidelines for the selection of quality management system consultants and use of their services ISO/TS 16949 Sistemas de gestão da qualidade – Requisitos particulares para aplicação da ABNT NBR ISO 9001:2008 para organizações de produção automotiva e peças de reposição pertinentes Quality management systems – Particular requirements for the application of ISO 9001:2000 for automotive production and relevant service part organizations ISO 19011 Diretrizes para auditorias de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental Guidelines for quality and/or environmental management systems auditing

×