FILO NEMATHELMINTHES <ul><li>Também chamados de Nematelmintos </li></ul><ul><li>Corpo alongado, cilíndrico com extremidade...
FILO NEMATHELMINTHES
Classe Nematoda <ul><li>Nematódeos de Habitat </li></ul><ul><li>em Intestino Delgado: </li></ul><ul><li>Ancilostomídeos </...
Ancilostomíase <ul><li>Agentes etiológicos: -  Ancylostoma duodenale </li></ul><ul><li>-  Necator americanus </li></ul><ul...
Morfologia (adultos)
Morfologia (adultos)
Morfologia (ovo)
Morfologia (ovo)
Ciclo Evolutivo
Ciclo Evolutivo
Aspectos Epidemiológicos
Patogenia e Manifestações Clínicas <ul><li>Invasão cutânea: erupções, edemas, dermatite alérgica desencadeada pelas larvas...
Patogenia e Manifestações Clínicas <ul><li>Lesões da mucosa intestinal: dilaceração e maceração de fragmentos da mucosa, d...
Patogenia e Manifestações Clínicas
Diagnóstico <ul><li>Ovos :  Pela sua pequena densidade, as técnicas mais sensíveis são as de flutuação (Willis; Faust; She...
Medidas Profiláticas Gerais <ul><li>São necessárias medidas de saneamento básico e ambiental, com  instalações sanitárias ...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Nematodeos Intestinais Ancil

3.222 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina, Tecnologia
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
3.222
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
8
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
57
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Nematodeos Intestinais Ancil

  1. 1. FILO NEMATHELMINTHES <ul><li>Também chamados de Nematelmintos </li></ul><ul><li>Corpo alongado, cilíndrico com extremidades afiladas </li></ul><ul><li>Tubo digestivo completo </li></ul><ul><li>Dióicos (dimorfismo sexual) </li></ul><ul><li>Ciclo monoxênico </li></ul>
  2. 2. FILO NEMATHELMINTHES
  3. 3. Classe Nematoda <ul><li>Nematódeos de Habitat </li></ul><ul><li>em Intestino Delgado: </li></ul><ul><li>Ancilostomídeos </li></ul><ul><li>Strongyloides stercoralis </li></ul><ul><li>Ascaris lumbricoides </li></ul>
  4. 4. Ancilostomíase <ul><li>Agentes etiológicos: - Ancylostoma duodenale </li></ul><ul><li>- Necator americanus </li></ul><ul><li>Importância: </li></ul><ul><li>- Ocorre em países tropicais, mas acredita-se que sejam 1 bilhão de infestados </li></ul><ul><li>- 60.000 mortes/ano devido a infecção </li></ul><ul><li>- Principal causa de anemia ferropriva dentre as verminose </li></ul><ul><li>Transmissão: penetração ativa cutânea da larva. </li></ul>
  5. 5. Morfologia (adultos)
  6. 6. Morfologia (adultos)
  7. 7. Morfologia (ovo)
  8. 8. Morfologia (ovo)
  9. 9. Ciclo Evolutivo
  10. 10. Ciclo Evolutivo
  11. 11. Aspectos Epidemiológicos
  12. 12. Patogenia e Manifestações Clínicas <ul><li>Invasão cutânea: erupções, edemas, dermatite alérgica desencadeada pelas larvas filarióides na pele. </li></ul><ul><li>Período migratório das larvas através dos pulmões e da árvore brônquica: ocorrem alterações que ocasionam uma reação inflamatória que pode levar a uma pneumonia e complicar-se com infecções bacterianas secundárias, podendo aparecer tosse seca ou expectoração e as vezes febre, com eosinofilia sangüínea alta. Pode também ocasionar a Síndrome de Loeffler. </li></ul>
  13. 13. Patogenia e Manifestações Clínicas <ul><li>Lesões da mucosa intestinal: dilaceração e maceração de fragmentos da mucosa, devido a ação dos dentes e lâminas, secreções esofagianas e aspiração. Desenvolve-se um processo inflamatório nos locais lesados, podendo agravar-se com infecções bacterianas secundárias. Tais processos levam a um aumento do peristaltismo e secreção de muco, ocasionando dores abdominais, além de mal estar, anorexia, náuseas e diarréias. </li></ul><ul><li>Espoliação sanguínea: o organismo perde sangue na medida em que este é ingerido pelos vermes e, em bem menor escala, como resultado das enterorragias residuais. </li></ul>
  14. 14. Patogenia e Manifestações Clínicas
  15. 15. Diagnóstico <ul><li>Ovos : Pela sua pequena densidade, as técnicas mais sensíveis são as de flutuação (Willis; Faust; Sheater). </li></ul><ul><li>Larvas : Em fezes envelhecidas, os ovos de ancilostomídeos já se encontram embrionados e eclodem, liberando larvas que devem ser distinguidas das de Strongyloides stercoralis. Nesta condição são utilizados métodos de concentração, que se baseiam no termohidrotropismo larvar (Baermann; Rugai) </li></ul>
  16. 16. Medidas Profiláticas Gerais <ul><li>São necessárias medidas de saneamento básico e ambiental, com instalações sanitárias ligadas a rede pública de esgotos. </li></ul><ul><li>Uso de calçados e luvas. </li></ul><ul><li>Tratamento do indivíduo parasitado. </li></ul><ul><li>Lavagem de mãos e higiene perianal após uso do sanitário. </li></ul><ul><li>Educação em saúde deve fazer parte do cotidiano e ser levada às pessoas (feita de forma ativa). </li></ul>

×