Agressividade na Infância

2.551 visualizações

Publicada em

Esta palestra aborda o tema "Agressividade na Infância" enfocando suas origens, os comportamentos, o desenvolvimento da tolerância à frustração e a condição do educador diante do comportamento agressivo da criança.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.551
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
176
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Agressividade na Infância

  1. 1. AGRESSIVIDADE NA INFÂNCIA WAGNER LUIZ GARCIA TEODORO Psicólogo / Psicopedagogo PROJETO DE APOIO PARA PAIS E EDUCADORES
  2. 2. O que é Agressividade  Disposição para agredir  Insulto, ofensa, raiva  Comportamento hostil  Atitude firme e positiva ?
  3. 3. Agressividade Boa Ruim  Lugar no mundo  Luta pela vida  Impulso p/ superação  Conquistar algo  Agressão  Violência  Descontrole de impulsos hostis “Violência é a agressividade natural que saiu do controle.” (Içami Tiba)
  4. 4. Manifestações Agressivas na Infância  Chorar  Bater  Empurrar  Morder  Agarrar  Unhar  Chutar  Desobedecer  Fazer arte  Emburrar  Silêncio  Xingar  Isolar
  5. 5. Bases da Agressividade  É aprendia ou inata (instintiva)?  Aspectos Orgânicos  Aspectos Cognitivos  Aspectos Emocionais
  6. 6. A Frustração  Contrariedade; Decepção; Privação da satisfação de alguma necessidade ou desejo  Toda frustração produz raiva  A intolerância é exigente e imediatista  Desde quando o ser humano é frustrado?  É possível não sofrer frustrações?  A solução é desenvolver a tolerância
  7. 7. Desenvolvendo a Tolerância à Frustração  Tolerar: suportar,esperar, substituir, aceitar, resistir, abrir mão do que não é possível  Tolerância X Passividade  Como ensinamos uma criança a ser tolerante?  Sendo tolerante com ela, acompanhando com serenidade seu desconforto
  8. 8. A Raiva  Enquanto há intolerância, há raiva e ela precisa ser extravasada para evitar comportamentos explosivos e depressão  Pode ser colocada pra fora nos esportes, falando, chorando, cantando, gritando
  9. 9. Atitude Educativa  Serenidade nos momentos de desconforto  Ensinar a cç a ser menos egocêntrica  Brincadeiras para extravasar a raiva  Trabalhar regras de convivência  Quem agride pede para ser amado  Amor firme e Amor suave  Acolher X Reprimir  Cuidar da parte boa
  10. 10. O Educador  A raiva da criança faz o adulto reviver sua infância  Um adulto com raiva e uma criança = duas crianças  A tarefa de educar exige responsabilidade e consciência das próprias dificuldades  Quem está de bem consigo e com a vida é mais tolerante e melhor educador
  11. 11. Depois de algum tempo você aprende que ...  não importa o quão boa seja uma pessoa, ela vai feri-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso.  pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida.  as circunstâncias e os ambientes têm influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos.  ou você controla seus atos, ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco.
  12. 12. Depois de algum tempo você aprende que ...  paciência requer muita prática.  maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou.  quando está com raiva tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel.  nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém, algumas vezes você tem que aprender a perdoar a si mesmo. (William Sheakespeare)
  13. 13. O QUE EXISTE POR TRAZ DA RAIVA ?
  14. 14. saudeglobalpsicologia.blogspot.com.br Todo aquele que agride está pedindo para ser amado.

×