Perguntas feitas a vila olimpica

329 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
329
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
87
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Perguntas feitas a vila olimpica

  1. 1. PERGUNTAS FEITAS A VILA OLIMPICA DA MANGUEIRA Entrevista feita com a coordenadora geral: Bárbara Machado 1 – Como está classificada, como ONG ou como OSCIP? “Na verdade, o programa social da mangueira não fica classificado nem como ONG nem como OSCIP. Melhor esclarecer, primeiro, o programa social entra na internet, escola estação primeira de mangueira, a figura jurídica que é o grêmio que é a estação primeira de mangueira, que não se classifica nem como ONG, nem como OS, nem como OSCIP. Melhor dizendo, aqui vocês estão trabalhando em cima de uma OS, que não se classifica entre nenhuma dessas 2 questões aqui. Na realidade, o programa social da mangueira..., nós recentemente criamos um instituto para que faça a gerencia e que trate, que faça a gestão das ações do programa social da mangueira, então na realidade, nós criamos um instituto considerando que a estrutura do grêmio da estação primeira de mangueira é muito grande, isso foi até um mecanismo para um melhor funcionamento administrativo das ações dos programa social, e aí a gente cria uma figura para que cuide das ações sociais da escola, do programa social da escola e uma figura que cuide das questões culturais e da atividade a fim da escola que é o carnaval. E essa atividade a fim de lá, considerando que a mangueira, a estação primeira de mangueira, ela tem ações que vão ao longo do ano, ou seja, tem uma doação 365 dias no ano, considerando que eu tenho períodos no ano, com as doações maiores e mais fortes e mais atuantes em todas as linhas que a gente optou por trabalhar.” 2 – O que vocês usam de divulgação e qual o tempo da divulgação? “O projeto existe a 25 anos, o programa social da mangueira existe há 25 anos, ele foi criado pelo Chiquinho, ele foi o idealizador é ate hoje que ele cuida e que administra há 12 anos, ele também acabou fazendo bolsão de entrar, para um universo bem diferenciado e ele também é deputado estadual e hoje também acumula recentemente, aceitou o desafio de ser o presidente da estação primeira de mangueira, ele é um professor de educação física, a ideia inicial do projeto, era de propiciar as crianças que ficavam soltas, ociosas, perambulando pela comunidade, cada vez mais a mercê das atividades ilícitas, trouxe a pratica de atividades esportivas, isso de uma forma muito pequena e muito improvisada, muito simples, mas com muita determinação na sua execução. Então, começou embaixo do viaduto de mangueira e aí foi para dentro da quadra e as coisas foram evoluindo e crescendo e acontecendo. Então, essa área hoje onde nós atuamos era da rede ferroviária, a primeira sessão de uso foi desse terreno que nós estamos, que é da vila olímpica, houve uma cessão do espaço do estado para a mangueira, e aí foi feito todo um trabalho e as coisas foram conquistadas e a estrutura foi evoluindo, depois desse espaço, veio o espaço onde ta o CIEP que também onde tá a rede ferroviária e por ultimo veio área 3, onde a gente tem também as atividades esportivas, tem uma escola de educação do 1 ao 5 ano, centro profissionalizante... enfim, essa estrutura toda que completa 35 m de área construída, ela foi conquistada ao pouco e a divulgação, ela vai se fazendo naturalmente, primeiro pelas ações, que são
  2. 2. ações de relevância de resultados que impactam favoravelmente a comunidade, ou seja, nós já tivemos resultados até expressos, passados pelo próprio juizado da infância e do adolescente alguns anos atrás, de baixo níveis de criminalidade, nós já tivemos resultados aqui de...baixos índices de evasão escolar, nós já conseguimos alcançar o índice zero de mortalidade infantil..., isso tudo é fruto de uma ação desenvolvida pelo programa social da mangueira. Então, o trabalho, a essência dele não se perde. A nossa transpectação (preocupação) é com a criança e com o adolescente, é a formação dele quanto cidadão, eu não posso pensar na formação dele, senão nela completa, ou seja, falar do esporte, falar do lazer, falar da nutrição, falar da saúde, falar da formação dele como um todo. E o projeto hoje contempla todas essas áreas, atende a criança, o adolescente, o adulto, o jovem, o idoso, o deficiente, ou seja, o limite de idade para ta atendendo. É que hoje, nós o terceiro setor conseguimos atuar de uma forma significante, não só para a comunidade da mangueira, para o projeto que foi. Principalmente atendendo a comunidade, mas hoje ela atende várias comunidades do entorno, manguinhos, jacaré, jacarezinho, curitiba, liga do vasco. Enfim, são todas as comunidades próximas, os bares próximos...eu já cheguei alcançar outros municípios, eu tenho cursos que vem, que buscam a pratica de atividades ou de atendimentos vindo de outros municípios, o que chamam muita atenção, eu tenho uma ocupação de pessoas aqui diariamente, em média 6 mil pessoas, ou seja, um número considerável, só no esporte eu tenho 3.500 pessoas atendidas, então assim, eu tenho o numero de pessoas que são atendidas no esporte muito grande. E aí naturalmente, eles acabam sendo contempladas em outros atendimentos, o que a nossa estrutura em si facilita. A divulgação, ela é constante, ela é constante em vários aspectos, em um, se eu não falo eu não sou lembrada, se não me faço presente eu não sou lembrada, dois, eu tenho já, lógico, uma facilidade, um histórico, eu tenho uma marca muito forte, eu tenho um trabalho sério, continuo, profissional, hoje ele tá cada vez mais buscando a sua qualificação, a sua qualidade de serviço, não tem mais como expandir. Hoje para mim expansão não é qualidade. Então, a minha batalha com todos os profissionais dentro dessa estrutura é que haja qualidade nos serviços. Considerando também, que tudo o que aqui é feito para a comunidade, para todos os usuários...são gratuitos, não há custo nenhum. E a manutenção disso, isso é uma outra historia também que não é pequena, não é simples, é bem complexa... Mais que a gente faz esse exercício de divulgação direto e continuo, para que as pessoas conheçam, saibam e que a gente possa até replicar também a experiência que a gente tem aqui. Como a gente já conseguiu, tem varias ações, as vilas olímpicas da prefeitura, elas são copias e modelos daqui, nós somos os pioneiros. Então, na realidade essa proposta veio a partir...iniciada que foi por nós aqui na mangueira. 3 – E qual o ano de fundação da Vila Olímpica da Mangueira? “1987, 25 anos. A proposta da figura jurídica, de quem gerencia...o que tem a estação primeira de mangueira, ela tem um trabalho social, que usa como elemento principal para transformação social, dessa comunidade, dessa criança: o esporte, porque eu trago muito mais facilmente pelo esporte, do que por qualquer outra atividade. Então, se eu
  3. 3. trabalho pelo meu esporte aqui, como um meio educacional, ele tem um monte de inclusão, de transformação, não diferente do que muitas pessoas até acham, do que a gente vende muito bem, faz com que a gente tenha esses resultados tão bem, que não é uma formação de atletas, eu tenho um trabalho com autoatendimento sim, temos resultados extremamente satisfatórios, a gente hoje tem vários atletas fora do Brasil. Temos até hoje um cenário bastante feminino nacional e internacional no atletismo. São as 2 chefes...mais o objetivo principal dele não é esse, não é fazer uma máquina de fazer atletas. Agora, consequentemente, dentro do universo que tem, que trabalha, vou detectar muito mais facilmente e a minha estrutura hoje é capaz não só de detectar mais de trabalhar esse atleta para que ele avance. Agora, eu tenho uma limitação, para ele realmente ficar explodindo, no seu auge de rendimento, eu to passando ele para umas turmas..., a grande missão quem cumpriu fomos nós na formação, e a ideia é que esse atleta não só evolua na sua pratica mais que ele possa também ter o esporte, depois ter a educação, até porque a gente sabe que a vida útil do atleta é muito curta. Então um ponto fundamental para esse processo todo, é quaisquer. Tem que estar estudando, considerando lógico o êxito escolar é obrigatório, ele não ingressa, se não estiver estudando, se não estiver estudando. Se eu detectar ...eu busco e viabilizo a matricula dele e faço esse acompanhamento... é inaceitável um aluno dentro do projeto que não esteja dentro do processo da educação formal. Então o meu atleta, então cai num outro grupo, um grupo com exigência de rendimento escolar maior, considerando que aí ele precisa aprontar esse circulo dentro... passado o dia procurando o que ele quer, certo? 4 – Vocês fazem pesquisa com a população ou com a prefeitura a respeito desse feedback? “Não, as pesquisas que são feitas e as atividades são internas. A gente agora vai fazer, nesse momento, uma pesquisa de satisfação. E essa pesquisa de satisfação é feita por aqui, para a gente poder avaliar a qualidade dos serviços, dos atendimentos, das aulas, da estrutura física, da higiene, dos pontos que a gente considera fundamentais para o funcionamento da estrutura e essa pesquisa é feita internamente. A gente tem o desejo até poder começar a fazer algumas ações maiores, mais é que a gente precisa buscar parceiros e articulações para que isso possa de fato acontecer. Então, hoje eu tenho todo um conforto interno. Lógico, a saúde, os postos de saúde, clinicas perdão da família, que eu possuo aqui dentro elas são da prefeitura, no caso a prefeitura e a fusoeste (não entendi) que administram. Eu só não tenho o numero usual, as metas quantitativas, que a gente precisa para pensar, será que alcanço? E aí mordomia (não entendi) da prefeitura. Então na realidade é o que eu te falei anteriormente, cada ação, cada projeto, cada estrutura tem o seu sistema de monitoramento, então o esporte eu tenho um, que atende não só as nossas demandas, nós profissionais, mais que atenda também, as demandas e exigências dos patrocinadores e dos contratos que a gente tem, pra que façam com que essa maquina que ele funcione. Então eu tenho o recurso necessário para funcionar um centro de referencia, o esporte, através de que, da lei do incentivo ao esporte do governo federal, tendo a Petrobras como patrocinador e também faço uso da lei estadual que incentiva o esporte, CPS, também com a Petrobras patrocinando, então
  4. 4. na realidade a Petrobras é a patrocinadora do esporte, é o carro chefe, é o projeto de maior investimento do poder social, nós temos em média mais de 200 pessoas empregadas aqui diretamente, 3500 pessoas beneficiadas, ou seja, uma empresa grande. Então, essa estrutura toda, ela tem o seu monitoramento em pé, a gente precisa exumar para poder, só para nós, para que a gente possa darmos continuidade, se você considera que você esta há 25 anos atuando dentro do mercado que vem crescendo, mudando...se transformando é a prova que a gente tem conseguido seguir pelo caminho certo. Dificuldades, problemas são todos...todos os que vocês possam imaginar e mais alguns a gente tem. Mas hoje a gente tem uma estrutura capaz de cuidar e de emaciar isso de forma bem profissional. 5- A resposta da prefeitura, dos seus colaboradores, da população então é favorável? “É favorável, é positiva. As exigências, as questões são normais. As demandas, ninguém atende um publico como o nosso, que é muito grande. Agora, no geral, que tem parcerias, com a prefeitura, com o governo do estado, governo federal, empresas privadas de um modo geral, todos tem uma satisfação grande, na captação de seus recursos, então, ou seja, o que eles investem, o retorno que eles tem é compatível e é favorável, e também marca isso, são os anos, as parcerias, elas acrescentam gradualmente. O primeiro grande contrato que eu fechei para mim, o esporte foi com a Shell com 19 anos. Foi a primeira empresa a comprar toda a ideia desse projeto, ela ficou 19 anos, ela saiu e provavelmente quebrou a empresa, suas dificuldades, enfim e ela não teve culta nós cuidar e assim saíram lamentando muito e esticaram muito até mais não poderem e a Petrobras veio e veio assim, era louca para assumir esse patrocínio, sempre fizeram, fizeram de tudo e a Shell sempre cobria as proposta até a hora que não foi mais possível e a escada foi projetada em origem em 2006, ou seja, essas relações que a gente cria com essas empresas, sejam elas publicas ou privadas, enfim, são relações duradouras, fortes em função de todo um trabalho que se realiza aqui, eu acho que a gente tá, todos as ações aqui estão num caminho bom e a gente pretende estar aqui sem um tempo determinado, fazemos os trabalhos, todos que são tostados, não só...” 6- A vila olímpica da mangueira já desenvolveu ou ainda pretende desenvolver alguma coisa ligada a área do turismo? “Não, o que a gente tem mais assim é...posso considerar da área de turismo é só ser um ponto de visitação, isso a gente até tem buscado, ta retomando, porque teve queda e agora a gente ta buscando por conta disso, assim, a estação primeira de mangueira, não falta, a escola, o samba, o palácio do samba, os dias de samba, a feijoada... Nossa, a quantidade de turistas que circulam e quem vem e que querem visitar é muito grande, ocorre algumas trocas de profissional... o que gente pode fazer e que a gente faz bastante, já tiveram grupos de balé da Alemanha, tinha um da Inglaterra que todo ano vinha e fazia uma troca, vinha e fazia aula com as meninas da ginástica, faziam essa troca... Enfim, isso de certa forma também ta articulado através de agencias de turismo,
  5. 5. de intercâmbios, de universidades, enfim, e a gente durante muito tempo recebia aqueles grupos de visitas, então da mesma forma que eles iam no Pão de Açúcar,Cristo,Maracanã eles vinham para dá uma social, eles conheciam a quadra, conheciam e saiam...Explicando, fornecendo projetos, a gente tem sempre tudo para fazer materiais em português, inglês, porque aí eles gostam e vão levando. Jornada Mundial da Juventude, a gente fez um local de acolhimento, recebemos também um grupo de...No turismo, só um ponto de visitação...alguém que vem, eu entro nesse roteiro, passo a estar nesse roteiro de visitação, pra nós é importantíssimo, porque você ta passando a informação, divulgando esse trabalho e as pessoas terem um olhar diferenciado da escola, da estação da primeira da mangueira, ela não é apenas uma escola de samba, ela é uma escola de cidadania também. Eu acho que isso marca um grande diferencial das demais...” 7 – Patrocinadores e financiadores “Temos vários parceiros, Petrobras, Nike, Sesc, temos parcerias com varias universidades UERJ, UFRJ, Celso Lisboa. Dentro da saúde um grande parceiro é a Secretaria Municipal de Saúde, das clinicas da família, CIEP é do governo do Estado. Salão Werner é o que entra com a parte da beleza, Bovespa...” 8- Qual o público que pode participar da Vila Olímpica? “Crianças, adolescentes, jovens, adultos, idosos, pessoas com deficiência. Bebes a partir de 18 meses na natação. Em outras atividades 4, 5 anos.”

×