Vitrine Lageana                                Ano 2 - Edição 36 - Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012                     ...
Opinião                                                                            Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - An...
Publicidade   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2                                                           03
Política                                                              Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2          ...
Cidade                                                                               Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - ...
Cidade                                                                               Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - ...
Geral                                                                                    Lages, 2ª quinzena / Junho de 201...
Geral                                                                            Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano ...
Educação                                                           Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2             ...
Fashion Hair   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2   10                  Na Vitrine                  Por Amauri Fel...
Fashion Hair   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2   11
Classificados                                                                Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2   ...
Entrevista                                                                             Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 ...
Regional                                                                         Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano ...
Cultura                                                                            Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - An...
Cultura                                                          Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2     16Ex-jogad...
Publicidade   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2   17
Cultura                                                                        Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 ...
Publicidade   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2                                                           19
Saúde                                                           Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2                ...
Publicidade   Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2                                                           21
Vitrine pdf
Vitrine pdf
Vitrine pdf
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Vitrine pdf

1.337 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.337
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Vitrine pdf

  1. 1. Vitrine Lageana Ano 2 - Edição 36 - Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 www.vitrinesc.com.br - R$ 2,00Inverno: Serra Catarinenseveste-se de branco Página 05 Marta Góss Prefeita fala sobre a Mostra do Campo 32ª edição da Mostra do Campo acontece entre os dias 12 e 15 de julho. Na ocasião, comemora-se também o 18º aniversário do município de Bocaina do Sul. Foto: Marília Oliveira Página 13Doenças respiratórias Grandes nomes da aumentam no frio beleza no Fashion Hair Página 20 Páginas 10 e 11
  2. 2. Opinião Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 02 Espaço reservado àOpinião do Leitor opinião de nossos leitores. Caso você queira também se expressar, nos envie um email com sua opinião ou sugestão Cadê a luz? Sorte. É o que os motoristas que trafegam pela avenida Beli- para: Menores de idade, álcool e tabaco jornalvitrinelages@gmail.com sário Ramos – Carahá à noite, precisam ter. O trecho em frente à Associação Empresarial de Lages (Acil) está sem iluminação, o que obviamente dificulta a visão dos motoristas. Isso sem contar No Brasil, impera a famosa (e blicos (praças, colégios) mostrará pobre e prostituta), há uma visível os pedestres e ciclistas, que fazem daquele trecho parte de suafabulosa) “regra das leis que pe- imensa quantidade de menores tolerância ao consumo de álcool rota diária. Cadê a luz?gam e das leis que não pegam”. Ou de idade fumando ou ingerindo e tabaco por menores idade. Há,seja, há pessoas que não “levam a algum tipo de bebida alcoólica. inclusive, quem considere quesério” alguns momentos da nor-matização jurídica. Um exemplo Poucos comerciantes parecem se importar com o fato de que essa é – apenas - uma transgressão leve, “um crime menor”. Rio+20 Em busca de soluções para o desenvolvimento sustentável,desse tipo de procedimento está esses jovens estão destruindo Instituições como o Conselho autoridades, cientistas, pesquisadores e cidadãos comuns,na tolerância ao consumo, por me- prematuramente as suas vidas. Tutelar e os órgãos de fiscaliza- discutem no Rio de Janeiro. A conferência, organizada pelanores de idade, de álcool e tabaco. Além disso, convém frisar que ções das áreas de saúde precisam Organização das Nações Unidas, aborda a sustentabilidade, Em Lages, raros são os estabe- as “autoridades constituídas” não tomar providências imediatas, assunto que precisa ser levado muito a sério por toda a po-lecimentos comerciais que exigem costumam advertir e multar os penalizando exemplarmente osidentificação etária (Carteira de estabelecimentos comerciais que comerciantes inescrupulosos pulação mundial. Cuidar do planeta é primordial para que asIdentidade) ao consumidor para lucram com essa prática cruel e de- que lucram em cima da desgraça próximas gerações possam usufruir de seus recursos. É horaefetivar a venda de produtos sumana. No Brasil “real”, em que familiar. Não é possível aceitar de conscientização!alcoólicos e cigarros. Uma visita as cadeias estão abarrotadas pelos que esse crime seja tratado comoatenta a determinados lugares pú- três pês da discriminação (preto, inimputável! 6.497.466 Raul Arruda Filho - Escritor O número acima refere-se à quantidade de inscrições rece- bidas pelo Ministério da Educação para o Exame Nacional do Nossa Opinião Ensino Médio (Enem). A prova do Enem ocorrerá nos dias 3 e 4 de novembro e será aplicada em 140 mil salas de aula, a partir das 13h, no horário de Brasília. Interessante é saber que tantos jovens pretendem ingressar numa universidade. Solidariedade que aquece Educação é muito legal! 21 de junho de 2012. Neste diatem início o Inverno. A estação época do ano, aqueles que não têm condições econô- frequentam as escolas vão Festa do Pinhão A 24ª edição da Festa Nacional do Pinhão terminou nummais fria do ano no Brasil, espe- micas para ter em casa esses com poucos agasa- domingo chuvoso, que frustrou tanto os organizadores,cialmente no Sul do país, onde produtos. lhos, com calçados fura- quanto inúmeras famílias que normalmente visitam o Par-está localizada a nossa Serra Ca- O inverno é rigo- dos e até sem meias. que Conta Dinheiro no último dia da festa. Mesmo assim,tarinense. Mas para os serranos, roso para todos, seja Mas, para a sorte de mais de 200 mil pessoas passaram pelo local do evento du-o frio chegou antes. Já no início pessoas com elevado poder muitos deles, o lageano, rante os 10 dias de shows e demais eventos programados.do mês de junho tivemos tempe- econômico ou o contrário. o serrano, é solidário. Só fica a dica para, no próximo ano, haver mais pinhão praraturas negativas em vários muni- Por isso, a solidariedade é Pode e deve ajudar. vender no parque. Afinal, por lá, além do famoso entrevero ecípios da Serra Catarinense, como muito importante, especial- Pode e ajuda muito, da paçoca, apenas alguns outros produtos tinham a sementeUrupema, Urubici, São Joaquim e mente nesses meses em que todos os anos, a fazer em sua composição.Bom Jardim da Serra. Neste último o frio se torna constante. Vale doar com que o inverno dessas pessoasfoi registrada uma temperatura roupas e alimentos, já que o corpo seja um pouco melhor. Infeliz-mínima de -9.2ºC. A sensação tér- humano precisa manter-se aqueci- mente, ainda é pouco e a ajuda de Expediente Vitrinemica em ocasiões como essa pode do, e com as baixas temperaturas cada cidadão é extremamente im-chegar até a -20ºC. É nessa hora a fome parece ser sempre maior. E portante para aliviar o sofrimentoque as famílias resolvem sair pou- isso acontece porque o organismo do próximo. Portanto, não custaco de casa e só o fazem diante de esforça-se muito para que o corpo nada lembrar dessas pessoas que Ernani Fontoura Marcelo Vieira Muniz (Pakinha)necessidade, como ir ao trabalho, fique aquecido, gastando assim ignoramos o ano todo. Quando Diretor Executivo Diretor Comercialao supermercado. Aquecer-se se mais energia, fazendo com que estivermos no calor da nossa casa, Luciano Marin Marielle Madrugatorna o objetivo principal e, para sinta mais fome. é preciso saber que há muitas pes- Diretor Administrativo Repórterisso, servem quaisquer objetos que Em nossa Serra Catarinense há soas em situação de tristeza e dorajudem a não sofrer com o rigoroso muitas famílias que vivem com até causada pelas baixas temperaturas. José Ferreira da Silvainverno, por isso torna-se comum menos do que um salário mínimo. Ajude. Doe um agasalho. Pro- Jornalista Responsávela utilização de aquecedores e, para São jovens, mulheres, crianças e cure, em seu bairro, na sua rua, RGMT 0038os mais pobres e/ou aqueles que idosos que possuem, muitas vezes, na escola do seu filho. Pode haver O Jornal Vitrine é uma publicação da Tendência Comunicação Ltdaresidem na zona rural, os famosos apenas um cobertor velho, um alguém precisando de uma blusa, Os artigos assinados não representam a linha editorial deste jornalfogões à lenha. Mas imagine você fogão aos pedaços, morando em ca- uma calça, ou apenas meias, muitoentão, o sofrimento das famílias sas de madeira com vento entrando perto de você. Solidariedade faz Fones: (49) 3224-4091carentes de nossa região nessa por vários locais. As crianças que bem para o coração. Email: redacao@vitrinelageana.com.br
  3. 3. Publicidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 03
  4. 4. Política Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 04 PSDB e PTB só darãoresposta em cima da hora Até o fechamento desta edição, dois partidos sobre a situação, ob- chances de vencer.o PSDB do vice-prefeito Luis Car- tém como resposta um triunfante ar Pelo que se viu e ouviu até agora,los Pinheiro e do secretário de de autonomia para lançar candida- a tendência é que Paulo César daEstado de Assuntos Estratégicos, tura própria. Porém, em eleição as Costa consiga articular para que oPaulo César da Costa, e o PTB, do coisas não são tão simples. O tempo PSDB entre na coligação da chapapresidente da Câmara de Vereado- de TV, por exemplo, é um dos fato- de Ceron e Sirlei Rodrigues (mes-res, Anilton Freitas, e do diretor res que mais pesam na decisão final. mo contra a vontade de Pinheiro),da Cohab, Sérgio Godinho, não Além disso, os militantes não e que o PTB feche com o Elizeuhaviam anunciado se entram em querem correr riscos além daquele Mattos e Toni Duarte (mesmouma das coligações ou se lançam já imposto pela corrida eleitoral: contra a vontade de Godinho). Comcandidatura própria. somente uma chapa sai vencedora. isso teríamos apenas duas chapas Quem pergunta as lideranças dos Querem, no mínimo, entrar com na corrida. Máquinas públicas nas eleições de Lages As definições dos nomes que Arcanjo Duarte, o Toni (PPS), encabeçarão as duas principais para ser seu vice, e consequen- chapas na corrida eleitoral de temente trouxe para o seu lado o Lages apresentou um cenário in- ex-prefeito Fernando Coruja, que teressante. O ex-secretário de Es- durante algum tempo liberou as tado da Casa Civil, Antonio Ceron pré-pesquisas, mas abriu mão da (PSD) – candidato do governador candidatura. Raimundo Colombo – firmou Com isso, todas as máquinas aliança com o prefeito Renato públicas entrarão com força total Nunes de Oliveira (PP), para que na corrida eleitoral. De um lado, este indicasse o vice (Sirlei Rori- governo do Estado e prefeitura, e gues, ex-secretária municipal de do outro, Assembleia Legislativa Educação). e Câmara de Vereadores. Há quem Em contrapartida, o deputado diga que será uma das eleições estadual Elizeu Mattos (PMDB) mais disputadas de toda a história fechou com o vereador Antonio de Lages.
  5. 5. Cidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 05O inverno chegou, é hora de se agasalhar Nesta quinta-feira (21) tem início horas, o termômetro em Urupemaa estação mais fria do ano. O mo- registrava -8,4°C.vimento de translação, juntamente “O que se observa em Lages sãocom a inclinação do eixo terrestre registros de valores de temperaturaem relação ao plano orbital, é res- mínima entre dois e quatro grausponsável pela variação de energia abaixo de zero (-2°C a -4°C) durantesolar que atinge a superfície terres- o inverno. Mas também ocorreramtre em uma determinada época do invernos em que as temperaturasano. Esse fenômeno é responsável foram menos rigorosas, reforçandopelas quatro estações do ano: pri- a importância do acompanhamentomavera, verão, outono e inverno. As das previsões climáticas, já que ne-noites são mais longas que os dias nhum ano é parecido ao anterior,nas regiões onde é inverno, visto ou acompanha alguma tendênciaque a incidência de raios solares é sistemática definida anteriormen-menor nessa porção da Terra. te”, explica Clóvis Levien Corrêa, Para os serranos, o frio já che- meteorologista da Epagri/Ciram.gou há cerca de um mês, quando a O engenheiro agrônomo Ro-temperatura começou a baixar e os naldo Coutinho explica que “acasacos passaram a ser utilizados. parte mais rigorosa do inverno tores solares, pois o sol do inverno Urupema já registrou -8,8°C, com estando no segundo ano de funcio-Já no início deste mês, os termô- ocorre entre os dias 15 de junho a também possui raios solares que sensação térmica no Morro das namento.metros marcaram temperaturas 15 de julho, onde aos poucos, vai danificam a pele. Outra recomen- Torres de -30°C em 2011.negativas. Na madrugada do dia acabando a seca e o clima vai se dação dos especialistas é com re- Lages teve seu recorde absoluto Ronaldo Coutinho08, a mínima registrada em todo o tornando mais úmido”. Ele afirma lação aos banhos muito quentes e em julho de 1926, com-7,4°C. Em Para os próximos meses, o frioestado foi em Bom Jardim da Serra, ainda o mês de junho iniciou com demorados, eles tendem a retirar 2011, a temperatura mais baixa foi tenderá a predominar com algunscom -9,2°C. Em outros municípios temperaturas médias entre 2°C a a umidade da superfície da pele, em 28/06 com -3,4°C e neste ano, intervalos de moderada a fortetambém foram registradas tempe- 3°C abaixo do normal, e que todos sendo essencial a hidratação, que em 08/06 com -1,8°C. intensidade, intervalos curtos deraturas negativas: em São Joaquim os anos a média de temperatura na por conta do frio deixa a pele mais São Joaquim reg istrou em calor alguns dias, entre uma onda-6,1°C, em Urubici -8°C, com sen- Serra Catarinense é de -4°C a -7°C, seca e ressecada. 06/08/1963 -8,2°C. de frio e outra, picos de um ou doissação térmica de -18°C, e em Lages nos dias mais frios. Urupema e Bom Jardim da Serra dias de máximas elevadas podemchegou a -1,8°C. Dados da Epagri/ Vale ressaltar que é importante a Curiosidades ainda não possuem registros mais acontecer. Em resumo, inverno comCiram mostram que por volta dos 7 proteção da pele, através de prote- Dias mais frios da História: antigos, pois a estação é nova, tendência a ser frio e úmido.
  6. 6. Cidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 06Festas Juninas celebram três santos católicos Depois do Carnaval, o evento na Eucaristia. Combateu a seita Segundo a Bíblia, a mãe de durante o período colonial (épocamais esperado do calendário bra- com zelo apostólico e teológico, João Batista, Isabel, era prima em que o Brasil foi colonizado esileiro são as festas juninas, que sendo assim chamado de “martelo de Maria, mãe de Jesus. No dia governado por Portugal).animam todo o mês de junho com dos hereges”. de seu nascimento, 24 de junho, Nesta época, havia uma grandemuita música caipira, quadrilhas, Foi um franciscano pobre que sua mãe, Isabel, teria mandado influência de elementos culturaiscomidas e bebidas típicas em ho- jamais quis possuir algum bem erguer um mastro, iluminando- portugueses, chineses, espanhóismenagem a três santos católicos: sobre a Terra. Dizia que “Tudo que -o com uma fogueira para que e franceses. Da França veio aSanto Antônio, São João e São se deita num vaso cheio, perde-se. sua prima, Maria, vendo aquele dança marcada, característicaPedro. A tradição de festejar estes Quem está cheio de bens tempo- sinal, soubesse que seu bebê havia típica das danças nobres e que,santos, acender fogueiras, erguer rais, não se pode encher de Deus. nascido. no Brasil, influenciou muito asmastros, dançar quadrilha, fazer Teu mesmo é só aquilo que podes típicas quadrilhas. Já a tradiçãoquentão, é uma forma de home- levar contigo depois da morte”. Origem da Festa Junina de soltar fogos de artifício veionagear estes santos. E x i s te m d u a s ex pl ic açõ e s da China, região de onde teria Para o Bispo Diocesano, Dom para o termo festa junina. A surgido a manipulação da pólvoraIrineu Andreassa, “celebrar estes primeira explica que surgiu em para a fabricação de fogos. Dasantos é celebrar a fé no Cristo função das festividades ocor- península Ibérica teria vindo avivo e presente no meio de nós, é rem durante o mês de junho. dança de fitas, muito comum emdar testemunha do Cristo Ressus- Outra versão diz que está festa Portugal e na Espanha.citado. São três santos celebrados tem origem em países católicos Todos estes elementos culturaisque nos passam uma riqueza de da Europa e, portanto, seriam foram, com o passar do tempo,vida cristã”. em homenagem a São João. No misturando-se aos aspectos cul- princípio, a festa era chamada turais dos brasileiros (indígenas, Conheça um pouco de Joanina. afro-brasileiros e imigrantes mais sobre eles: De acordo com historiadores, europeus) nas diversas regiões esta festividade foi trazida para do país, tomando características o Brasil pelos portugueses, ainda particulares em cada uma delas. São João Batista (24 de junho) Santo muito querido e estima- São Pedro (29 de junho) do pelo povo brasileiro. Nasceu É uma festa antiguíssima, exis- numa cidade do reino de Judá, te antes da festa do Natal. Segun- filho do sacerdote Zacarias e de do a Bíblia Sagrada, antes de ser Isabel, que era estéril e já idosa, batizado, Pedro se chamava Si- viu sua vontade de ter filhos mão e trabalhava como pescador. satisfeita, quando o anjo Gabriel Seu nome foi escolhido por Jesus, anunciou a Zacarias que a esposa como Kepha, traduzindo-o para lhe daria um filho, que devia se Santo Antonio de Pádua (13 o grego ou o latim, temos Pedro. chamar João.de junho) - Franciscano, doutor Simão tinha o sonho de se- João alertava o povo para a pro-da igreja, foi um modelo de evan- guir os ensinamentos de Jesus, ximidade da vinda do Messias egelizador, protetor das famílias, tornando-se um de seus apósto- praticava um ritual de purificaçãopadroeiro dos estafetas (espécie los mais importantes. Ao fazer a corporal por meio de imersão dosde mensageiros). O papa Pio XI escolha, Jesus disse: “És Pedro! fiéis na água, para simbolizar umadeu-lhe o título de “santo do mun- E sobre esta rocha construirei mudança interior de vida. Profetado inteiro”. Nasceu em Lisboa em minha Igreja”. Escolhido como que batizou Jesus. A igreja já no1191. Doutor em sagrada escritu- o líder dos apóstolos, criou mais século VI, reservou o dia 24 dera, que queria ser missionário nas tarde a comunidade cristã de junho para comemorar o seu nas-terras pagãs da África, foi escolhi- Roma, vindo a se tornar o pri- cimento. Jesus o declarou maiordo por Deus para ser um grande meiro papa da Igreja Católica. de todos os profetas, homem sim-missionário popular do norte da Daí vem as crendices populares ples, austero, corajoso. É dele umaItália e sul da França. Teve de de que São Pedro ganhou as cha- das passagens mais conhecidas:enfrentar uma seita herética que ves do céu por ter sido escolhido “Eis o Cordeiro de Deus, que tiranegava a presença real de Jesus como líder. o pecado do mundo”.
  7. 7. Geral Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 07Empresa lageana destaca-se no segmento de softwares Dentro de um universo quase utiliza rede celular para dar en-que desconhecido, hoje temos trada e saída do estacionamento,em Lages empresas que apostam sendo assim dando agilidade eno segmento de fabricação de reduzindo os custos operacionais.tecnologia de ponta de softwa- - Sistema de rastreamento deres. A Velomark Softwares, uma encomendas Sedex, Vaspex eempresa 100% lageana, iniciou outros, com notificação via SMSsuas atividade em 2008, com os (short message), onde o clientesócios Marcelo Wandrey e Maurí- acompanha o andamento de sualio dos Santos Junior, o primeiro encomenda através de SMS rece-software a ser desenvolvido pela bidos do servidor.empresa foi o Sistema de Leitura - Sistema de controle de Aná-de discos de tacógrafos. lises Bromatológicas, que reduz A Velomar desenvolveu o lei- em até 70% o tempo de traba-tor de discos de tacógrafos para lho e resultados das análises derevolucionar o mercado, que era alimentos em laboratórios decarente de um produto que fizesse Bromatologia. A Velomark hoje éessa função, sendo que iniciou uma empresa que atua na Américasuas atividades com um leitor que do Sul, contando com clientes emlia até três discos de tacógrafos vários estados do Brasil e dentropor vez, único no Brasil, e depois deste universo de clientes , po-lançou o leitor que efetuava a lei- demos ressaltar a PETROBRÁS,tura de até sete discos, esse sendo Transportadora Excelsior, Fogáso único no mundo. ,e Petro Soja, e vai mais além, a Hoje a leitura dos discos de Velomark já atravessa fronteirastacógrafos é obrigatório para levando esta tecnologia inclusive bém oferece muito mais benefícios cadastrar o usuário deverá forne- estacionamento.transporte químico, sendo o leitor para alguns países como Chile, que qualquer sistema. Com o zona cer um número de celular normal- Após dar entrada no sistema,uma ferramenta indispensável Argentina e Venezuela. Azul Eletrônica os usuários pagam mente utilizado, e a(s) placa(s) será iniciado a contagem do tem-para se conseguir a certificação apenas o tempo em que usarem do(s) veículo(s) associada(s) à po em que o usuário permanecerSaassmaq. Com o sancionamento Sistema Zona E o estacionamento, diferente dos esse numero. O usuário também estacionado.da Lei 16.219 do novo estatuto O Sistema Zona E já está sendo sistemas de cartões onde o usuário efetuar a compra dos créditos. Ao voltar para o veículo parado motorista, o Velomark LDT testado na maior cidade do Esta- paga pelo cartão e não pelo tempo Esses créditos não tem nada a liberar a vaga, o motorista efetuatornou-se a ferramenta ideal para do, Joinville, e em breve em Itajaí, que o usuário utiliza a vaga. Isso se ver com os créditos do telefone novamente outra ligação parao controle das horas trabalhadas onde a necessidade de otimizar os chama respeito ao usuário. celular do usuário. o sistema, indicando que estádos motoristas, com geração de estacionamentos no perímetro O Zona Azul Eletrônica permite A forma de utilizar o sistema é saindo da vaga. Essa ligação tam-diversos relatórios em confor- urbano é imprescindível. Agora ainda o controle absoluto e em bem simples, o usuário chega à bém não é tarifada e o motoristamidade com Sassmaq e com o a cidade onde os problemas de tempo real do uso das vagas e das vaga escolhida, estaciona, e efe- recebe um outro SMS indicandoEstatuto do Motorista. estacionamento são comuns po- movimentações financeiras, bem tua uma ligação para um número a saída da vaga, o tempo de esta- A partir disso a empresa come- dem contar com o que há de mais como controle do trabalho dos que deverá estar identificado em cionamento, o valor cobrado e oçou a desenvolver outros softwa- moderno e funcional em estacio- agentes de trânsito. uma placa visivel. Essa ligação saldo restante de seus créditos.res, em diversos segmentos: namento rotativo de veículos. não é tarifada e não será atendida Certamente, boas ideias e em- - Sistema de Estacionamento A Velomark Software Ltda, Procedimento do Usuário pelo sistema, servindo apenas preendimentos baseados em estu-Rotativo Eletrônico, esse sistema oferece um sistema de estacio- O usuário deverá ser cadastrado para identificar a entrada do es- dos tecnológicos hão de trazer àsvem favorecer e facilitar o contro- namento eletrônico, a Zona Azul no sistema da Zona-e, e deve pos- tacionamento no sistema, uma comunidades das grandes cidadesle das vagas de estacionamento Eletrônica, que não só garante a suir créditos para poder utilizar mensagem de texto será enviada um facilitador dos problemas(zona azul), esse utiliza sistema rotatividade das vagas como tam- o estacionamento rotativo, ao se pelo sistema indicando o inicio do urbanos. Secretaria da Saúde estimula uso da Ouvidoria A Ouvidoria é um canal de comuni- manifestações positivas ou negati- cação entre os usuários e a instituição vas”. De acordo com ele a Ouvidoria é que busca a melhoria e a manutenção um canal para que os usuários tenham contínua dos serviços/produtos ofe- voz ativa no processo de gestão do recidos pelo Sistema Único de Saúde. Sistema Único de Saúde, bem como Configura-se, dessa maneira, uma acesso às informações pertinentes importante ferramenta de gestão, que aos serviços prestados por esta ins- tem como prerrogativa a competência tituição, ou ainda, como veículo de de sugerir a criação ou redefinição de acolhimento, análise e tratamento de novos serviços/produtos que venham denúncias, reclamações, solicitações e ao encontro dos anseios dos usuários. sugestões de âmbito pessoal ou cole- Possibilita a mediação entre os cida- tivo referentes ao SUS. “A Ouvidoria dãos e os serviços do SUS. Segundo o acolhe as manifestações dos usuários, responsável pela Ouvidoria da Secre- faz o tratamento das manifestações, taria da Saúde, Gilmar Ribeiro da Silva encaminha aos setores responsáveis, o trabalho de divulgação da Ouvidoria os setores responsáveis apuram e tem sido freqüente. “Qualquer pessoa tomam as providências cabíveis em usuária dos serviços públicos de saúde relação ao relatado pelo usuário e pode utilizar os serviços da ouvidoria, emitem parecer das ações tomadas à basta entrar em contato pelos telefo- Ouvidoria e por final a Ouvidoria re- nes 0800-6441130 ou 3251-7644, ou gistra a resposta do setor demandado ainda dirigir-se pessoalmente até a e repassa ao usuário”, destaca Gilmar. Secretaria Municipal de Saúde no se- Em Lages são registradas cerca de 30 tor de Ouvidoria para registro de suas manifestações por mês.
  8. 8. Geral Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 08“Propaganda não é gasto, é investimento” No dia 21 de junho é come- propagandas agora são todasmorado o dia do profissional digitais, podem ser encaminha-de mídia. Este profissional é o das via internet aos meios deresponsável pelo planejamento comunicação.da veiculação de publicidade e Pedro destaca que este profis-propaganda em qualquer tipo de sional é quem cuida do dinheiromeio de comunicação, seja jornal, do cliente. “Quando um clienteprograma de rádio ou televisão e nos procura, fazemos uma ava-sites da internet. Ele deve fazer liação do ramo do negócio, queo planejamento de acordo com o público queremos atingir, busca-público alvo e a verba disponibi- mos informações e direcionamoslizada pelo cliente. para o meio de comunicação mais O publicitário de mídia, Pedro pertinente, para que o clienteTroian, conta que possui mais tenha o melhor retorno possívelde 23 anos de experiência nessa do seu investimento financeiro”.área, trabalhando com todos os Atualmente ainda existe umatipos de mídia, sejam impressas, certa resistência cultural das em-de áudio ou vídeo. Ele comenta presas que possuem o pensamen-que há alguns anos atrás a vida to que investir em propaganda édo profissional era muito mais um gasto. “Se o investimento fordifícil, pois as pessoas acredi- feito de forma correta, o retornotavam que se anunciasse um é garantido. Há um leque muitoproduto na televisão o retorno grande de opções e o trabalho doseria mais rápido. Com o avanço profissional é justamente esse,da tecnologia, novos meios de identificar qual a melhor opção.comunicação passaram a ter uma Investimento é aquilo que se tem possível se cadastrar em um site publico”. esse auxílio quando está abrin-presença mais forte no merca- retorno”, afirma. de uma loja ou supermercado, O mídia é responsável pelo do um novo negócio tem proba-do, as técnicas para montagem Há cerca de 20 anos, a fideliza- receber as ofertas por email ou di- trabalho de mídia ou o ato de bilidade muito maior de obterdas mídias estão melhores, as ção do cliente demorava de 3 a reto no celular e ficar por dentro planejar, desenvolver, pensar sucesso e conquistar o públicofontes de informação também 4 anos, hoje com as mídias mais das promoções da semana. “Em e praticar mídia, nas agências muito mais rápido, que outrasevoluíram, em poucos segundos presentes no dia-a-dia das pesso- três meses é possível conquistar de publicidade. Esse trabalho empresas que não investem nase pode obter muitas informa- as, é possível fazer um trabalho o cliente, basta utilizar as fer- é algo essencial nas empresas, divulgação do seu produto ouções do Ibope, via internet. As mais eficiente. Por exemplo, é ramentas certas para atingir ao um empreendedor que busca serviço. Produtores conhecem sobre comercialização de carne nobre No início desde mês, na Asso- bovinos abatidos”, reforça. fêmeas tem ainda melhor qua-ciação Rural de Lages, aconteceu Ainda segundo Luiz Fernando, lidade de carne do que o machoa palestra ministrada pelo zoo- os produtores do Paraná pensam podendo atingir o peso para otecnista Luiz Fernando Bronda- em exportar tão logo recebam abate, em 12 meses”, ressalta oni, da Emater do Paraná, que é em 2014, a certificação de zona técnico da Emater.também pecuarista, sobre o fun- livre da aftosa sem vacinação, Para o presidente da Associa-cionamento da chamada Aliança a exemplo de Santa Catarina. ção Rural Márcio Pamplona, oMercadológica da Carne Bovina Porém, o grande problema a ser sistema do Paraná, garantidonaquele Estado. Todo o processo enfrentado é a falta de matéria- por um selo de garantia permiteé administrado pela Coopera- -prima. Atualmente, o Paraná ao consumidor saber detalhada-tiva de Carnes Nobres do Vale importa cerca de 40 toneladas mente todas as informações dodo Jordão (CooperAliança) de de carne por ano, para abastecer animal, desde a idade até a pro-Guarapuava (PR), no Programa o consumo interno. cedência. “Em Santa Catarina,Carne Angus Certificada. Por fim, o foco por hora, segue o contrário. Por aqui, ninguém Através da nova proposta, sendo na integração da cadeia sabe sequer a procedência dao diferencial está na comer- que deve render aos pecuaristas carne, e muito menos sobre acialização, não do boi, mas da da CooperAliança, que produ- qualidade dela. Um processocarne, sem atravessadores. Em zem animais Angus e Cruza parecido com o do Paraná, e,2011 foram abatidos cerca de Angus, prêmios acima do bônus se fosse implantado em Santa200 mil animais no programa. A recebido pelos pecuaristas gaú- Catarina poderia reverter o atualinclusão da CooperAliança deve chos, que hoje conseguem até quadro”, salienta Márcio.aumentar em 9% a oferta de 10% acima do valor de balcãoAngus certificado. “Atualmente para machos e fêmeas. “Valea cooperativa abate 500 animais ressaltar que os pecuaristas dopor mês, com a certificação, e se Paraná conseguem abater ani-esperam que até o final de 2012 mais de 14 meses, chamados deeste número salte para 1,5 mil superprecoces, com peso vivoanimais mensais e, até abril de de 500 kg e peso carcaça de 2702013, atingir a marca de 18 mil kg, sem contar que o abate de
  9. 9. Educação Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 09 Grupo Kroton Educacional compra Uniasselvi em Santa Catarina No final de maio foi anunciada especialmente por meio de seus e Uniasselvi - A Kroton Educa-a compra do Centro Universitário 53 campi presenciais e 447 polos cional é uma das maiores orga-Leonardo da Vinci (Uniasselvi), de graduação EaD credenciados nizações educacionais privadaspelo grupo Kroton Educacional. pelo MEC. do Brasil, em atuação no setorO negócio foi divulgado no site É a aquisição mais importante há mais de 45 anos. No ensinode Comissão de Valores Mobi- da Kroton desde a compra em superior são oferecidos cursosliários (CVM). De acordo com a dezembro de 2011, da Unopar, no de graduação e pós-graduaçãonota, a Kroton adquiriu 100% Paraná, por R$ 1,3 bilhão. nos formatos presencial e a dis-do Grupo Uniasselvi, pelo valor O diretor do polo de Ensino à tância. Na educação básica sãode R$ 510 milhões, dos quais R$ Distância Famelages, em Lages, fornecidos às escolas associadas o335 milhões foram pagos à vista Diogo Paes, destaca que essa ne- sistema de ensino, que compreen-e os demais R$ 175 milhões em gociação trará muitos benefícios de material didático, serviços deparcelas anuais. aos alunos, pois a Kroton é uma treinamento, avaliação e tecnolo- Em março deste ano, o Grupo grande empresa do ramo edu- gia educacional, suportados porUniasselvi contava com cerca de cacional, o que virá a contribuir um robusto modelo pedagógico86,2 mil alunos. Os cursos nas no aperfeiçoamento do ensino e eficiente.modalidades de ensino a dis- melhoramento da estrutura dis- Fundado em 1999, o Grupotância (EaD) são oferecidos para ponibilizada aos estudantes. Dio- Uniasselvi iniciou as atividadesaproximadamente 73,7 mil alu- go ainda comenta que os grupos na cidade de Indaial e o cresci-nos de graduação e pós-graduação Uniasselvi e Unopar atingiram a mento não demorou em acon-por meio de 48 polos credencia- nota máxima 5 (em uma escala de tecer. Em 2005, o Ministériodos pelo Ministério da Educação 1 a 5) no ranking das instituições da Educação (MEC) autorizou o(MEC) e por meio do ensino de ensino superior particulares, início das atividades de Ensinosuperior presencial, para cerca que oferecem cursos a distância. a Distância (EaD) em todo ode 12,5 mil alunos em cursos de A pesquisa é realizada pela Asso- território brasileiro. Após essegraduação e de pós-graduação. ciação Brasileira dos Estudantes importante marco, o Uniasselvi Com a aquisição do Grupo de Ensino a Distância – EAD, que continuou expandindo a atuaçãoUniasselvi, a Kroton Educacional entrevistou 16.200 alunos, de 67 por meio da abertura de novospassa a contar com mais de 417 instituições de ensino superior. campi e também aquisições den-mil alunos de ensino superior, tro do estado, criando assim oreforçando a presença nacional, Informações site da Kroton Grupo Uniasselvi.
  10. 10. Fashion Hair Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 10 Na Vitrine Por Amauri Felisberto18º FASHION HAIR Sucesso de público e elogios, aconteceu de 17 a 19 dejunho, no Centro de Eventos da Pousada Rural do Sesc, a18ª edição do Fashion Hair. O evento contou com a presença de renomados profis-sionais do Brasil e também da Europa: Erik Moraes, Dicesar, Massimo Benedete (atração interna-cional), Mauro Damiani e equipe Elite Lafi. Emerson Carlesso,André Marques, Lauro Soares, Sergio Beauty e Lucio Damianimostraram tendências de cores, cortes e penteados. Sem dúvida, a 18ª do Fashion Hair um show de beleza,pois se trata de um dos maiores eventos de beleza do sul dopaís. Um casting de belas modelos de Amauri Felisberto emodelos convidados completou o espetáculo. Parabéns ao casal Luiz e Edilma Figueiredo, à ComissãoOrganizadora e toda equipe Lafi Cosméticos por presentearLages com um evento de primeiro mundo.
  11. 11. Fashion Hair Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 11
  12. 12. Classificados Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 12 Acompanhantes Automóveis Automóveis Automóveis Informática NEW GOOD SEX 2 Irmãos BRUDAAceitamos cartão de credito e Automóveis Automóveisdébito, parcelamos em ate 2 X Rua Marechal Deodoro, 466 Av Duque de Caxias, 710 Rua João de Castro - Centro Fone: 3222-9119 Fone: 3222-4657 Fone: 3224-8077JULIANE - morena clara, 19anos , estilo menininha re-cem chegada a Lages.Atende24 hs eles, elas e casis. Fone91025551 0u 84035567A maior e melhor agência Bak modelo bk-q611, com Promoção de venda de note-de encontros e acompan- VOYAGE 1.0 FLEX 2010 STRADA FIRE FLEX 2 chips (desbloqueado), books e netbooks novos:hantes de Lages e região, Prisma Joy 1.4 Econo Flex câmera, radio fm, tv, blu- SOM E RD DE LIGA 2008 CAB EST DH AQdispomos de garotos , ga- 2010 DT,V,TRAVA,DH,AQ etooth e teclado qwerty Notebook Acer Aspirerotas, casais, transex... R$ 28,500.00 4P por apenas: R$100,00 á 4250-3479, processadoratendimento em motéis e vista ou parcelado em até AMD E450 1.6 Ghz, 4GBhotéis, no Motel Chalana 3x com cheque ou cartão de DDR3, HDD 500GB, 14’’,em Correia Pinto, aceita- crédito. 512MB de vídeo dedicadomos cartões e parcelamos, por apenas R$1.400, 00 áa maquineta vai até vc sem Fashion modelo Q9, com vista ou parcelado em atécustar mais nada por isso. 3 chips (desbloqueado), 5x sem juros com cheque ou ASTRA SEDAN 2.0 CD ECOESPORT XLS câmera, radio fm, tv, blu- cartão.GAROTAS 2003 GAS. COMPLETO 2007 COMPLETA etooth, teclado qwerty porCLAUDINHA - 25 anos, VW GOL 1.0 8V 1995 apenas: R$90,00 á vista ou Netbook Acer Aspirecastanho completa, 24h AT,CD R$ 8,500.00 parcelado em até 3x sem ONE 722-0454 Processador juros com cheque ou cartão AMD dual-core C60 1.3Ghz,ALINE - Loira completa 28 de crédito. 2GB DDR3, HDD 500GB,anos, 24h Radeon 6290, 13.6’’ por ap- Bak modelo Bk-Q54c, enas R$1.200,00 á vista ouANA JULIA - 42 anos seios com 4 chips (desbloqueado), parcelado em até 5x sem ju-estilo americano 24h 2 cameras, radio fm, tv, blu- ros com cheque ou cartão. ECOESPORT 1.6 XLT CLIO SEDAN 2005 1.6 etooth, teclado qwerty porCASAL - Vinicius castanho, 2006 FREESTYLE 16V COMPLETO apenas: R$140,00 á vista Notebook HP Pavilion26 e Debora moreno clara 21 ou parcelado em até 3x sem DV4 processador Intel Core XTZ 125 E 2005 R$ 4,500.00anos , atendimento completo juros com cheque ou cartão I3 2.2Ghz, 4GB DDR3, HDD24 hs juntos ou separados de crédito. 640GB, 14’’ por apenas: R$2.000,00 á vista ou par-CINTIA - Galeguinha 20 anos Motorola Motokey Ex-115, celado em até 5x sem juroscarinhosa e sensual atende a 2 chips (desbloqueado), com cheque ou cartão.partir das 13hs todos os dias câmera 3MP, radio fm, DOBLO 1.3 FIRE 2002 CORSA 2008 CLASSIC teclado qwerty, bluetooth Notebook Sony Vaio PCG-ESTEFANI - Morena Clara GASOLINA - AQ / LT /VE / DH LIFE - DT AQ TR AL por apenas: R$250,00 á 61A14L processador Intel21 anos olhos castanhos es- vista ou parecelado em até Core I5 2.5Ghz, 6GB DDR3,verdeados GATA TOP a partir FORD FIESTA STREET 1.0 8V 2006 COMPLETO, 3x sem juros com cheque ou HDD 600GB, 14’’ por ap-de R$ 350.00 cartão. enas: R$2.500,00 á vista ou R$14.500,00 4P parcelado em até 5x sem ju-JESSICA - Morena Clara 18 Samsung GT-S5230, ros com cheque ou cartão.anos, seios avantajados, bum- 1 chip (desbloqueado),bum e coxas médios câmera 3.2MP, radio fm, MacBook Apple 13’’ touch screen, online gad- processador Intel core I5FLAVIA - Casada loira aten- VECTRA 1999 2.2 GL FORD KA 2003 - LT gets, bluetooth, designe 1.7Ghz, 4GB DDR3, Drivedimento segunda a sexta das GASOLINA COMPLETO DT AQ TR AL moderno, milhares de apli- de Estado Sólido 120GB,14hs as 17hs cativos livres para down- 13.3’’, Intel Graphics 384 load, internet por apenas: MB dedicada por apenas:EMILY - Castanha 22 anos su- FIAT UNO MILLE WAY R$320, 00 á vista ou par- R$3.900,00 á vista ou par-per safada atendimento 24hs ECONOMY FLEX 1.0 8V 2010 celado em até 3x sem juros celado em até 6x sem juros AQ,LT,DT,AT,V R$ 22,500.00 4P com cheque ou cartão. com cheque ou cartão.ANDRESSA - Cabelos castan-hos escuros estil mulherão 32 Rua Nereu Ramos, Nº09, Centro, Lages, CEP 88502-170, aoanos completa. Atende 24 horas CHEVROLET AGILLE 1.4 LT ZAFIRA 2001 lado da Vídeo Cidade. Fones: 49-8431-8372 ou 49-9969-8881NEW GOD SEX Contrata garo- 2010 - AQ/ LT/DT/DH/VE COMPLETAtos e garotas de 18 e 22 anos óti-mos rendimentos 9102 5551TRAVESTI FIAT MILLE ELX 1.0 8VBONECA Camila morena GASOLINA 4 PORTAS 1994clara olhos claros siliconada AT,AQ,LT.DT.V,AQ R$ 8,800.0024 anos ativa/passiva atende24hs aceita-se cartão - AUDI 1.8 1998 - COMPLETO PAMPA 95 1.8 S - DH AQ91025551/84035657TIAHGO - Moreno claro 20anos, 1.85/65Kg bem dis-tribuídos ativo/passivo. aten-dimento 24 horasAtendimento 24hs Email: FORD KA 1.0 8V 2002newgoodsex@hotmail.com STRADA ADVENTURE PALIO WEEKEND 98 GASOLINA, DT, AT, AQ LTFone: 9907 - 2787 / 9102 5551 LOCKER 2011 - COMPLETA COMPLETA STILE R$ 13,800.00 2P
  13. 13. Entrevista Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 13 Marta conta como será a 32ª Mostra do Campo Entre os dias 12 e 15 de julho acontece em Bocaina do Sul a 32ª edição da Mostra do Campo, ocasião em que se comemora também o 18º aniversário do município. A prefeita, Marta Góss, conta como estão os preparativos para a festa. Vitrine Lageana - Qual a teve? Quais as maiores con- tencialidade para todas as regiõesexpectativa para a Mostra do quistas para a população? do Estado e até mesmo algumasCampo neste ano? MG - A maior conquista foi com fora de Santa Catarina. Marta Góss - Nossa expecta- relação ao seu desenvolvimento VL - E quanto à cultura local,tiva é de que a Mostra do Campo economicamente, uma vez que como ela é beneficiada duran-possa atrair um público ainda o comércio local se ampliou. A te os dias de festa?maior relacionado ao ano ante- população conquistou um avan- MG - O resgate de nossas ori-rior, uma vez que a edição de 2011 ço no atendimento em saúde e gens com realização dos desfilesfoi de grande sucesso, pois até o educação criando-se maiores ex- típicos, exposição de produtoshoje recebemos elogios. Estamos pectativas para permanência das cultivados aqui, e o rodeio, pro-aguardando para o evento um pessoas no meio rural. Todas as piciam a continuidade de nossaspúblico estimado de 20.000 pes- estradas do interior apresentam tradições para que não se percamsoas. Isso se deve ao fato de que boas condições de trafegabilida- no tempo fazendo parte da me-o sucesso de 2011 torna-se auto- de, fomentando a produção agrí- mória de todas as pessoas quematicamente um convite para a cola e a pecuária. O transporte participam da Festa Mostra doparticipação neste ano de 2012. escolar é de excelente qualidade, Campo. possuímos escolas muito bem VL – Como é a parceria para equipadas no interior do municí- VL - O que a gastronomiaa realização do evento? pio facilitando o acesso de nossas tem a oferecer aos visitantes? MG - A Festa é realizada pela crianças. Na saúde dispomos de MG - Além do tradicionalPrefeitura Municipal e a Associa- excelente equipe de profissionais chur rasco ser vido g ratuita-ção dos Produtores de Bocaina do que atendem nas localidades indi- mente no almoço de sexta-feiraSul. A Associação dos Produtores vidualmente. Dispomos também (13), para todos aqueles quevem desde a primeira edição re- de ótimos equipamentos para estão prestigiando o evento.alizando a Festa, ainda quando atendimento ao agricultor. Tudo Encontra-se instalado duranteBocaina do Sul era distrito de isso só foi possível dada à eman- a realização do evento todaLages. Com a emancipação a pre- cipação, pois para um município estrutura de restaurante comfeitura passou após algum tempo tão grande assim como Lages comidas típicas, caseiras e tam-a ser parceira da Festa. A Mostra seria quase impossível oferecer bém diversas opções de lanchesdo Campo não visa lucros e tem tantos serviços e nas condições e comidas rápidas para aquelespor princípio proporcionar lazer que são oferecidos com a mesma que assim preferirem.e entretenimento aos produtores qualidade e rapidez que hojerurais. Trabalhamos unidos, em proporcionamos. Bocaina do Sul VL - A Mostra do Campo foiharmonia, com intuito de resga- se desenvolveu e a população uma das precursoras da Festatarmos nossas origens, apresen- cresceu junto. do Pinhão, como isso é encara-tando-as aos nossos jovens bem do pelos bocainenses?como a todos nossos visitantes. MG - Nosso evento não é so- mente o precursor da Festa do VL - Juntamente com a festa “Nosso evento não é Pinhão, como de todos os even-é comemorado o aniversário somente o precursor da Festa tos da região onde é tida como ado município, qual a impor- do Pinhão, como de todos os mais antiga, e ainda entre as maistância desse evento? eventos da região onde é tida antigas do Estado. Para mim bo- MG - Aniversário é uma data como a mais antiga, e ainda cainense assim como para todosque não pode “passar em branco”. entre as mais antigas do os que são filhos dessa terra éDevemos comemorar, além do Estado. Para mim bocainense um orgulho muito grande, apesaraniversário, o sucesso do nosso assim como para todos os que de não ter acontecido uma dasmunicípio, pois apesar da crise são filhos dessa terra é um edições por falta de apoio, hojefinanceira que assombra princi- orgulho muito grande”. dar continuidade a essa históriapalmente os pequenos, Bocaina sem esquecer de nossas raízes edo Sul não vem se abalando com tradições.tal situação, tendo a cada anoampliado os investimentos em VL - A programação do even- VL - Quais as maiores difi-todas as áreas. Possuímos um to contempla o campeirismo, culdades para fazer com quepatrimônio invejável, desde ve- qual a importância disso? a festa aconteça?ículos, máquinas, implementos, MG - Nosso município, assim MG - Assim como a dificuldadeprédios novos ou constantemente como toda a região serrana, é de qualquer brasileiro nos diasreformados até mesmo excelentes adepta às provas de laço, dessa de hoje, as barreiras são finan-equipamentos de trabalho para forma entendemos como uma ceiras, os custos fixos para a re-todos os profissionais. Então prática inteligente unir as festi- alização de um evento é imenso.motivos não nos faltam para vidades de comemorações cul- Muitas vezes isso não é muitocomemorar e a junção da Mostra tivando as tradições agradando observado, mas precisamos dedo Campo com o Aniversário do uma “fatia” a mais do público e estruturas, segurança, sonori-Município ampliou ainda mais a ainda incentivando o tradicio- zação, locação de gato, e nadaquantidade de pessoas que nos nalismo regional, o qual esse disso é gratuito, tudo é remune-visitam a cada ano nesta data. ano terá mais de R$ 45.000,00 rado. Mesmo assim nos últimos em prêmios, além de atrairmos 12 anos não medimos esforços VL - Desde que foi emanci- inúmeras pessoas junto aos peões para que esse evento aconteçapada, quais os maiores bene- que nos visitam e com isso ainda e permaneça vivo mantendo asfícios que Bocaina do Sul já divulgando nossas belezas e po- tradições. Rua João de Castro, 295 - Centro - Fone: 3223-0877
  14. 14. Regional Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 14 Obra da rodovia Caminhos da TradicionalismoNeve orçada em R$ 66,5 milhões Fazendeiros... Vocábulo de origem latina que limpa a boca e o suor das pessoas da indica que alguém é proprietário cidade, porque o suor do homem do de uma gleba rural chamada de fa- campo, que lhe encharca o corpo e zenda, gerundiva da palavra facere, a roupa, é fertilizante para o que ele também latina que é conferida a produz. “330 dias sou insignificante, quem está sempre fazendo, crian- mas quando começo a colher tudo do, produzindo. Na China, ser um muda, sou forte”. fazendeiro das Costelas do Dragão No Brasil ser fazendeiro, não sei significa mais de 800 anos de cultivo por quê razão, passou de uma expres- de arroz nos tabuleiros das monta- são que elogiava o status de quem nhas, com uma forma engenhosa produz e se tornou um adjetivo re- e necessária que evita a erosão e lacionado com quem comete algum aumenta a produção já insuficiente crime no ambiente rural, resumindo: das planícies, para alimentar o país no Brasil quando alguém mata ou mais populoso do mundo. manda matar alguém ou comete Na América do Norte, ser fazen- alguma infração no meio rural ao deiro significa produzir o máximo, invés de ser adjetivado de criminoso, usando as melhores tecnologias, é adjetivado de “fazendeiro”. Este aproveitamento o total das áreas cacoete da mídia, da imprensa e da O governador Raimundo Co- 6,3 Km de faixas adicionais em o contorno viário em São Joa- para que se obtenha o melhor ren- sociedade urbana e aí inclui-se oslombo apresentou o projeto para alguns locais com aclive acima quim não será contemplado e ao dimento econômico e se a natureza parlamentares, ofendem e denigrema reabilitação da SC-114 (antiga de 6%, e a construção de cinco invés disso, o trecho urbano da deixar, sai ganhando o produtor, os a imagem de muitos dos nossosSC-438), na Serra Catarinense, interseções, sendo duas em tre- rodovia será recuperado e ade- cofres do governo e a população dos parentes, pais, avós, e não sabemosno início do mês, em São Joa- chos de grande movimentação quado aos moldes previstos pelo outros afazeres. fazer nada para demonstrar nossoquim. A obra está orçada em R$ de veículos, no acesso às locali- Projeto Acorde – Ação Conjunta Na Europa, ser um fazendeiro repúdio, apenas vamos ficando cala-66,5 milhões e vai recuperar um dades de Santa Isabel e Várzea, de Revitalização e Desenvolvi- significa respeito a quem alimenta dos à espera de que as coisas mudemtrecho de 55,1 quilômetros. O em São Joaquim. mento. “Por São Joaquim ter um as crianças com o leite de suas vacas espontaneamente.trajeto, que liga os municípios de O contrato firmado com o Ban- forte apelo turístico optamos nas vassalas ordenhas diárias, pala- Nosúltimos10anosasexportaçõesPainel e São Joaquim, não pas- co Interamericano de Desenvol- pela revitalização urbana da ro- vra respeitosa para quem fornece lã no agro, cresceram cinco vezes. Emsava por uma reforma completa vimento - BID vai financiar 70% dovia neste primeiro momento. e algodão, carne, cereais, hortaliças 2012 vai exportar US$ 100 bilhõesdesde a década de 1980. da obra, e estabelece padrões O projeto do contorno já existe De acordo com dados da Po- internacionais, o que torna o o que facilitará sua execução em e frutas, para os parlamentares, os e importar US$ 20 bilhões, deixandolícia Rodoviária Estadual, de processo de licitação um pouco um futuro próximo”, explicou exércitos, os hospitalizados, os en- para o governo gastar no que quiserjaneiro até junho deste ano mais lento. “As propostas serão a secretária Regional, Solange carcerados e todos os civis de outras um saldo de US$ 80 bilhões. É precisoocorreram 64 acidentes na SC- apresentadas pelas empresas no Scortegagna Pagani. Para faci- funções que não seja a de produzir respeitar essa gente que produz, sem114. Com o novo projeto, estão dia 1º de agosto e a previsão é que litar o trânsito, será concebido alimentos. Também não são vistos discriminar pelo tamanho do produ-previstas mudanças que vão me- até meados de outubro a ordem um binário, com a implantação pela consciente sociedade europeia, tor. Associar o homem que produz nolhorar a segurança em pontos da de serviço para o início das obras de uma via de mão única na Rua como criminosos ou improdutivos, campo a desmatamento, motosserrarodovia considerados críticos. possa ser entregue”, explicou Major Jacinto Goulart, de Lages os reflorestadores, pois é em terras e é injusto, é morder a mão que alimen-A obra propõe a reabilitação o presidente do Departamento com direção à Bom Jardim da não em vasos e quintais que se planta ta, deixem a gente do campo trabalharde acostamentos, alteração de Estadual de Infraestrutura (Dein- Serra e na direção contrária, muitas árvores para produzir madeira e tentem ajudar. “Conhecer a naturezatraçado em seis curvas acentua- fra), Paulo Meller. outra via de mão única na Rua para os móveis, casas, galpões, cercas, é quando se consegue conhecer a sidas, implantação de um total de Nesta primeira fase do projeto, Marcos Batista. para produzir o papel das embalagens, mesmo e superarmos as fobias e as dos livros, das apostilas, dos cadernos, ansiedades”. das fraldas, dos absorventes, do papelGirassol incrementa economia de Capão Alto higiênico, do lencinho de papel que Por Antônio Cezar Missioneiro Produtores rurais de Capão Alto Essa é a primeira vez que ojá estão colhendo a safra de giras- município investe neste cultivo, asol. Segundo os dados da Secreta- Secretaria de Agricultura do estadoria Municipal de Agricultura, sete disponibilizou cerca de R$ 15 milprodutores fizeram o plantio da para a compra das sementes e donova cultura, totalizando 28 hecta- boro, necessários ao plantio e ares plantados. Aproximadamente prefeitura municipal disponibi-18 hectares já foram colhidos. lizou os tratores aos produtores. O diretor de Agricultura, Ailto Ailton ainda destaca que a co-Correa dos Santos, explica que lheita não trouxe prejuízos aosa produção de girassol não atin- produtores. “Foi o suficiente paragiu as expectativas. “O correto arcar com as demais despesas,é que a safra produza cerca de 2 tendo em vista que o girassolmil quilos por hectare, porém o colhido é uma ótima ração paraplantio teve que ser feito no mês consumo dos animais e umade novembro, devido ao atraso da parte da colheita será destinadalicitação, a empresa responsável ao processamento para extraçãopelas sementes entregou no final de óleo”.de dezembro, então conseguimos A Secretaria de Agriculturaplantar apenas no início de janei- pretende investir no plantio doro e a seca também atrapalhou o girassol para esta próxima safra,desenvolvimento das plantas. A incentivando os produtores domédia até o momento é de 1200 município para que conheçam essequilos por hectare”. novo cultivo e os seus benefícios.
  15. 15. Cultura Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 15 Culturas se misturam na Feniar A Feira Internacional de Artesa- o evento para a cidade. Com expe-nato e Decoração (Feniar) reúne riência de seis anos, onde são rea-artesãos de todo o país, bem como lizadas pelo menos oito feiras porartistas dos Emirados Árabes, ano, Locatelli afirma que todas asEquador, Síria, Turquia, Paquis- expectativas foram superadas. “Atão, África do Sul, Quênia, Peru, população atendeu nosso chamadoIndonésia, Egito e Índia, entre e veio prestigiar este, que para aoutros. O evento tem a proposta cidade, é um formato diferenciadode retratar a diversidade cultural, de feira, mas Lages nos apresentouartística e linguística de mais de 20 uma nova potência, já que os ar-países. O formato da feira teve ori- tesãos locais são de qualidade e agem na Europa em cidades como população em geral veio prestigiar.Milão, Lisboa e Munique, há cerca Continuando assim, podemos falarde 20 anos. em uma nova edição aqui na cidade São mais de 70 estandes que pro- para o ano que vem”.porcionam, além de uma belíssima Além de ter este cunho cultural,feira, uma imperdível viagem pelo a Feira Internacional de Artesana-mundo sem precisar sair de Lages. to e Decoração promove um aque-Culturas miscigenadas e artesãos cimento econômico no setor arte-com os mais variados dons e estilos sanal, além de uma significanteestão permitindo que Lages seja valorização dos profissionais desteinserida nesse meio que, aos pou- ramo. É um evento para todos oscos, ganha valorização nacional. gostos e bolsos. Ao passear pelos Aqui, desde o dia 15 de junho, corredores da feira, o visitanteestão expostos os trabalhos de acaba fazendo uma viagem porentidades como a Casa Colibri, vários países e culturas. moringa bem feita, é a peça que timos italianos, o estande oferece da esposa Soraya, levou para casaque acolhe e hospeda pacientes Um dos artistas que está partici- mais demora para fabricar”. um aparelho difusor elétrico, que uma tela do artista chileno Pablocarentes em tratamento contra pando da Feira é João de Barro, um Uma novidade são as sapatilhas umidifica e aromatiza o ambiente, Diaz Avila. “O artista é muito bom!o câncer; a Associação Casa Ca- artesão natural de Pernambuco, do Paquistão, feitas de couro de e trabalha com a cromoterapia. O A feira começa a criar um espaçotarina, que é hoje uma das mais mas que mora no Espírito Santo camelo e bordadas a mão. “Elas não aparelho custa R$170. diferente em nossa cidade e assimrenomadas casas de artesanato do e é conhecido mundialmente pela possuem o pé direito ou esquerdo É possível encontrar acessórios, como difunde a cultura estrangeiraestado; SAMT e ainda a participa- qualidade das panelas de barro definido, pode calçar em qualquer como brincos, bolsas, pulseiras, em nossa região pode tambémção do Orfanato Nossa Senhora que confecciona. João conta que um dos pés”, explica a responsável semijoias, tapetes, luminárias, divulgar a nossa pelo Brasil”, dizdas Graças, por meio de uma rifa fabrica peças como panelas, jarros pelo estande, Renata Moreira. Há utensílios para o lar, bordados, o secretário. Já Soraya ficou im-de uma caminhonete. Os estandes e moringas há mais de 36 anos, também uma imensa variedade de com preços que variam de R$2 a pressionada com a diversidadeonde estão expostos os trabalhos tudo feito de barro. Ele explica que lenços do Equador, com as mais R$2 mil. cultural. “O evento joga nossosdestes artesãos foram doados pelo para que uma peça fique perfeita é variadas estampas, os preços ficam profissionais ao nível dos artesãosorganizador do evento, Mauro necessário muita habilidade e leva em torno de R$15 a R$30. Quem esteve lá, aprovou internacionais, é sem duvida umLocatelli. pouco tempo para confeccionar. Outra novidade está no Empo- No domingo foi a vez do Secretá- diferencial para a cidade além de Foi o perfil de Lages que fez “Quem é profissional e entende rium dos Aromas, além de oferecer rio de Turismo, Geovani Broering, ser também uma ótima sugestãocom que a organização trouxesse da área, tem que saber fazer uma perfumes, sachês, sabonetes legí- se render às tentações e, ao lado para lazer”. Mauro Locatelli, organizador da feira com João de Barro, artista capixaba
  16. 16. Cultura Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 16Ex-jogador de futebol agora é artista plástico O artista plástico Fábio André Poselt Scorsatto expõe suas obras pela segunda vez no Es- paço Cultural Malinverni Filho, da Câmara de Vereadores. Ele dedicou-se por 17 anos ao es- porte. Foi jogador profissional em diversos clubes, como Grê- mio, Juventude, Internacional de Lages, Ibirama, Operário de Ponta Grossa, 15 de Novembro de Campo Bom e por último no Clube Atlético de Lages. Fábio conta que começou há dois anos pintando com pincéis, mais tarde passou a pintar com as mãos. “Faltava algo que tornasse as obras mais interessantes”. verificar evoluções, onde con- qualidade seja inferior. Essa arte Aos poucos foi desenvolvendo e segue colocar elementos novos se caracteriza pela simplicidade aperfeiçoando a técnica, usando e de formas diferentes. “É um e pela falta de alguns elementos materiais retirados da natureza, trabalho que requer paciência ou qualidades presentes na arte palitos de churrasco e de fósforo, e dedicação, pois certas telas produzida por artistas com for- cola colorida, anilina, entre outros. demoram até dois meses para mação nessa área. Passou a montar telas com ficarem prontas”. As doze obras estarão expos- uma mistura de pintura com co- Parte da arrecadação com a tas na Câmara de Vereadores lagens. “O mais impressionante venda das obras é destinada de Lages até o final do mês de é que as imagens apareciam para para caridade e muitas telas junho. As visitas podem ser mim em sonhos e eu conseguia também são doadas. Fábio ainda feitas, de segunda a sexta das reproduzir essas visões nas te- destaca que seu trabalho se en- 13 às 19 horas. As escolas de las” comenta. caixa na arte naif, que é aquela Lages e região podem agendar Para ele, ainda há muito a se produzida por artistas sem pre- a visitação pelo telefone 3251- aprender sobre essa técnica, em paração acadêmica, pois é auto- 5453 com a curadora do espaço, cada novo trabalho é possível didata. O que não significa que a Iara Schlischting.
  17. 17. Publicidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 17
  18. 18. Cultura Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 18Balanço oficial da Festa doPinhão sai no final do mês Festa do Pinhão teve um público de 212 mil pagantes e movimentou economia da cidade durante 10 dias, especialmente hotéis e restaurantes. Números oficiais devem ser divulgados ainda este mês A Festa do Pinhão movimenta pelo menos 40 mil pessoas, como ema economia da nossa cidade, pois 2011, porém contabilizamos apenasfica conhecida pelo país inteiro. 7 mil pessoas”, destaca o secretário.Muitos turistas visitam Lages para Segundo Arruda, com o passarconhecer o friozinho da serra e par- dos anos a infraestrutura do parqueticipar da festa. Só na montagem foi sendo melhorada, em compara-das estruturas do Parque Conta ção a outros anos, essa foi a melhor.Dinheiro, trabalharam mais de 600 “Nunca se teve um palco nacionalpessoas, os hotéis estavam todos daquela dimensão, aumento doscom a capacidade lotada, o comér- camarotes que dão maior confortocio também obteve aumento nas ao público, o palco nativista foivendas, taxistas atenderam mui- totalmente remodelado, com umatos clientes, restaurantes ficaram boa estrutura, ruas cobertas, e umalotados de turistas enfim, vários programação que contou com cercaseguimentos lucraram. e 20 shows nacionais e mais de 170 Para o secretário da Adminis- atrações ao total”.tração de Lages, Antonio César A festa é um evento realizadoArruda, a Festa do Pinhão teve uma pela Prefeitura Municipal, nesteavaliação positiva, pois a festa é ano apenas os shows nacionaisrealizada para os lageanos, que é o pagos ficaram por conta da GDO,maior público da festa. os demais shows regionais e locais, “Esperávamos que cerca de 300 os shows nacionais com entradamil pessoas passassem pelo parque, franca e toda a estrutura do par-porém a chuva atrapalhou muito. O que, foram de responsabilidade dapúblico total no parque foi de 212 mil organização da festa.entre pagantes e não pagantes. No O balanço oficial da festa seráúltimo domingo, a expectativa era de divulgado no final deste mês.
  19. 19. Publicidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 19
  20. 20. Saúde Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 20Incidência de doenças respiratórias aumenta no Inverno Com a chegada do Inverno, tomas mais leves, a pessoa pode ença e depois de passar os pri-acontecem algumas oscilações estar doente, porém consegue meiros dias, que são mais sinto-do clima , fazendo com que trabalhar e seguir sua rotina máticos, e não está sentindo-senossa saúde sofra as consequ- normalmente. bem, deve procurar um médicoências. Durante o dia podemos Gripe Comum - causa cefaléia, para fazer uma avaliação corretater temperaturas mais altas e à febre, dor no cor po, dentre do caso e identificar se é umanoite elas despencam, fazendo outros sintomas que são mais gripe ou resfriado, para fazer ocom que os mecanismos de de- acentuados. A pessoa precisa de tratamento mais adequado, poisfesa do corpo sofram com isso. repouso e sente dificuldade para os sintomas são bem parecidos”, Essas alterações climáticas fazer certas atividades. destaca o médico.podem aumentar a incidência H1N1 - é um subtipo de gripe A evolução da gripe pode cau-de doenças do sistema respira- comum, que pode causar febre sar uma pneumonia, que nãotório como: gripes, resfriados, mais alta que o comum na gripe é uma doença autolimitada,alergias, pneumonia, sinusite, e no resfriado, mialgias, tosse, precisa ser tratada da formarinite, entre outras que atacam encefaleia, dor no fundo dos correta, através de avaliaçãonesta época do ano. olhos, dificuldade para respirar, do paciente, para saber se há a De acordo com o pneumolo- falta de ar. necessidade de internação ougista Cassio de Melo, com o frio “É importante destacar que se se o paciente pode ser tratadoas pessoas tendem a permane- uma pessoa contrair um desses em casa, com o devido acom-cer em locais fechados, sem a vírus pode descompensar algu- panhamento médico. Pacientesventilação correta, isso facilita ma outra doença que já tenha. idosos ou com doenças crônicasa transmissão d as doenças Por exemplo, pode afetar o devem receber atenção espe-respiratórias. Doenças pré-exis- controle da diabetes, problemas cial, pois a pneumonia podetentes podem vir a ter sintomas cardíacos e no sistema respira- levar à morte.mais graves com o frio, como é o tório”, explica o pneumologista. Cássio ainda comenta que oscaso da rinite, asma, bronquite A gripe e o resfriado são auto- riscos de morte são maiorese alergias respiratórias. limitadas (melhoram sozinhos com a pneumonia (desde que sem que haja a necessidade não tratada corretamente), Principais diferenças entre de se tomar remédios). Os do que com a gripe, porémgripe comum, resfriado e sintomas mais intensos são é sempre necessário mantergripe H1N1 - Resfriado – cori- nos primeiros 2 a 3 dias, já a um cuidado especial e tratarza, febre mais baixa, o paciente recuperação total, pode levar adequadamente qualquer umanão sente tanta dor no corpo. O de 5 a 7 dias. dessas doenças que, associadasresfriado traz um quadro de sin- “Se a pessoa está com a do- às outras, podem ser perigosas.
  21. 21. Publicidade Lages, 2ª quinzena / Junho de 2012 - Ano 2 21

×