01 cultura da catedral

6.559 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
8 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.559
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.619
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
8
Comentários
0
Gostaram
8
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

01 cultura da catedral

  1. 1. A Cultura da Catedral http://divulgacaohistoria.wordpress.com/ HCA, Curso Turismo, Módulo 4 1
  2. 2. É no século XII que se formaram a maioria das cidades europeias; Nasceram do desenvolvimento económico, demográfico, social, cultural e político dos séculos XII a XIV (Baixa Idade Média). HCA, Curso Turismo, Módulo 4 2
  3. 3. Vieira da Silva Manuel Cargaleiro Cidade em expansão HCA, Curso Turismo, Módulo 4 3
  4. 4. Alguns vídeos sobre a arte gótica As catedrais góticas; A arte gótica; A catedral de Colónia; Banquete medieval; Festa Medieval, Caminha, Portugal. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 4
  5. 5. As cidades e Deus A Europa das cidades – do renascimento do século XII a meados de Quatrocentos (O tempo e o espaço) Gráfico da população europeia HCA, Curso Turismo, Módulo 4 5
  6. 6. Séculos XI e XII – feudalismo, fase expansionista; Século XIII – conjuntura económica favorável, grande dinamismo económico; Século XIV – recessão, guerras, fomes e pestes. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 6
  7. 7. Fatores que contribuíram para o desenvolvimento dos séculos XI a XIII: Melhorias climáticas; Progressos agrícolas. Vão provocar: Produção excedentária  crescimento demográfico; O comércio e a indústria desenvolvem-se; Reaparecimento das feiras e mercados que vai provocar o crescimento das cidades; Surgem relações comerciais com a Ásia e África. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 7
  8. 8. Estabelece-se uma economia de mercado (circulação de moeda, produtos e riqueza); Surge uma economia monetária e capitalista; Surgem cambistas e bancos, inventam-se formas de pagamento (cheques, letras); Surgem grandes fortunas – Jacques Coeur, Cosme de Médicis, etc. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 8
  9. 9. As cidades europeias enriquecem e crescem; Surge um novo grupo social, a burguesia (artesãos, mercadores, lojistas, letrados, banqueiros, etc.; Surge um novo estilo de vida, mais cortesão e pacífico; HCA, Curso Turismo, Módulo 4 9
  10. 10. Desenvolvem-se hábitos de luxo. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 10
  11. 11. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 11
  12. 12. Desenvolve-se a cultura escrita; Surgem novas escolas nas cidades (Universidades); As cidades foram o berço de uma nova sociedade mais laica, pragmática e individualista; As cidades transformaram-se em centros de novos saberes; Desenvolvem-se as trocas comerciais e culturais. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 12
  13. 13. Grandes alterações sociais e políticas: Burguesia (habitantes do burgo) – cresceu, cultivou-se, organizou-se; Surgem organismos profissionais: As corporações ou mesteres de artes e ofícios para associar os artesãos; E as Guildas ou Hansas (associações de comerciantes). A Liga Hanseática era constituída por cerca de 150 cidades. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 13
  14. 14. Os habitantes das cidades organizam-se procurando a emancipação administrativa da cidade, surgem as comunas; Desenrolam-se lutas nos campos e cidades, procurando melhorar a sua situação. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 14
  15. 15. As monarquias aliam-se à burguesia contra a nobreza e inicia-se um movimento de centralização do poder real. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 15
  16. 16. Século XIV – mudanças climáticas, excesso de consumo, crescimento urbano desequilibrado e fomes vão iniciar uma grave recessão económica. Surge a Guerra dos Cem Anos, entre a França e Inglaterra mas que envolve grande parte dos países europeus. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 16
  17. 17. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 17
  18. 18. Muitas cidades cresceram devido a: Cidades industriais (produção artesanal); Cidades comerciais (sobretudo portos de mar); Cidades de peregrinação; Cidades universitárias… HCA, Curso Turismo, Módulo 4 18
  19. 19. Cidades portuárias no Mediterrâneo: Génova, Pisa, Marselha, Barcelona, etc. No Atlântico e Báltico: Lisboa, Amesterdão, Hamburgo, Lubeque, etc. O barco era o transporte mais prático e mais barato. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 19
  20. 20. Surgem novas rotas terrestres, sobretudo entre Itália e o norte da Europa Surgem feiras internacionais: Champagne, Bruges, Troyes, etc. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 20
  21. 21. Desenvolvem-se as Universidades; Os estudos começavam pelas Artes: Trivium (Gramática, Retórica e Dialéctica) e o Quadrivium (Aritmética, Geometria, Astronomia e Música); Depois frequentavam as Universidades de grau superior: Direito Canónico, Medicina, Teologia, etc. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 21
  22. 22. Professores e alunos organizavam-se em nações (origem); O ensino tinha por base a filosofia escolástica – ensino teórico; Estudo e comentário das obras de filosofia clássica ( Platão, Aristóteles, Sócrates) e de autores cristãos (Santo Agostinho). HCA, Curso Turismo, Módulo 4 22
  23. 23. Universidade de Salamanca HCA, Curso Turismo, Módulo 4 23
  24. 24. S. Tomás de Aquino (1214-74) procurou a união entre a fé e a razão; Entre a revelação divina e a inteligência humana; O crente poderia alcançar Deus pela sua inteligência, pelo conhecimento do mundo que era o reflexo de Deus Humanização da religião; HCA, Curso Turismo, Módulo 4 24
  25. 25. Estas novas maneiras de pensar suscitam um maior interesse pelo mundo material e um ensino mais experimental; Roger Bacon (1214-95); Guilherme de Ockam (1285-1349). HCA, Curso Turismo, Módulo 4 25
  26. 26. Formas de urbanismo medieval Casa Comunal Catedral HCA, Curso Turismo, Módulo 4 26
  27. 27. Até ao século XII a Europa era rural A partir do século XIII há um crescimento significativo das cidades mais antigas Surgem novas cidades (cruzamentos de estradas, locais de feira, portos de mar, etc.) A catedral é um dos símbolos da cidade HCA, Curso Turismo, Módulo 4 27
  28. 28. Cidade de Tournai, França HCA, Curso Turismo, Módulo 4 28
  29. 29. Diversificam-se: Umas crescem ordenadamente (malha reticular, concêntricas) Outras crescem caoticamente; Crescem para fora das muralhas. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 29
  30. 30. Igrejas, conventos, casa comunal, casas de nobres e burgueses, bairros populares, oficinas, lojas, praças, ruas (algumas agrupavam um determinado ofício ou loja, rua do ouro, dos mercadores, etc.) HCA, Curso Turismo, Módulo 4 30
  31. 31. Não tinham água canalizada, nem esgotos, nem segurança (polícia) As ruas eram estreitas e sinuosas (incêndios frequentes) As cidades tornam-se polos de atracão – emigração do campo para a cidade HCA, Curso Turismo, Módulo 4 31
  32. 32. A Europa das catedrais (O local) “A arte das Catedrais significou em primeiro lugar o renascimento das cidades. Estas ao longo dos séculos XII e XIII não pararam de crescer A catedral (gótica) é a igreja do bispo, portanto a igreja da cidade.” George Duby, O tempo das catedrais HCA, Curso Turismo, Módulo 4 32
  33. 33. Florença 1336-38: 25000 homens entre os 15 e 60 anos; 1500 ricos e nobres; 110 igrejas, 24 mosteiros; 30 hospitais com mais de mil camas; 200 oficinas de lã – 30000 operários; 8 bancos. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 33
  34. 34. A catedral torna-se o símbolo da cidade; Igreja (bispo) e burgueses, todos contribuem para a construção da Catedral. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 34
  35. 35. Deus é luz. (…) Luz absoluta, deus está mais ou menos velado em cada criatura, consoante ela é menos ou mais refratária à sua iluminação. Esta conceção contém a chave da nova arte, da arte de França. Arte de claridade e de irradiação (…). G. Duby, O tempo das catedrais HCA, Curso Turismo, Módulo 4 35
  36. 36. A luz, que aparece simultaneamente como o próprio Deus e como o agente de união entre a alma e deus, deve encher inteiramente o reino cujo campo os muros da catedral simbolicamente delimitam. G. Duby, O tempo das catedrais HCA, Curso Turismo, Módulo 4 36
  37. 37. O Abade Suger, da Abadia de S. Dinis (arredores de Paris) foi o grande ideólogo (teólogo), criador do estilo gótico HCA, Curso Turismo, Módulo 4 37
  38. 38. Na reconstrução da cabeceira da Igreja incentivou os mestres de obras a deixarem entrar a luz; Fez da catedral o reino de Deus na Terra; Surge uma nova teologia: “Deus é luz”. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 38
  39. 39. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 39
  40. 40. “Deus é Luz. Cada criatura recebe e transmite a iluminação divina segundo a sua capacidade. … O universo é um fluxo luminoso… Deus é luz absoluta” George Duby, O tempo das catedrais HCA, Curso Turismo, Módulo 4 40
  41. 41. Esta conceção contém a chave da nova arte, Arte de França, de que a Igreja de S. Dinis, de Suger foi o modelo. George Duby, O tempo das catedrais HCA, Curso Turismo, Módulo 4 41
  42. 42. A cultura cortesã A partir do século XII desenvolve-se uma nova cultura baseada no ideal cavaleiresco e cortês; Valorização da lealdade, cortesia, amor, a paz, a alegria, a elegância, etc.; Surgem poetas, trovadores, jograis. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 42
  43. 43. Surgiu uma nova cultura popular, mais profana (menos religiosa) e mais humanista (preocupada com o homem); Desenvolvem-se festas e romarias com procissões e autos teatrais, com dançares e cantares; Surgem as poesias trovadorescas; Estas poesias eram escritas e cantadas em língua vulgar (a que era falada pelo povo) e não em latim; HCA, Curso Turismo, Módulo 4 43
  44. 44. Os grandes da época (nobreza e clero) cultivaram o conforto e o luxo; Saraus, representações teatrais, bailes e banquetes acompanhados por música; (ver) Surgem as primeiras práticas de mecenato (proteção das artes); Nos meios cortesãos (nobreza) surgem novas regras sociais caracterizadas por uma maior civilidade e cortesia. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 44
  45. 45. Literatura surgem os romances de cavalaria, narrativas de viagens e até romances sentimentais: Como por exemplo o “Romance da Rosa”; Em Portugal surgem as “cantigas de amor, de amigo, de escárnio e maldizer”. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 45
  46. 46. Surge um mundo mais culto e letrado; Desenvolvem-se as línguas faladas pelas pessoas; Surge um mundo mais humanizado. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 46
  47. 47. A música diversifica-se surge a polifonia, vários instrumentos e ritmos, popular ou erudita, religiosa ou profana; Surgem as danças coletivas e individuais. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 47
  48. 48. Desenvolve-se o teatro religioso, representado no adro da igreja ou nas praças – funções pedagógicas e recreativas; Surgem atores ambulantes; Surge um teatro mais profano; A nobreza e burguesia organizam festas particulares. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 48
  49. 49. Em conclusão: Divulgam-se os prazeres mundanos, a alegria de viver; A Igreja crítica estes exageros; No século XIV, o avanço da peste provoca modificações na arte – reflete o medo e inquietação; O século XV devolve a confiança ao Homem no mundo. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 49
  50. 50. Dante Alighieri (1265-1321) Biografia Nasce em Florença em 1265; Apaixona-se por Beatriz Portinari (m. 1290) – dedica-lhe quase toda a sua poesia; A partir de 1295 passa a ter uma vida política ativa; Por motivos políticos é desterrado de Florença; Vive em Verona, Pádua, Paris, Oxford, Pisa e Ravena; Dedicou a sua vida à literatura e à política. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 50
  51. 51. Escreveu toda a sua obra em italiano, o que para a época foi muito inovador, a maior parte dos autores escrevia em latim; Dante cortou com a tradição medieval e contribuiu para o aperfeiçoamento da língua italiana; Na poesia criou um novo estilo, “dolce stil nuovo” (doce estilo novo); Foi o percursor (inspirador) da literatura do Renascimento. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 51
  52. 52. Na sua obra desenvolve a reflexão sobre o pensamento, a crítica filosóficas, teológicas, literárias, e socioeconómicas da época; Este entendimento da fé e dos sentimentos religiosos aproxima Dante dos escritores do Renascimento; Dante, na poesia, e Giotto, na pintura, encerraram uma época da história e foram os precursores de outra. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 52
  53. 53. A sua obra-prima foi a Divina Comédia; Uma peça poética dividida em três partes ou capítulos (Inferno, Purgatório e Paraíso); Nessa obra relata-nos uma visão ou sonho durante o qual realiza uma viagem simbólica pelo mundo dos mortos; Esta viagem foi o pretexto para analisar a vida humana, expor o seu pensamento sobre a filosofia, e a teologia, Em resumo, os escritos de Dante resumem todo o pensamento filosófico, científico e teológico da Idade Média, harmonizando-o com a Antiguidade Clássica, enunciando, o Renascimento. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 53
  54. 54. O Casamento de Frederico III com D. Leonor de Portugal de Nicolau Lanckman de Valckenstein HCA, Curso Turismo, Módulo 4 54
  55. 55. D. Leonor (1434-1467), filha dos reis D. Duarte e D. Leonor, casou em 1451 com Frederico III, imperador da Alemanha Nicolau Lanckman de Valckenstein era capelão do Imperador e veio a Portugal celebrar o casamento por procuração, escreveu um diário de viagem onde relata os acontecimentos. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 55
  56. 56. O rei Afonso V, irmão de D. Leonor, deu uma festa, que se prolongou por vários dias, entre 13 e 25 de Outubro; Decorreram várias ações pela cidade, destinadas a vários públicos. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 56
  57. 57. A Peste Negra (1348-1350) (Acontecimento) HCA, Curso Turismo, Módulo 4 57
  58. 58. A Peste Negra vai provocar a morte de 30% a 50% da população europeia muitas aldeias e até algumas cidades desapareceram completamente. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 58
  59. 59. Veio do Oriente, chegou a Messina, porto italiano, através de barcos de comércio; A enorme mortalidade provocou um enorme terror na população. Ars Moriendi – Arte de morrer HCA, Curso Turismo, Módulo 4 59
  60. 60. A moeda desvalorizou, provoca a subida dos preços (inflação); Os impostos aumentaram (monarcas precisavam de dinheiro para manter a guerra); Surgem revoltas populares nos campos e nas cidades; HCA, Curso Turismo, Módulo 4 60
  61. 61. Perseguições aos judeus e leprosos vistos como os causadores das desgraças; Procissões coletivas de flagelantes; Crise coletiva de mentalidades. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 61
  62. 62. O contágio fazia-se por picada de pulgas ou mordidelas de ratos; Normalmente matava em 3 a 4 dias. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 62
  63. 63. O desaparecimento de um terço da população europeia teve consequências graves: Alterou o quotidiano; Paralisou a produção e o comércio (falta da mão-de-obra); Provocou uma depressão económica, espalhando a carestia e a fome; Generaliza-se a insegurança e instabilidade, eclodem revoltas populares que causam pânico e violência; HCA, Curso Turismo, Módulo 4 63
  64. 64. O medo da morte provocou, em muitas pessoas, o recurso exagerado à fé, surgem práticas extremistas de penitências; Outros, pelo contrários, vão-se dedicar à heresia e a práticas satânicas; Outros por sua vez, descrentes de tudo, dedicam-se à ociosidade, vadiagem e marginalidade; A Peste Negra perturbou as estruturas económicas e sociais e provocou uma crise de valores e comportamentos. HCA, Curso Turismo, Módulo 4 64
  65. 65. Esquema do século XIV HCA, Curso Turismo, Módulo 4 65
  66. 66. A crise atinge a Igreja: Surgem dois papas ( Roma e o de Avinhão, França, imposto pelo rei Francês) É o Grande Cisma do Ocidente (1373-1417) HCA, Curso Turismo, Módulo 4 66
  67. 67. Apesar da gravidade da crise, nos grandes centros urbanos surgiram os fatores que vão permitir o florescimento económico e cultural no século XV. Esta a apresentação foi construída tendo por base o manual, História da Cultura e das Artes,, Ana Lídia Pinto e outros, Porto Editora, 2011 HCA, Curso Turismo, Módulo 4 67

×