Relacionamento Conjugal

1.529 visualizações

Publicada em

Uma proposta para as pessoas olharem além do obvio para dentro de seu relacionamento conjugal.

Publicada em: Mídias sociais
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.529
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
54
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
62
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Relacionamento Conjugal

  1. 1. O que saber para a manutenção do “felizes para sempre” Vladimir Siqueira – vladsiq@yahoo.com.br
  2. 2. QUEM SOU EU? QUEM É VOCÊ? Cada indivíduo é um ser único, e possui seus próprios: o Sonhos; o Medos; o Anseios; o Vícios; o Virtudes; o Individualidade.
  3. 3. É PRECISO TER PACIÊNCIA Pessoas possuem pontos fortes e pontos a melhorar. Contudo, este fenômeno nem sempre acontece em um curto espaço de tempo. A maturidade e a experiência precisam de vivência e reflexão. O erro deve ser visto como uma ferramenta de aprendizado.
  4. 4. UM PARADIGMA A SER SEGUIDO: O que eu não quero que façam a mim, eu não faço a ninguém;  Utilizar mais o foco racional à reação emocional;  Toda ação possui ótica positiva, por isso é preciso perceber e respeitar o ponto de vista do outro;  A vida na televisão não é a vida que vivemos.  Não sabe o que fazer? Pergunte-se sempre: Quero? Posso? Devo? 
  5. 5. DIFERENÇAS IGUAIS     Aos homens falta entendimento sobre a lógica do pensamento feminino; Às mulheres falta entendimento sobre a praticidade do pensamento masculino; Mulheres precisam e gostam de conversar, carinho, massagem, prelimin ares e fazer amor; Homens gostam e precisam de sexo, sexo, sexo e dormir.
  6. 6. IGUALDADES DIFERENTES      Para a mulher o homem olha demais o mundo ao redor; Para o homem a mulher pensa e fala em demasia; A mulher gosta de se sentir protegida; O homem precisa da sensação de independência, liberdade. Mulheres gostam de romance, homens aventura.
  7. 7. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 1- Conheça bem seu parceiro – Mapa do amor Tudo pode ser mais harmonioso e saudável quando o casal conhece as preferências, visão sobre a vida, valores, gostos, objetivos, anseios, temores e esperanças um do outro. Assim, pode ser definido o Mapa do Amor de cada casal. o
  8. 8. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 1- Conheça bem seu parceiro – Mapa do amor Não assuma um compromisso (noivado, casamento) sem esclarecer ao seu parceiro(a): • quem você realmente é; • o que você espera de uma relação a dois: seus sonhos, suas metas, suas fantasias, suas taras, seus desejos (quem ama de verdade quer fazer parte do sonho do outro, não ser um bloqueio). o
  9. 9. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 2- Cultive afeto e admiração Acreditar que a pessoa amada é digna de admiração e respeito é um passo muito importante para construir um relacionamento saudável. Cuide para que esses sentimentos sejam cultivados pelo menos cinco horas por semana, são as chamadas “5 horas mágicas”. o
  10. 10. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 3- Voltar-se para o outro Existem momentos que mostramos para o parceiro , direta ou indiretamente, vontades, pedidos e ofertas. São aqueles momentos de uma indireta para curtir um filme ou sair para jantar, ou um gesto mais direto que indica a necessidade de um elogio ou cumprimento. Essas atitudes são chamadas de “lances”. o Portanto, se atente às pistas que seu parceiro deixa pelo caminho, se esforce para atender a essas necessidades e acumule sentimentos positivos com essas ações.
  11. 11. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 4- Deixe-se influenciar... Com as mudanças na sociedade, talvez seja essa a parte que mais tenha conflito nas relações de hoje em dia: a divisão do poder. Negociar concessões, dividir decisões e escolher juntos o que será melhor para o casal parece tarefa simples, mas é preciso muito treino para que ambas as partes se sintam satisfeitas com a escolha feita. o
  12. 12. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS  5- Resolver os problemas que podem ser solucionados Conflitos pontuais e solucionáveis representam apenas 31% das D.R´s. Portanto, não deixe problemas que podem ser solucionados rapidamente se arrastarem até gerarem danos profundos ao relacionamento.
  13. 13. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS  6- Levantar a bandeira branca e declarar paz É preciso identificar o que o casal julga como conflito perpétuo, ou seja, quais concessões que implicam diretamente na perda de sua própria identidade. É imprescindível que o sonho do outro seja compreendido e honrado, (não é o mesmo que compartilhá-lo).
  14. 14. SETE PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS 7- Compartilhar significado Para alcançar a longevidade, qualidade e saúde de um relacionamento, é de extrema importância que o casal compartilhe hábitos, costumes, práticas, símbolos e projeto de vida, ou seja, compartilhe significado.
  15. 15. O AUTOR Vladimir Feitosa de Siqueira Graduado em Pedagogia -(Faculdade da Cidade do Rio de Janeiro) Pós Graduação em Pedagogia Empresarial (Faculdades Integradas AVM) Pós Graduação em Docência Superior ( Instituto de Estudos Pedagógicos)  Bibliografia: http://www.sbcoaching.com.br/blog/comportamento/7-atitudes-para-um-relacionamento-saudavel/ Caixeira, Nathanael C. , A Epistemologia Genética. Petrópolis: Vozes, 1971. 110p. http://pt.wikipedia.org/wiki/Chuck_Palahniuk http://www.skoob.com.br/livro/1436-clube-da-luta http://www.psicoloucos.com/Resenhas-e-Resumos/clube-da-luta-chuck-palahniuk.html HUYSSEN, Andreas. A cultura de massa enquanto mulher – o “ outro” do modernismo. In: ____. Memórias do modernismo. Rio de Janeiro: Editora UFRJ , 1996 GUATTARI, Felix e ROLNIK, Suely. Micropolítica. Cartografia do Desejo. Petrópolis: Editora Vozes. 2000.

×