1.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA
REGIÃO LESTE DE SÃO PAULO/SP
Sapopemba, Vila Prudente, São Mateus, Aricanduva e
adjacências
M...
Grupo de Trabalho para salvaguarda
da capoeira
• Metas
- “Pesquisar, preservar,
Fomentar e
Salvaguardar a Capoeira
em todo...
Pontos preliminares
• Antes de iniciarmos na exposição do conteúdo deste trabalho, queremos que alguns pontos
preliminares...
Patrimônio Cultural
• Patrimônio cultural é o
conjunto de todos os
bens, materiais ou
imateriais, que, pelo
seu valor próp...
Patrimônio material e imaterial
• Nos bens móveis,
incluem-se, por exemplo,
pinturas, prédios
históricos, esculturas e
art...
Salvaguardar?
• Salvaguardar um bem cultural de
natureza imaterial é apoiar sua
continuidade de modo sustentável. É
atuar ...
• O Programa Nacional do
Patrimônio Imaterial (PNPI)
realizou os seguintes
planos de salvaguarda:
• Arte Kusiwa – Pintura
...
OU SEJA, QUAIS SERÃO NOSSOS
OBJETIVOS?
• A) Promover maior
interação e diálogo
entre Mestres, Contra
Mestres, Professores,
Instrutores, Praticantes
e suas respec...
• B) Promover o
levantamento
geográfico e
cadastramento dos
Grupos, Mestres,
Contra Mestres,
Professores, Instrutores
e As...
• C) Promover o resgate
das tradições culturais
da Capoeira legadas
pelos antigos Mestres
de Capoeira precursores
da Capoe...
• D) Entender o Processo de
Reconhecimento da
Capoeira como Patrimônio
Imaterial da Humanidade
pela UNESCO, ocorrido em
26...
• E) Criar o Conselho de
Mestres de Capoeira da
e estruturá-lo para que
seja o legítimo
representante da
Capoeira em nossa...
• F) Criar uma Estrutura
Administrativa de
Capoeira, para que
possamos desenvolver
os projetos e propostas
para a Capoeira...
PAUTAS ABORDADAS NAS ÚLTIMAS REUNIÕES DA COMISSÃO
• Tudo o que iremos definir nesse seminário segue as principais pautas
d...
Pesquisas regionais:
• 1. Divisão de pesquisa através da fragmentação ou centralização política regional.
• 2. Verificar q...
Criação e divisão de comissões em cada especialidade e
diálogo com as secretarias governamentais
• Secretaria de Cultura.
...
Região Leste do município de São Paulo Pelo menos
representante por subprefeitura
Conselho de Mestres
Estrutura
• O Conselho Regional Norte
Municipal de Mestres de Capoeira
da Região Norte do Município de...
ESTRUTURA ADMINISTRATIVA
DA REGIÃO
• Será desenvolvido na região norte do município
de São Paulo/SP uma estrutura administ...
COORDENADOR REGIONAL DE CAPOEIRA
• O Coordenador Regional atuará em toda a região do município de São Paulo/SP, e terá as ...
DELEGADO REGIONAL DE CAPOEIRA
• Os Delegados Regionais serão
distribuídos nas regiões de subprefeituras e serão
denominado...
Atribuições do Delegado Regional
• Terão como atribuições articularem essas regiões da seguinte forma:
• a) Participará na...
DELEGADO DISTRITAL DE CAPOEIRA
• Os Delegados Distritais atuarão nos bairros existentes em cada
região de subprefeitura, p...
Áreas de atuação
CALENDÁRIO DE SEMINÁRIOS EM
2015
• No ano de 2015 realizaremos 04 (quatro) seminários trimestrais,
como forma de avaliarmo...
Estrutura de Comunicação
• Além da ficha de
cadastro do grupo, do
Mestre e do Professor.
• Será necessário a
criação de um...
Bibliografia
• RODRIGUES. Rodney. Mestre
China. Apostila –1.º SEMINÁRIO
DE CAPOEIRA DA REGIÃO NORTE
DE SÃO PAULO/SP – 2014...
Obrigado!
Professor Vitor Lobo
Professorvitorlobo@gmail.com
992663883 - VIVO E Whatsapp
1 seminário para salvaguarda da capoeira   Região Leste
1 seminário para salvaguarda da capoeira   Região Leste
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

1 seminário para salvaguarda da capoeira Região Leste

188 visualizações

Publicada em

Material apresentado no Primeiro Seminário de Capoeira da Zona Leste do Município de São Paulo.

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

1 seminário para salvaguarda da capoeira Região Leste

  1. 1. 1.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO LESTE DE SÃO PAULO/SP Sapopemba, Vila Prudente, São Mateus, Aricanduva e adjacências Mediação: Professores José Roberto Lima e Vitor Lobo
  2. 2. Grupo de Trabalho para salvaguarda da capoeira • Metas - “Pesquisar, preservar, Fomentar e Salvaguardar a Capoeira em todos os seus Segmentos e Estilos no Âmbito da Região Leste do Município de São Paulo/SP."
  3. 3. Pontos preliminares • Antes de iniciarmos na exposição do conteúdo deste trabalho, queremos que alguns pontos preliminares sejam estabelecidos: • 1. Este trabalho não tem em nenhum momento caráter discriminatório ou de exclusão de qualquer Associação ou Mestre que atua nas regiãões do município de São Paulo/SP, esperamos agregar a todos, Associações, Entidades de Classe (Sindicatos, Ligas, Grupos, dentre outros), Mestres, Contra Mestres, Professores, Instrutores e Praticantes de Capoeira, cada um expressando seus pontos de vistas e necessidades de forma democrática. • 2. Diferentemente de outras propostas de trabalho desenvolvidas anteriormente, e que venham a surgir posteriormente, este trabalho esta muito além de conceitos de padronização técnica, filosófica, de graduações e estilos de Capoeira, busca agregar todas as concepções, segmentos e estilos de Capoeira, reconhecendo a diversidade no mundo da Capoeira e a utilizando em nosso benefício, nunca contra nós. • 3. Esta é uma pré-proposta que tem a tendência de se aperfeiçoar, por isso é importante o entendimento de todos na melhoria desse trabalho e seu desenvolvimento. • 4. Nos primeiros seminários não tivemos a intenção de atingirmos 100% dos capoeiristas das Regiões de São Paulo/SP e nem tínhamos como atingir esse público, por vários motivos, o importante é que demos o primeiro passo e gradativamente os demais poderão agregar o trabalho, pois as portas sempre estarão abertas, mesmo porque este é um trabalho continuo e dinâmico. • 5. Embora os Mestres antigos sejam os verdadeiros detentores do conhecimento da Capoeira, compete também aos mais novos a responsabilidade de trabalhar em busca de melhorias para a nossa modalidade, inclusive nas questões referentes ao apoio á esses Mestres antigos, na preservação de seus conhecimentos. Nessa perspectiva, antigos e novos estaremos trabalhando de forma conjunta, associando o conhecimento e a experiência dos Mestres Antigos ao dinamismo e vontade dos mais novos.
  4. 4. Patrimônio Cultural • Patrimônio cultural é o conjunto de todos os bens, materiais ou imateriais, que, pelo seu valor próprio, • devem ser considerados de interesse relevante para a permanência e a identidade da cultura de um povo. ARTE – 1º Ano do Ensino Médio Patrimônio histórico
  5. 5. Patrimônio material e imaterial • Nos bens móveis, incluem-se, por exemplo, pinturas, prédios históricos, esculturas e artesanatos. • Nos bens imateriais, por exemplo, consideram-se a literatura, a música, o folclore, a linguagem, costumes e a capoeira.
  6. 6. Salvaguardar? • Salvaguardar um bem cultural de natureza imaterial é apoiar sua continuidade de modo sustentável. É atuar no sentido da melhoria das condições sociais e materiais de transmissão e reprodução que possibilitam sua existência. • O conhecimento gerado durante os processos de inventário e Registro é o que permite identificar de modo bastante preciso as formas mais adequadas de salvaguarda. • Essas formas podem ir desde a ajuda financeira a detentores de saberes específicos com vistas à sua transmissão, até, por exemplo, a organização comunitária ou a facilitação de acesso a matérias primas
  7. 7. • O Programa Nacional do Patrimônio Imaterial (PNPI) realizou os seguintes planos de salvaguarda: • Arte Kusiwa – Pintura corporal e Arte gráfica Wajãpi; • Samba de Roda do Recôncavo Baiano; • Oficio das Paneleiras de Goiabeiras; • Viola-de-Cocho.
  8. 8. OU SEJA, QUAIS SERÃO NOSSOS OBJETIVOS?
  9. 9. • A) Promover maior interação e diálogo entre Mestres, Contra Mestres, Professores, Instrutores, Praticantes e suas respectivas Associações de Capoeira que atuam na Região Leste do Município de São Paulo/SP;
  10. 10. • B) Promover o levantamento geográfico e cadastramento dos Grupos, Mestres, Contra Mestres, Professores, Instrutores e Associações de Capoeira que atuam na Região.
  11. 11. • C) Promover o resgate das tradições culturais da Capoeira legadas pelos antigos Mestres de Capoeira precursores da Capoeira na Região.
  12. 12. • D) Entender o Processo de Reconhecimento da Capoeira como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela UNESCO, ocorrido em 26 de Novembro de 2014 e o trabalho desenvolvido pelo IPHAN-SP e a Fundação Zumbi dos Palmares – SP para criar propostas e subsídios para a Capoeira nos âmbitos dos governos municipais, estaduais e federal;
  13. 13. • E) Criar o Conselho de Mestres de Capoeira da e estruturá-lo para que seja o legítimo representante da Capoeira em nossa região;
  14. 14. • F) Criar uma Estrutura Administrativa de Capoeira, para que possamos desenvolver os projetos e propostas para a Capoeira e os para os capoeiristas em nossa região.
  15. 15. PAUTAS ABORDADAS NAS ÚLTIMAS REUNIÕES DA COMISSÃO • Tudo o que iremos definir nesse seminário segue as principais pautas desenvolvidas pelos grupos de trabalhos nas últimas reuniões, que são: • 1. Mapeamento e cadastramento das Associações, Mestres, Professores, Instrutores e Praticantes de Capoeira em cada região do município de São Paulo, nas regiões das 39 (trinta e nove) Subprefeituras. • 2. Identificar nessas regiões as principais Associações e Mestres de Capoeira. • 3. Pesquisar e identificar quais são "marcos" da Capoeira em cada região (subprefeituras), para o desenvolvimento do projeto "Praças da Capoeira". • 4. Diálogo com a secretaria de turismo para fortificar o roteiro cultural nas regiões. • 5. Diálogo com a secretaria de habitação e desenvolvimento social para uma ponte com os capoeiristas e aulas nas casas de apoio e abrigos.
  16. 16. Pesquisas regionais: • 1. Divisão de pesquisa através da fragmentação ou centralização política regional. • 2. Verificar quais as necessidades das Associações, Mestres e Praticantes de Capoeira em cada região. • 3. Criar uma estrutura de reuniões regionais. • 4. Roda na Praça da República: Torná-la um marco da Capoeira na capital. • 5. Como divulgar e fortalecer a imagem da Capoeira em cada região. • 6, Busca de apoio junto a políticas públicas diretas. Implementação de ações interligadas entre as Associações e os Mestres de Capoeira. • 7. Debate com o representante da secretaria de educação sobre a postura e representação da capoeira nas escolas municipais. • 8. Propostas culturais e projetos: Lei Rouanet e PROAC. Capacitação para acesso a esses incentivos.
  17. 17. Criação e divisão de comissões em cada especialidade e diálogo com as secretarias governamentais • Secretaria de Cultura. • Secretaria de Saúde. • Secretaria do Esporte, Lazer e recreação. • Secretaria da Habitação. • Secretaria Executiva de Comunicação. • Secretaria da Educação. • Secretaria do Planejamento, orçamento e gestão. • Desenvolvimento, trabalho e empreendedorismo.
  18. 18. Região Leste do município de São Paulo Pelo menos representante por subprefeitura
  19. 19. Conselho de Mestres Estrutura • O Conselho Regional Norte Municipal de Mestres de Capoeira da Região Norte do Município de São Paulo/SP, será estruturado da seguinte forma: • Presidente: É o Mestre de Capoeira mais antigo da região. • Secretário Geral: É um membro do Conselho de Mestres que atuará como articulador nas assembleias gerais ordinárias e extraordinárias. • Membros: Todos os demais componentes do Conselho.
  20. 20. ESTRUTURA ADMINISTRATIVA DA REGIÃO • Será desenvolvido na região norte do município de São Paulo/SP uma estrutura administrativa á qual caberá desenvolver todas as ações de organização administrativa deste processo de unificação e fortalecimento da Capoeira. • Esta equipe administrativa será estruturada da seguinte maneira:
  21. 21. COORDENADOR REGIONAL DE CAPOEIRA • O Coordenador Regional atuará em toda a região do município de São Paulo/SP, e terá as seguintes atribuições: • a) Coordenando todas as atividades a ser desenvolvidas na região norte do município; • b) Será o responsável em repassar os dados de cadastramento de mestres, contra mestres, professores, instrutores, praticantes e suas respectivas associações aos órgãos superiores; • c) Participará na nomeação dos delegados regionais, que são em número de sete, correspondendo ás áreas das subprefeituras na região norte do município de São Paulo/SP; • d) Promoverá os seminários regionais, onde haverá a participação de todos os capoeiristas da região norte do município de São Paulo/SP; • e) Promoverá as reuniões mensais com os sete delegados regionais; • f) Participará das reuniões com o Conselho de Mestres da região de forma a prestar contas de todo o trabalho a ser desenvolvido na região, transmitindo informações e pautas de trabalhos. • g) Será definido através de votação ou nomeação dos capoeiristas de cada região, utilizando critérios também definidos pelos capoeiristas da região, mas observando-se a disposição, disponibilidade e capacidade de articulação, critérios importantes, a fim de conduzir os trabalhos de estruturação do projeto. • h) Porta voz direto da região nas reuniões com todas as coordenadorias regionais de São Paulo;
  22. 22. DELEGADO REGIONAL DE CAPOEIRA • Os Delegados Regionais serão distribuídos nas regiões de subprefeituras e serão denominados de "Norte 1 a 7", a saber: • Regional LESTE 1 – Mooca - Wellinton • Regional LESTE 2 – Vila Prudente - Mané • Regional LESTE 3 – Sapopemba – Vitor • Regional LESTE 4 – Aricanduva - Fuba • Regional LESTE 5 – Penha - Queixada • Regional LESTE 6 – Ermelino Matarazo - • Regional LESTE 7 – São Miguel Paulista - • Regional LESTE 8 – Itaquera – Armandinho e Pajé • Regional LESTE 9 – São Mateus - Lima • Regional LESTE 10 – Cidade Tiradentes – Raça • Regional LESTE 11 – Guaianases - (Pajé) • Regional LESTE 12 – Itaim Paulista Contra Mestre Oreia
  23. 23. Atribuições do Delegado Regional • Terão como atribuições articularem essas regiões da seguinte forma: • a) Participará na nomeação dos delegados distritais dentro de áreas específicas; • b) Manter contatos periódicos e acompanhar o desenvolvimento de levantamento cadastramento das associações, mestres, contra mestres, professores, instrutores e praticantes de Capoeira em cada distrito, montando banco de dados e repassando essas informações ao Coordenador Regional Norte; • c) Reunir-se mensalmente com as associações, mestres e demais profissionais de Capoeira atuantes em suas áreas de forma a transmitir informações e colher ideias e necessidades reais de cada um a fim de ser analisadas junto ás instâncias superiores; • d) Desenvolver eventos e atividades em suas respectivas regiões com o objetivo de integração entre todos os capoeiristas em suas respectivas regiões; • e) Manter estreito contato com as subprefeituras, mediante carta de apresentação, a fim de receberem subsídios matérias e financeiros para a realização de eventos e atividades culturais e desportivos de Capoeira; • f) Manter banco de dados de todos os aparelhos públicos de arte, cultura, desporto, dentre outros para agregar nesses lugares, profissionais de Capoeira para atuarem como instrutores.
  24. 24. DELEGADO DISTRITAL DE CAPOEIRA • Os Delegados Distritais atuarão nos bairros existentes em cada região de subprefeitura, podendo atuar nos bairros adjacentes, desde que não haja outro delegado distrital atuando. • • Terá como atribuição o levantamento e cadastramento das associações, mestres, contra mestres, professores e instrutores que desenvolvam atividades de ensino e prática nos respectivos bairros, coletando dados, inclusive de números de praticantes. • Terá como atribuição também o contato e repasse de informações importantes a todos de forma a integra-los ao trabalho.
  25. 25. Áreas de atuação
  26. 26. CALENDÁRIO DE SEMINÁRIOS EM 2015 • No ano de 2015 realizaremos 04 (quatro) seminários trimestrais, como forma de avaliarmos conjuntamente todo o trabalho dessa estrutura administrativa, bem como de proceder a transmissão de informações de interesse geral. • • SEMINÁRIOS • 2.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO LESTE • MARÇO DE 2015 • 3.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO LESTE • JUNHO DE 2015 • 4.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO LESTE • SETEMBRO DE 2015 • 5.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO LESTE • DEZEMBRO DE 2015
  27. 27. Estrutura de Comunicação • Além da ficha de cadastro do grupo, do Mestre e do Professor. • Será necessário a criação de um grupo, seja no Whatsapp, seja no facebook.
  28. 28. Bibliografia • RODRIGUES. Rodney. Mestre China. Apostila –1.º SEMINÁRIO DE CAPOEIRA DA REGIÃO NORTE DE SÃO PAULO/SP – 2014. • www.iphan.gov.br/ • www.cultura.sp.gov.br
  29. 29. Obrigado! Professor Vitor Lobo Professorvitorlobo@gmail.com 992663883 - VIVO E Whatsapp

×