A Geografia em Kant

240 visualizações

Publicada em

Conteúdo:
Informações gerais
O Curso de Geografia Física
A Geografia na obra Kantiana
Classificação das Ciências
Observação da Natureza

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
240
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
5
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

A Geografia em Kant

  1. 1. A Geografia em Immanuel Kant Vitor Vieira Vasconcelos Mestrando em Geografia – Tratamento da Informação Espacial Maio, 2008 Pontifícia Universidade Católica – MG Programa de Pós-graduação em Geografia Tratamento da Informação Espacial Evolução do Pensamento Geográfico
  2. 2. Sumário • Informações gerais • O Curso de Geografia Física • A Geografia na obra Kantiana – Classificação das Ciências – Observação da Natureza • Bibliografia
  3. 3. Immanuel Kant (1724 – 1804) • Nasceu e viveu em Konigsberg (Alemanha – Rússia a partir de 1945) • Filósofo • Professor de Filosofia, Geografia Física, Física, Lógica e Metafísica
  4. 4. Geografia Kantiana • Geografia como disciplina introdutória – Sumário da natureza – Propedêutica ao conhecimento do mundo – Utilidades: • Quadro geral do saber • Dados empíricos como base para os raciocínios das ciências • Conhecimento do mundo como uma arquitetônica unificada
  5. 5. Definições de Geografia • Descrição das coisas em termos de espaço • Ciência da diferenciação regional da crosta terrestre
  6. 6. Divisões da Geografia Física • Geografia Matemática • Geografia Moral • Geografia Política • Geografia Mercantil • Geografia Teológica
  7. 7. A Geografia Física Kantiana • 1ª parte – Águas – Terra – Atmosfera – Transformações da Terra • 2ª Parte – Exame da Terra – O Homem – Reinos • Animal • Vegetal • Mineral • 3ª Parte – Curiosidades naturais dos países
  8. 8. Principais Obras Filosóficas • Crítica da Razão Pura • Crítica da Razão Prática • Crítica da Faculdade do Juízo
  9. 9. Crítica da Razão Pura Objetos Exteriores (Númenon) Fenômenos (sensações do aparato perceptivo) Tempo Espaço Categorias Lógicas Conhecimento (nous) Intuições Puras:
  10. 10. Classificação das Ciências Objetos Exteriores (Númenon) Fenômenos (sensações do aparato perceptivo) Tempo Espaço Categorias Lógicas Conhecimento (nous) Ciências Especulativas Lógica Matemática Ciências Empíricas Física Geografia (descrição do espaço) História (descrição do tempo)
  11. 11. Classificação das Ciências • Ciências Específicas • Ciências de Síntese – Geografia: Fenômenos naturais – Antropologia: Estrutura humana
  12. 12. Observação da Natureza • Os passeios matinais e o trabalho filosófico • “A Arte de Passear” de Karl Gottlob Schelle • Obras de Kant – Observações sobre o Sentimento do Belo e do Sublime (1764) – Fundamentações Metafísicas da Ciência Natural (1781) – Crítica da Faculdade do Juízo (1790)
  13. 13. Crítica da Faculdade do Juízo • Observação da Natureza – Estética (Belo e Sublime) – Desenvolvimento das Ciências Naturais • Pressupostos do Juízo – Natureza como ordem e harmonia – Unidade na diversidade – Conceitos de Arquitetônica, Sistema, e Orgânico – Como se existisse um propósito maior na própria Natureza
  14. 14. Crítica da Faculdade do Juízo • Duplo método de investigação da Natureza Juízo Teleológico (Observação da Natureza) Determinismo Causal (Física)
  15. 15. Atualidade da Crítica da Faculdade do Juízo Kantiana na Geografia Geografia Sistêmica (Juízo Teleológico) Geografia Quantitativa (Determinismo Causal)
  16. 16. Bibliografia • KANT Emmanuel – Géographie – Traduction de Michèle Cohen-Halimi, Max Marcuzzi et Valérie Seroussi – Ed. Aubier, Paris, 1999 • KANT, Emmanuel. Crítica da Razão Pura. Trad. de J. Rodrigues de Merege. Rio de Janeiro, Ediouro, s/d. • KANT, I., Crítica da Faculdade do Juízo, trad. Marques, A./ Rohden, V., Lisboa, Imprensa Nacional, 1998 • SCHELLE, Karl Gottlob – A Arte de Passear – Trad. De Irene A. Paternot - Ed. Martins Fontes, São Paulo, 2001
  17. 17. Bibliografia • SANGUIN, André Louis – Redescobrir o Pensamento Geográfico de Kant – Traduzido e Adaptado por Oswaldo Bueno Amorim Filho – Annales de Géographie, nº 576, pages 134-151. Paris, Armand Colin, 1994 • DICKINSON, R. E.; Kant e a Geografia: uma síntese – in The Makers of Modern Geography. London, Routledge and Kegan Paul, 1978 • VITTE, Antônio Carlos – Da Metafísica da Natureza à Gênese da Geografia Morderna – em Contribuições à História e à Epistemologia da Geografia, Rio de Janeiro, Ed. Bertrand Brasil, 2007. • BROOK, Andrew - Kant’s View of the Mind and Consciousness of Self - Standford University, 2004. • PASCAL, Georges - O Pensamento de Kant - trad. Raimundo Vier - Petrópolis, Editora Vozes, 2001. • THOUAR, Denis (1965) - Kant - trad. Tessa Moura Lacerda - São Paulo: Estação Liberdade, 2004. • ALMEIDA, Aires de – Filosofia e Ciências da Natureza: alguns elementos históricos – Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Filosofia e Ciências Humanas, disponível em http://www.cfh.ufsc.br/~wfil/aires.htm, 24/06/2006.

×