Terapia Gênica

1.030 visualizações

Publicada em

Trabalho de Biologia

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.030
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
22
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Terapia Gênica

  1. 1. TERAPIA GÊNICA Karla Aparecida nº23 Vitória Caroline nº47 1ºB Professor Marco Antonio
  2. 2. O QUE É TERAPIA GÊNICA? Terapia Gênica é a transferência de material genético, tendo o propósito de prevenir ou curar uma enfermidade qualquer, principalmente as hereditárias. Existem dois tipos de terapia gênica: a GERMINAL, quando o gene é transferido para um espermatozoide ou óvulo que são células germinativas; e a SOMÁTICA quando o gene é transferido para uma célula qualquer.
  3. 3. AS ETAPAS DA TERAPIA GÊNICA A terapia gênica tem duas etapas:  O ISOLAMENTO DO GENE, quando se localiza o gene que contém a enfermidade e se retira a parte do DNA que contém ele através de técnicas de biologia molecular.  A TRANFERÊNCIA DO GENE, quando os vetores que são moléculas que contém DNA normal são colocadas no organismo, pode ocorrer de modo in vivo ou ex-vivo.
  4. 4. OS MODOS TRANSFERÊNCIA GÊNICA  IN VIVO: consiste em transferir o DNA diretamente para as células ou para os tecidos do paciente.  EX-VIVO: o DNA é primeiramente transferido para células isoladas de um organismo, previamente crescidas em laboratório. As células isoladas são assim modificadas e podem ser introduzidas no paciente. Este método é indireto e mais demorado, porém oferece a vantagem de uma eficiência melhor da transferência e a possibilidade de selecionar e ampliar as células modificadas antes da reintrodução.

×