Arquivo mental

377 visualizações

Publicada em

Publicada em: Espiritual
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
377
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Arquivo mental

  1. 1. Com que tipo deinformações você alimenta o seu arquivo mental?
  2. 2. Se ainda não haviapensado nisso, vale apena meditar sobre oassunto, pois é de suabagagem mental que depende a sua paz íntima.
  3. 3. Quando você abre o jornal,logo cedo, o que você costuma buscar primeiro? As boas notícias, a página policial, os esportes?Se chega a uma sala de espera e percebe sobre a mesa vários tipos de revistas, qual delas você escolhe?
  4. 4. Ao ligar a TV, que tipo de programação assiste? Ao navegar pela internet, quais os assuntos de sua preferência?Dos acontecimentos diários,das cenas que presencia, daspaisagens que vê, o que você costuma observar com mais atenção e guardar no seu arquivo mental?
  5. 5. Talvez isso lhe pareça semimportância, mas, na verdade, de tudoisso dependem as suas atitudes, as suas emoções, a sua vida. Como você é, o que pensa e sente, todas as suas reações dependem dasinformações que acumula no dia-a-dia.
  6. 6.  Se costuma guardar sempre a parte boa, positiva, nobre, quando alguma situação lhetoma de assalto, irá agir com lucidez, tranqüilidade e nobreza.  Mas, se ao contrário,procura alimentar sua mente com as desgraças, os fatosnegativos, os desequilíbrios e as desarmonias humanas, terá uma reação correspondente ao seu ambiente mental.
  7. 7. Assim, se desejamanter, em qualquersituação, a harmonia íntima, é saudável buscar alimentaçãocondizente com seus propósitos.
  8. 8. Quando abrir o jornal, busque alguma coisa que lhe ofereça leitura agradável, sadia. Se você pode escolher entrevárias revistas, opte por aquela que lhe possibilite reflexões nobres, que lhe enriqueça os conhecimentos acerca da vida
  9. 9. Se tem tempo paranavegar pela internet, nãose detenha nas páginas deteor deprimente ouconteúdo duvidoso. Nãofaça de seus arquivosmentais uma lixeira.Busque deter-se nasmelhores imagens quecompõem a paisagem poronde passa
  10. 10. Pense que osproblemas existem, queas misérias humanas sãouma realidade, que osfatos deprimentespoluem a Terra.Mas consideretambém que, se vocênão pode mudar umasituação, não há motivopara carregá-la em seuarquivo mental.
  11. 11. Por essa razão,busque sempre amelhor parte.Ao levantar-se pelamanhã, olhe a sua voltao que tem de melhor.Observe o amanhecer,as cores que a naturezatraz, as paisagens que odia lhe oferece.
  12. 12. Contemple a lua, mesmo sabendo que sob oluar existe a violência, a injustiça, a dor...Admire o pôr do sol, ainda que tema os perigosque surgem com a escuridão.
  13. 13. Observe com atenção o inverno, mesmo que a paisagem não lhe pareça agradável, pois é a vida que dorme para surgir, ainda mais exuberante, com a primavera. Detenha-se um pouco para observar osorriso de uma criança, mesmo que o descaso com a infância seja uma realidade
  14. 14. Agindo assim, ao final de cada dia vocêterá uma boa razão para agradecer pelas oportunidades vividas.
  15. 15. A sua vida íntima é alimentada,basicamente, por tudo aquilo que vocêmais valoriza.Assim, se deseja nutrir a esperança,alimente a sua intimidade com osvalores nobres.
  16. 16. E, se você quer construir apaz, enalteça-a com alimento correspondente, escolhendosempre a parte boa de tudo o que o rodeia.
  17. 17. Texto da Equipe de Redação doMomento Espírita, inspirado empalestra proferida por Maurício Silva, na Sociedade Espírita Renovação, Curitiba-PR
  18. 18. Formatado por: Virginia Scalia viscalia@hotmail.comwww.almaseespiritos.blogspot.com

×