animesyukinotenshi angel beats! track zero- cap.3

161 visualizações

Publicada em

créditos totais pela traducao para LNP
lightnovelrproject.com.br

Publicada em: Diversão e humor
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
161
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
9
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

animesyukinotenshi angel beats! track zero- cap.3

  1. 1. 1 Light Novel Project Capítulo 3: Fusão "Espere, espere um minuto! Nós vamos conhecer o seu amigo, Hinata?" Na manhã seguinte, no início da primeira turma, peguei a mão do Ooyama, e entrei no corredor silencioso. "Sim, nós vamos, e daí?" Esta minha resposta foi como uma mistura de frases de efeito da Yurippe. Droga, eu provavelmente já estou com a lavagem cerebral completa. "Isso é muito violento! Sem chance, sem chance, sem chance! Me esqueça!" "Você sabe alguma coisa sobre este mundo? Nossos corpos não podem ser mortos." "Mesmo assim, se eu vou ter meus olhos furados por hashis, ser baleado por uma arma, ou qualquer outra coisa, eu não quero ter nada a ver com essa gente!" "Você é um ser humano? Então é impossível para você evitar ser envolvido neste processo. Sinto muito." "Salve-me ----!" Eu o arrastei. ~~~ “Quem é este garoto?” Yurippe me perguntou depois que ela olhou para Ooyama. "Ele é um aliado que eu encontrei. Meu colega é um humano." "É isso mesmo? Bem, ter medo nesta medida realmente não é normal. Ele definitivamente é humano, então." Ooyama, agachado no chão, tremia como um cervo recém-nascido.
  2. 2. 2 Light Novel Project "Ele é realmente muito medroso, que lamentável... Ele deve estar tendo flashbacks de memórias de sua morte. Ele acabou de chegar aqui...?" "Na verdade, é um pouco difícil para eu dizer, mas..." “O que é isso?" "Ele tem medo de você." Após um movimento de kung fu em um piscar de olhos. "Você está brincando?" "Não, estou falando sério." "Ei, ei?! Me encarar realmente destrói as pessoas? Esse tremor não é como quando se precisa de uma ida ao banheiro! O que é preciso para fazer uma pessoa ficar assim?!" "Tudo que fiz foi dizer a ele tudo o que aconteceu em detalhes." "Huhh --------?!" "Não, hum, eu posso ter exagerado um pouquinho..." Bam! Um punho aterrou no centro do meu estômago. "Isso é tudo culpa sua..." Yurippe passou por cima do meu corpo caído, e caminhou até o Ooyama agachado. "Eu não sei que baboseira idiota ele colocou na sua cabeça, mas relaxe. Eu sou sua aliada." "---- Wahhhhhhhh!" Ooyama cobriu os olhos com as mãos, e tentou rolar para longe dela. Yurippe me deu um olhar feio. Está acabado... Bem, eu já estava caído no chão de qualquer maneira.
  3. 3. 3 Light Novel Project Yurippe, centímetro por centímetro se aproximou de mim. Será que ela vai bater no meu corpo? Yurippe agarrou a lapela do meu uniforme e me levantou... Bam! "Uwah! --- Hinata!" A última coisa que ouvi foi o choro de tristeza do Ooyama. ~~~ Um teto branco. "Ei, seu colega fugiu." "... É claro!" Eu pulei da cama e levantei. "Por quê?" ela perguntou com uma voz fraca. "Vendo seu companheiro de quarto ser chutado do telhado!" "Mas eu já disse que você não vai morrer." Mais uma vez, ela posou sua mão e riu. "Não me diga isso." "Eu sei, basta ir encontrá-lo e dizer: ‘Olha, eu estou perfeitamente bem, neste mundo você não pode morrer.’ Por que não dizer: ‘meu corpo sente-se ainda mais relaxado e confortável, eu me sinto revigorado!’" "Eu acho que com esse tipo de conversa, o trauma mental dele será incurável mesmo com a ajuda de medicamentos..." "De quê?" "Seu caráter aterrorizador."
  4. 4. 4 Light Novel Project "Huh? Minha natureza aterrorizante? O que é isso? Mas eu sou tão gentil e legal. Eu não te transformei em meu aliado em nossa vingança contra Deus assim?" Ugh... Definitivamente está faltando alguma coisa dentro dela... Além de seu objetivo imediato, ela era completamente cega. Os detalhes que deveriam preocupá-la foram completamente expulsos da sua mente, realmente... Mas, qual é a melhor forma de explicar isso... Se isso fosse um diálogo de um jogo, eu teria que escolher uma opção aqui. - Dar uma explicação para Yurippe. - Faça o que Yurippe quer. - Secretamente dê um abraço apertado em Yurippe. ... Ignore o último! Sem chance, sem chance, sem chance! Nesse caso, há duas escolhas... Devo tentar explicar a Yurippe, ou eu deveria apenas ir junto com ela... Mas se isto continuar, Ooyama ficará muito aterrorizado. Neste mundo, até agora, ele sempre esteve sozinho. "O que você está fazendo? Se você pode se levantar, ande logo e o encontre", A nossa ditadora falou com urgência. “Vixi, Yurippe.” "O quê?" ... Essa cara que ela está fazendo não é do meu agrado. É como uma cobra olhando para um sapo. "Você..." Eu disse, evitando o contato visual. "Com este tipo de conversa, ninguém vai querer segui-la."
  5. 5. 5 Light Novel Project "O quê? Você vai pregar para mim agora?" Naquele instante, seu tom mudou. Uh oh... Ela estava completamente enfurecida por essa última afirmação... Mas eu não posso recuar agora. Eu mais uma vez, olhei nos olhos do Yurippe. "A vingança contra Deus. Eu sei que é o ponto mais importante. Mas pense sobre o método. Uma pessoa definitivamente não é o suficiente. O menino no escritório do diretor era assim. Portanto, é essencial recolher aliados". "Mas não estamos procurando eles?" "Bem, você... você é muito rude. Não há nenhuma boa maneira de colocar isso, você é muito áspera, muito áspera." "Bem, como esta é a vida após a morte, o que há de errado com isso?" "Eu só disse que, com esse tipo de conversa, ninguém vai querer segui-la!" "E eu disse, eu não me importo se eu estou sozinha!" Não... Isso eu posso acreditar. Uma pessoa não irá conseguir. O que eu estou dizendo a esta garota é necessário. Sem mim ao seu lado, ela não será capaz de realizar qualquer coisa. Não importa onde, é sempre apenas por meio de cobrança, não importa qual mão, ela sempre vai agitar pra longe. "Yurippe, você... Você não é tão capaz quanto você pensa que é." "Eu não posso acreditar que estou sendo chamado de idiota por um idiota!" "Sim, é assim que é. Você não pode fazer nada se você agir sozinha. Então aliados são essenciais. Do jeito que está agora, é impossível. Aliados não irão acompanhá-la. Você não está pensando em nada, somente no seu próprio objetivo, mas agora você deve considerar como reunir alguns aliados."
  6. 6. 6 Light Novel Project "... Ei" "O quê?" "Podemos nos separar agora?" "Não." "Eu disse que não quero mais ser sua parceira. Você entendeu?" "De jeito nenhum. Decidi segui-la para sempre." “Perseguidor?” "Vá em frente e pense o que quiser." "Mas eu não estou bem com isso." “Então continuar seguindo as pessoas quando são odiados é o que os torna perseguidores, certo?” "Eu não disse, que eu não queria ter pervertidos como este perto de mim...?" Yurippe me olhou com desprezo. Esta era realmente a primeira vez que eu ganho esse tipo de olhar dela. Ou seja, ela estava falando sério. O fundo do meu estômago sentiu como se estivesse sendo esmagado. Eu... Estava apenas falando a verdade, certo? Posso acreditar em mim mesmo? Mesmo que eu esteja realmente sendo odiado por ela... Está tudo bem comigo. Eu inconscientemente pensei dessa forma. ~~~ "Yo Ooyama."
  7. 7. 7 Light Novel Project Encontrei-o sentado na rede de um campo de tênis abandonado. Ele estava olhando para o espaço, então eu lhe dei um tapinha no ombro. "Whoa Hinata!" Ooyama saltou de surpresa da rede. "Você está bem?!" "Eu estou totalmente bem, afinal, eu já estava morto. Neste mundo, não importa o quão grave é a lesão, você sempre dará a volta por cima". "Você está morto também, Hinata... Como é triste...” "Você sabe, você é um cara muito legal." Comecei a pensar muito cuidadosamente. Antes, eu achava que ele não era um ser humano, então ele me deixou bastante desconfortável. Mas, pensando em suas conversas anteriores comigo, eu só poderia interpretá-lo agora do ponto de vista humano. "Não, não, não me lisonjeie. Você é o cara legal, Hinata, você sacrificou sua vida para me deixar escapar... Espere, você ainda é amigo daquela pessoa, isso é verdadeiramente impressionante." "Não, infelizmente não somos mais amigos". "Huh? Você e ela tiveram uma briga?" "Em vez de dizer que tivemos uma briga, seria melhor dizer que ela me descartou..." "Ah. É por isso que você está com esse rosto triste." Então, o quê...? Não é exatamente como dizer a alguém como sua vida amorosa falhou? "Tenho certeza que vocês vão se reconciliar depois de um tempo". Este maldito não tem o direito de me confortar. "Eu... agora eu estou totalmente sozinho de novo..."
  8. 8. 8 Light Novel Project Voltando para a situação em que estava quando cheguei a este mundo. "Mas você ainda não tem a mim?" "Certo, eu tenho... Desculpe, eu esqueci." "Estou bem na sua frente, isso é imperdoável!" Dizendo isto, Ooyama era a própria imagem do riso. Que fofo. No entanto, qual é o meu objetivo de agora em diante? O que devo fazer neste mundo? Continuando esta linha de pensamento, há algo que eu tenho que fazer. Isto é, naturalmente, arrumar meus pensamentos. Se eu concluir esta tarefa, então eu poderei deixar este mundo, e ser reencarnado. Foi o que Yurippe disse. Isso realmente é verdade? Se for esse o caso, eu não deveria colocar meu corpo e alma nesta tarefa? Mas eu não estava muito claro quanto ao método. Neste momento, de repente eu pensei em algo. Não há um anjo? Se ela é um emissário de Deus, então deve ser o seu dever proteger os propósitos deste mundo, certo? Se eu apenas for perguntá-la, vai ficar tudo bem. "Ooyama, o que você vai fazer agora?" "Bem, vendo que você já está bem, vou voltar para o dormitório para dormir. Vai vir também Hinata?" "Eu não me refiro apenas hoje e amanhã, eu estou perguntando sobre seus planos para o futuro, começando agora." "Eu acho que eu vou continuar indo para a aula como de costume."
  9. 9. 9 Light Novel Project "É assim que você vai endireitar seus sentimentos?" "Fisiologia dos sentimentos? Tem uma fisiologia também?" “Não é a fisiologia, é endireitar-se como limpar e deixar claro.” "Cara, que erro constrangedor." "Se alguém quisesse escrever sua biografia, jamais poderia fazê-la como um escritor profissional." "O que é isso? Tirando sarro de mim?" "Eu estou apenas dizendo a verdade. Não, provavelmente o oposto. É muito falso. Não, isso ainda não é certo. Ei, Ooyama, que tipo de personagem você é?" "Não me faça perguntas incompreensíveis tão sinceramente..." "Haha, isso não é má reação." "Por outro lado, lidar com você me confunde me confunde completamente..." "Então, de volta ao assunto, como está endireitando seus sentimentos? Fazendo algum progresso?" "O que é isso? Acho que eu não entendo muito bem..." "Cara, você realmente não sabe nada, não é." Eu então disse a ele o que eu tinha aprendido com Yurippe. O que eu peguei dela era autoevidente. "Então, este mundo existe para essa finalidade! Eu não tinha ideia!" Ele ficou tão surpreso quanto eu pensei que ele ficaria. "Endireitar o fundo no meu coração, hein. Eu nunca pensei sobre esse tipo de coisa antes." "Agora que você mencionou, sua vida é complicada o bastante para precisar de qualquer retificação?"
  10. 10. 10 Light Novel Project Eu perguntei bruscamente, sem pensar. Mas Ooyama, neste momento... "Endireitar...", Ah... Heh Ele riu olhando ao longe. "Espere um segundo! Você está jogando com um personagem como este?! Pegue leve! Onde foi o verdadeiro Ooyama?! Me devolva o Ooyama, seu maldito ----!" "Eu -- não -- sei -- do -- que -- você -- está -- falando -- Hinata ---" Eu desesperadamente o sacudi pelos ombros, e não conseguia ouvir o que ele estava dizendo. "Em resumo, primeiro acalme-se, Hinata." "Eu nunca pensei que o dia em que você diria isso chegaria... Mas, o que você estava rindo e olhando agora?" "Mesmo alguém como eu, vai ficar assim, quando refletir sobre sua vida." "Realmente..." Então até esse cara experimentou uma vida confusa enquanto estava vivo. "Arrumar os sentimentos, hein. Eu nem mesmo tenho vontade de fazer isso." "Por quê?" "Viver foi apenas se encher de sofrimento, não foi?" "É isso mesmo..." Fiz a mim mesmo essa pergunta. “Então Hinata, por que não se prepara para alcançar seu objetivo?” “Eu? Não se importe comigo. Meu trabalho... bem... que seja...” "Então meus assuntos também não importam."
  11. 11. 11 Light Novel Project "Isso não é bom." "Por que não?" "Essa é minha natureza. Eu não vou deixar as pessoas que se envolveram comigo agirem como se isso não importasse. Estou preocupado com você. Especialmente porque você é geralmente tão despreocupado, mas agora você parece estar levando algumas emoções fortes ao redor." "Você realmente é como o protagonista de um jogo, Hinata." "O que é isso?" "Tentando resolver os problemas de todos por si mesmo. Se eu tivesse esse tipo de amigo... Teria sido demais." "Você tem um agora." "... Hein?" "Não somos amigos? " "Haha... realmente sinto com se estivesse entrado no mundo do jogo. Hinata é o personagem principal, e eu sou o problemático... Aldeão ‘A’, certo?" "Idiota, devemos ser aliados. Somos uma equipe, exploraremos este mundo juntos." "De que classe eu sou? Monge?” "Lá vai você pegar essa classe ordinária. Um cavaleiro não é bom? Entrar de cabeça na batalha não é mais legal?" "Nah, a técnica ‘Decapitação dos Cem Homens’ já é de outra pessoa, concedida não se encaixa exatamente, mas parece que nada é mais adequado." "Um cavaleiro com a técnica 'Decapitação dos Cem Homens’? De quem está falando?" "’Homem dos Cem Chutes'? Ou talvez apenas ‘Cem Chutes'? Em suma, um cavaleiro muito valente e poderoso." ...
  12. 12. 12 Light Novel Project "Com certeza aquela garota está na equipe também, né?" ... "Embora ela seja atormentada por algumas preocupações muito sérias e, às vezes, ela vá arruinar a atmosfera amigável... mesmo assim, você ainda vai ficar com ela, né Hinata? Vocês ainda vão continuar a explorar lentamente o mundo juntos a partir de agora, certo?" ... "Ela definitivamente está sozinha agora." ... "Ela ainda é sua aliada, certo?" ... "... Claro que sim." Soltei um longo suspiro quando eu respondi. Extremamente sério, mas também muito natural. Sim. Não posso deixar de persegui-la. Aquela garota é uma pessoa muito solitária. Se eu não estiver lá por ela então... Mas será que ela vai se aproximar e segurar mais a minha mão...? "Ei você monge Ooyama. Pode aumentar minha defesa com algumas magias...? Algo com o qual não vou me render não importa o quanto eu seja repreendido ou o tipo de violência que vou enfrentar?" "Haha, parece exatamente o que você precisa! OK, Cura Mágica! Com isto vai ficar bem!" Ooyama levantou o braço e formou um punho, e apontou o dedo para o céu ensolarado, sem nuvens.
  13. 13. 13 Light Novel Project "Apesar de que pareceu apenas uma magia de recuperação, obrigado, de qualquer forma!" Eu também levantei o dedo, e comecei a voltar. Fui encontrá-la, Yurippe, o mais poderoso aliado. Corri às escadarias para o terraço. O céu claro se abriu diante de mim. Mas ninguém estava lá. "... Yurippe". Eu disse seu nome levemente, depois voltei para os meus sentidos. Tive que procurar todos os cantos da escola. Aquela garota definitivamente não se desbotou deste mundo. Essa garota animada. Ela definitivamente está em algum lugar fazendo um motim e causando problemas. Encontrá-la será tão fácil como escolher uma bonita e brilhante esfera de vidro em uma praia de areia. ~~~ Eu estava correndo pelo prédio da escola. "Hahaha". Na verdade, eu ri. Eu tinha ouvido um barulho alto. E em seu centro, é claro, não era outra senão a voz abusiva de Yurippe que eu tinha me acostumado a ouvir.
  14. 14. 14 Light Novel Project Assim que corria para a sala de aula tumultuada, vi uma multidão de pessoas cercando Yurippe, que estava montada nas costas de alguém como um cavalo. A pessoa abaixo dela era a presidente do conselho estudantil. "Então se apresse, e responda. Neste mundo, onde está o segredo da conspiração secreta? De onde estamos sendo observados?" "Eu não sei.” "Se você não disser, eu não vou sair, e este problema não vai acabar." "Isso não é o que vai acontecer." "O quê, você vai me esfaquear com aquela sua lâmina?! O quê, você acha que esse tipo de repressão violenta vai resolver?" "Você não deveria estar se perguntando isso?" “Quer provar o sabor da morte...?” Yurippe agarrou a cabeça da presidente com ambas as mãos. Ela era completamente.... Foi porque eu deixei o seu lado? Era isso o que a definia? Bem, agora não era o momento de pensar nisso. Eu tinha que pará-la. Eu me afastei da multidão e entrei no círculo. Mas quando eu estava prestes a alcançá- la com as minhas mãos, ela foi arrastada. Um professor muito resistente levantou Yurippe com ambas as mãos por trás. "Não fique no meu caminho, eu estou falando com essa vadia agora!" "Tudo que eu vejo é algum assédio moral e maus tratos." "Ela não é um ser humano! Ela é um anjo com poderes especiais! Você não vê que se eu não fizer isso, nós não iremos igualar os níveis?"
  15. 15. 15 Light Novel Project "O que você está dizendo não faz sentido... Você pode explicar tudo isso no escritório da orientação de estudantes, mas agora, é melhor você se comportar." De repente ouvi o som de alguma coisa quebrar. "Sua maldita..." Com a cabeça de Yurippe pendurada para baixo... Ela levantou a cabeça de novo com uma energia incrível. "VOCÊ ACHA QUE EU POSSO SIMPLESMENTE ME COMPORTAR AGORA, SEU IDIOTA --- ?! QUE TIPO DE ORIENTAÇÃO EU PODERIA RECEBER DE BASTARDOS DESUMANOS, IDIOTA ----- ? VOCÊ ENTENDEU MINHAS EMOÇÕES, ESTÚPIDO ----?! Eu fui modelada por este ambiente que transforma as pessoas altamente capazes em anormais e irracionais, você pode entender isso, seu idiota ---? ME SOLTE, --- EI! DESAPAREÇA, CAIA FORA, SUMA DA MINHA FRENTE, ---- AHHHHHHH! " Yurippe cuspia como se estivesse amaldiçoada. Mas, mesmo confrontado com isto, o professor continuava a restringir o corpo de Yurippe. No entanto, a fusão do coração gelado de Yurippe tinha acendido dentro de mim uma chama ardente. Meu corpo começou a se mover por conta própria. Pow! Meu soco vertical se conectou diretamente com a mandíbula do professor. Seu corpo caiu no chão. Com toda minha força eu abracei Yurippe para fazê-la parar. "O que você está fazendo, por que você apareceu de novo, seu perseguidor!" Yurippe se contorceu para tentar escapar. "Eu não sou assim." "O quê?" "Eu entendo o que você está tentando dizer, eu entendo seus sentimentos."
  16. 16. 16 Light Novel Project "Bastardo, não me simplifique! Ahhh!" Bam! Eu absorvi uma cabeçada. Este golpe foi tão forte que eu quase apaguei por um instante. Mas não foi eficaz. Eu tinha a magia de cura do Ooyama! "Vai ficar tudo bem. Eu sou seu aliado. Eu não vou deixar você ficar sozinha." "Quem diabos você pensa que é? AHHH!" Pow! Eu fui golpeado na cara. Uma substância espessa e pegajosa, mas quente, escorreu do meu nariz. Era sangue. Não só tinha coberto toda a minha mandíbula e a garganta, mas provavelmente o meu nariz também estava quebrado. Mas, se eu não tivesse a magia de cura do Ooyama, eu tenho certeza que minha cara já estaria côncava. Seu poder de ataque já reduziu esse tanto. "Vai ficar tudo bem." Eu solto o corpo de Yurippe. Então a olho e deixo sair um sorriso furtivo do meu rosto. "Primeiro se preocupe com seu próprio corpo, idiota---!" Desta vez foi um uppercut. Sangue voou do meu nariz. Ha, eu ainda estou segurando a minha consciência. Se eu desmaiar, Yurippe estaria sozinha novamente. Eu não quero ver isso acontecer de novo. Esse é o jeito que eu sou, e não é assim que você é?
  17. 17. 17 Light Novel Project Então, você pode me bater tanto quanto gostaria. O número de vezes que eu fui atingido, diz que eu ainda estou bem. Eu mantive esse sorriso sem graça no meu rosto ensanguentado. "O que é isto?! Você acha que você é legal?! Você é péssimo, você é um merda! Não há ninguém neste mundo que é mais porcaria do que você!" O punho de Yurippe também foi tão coberto de sangue que foi tingido de vermelho. Mas ela ainda usou esse punho para golpear meu estômago quando ela gritou. "É hora de você deixá-lo ir." O punho de Yurippe foi segurado. Pela presidente. “... Deixar ele ir? O quê? " Yurippe perguntou molemente, tal como o seu ímpeto, que de repente tinha enfraquecido. "Com o quê está tão furiosa? Descarregando sua raiva sobre os outros seres humanos como você, é uma coisa muito cruel de se fazer. Você vai apenas causar problemas para ele." Em seguida, a presidente se voltou para a minha cara patética. "Desculpe por isso, deixei você ser o meu bode expiatório". "Não foi nada..." "O que você está falando? Eu com raiva? Isso não é possível. Como eu poderia expressar esse tipo de emoção ou atitude em sua frente?" "Por quê?" "Porque eu sou a capitã." "De quê?”
  18. 18. 18 Light Novel Project "Das tropas que estão se rebelando contra Deus." "Existe algo assim?" "Sim. Além disso, você acaba de admitir sem querer admitir que é uma peça deste mundo." "Quando?" "Não foi você que simplesmente explicou o significado do meu comportamento neste mundo?" "Isto é o que você está chamando de provas?" "Isso é algo que nenhum deles jamais poderia fazer" Yurippe disse enquanto observava a multidão, que de repente ficou muito maior. "Esses aldeões artificiais nunca poderiam falar sobre as configurações deste mundo. Esta é uma configuração de alto nível, da qual só uma existência como você pode falar." "O que você está dizendo parece interessante." "Então, você não vai rir de mim?" "..." "Não consegue? Então, você não é humana". "Você está cometendo um mal-entendido." "Diga alguma coisa então, Anjo." "Anjo?" Yurippe atingiu levemente meu estômago. Mas neste ponto, foi mais do que eu poderia aguentar. Eu cambaleei e soltei Yurippe. Yurippe em seguida, levantou-se na minha frente. "Por este meio nós vamos dobrar o Anjo. Vamos, Hinata."
  19. 19. 19 Light Novel Project "Hum, nn ...." "Eu definitivamente vou desentocar Deus de você." Yurippe foi na minha frente para sair e a multidão se afastou para ela. Para o guerreiro mais forte. Segui Yurippe para o corredor, onde Ooyama estava esperando. Quando ele viu o estado em que eu estava, Ooyama ficou agitado. "Ahhhhhhhh, isso é terrível! Mágica, Escudo Místico!" "Esse realmente é o momento certo de usar algo assim...?" "No entanto, parece que vocês se reconciliaram facilmente. Isso é ótimo!" "Reconciliados? O quê?" Yurippe se dirigiu a Ooyama com essa frase 100% natural e inocente. "Huh? Vocês dois não tiveram um desentendimento?" "Eh ----, qual é o seu nome?" "... Ooyama" "Ooyama, eu sinto muito por você estar assustado, mas aquilo foi um ato encenado para atraí-lo pra fora." "Isso é besteira, né?" Sim, besteira. "É porque não havia nenhuma maneira de recrutá-lo nessas circunstâncias. Você tem sido atraído por essa pessoa, né?" "Isto... talvez pode ser..." "Está certo. Ou seja, tudo tem corrido de acordo com meu plano." Yurippe cruzou os braços enquanto dizia isso com orgulho.
  20. 20. 20 Light Novel Project Pô, ela realmente está perdida em sua felicidade. "Essa é a situação, por isso você deve se juntar a nós, sinceramente, digno Ooyama." Sob estas circunstâncias, eu comecei a jogar junto com ela também. "Ei, você não pode recusar um convite do personagem principal." "O que você está dizendo? Não sou a capitã aqui? Então, não se supõe que você deva obedecer minhas ordens?" "Por que eu tenho a sensação que vou morrer em nossa primeira batalha...” "Ahaha, eu já não disse que você não pode morrer neste mundo!?" Isso se parecia com o riso de costume Yurippe, e por um momento me senti um pouco assustado. Além do recrutamento de Ooyama... Algo mais, nada mudou? Que diabos foi a chama que havia engolido meu coração? Não me diga que até mesmo eu fui enganado... De modo algum certo? Não, não. Eu deveria apenas acreditar nisso. Caso contrário, não há maneira de tornar a festa para este capitão. "Então, qual é o seu nome?" Ooyama perguntou. "Yuri". "Mas os seus aliados deram um apelido amigável de ‘Yurippe’”. Eu adicionei. "Eu te disse para não agir por conta própria." "Yurippe, hein? É um nome muito charmoso. Hm, vou chamá-la de Yurippe também." "Ugh..." Este é o meu pequeno contra-ataque.
  21. 21. 21 Light Novel Project Qual é o problema, teve uma dor de cabeça? ~~~ "Huh? Se rebelando contra Deus?" ---- Pah! "Sim, Ooyama, quando você se juntou a nós, você também ganhou esse privilégio!" ---- Pah! "Mas, isso não vai incitar um contra-ataque?! Vou mesmo ficar bem se eu fizer isso?" ---- Pah! "Como poderia haver contra-ataque? Se Ele fizesse esse tipo de coisa para fazer as pessoas servi-Lo, seria muito estranho! O que Ele seria então?!" ---- Pah! "Ele não é nosso criador?" ---- Pah! "Se nós nascemos neste mundo só para Ele, para Ele dar e receber e brincar com a gente, então isso não seria ainda mais estranho? Temos de denunciar essa conduta não tão razoável, com o nosso próprio poder!" ---- Pah! "Então é assim que é! Ah!" A bola voou para fora da ponta da raquete de Ooyama. "15-0” Os dois estavam jogando tênis, e eu era o árbitro. Por quê? Por que as coisas estavam nesse estado?
  22. 22. 22 Light Novel Project De acordo com Yurippe, exercitar o corpo é uma parte muito importante de se preparar para a batalha contra Deus, mas, neste mundo onde o nosso corpo não pode morrer, eu acho que é questionável se a nossa aptidão e força realmente poderiam ser melhorados. Eu aposto que este era apenas um jeito de Yurippe liberar algum vapor. No entanto, o fato é que a considerável distância torna difícil a inevitável conversa. "Então ----, como realmente vai fazer isso ----?" Olha, Ooyama tem de gritar. "Com relação a esse ponto..." Por outro lado, Yurippe deixa a bola e raquete quicarem algumas vezes, em seguida, jogou a bola para o céu. "Destruir a ordem neste mundo que o Anjo está protegendo!" Yurippe de repente virou a raquete e serviu. -------- Pow! A bola saiu voando para fora. "Uau, que força bruta!" "Não, isso não é." Yurippe respondeu, em seguida, jogou sua raquete. "A peça final do xadrez veio aqui por conta própria." Ela disse enquanto se virava para o lado. Não, não para o lado, mas realmente olhando para um ponto específico. Desde quando aquele homem está parado ali? "Estou começando a me interessar. Vocês com certeza são um grupo intrigante, huh?"
  23. 23. 23 Light Novel Project Ele era Aquele homem. O aluno que, sozinho, pegou o diretor de refém e barricou-se no escritório do diretor. "Se você não quer que sua cabeça saia voando como a bola de tênis fez, você deveria se comportar e obedecer minhas ordens." O homem soltou uma risada maligna e apontou uma arma diretamente para Yurippe. "É uma coisa interessante, essa que você está segurando. Já não foi destruída?" "Não pergunte algo desnecessário." O mistério não para por aí. A arma estava carregada com balas. Onde é que ele consegue essas coisas? "Uh, oh... não... o que devemos fazer?" A voz de Ooyama tremeu. "Que tal você parar de posar como se estivesse prestes a receber um saque?" "Hmm, desculpe... estou tenso demais para fazer isso ..." Ooyama continuou naquela posição, como se fosse conter a arma do homem com um golpe de raquete. Ai cara... Deixei escapar um suspiro. Que caminho nosso grupo vai tomar agora? Eu segurei o placar e ergui a cabeça. O céu ainda estava ensolarado e azul.

×