Sistemas Econômicos

5.226 visualizações

Publicada em

0 comentários
5 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.226
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
0
Comentários
0
Gostaram
5
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Sistemas Econômicos

  1. 1. AULA DE ECONOMIASISTEMAS ECONÔMICOS
  2. 2. A expressão sistema econômico pode serdividida em 2 significados:• O conjunto de atividades econômicas de umadeterminada comunidade de pessoas, como umpaís, estado e etc.• Um conjunto orgânico de instituições, peloqual a sociedade irá enfrentar os seusPROBLEMAS econômicos.
  3. 3. Os PROBLEMAS ECONÔMICOS estãototalmente relacionados com a já conhecidaescassez de recursos naturais, e que exigem umprocesso consistente e concatenado deDECISÕES (planejamento) quanto ao seuemprego.Em síntese o Sistema Econômico serve paraorientar aos produtores de bens econômicospara que estes administrem seus negócios,empregando recursos com um mínimo deproficiência, evitando o menor desperdíciopossível.
  4. 4. Não faria o menor sentido alguém se dedicar aproduzir um bem econômico em demasiadaescala, uma vez que sua aceitação é mínima.Isso equivaleria a um enorme desperdício derecursos naturais raros, os quais podem serusados em outras necessidades humanas.É necessário antes de começar a produção dequalquer bem, e até mesmo aqueles que jáproduzem, adotarem um sistema econômico,por exemplo realizando um pesquisa demercado.
  5. 5. O produtor sempre deverá estar atento em primeiroplano, sobre “O QUE PRODUZIR”. Isso é crucial naescala econômica de produção.Outro fator não menos importante, que o produtortambém levar em consideração é o de “COMOPRODUZIR”.Este problema, claramente não é técnico, mas simeconômico.Ex: a Agronomia, a Engenharia, a Medicina,certamente explorarão os seus métodos de cultivo,produção ou cura. A ECONOMIA indicará ossocialmente racionais.
  6. 6. Por fim, materializada a produção, énecessário se pensar como ela serádistribuída entre os membros da sociedadede consumo.Resumindo, o produtor deve também levarem consideração “PRA QUEM PRODUZIR”.Portanto são 3 os chamados problemaseconômicos. Destaca-se que estesproblemas existem desde as sociedadesmais primitivas, até as mais modernas da erapós industrial.
  7. 7. •O que produzir?•Como produzir?•Pra quem produzir?Tais problemas econômicos somenteserão passíveis de serem administrados,se forem adotados alguns critériosbásicos.Existem três:
  8. 8. •O sistema da TRADIÇÃO;•O sistema da AUTORIDADE;•O sistema da AUTONOMIA.
  9. 9. SISTEMA DA TRADIÇÃOA tradição pode ser vista como umareiteração dos padrões comportamentaisimemoriais estabelecidos.São formas de agir, usos e costumes quetendem a ser manter imutáveis no seio dasociedade.A tradição significa entrega. É empregada emvárias legislações. Exs. arts. 490, 492 e 493do Código Civil.
  10. 10. Passamos agora a análise dos 3 problemaseconômicos enfrentados pela sociedade,dentro do processo de produção: o que, comoe para quem produzir.O QUE PRODUZIR? – Dentro dos moldes destesistema tradicional, é uma forma de seguir ospadrões de costume de uma sociedadetradicional.Seriam: alimentos, roupas, utensílios, armas,objetos de culto, serviços e etc., mas quereiterem os padrões tradicionais de umasociedade nestes moldes.
  11. 11. COMO PRODUZIR? – Cabe lembrar que um dosrequisitos uma sociedade tradicional é oestamento, ou seja, elas são compostas pordiferentes segmentos sociais.Os métodos de produção do sistema tradicional,vão empregar os mesmos métodos adotadospelos antecessores de quem vai produzir, ouseja, foram passados à eles por seus parentes,membros de uma empresa tradicional ou deordem religiosa.
  12. 12. PARA QUEM PRODUZIR? – Conforme visto o estamentoé muito importante para o sistema tradicional.A profissão, o tipo de trabalho, a forma de exercê-lo,não tem padrões apenas econômicos, sãodeterminantes para a posição social que cada indivíduopertence dentro de uma sociedade.Haverá por exemplo os sacerdotes, os militares, osexecutivos, os políticos.Cada um destes, dentro de sua hierarquia, fará jus a umtipo de produção diferente, dependendo de seu statusdentro de seu grupo.
  13. 13. O SISTEMA DA AUTORIDADEA característica principal do sistema de autoridade vema ser a coincidência dos planos políticos eeconômicos.Todas as decisões são tomadas pelo poder político enele centralizadas. Outro nome que pode receber osistema de autoridade é o de sistema centralizado.A primeira consequência da produção dentro dosistema de autoridade, se dá um função de que os bensou serviços prestados atenderão a uma coletividade depessoas.
  14. 14. O QUE PRODUZIR? – Vai depender do plano econômicotraçado pelo Poder Estatal. Da arrecadação de receitas edespesas.Sempre serão produzidos para interesse social e bemcomum da população.Poderá ser determinado pelo governo, o aumento daprodução agrícola – isto poderá acarretar outros fatoresde produção, por exemplo, as máquinas e ferramentasagrícolas, fertilizantes, corretivos de solo, fungicidas.Geralmente são realizadas obras como estradas,viadutos, hospitais públicos, praças, ruas, pontesveículos, armazéns para escoamento da produção, e etc.
  15. 15. COMO PRODUZIR? – Tudo isso, logicamente dependerádo plano econômico.As formas e técnicas de produção certamenteintegrarão o plano.Elas podem variar de acordo com cada planoeconômico determinado por cada governo.PARA QUEM PRODUZIR? - A sociedade de pessoas,pelo quais são interessadas nos bens comuns. Acoletividade de pessoas aqui, é indistinta.
  16. 16. SISTEMA DA AUTONOMIAA principal característica do sistema da autonomia, é queeste não encontra-se, de forma alguma, vinculado aoEstado como agente centralizador, e sim no particular.O particular pode agir individualmente ouagrupadamente, como famílias, associações, sociedadese etc.O QUE PRODUZIR? – O mercado funcionando a contentocomunica os preços vigentes.Com base nesses preços, os produtores deve encaminharfatores de produção para gerar bens e serviços.
  17. 17. Isto está integralmente ligado a uma retribuição devalores. Trata-se, de uma subtração das receitasarrecadadas, o custo empregado na produção. Oresultado é chamado de lucro.L = R – CQuem dá as respostas aos produtores do que deveráser produzido são os consumidores, de acordo comsuas necessidades. É sempre com base nelas que osprodutores, através de uma pesquisa econômicaproduzem seus bens.A decisão do que produzir sempre caberá ao produtor,porém, tomando-a, ele certamente estará atendendoaos anseios da sociedade.
  18. 18. COMO PRODUZIR? – O mecanismo de atendimento dasociedade de consumo responde a pergunta.Certamente poderão ser bens caros, e nesse caso aprodução será mais rara, ou bens mais baratos.É óbvio que o produtor deve sempre percorrer pelocaminho da relação custo-benefício. Matéria-prima,máquinas e mão de obra sempre os mais baratos queconseguir.Detalhe: existe um freio nesta busca pelos fatores deprodução mais baratos: A QUALIDADE DOS BENS!
  19. 19. PRA QUEM PRODUZIR? – No sistema de autonomia,quem determina esta questão é o próprio mercado.Cada bem possuirá um determinado preço, sendo que otitular terá que arcar com parte de sua renda paraadquirir o determinado bem produzido.Desta forma quem for dono de um produção de bensaltamente valorizados pela sociedade de consumo, terácomo resultado receitas altíssimas.Em suma, estes são os produtores bem sucedidos.Geralmente são aqueles que estudam o mercado,através de pesquisas, planejam sua produção da melhorforma possível e implementam em sua cadeia produtiva,a melhor relação custo-benefício.

×