Hegel

790 visualizações

Publicada em

Hegel

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
790
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
266
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
28
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hegel

  1. 1. Hegel
  2. 2. nenhuma época pode ser mais desfavorável à filosofia do que a época na qual, por um lado, a filosofia é explorada agudamente como meio de governo e, por outro lado, como meio de lucro. Hegel é um charlatão de mente ignorante, imundo, nojento e iletrado
  3. 3. ANTIGA MÉDIA MODERNA CONTEMPORÂNEA
  4. 4. HISTÓRIA: manifestações humanas (pensamento humano, cultura humana, instituições humanas, etc) ESPÍRITO DA HISTÓRIA/MUNDO PROBLEMA DA VERDADE (SUBJETIVA)
  5. 5. Quem pode usar o seu espírito para prever é naturalmente um comandante e naturalmente um senhor, e quem pode usar o seu corpo para prover é comandado e naturalmente escravo. Se a questão era uma boa companhia, teria sido melhor Deus criar dois amigos e não um homem e uma mulher. Por isso estava certo quem disse que a mulher é o portal do demônio Se permitimos direitos aos homossexuais, devemos permitir também aos ladrões, às prostitutas e todos os demais.
  6. 6. O espírito do mundo caminha rumo a uma maior consciência de si mesmo.
  7. 7. $ $ $
  8. 8. MODERNA “A era das revoluções”: -Revolução Industrial (1ª etapa) -Revolução Americana -Revolução Francesa Não é difícil dar-se conta, entre outras coisas, de que vivemos em tempo de gestação e de transição para uma nova época. O espirito rompeu com o mundo anterior, com o seu modo de ser e com a sua representação e dispõe-se a lançá-lo no passado, entregando-se a tarefa da sua própria transformação.
  9. 9. H I S T Ó R I A TEM UM FIM: ESTABELECIMENTO DO ESTADO (manifestação do Espírito) REVOLUÇÕES/GUERRAS? - São perfeitamente justificadas e necessárias para o advento do Espírito/Razão (espírito europeu).
  10. 10. “Vi o imperador – esta alma do mundo – saía da cidade a cavalo para um reconhecimento; certamente é uma sensação maravilhosa a de ver um tal indivíduo que, subindo num cavalo, concentrado num ponto, abarca o mundo e o domina. ” Batalha de Iena (1806) – o fim da História. N. Bonaparte – o Espírito a cavalo
  11. 11. Verdadeiro lugar onde repousa o espírito do mundo (verdadeira cultura, verdadeiros pensamentos, verdadeiros costumes, verdadeiros valores, verdadeira religião, etc)
  12. 12. QUAL É O PROPÓSITO DA OBRA FENOMENOLOGIA DO ESPÍRITO? Demonstrar como a história funciona, segundo o ponto de vista filosófico. Para Hegel, a história segue um curso evolutivo, isto é, ela sempre se aprimora cada vez mais rumo a uma conscientização do espírito (pensamento humano, cultura humana, etc). E a finalidade de toda história é o estabelecimento do(s) Estado(s) no mundo a partir do paradigma europeu.
  13. 13. O MOTOR DA HISTÓRIA DIALÉTICA
  14. 14. O CONHECIMENTO VEM DA RAZÃO. O CONHECIMENTO VEM DOS SENTIDOS. O CONHECIMENTO VEM DA COOPERAÇÃO ENTRE OS SENTIDOS E A RAZÃO. DESCARTES FRANCIS BACON KANT
  15. 15. R E A L I D A D E
  16. 16. Entre nós, a filosofia não é exercida como era entre os gregos, como uma arte privada, mas ela tem, antes, uma existência pública, em contato com o público, principalmente ou unicamente a serviço do Estado.

×