Apostila solidworks

4.729 visualizações

Publicada em

apostila solidworks

Publicada em: Software
0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
4.729
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
14
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
369
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Apostila solidworks

  1. 1. SolidWorks Corporation 300 Baker Avenue Concord, Massachusetts 01742 EUA - October 2007 2008
  2. 2. SolidWorks Corporation 300 Baker Avenue Concord, Massachusetts 01742 EUA - October 2007 2008
  3. 3. SolidWorks® 2008 Princípios Básicos do SolidWorks Peças e Montagens SolidWorks Corporation 300 Baker Avenue Concord, Massachusetts 01742 EUA - October 2007
  4. 4. © 1995-2005, SolidWorks Corporation 300 Baker Avenue Concord, Massachusetts 01742 EUA Todos os direitos reservados Patentes nos EUA 5,815,154; 6,219,049; 6,219,055; 6,603,486; 6,611,725; e 6,844,877 e outras determinadas patentes no exterior, incluindo EP 1,116,190 e JP 3,517,643. As patentes americanas e no exterior são provisórias. A SolidWorks Corporation é uma empresa Dassault Systemes S.A. (Nasdaq:DASTY). As informações e o software discutidos neste documento estão sujeitos a alterações sem aviso prévio e não devem ser considerados como obrigações da SolidWorks Corporation. Nenhum material pode ser reproduzido ou transmitido de nenhuma forma ou por nenhum meio, eletrônico ou mecânico, para qualquer finalidade, sem a expressa permissão escrita da SolidWorks Corporation. O software discutido neste documento é fornecido sob licença e poderá ser utilizado ou copiado apenas de acordo com os termos desta licença. Todas as garantias oferecidas pela SolidWorks Corporation para o software e para a documentação estão estabelecidas na SolidWorks Corporation License e no Subscription Service Agreement, e nada estabelecido ou implícito neste documento ou em seu conteúdo será considerado ou entendido como uma modificação ou uma correção daquelas garantias. SolidWorks, PDMWorks e 3D PartStream.NET, bem como o logotipo eDrawings, são marcas comerciais da SolidWorks Corporation. SolidWorks 2008 é o nome de um produto da SolidWorks Corporation. COSMOSXpress, DWGeditor, DWGgateway, eDrawings, Feature Palette, PhotoWorks e XchangeWorks são marcas comerciais, 3D ContentCentral é uma marca de serviço e FeatureManager é uma marca comercial registrada de propriedade comum da SolidWorks Corporation. COSMOS, COSMOSWorks, COSMOSMotion e COSMOSFloWorks são marcas comerciais da Structural Research and Analysis Corporation. FeatureWorks é uma marca comercial registrada da Geometric Software Solutions Co. Limited. ACIS é uma marca comercial registrada da Spatial Corporation. GLOBEtrotter eFLEXlm são marcas comerciais registradas da Globetrotter Software, Inc. Outras marcas ou nomes de produtos são marcas comerciais ou marcas comerciais registradas de seus respectivos proprietários. Número do documento: PMT0070-PTB COMMERCIAL COMPUTER SOFTWARE - PROPRIETARY Direitos limitados do governo dos EUA. O uso, a duplicação ou a divulgação pelo governo estão sujeitos às limitações estabelecidas em FAR 52.227-19 (Commercial Computer Software - Restricted Rights), DFARS 227.7202 (Commercial Computer Software and Commercial Computer Software Documentation), e no contrato de licença, se for o caso. Contratado/Fabricante: SolidWorks Corporation, 300 Baker Avenue, Concord, Massachusetts 01742 EUA Partes deste software © 1988, 2000 Aladdin Enterprises. Partes deste software © 1996, 2001 Artifex Software, Inc. Partes deste software © 2001 artofcode LLC. Partes deste software © 2005 Bluebeam Software, Inc. Partes deste software © 1999, 2002-2005 ComponentOne Partes deste software © 1990-2005 D-Cubed Limited. Partes deste produto são distribuídas sob licença de DC Micro Development, Copyright © 1994- 2002 DC Micro Development, Inc. Todos os direitos reservados Partes © eHelp Corporation. Todos os direitos reservados. Partes deste software © 1998-2005 Geometric Software Solutions Co. Limited. Partes deste software © 1986-2005 mental images GmbH & Co. KG Partes deste software © 1996 Microsoft Corporation. Todos os direitos reservados. Partes deste software © 2005 Priware Limited Partes deste software © 2001, SIMULOG. Partes deste software © 1995-2005 Spatial Corporation. Partes deste software © 2003-2005, Structural Research & Analysis Corp. Partes deste software © 1997-2005 Tech Soft America. Partes deste software possuem direitos autorais protegidos e são propriedade de UGS Corp. © 2005. Partes deste software © 1999-2005 Viewpoint Corporation. Partes deste software © 1994-2005, Visual Kinematics, Inc. Este software se baseia parcialmente no trabalho do grupo Independent JPEG. Todos os direitos reservados
  5. 5. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 i Sumário Lição 1: Introdução Sobre este Curso . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 Pré-requisitos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 Filosofia do Desenvolvimento do Curso . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 Usando Este Livro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3 Sobre o CD . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4 Windows® XP e Windows® Vista. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4 Convenções Usadas neste Livro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4 Uso de Cores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 4 O que é o Software SolidWorks? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7 Exemplos de Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8 Como as Features Afetam a Inteção do Projeto . . . . . . . . . . . . 9 Ícones não Selecionáveis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10 A Interface de Usuário do SolidWorks . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10 Menus . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11 Atalhos do Teclado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11 Barra de Ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12 Disposição das Barras de Ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14 Dicas Rápidas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14 Árvore de Modelamento FeatureManager . . . . . . . . . . . . . . . 15 Menus do PropertyManager . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 15 Painel de Tarefas [Taskpane] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 16 Botões do Mouse . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17 Feedback do Sistema . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17 Opções [Options] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 17
  6. 6. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 ii Lição 2: Introdução ao Sketch Sketch 2D . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 21 O que nós vamos Desenhar?. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 Planos-padrão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 Entidades de Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 Geometria do Sketch. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 25 Sketch Básico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26 A Mecânica do Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26 Introdução: Relações de Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 26 Linhas de Inferência [Relações Automáticas] . . . . . . . . . . . . 27 Feedback do Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 28 Status de um Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 29 Regras que Governam os Sketches. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 30 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 32 O Que Controla a Intenção do Projeto? . . . . . . . . . . . . . . . . . 32 Desired Design Intent (intenção do projeto desejada) . . . . . . 32 Relações de sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33 Relações Automáticas de Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33 Relações de Sketch Adicionadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 33 Exemplos de Relações de Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 35 Selecionando Múltiplos Objetos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 37 Dimensões. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38 Dimensionando: Seleção e Pré-visualização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 38 Dimensões Angulares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 40 Desenhar Fillets . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 41 Extrusão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 42 Exercício 1: Desenhando Linhas Horizontais e Verticais . . . . . . 45 Exercício 2: Desenhando Linhas com Inferências . . . . . . . . . . . . 46 Exercício 3: Desenhando Linhas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 47 Lição 3: Modelagem Básica de Peças Modelagem Básica . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 51 Terminologia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Plano . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Extrusão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Saliência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Corte . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Fillets e Arredondamentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 52 Escolha do Melhor Perfil . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 53 Escolha do Plano de Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 Planos de Referência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54
  7. 7. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 iii Posicionamento do Modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 54 Detalhes da Peça . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 Vistas-padrão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 Saliências Principais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 56 Melhor Perfil. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57 Plano de Sketch. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 57 Desenhando a Primeira Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 58 Opções de Extrusão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59 Renomeando Features. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 59 Feature de saliência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 Desenhando em uma Face Plana . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 Desenhando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 Zonas de Intenção do Arco Tangente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 60 Autotransição Entre Linhas e Arcos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 61 Janelas de visão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63 Usando o Hole Wizard . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63 Criando um Furo-padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 63 Furo com rebaixo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 65 Feature de Corte . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 66 Selecionar Múltiplos Objetos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 67 Opções de Visualização . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 68 Arredondando . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 68 Regras dos Fillets . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 68 Menu de Comandos Recentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70 Propagação de Fillets . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 70 Detalhamento Básico . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 72 Definições . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73 Barra de Ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73 Novo Desenho. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 73 Vistas do Desenho. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 74 Movendo Vistas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75 Marcas de Centro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 75 Dimensões do Modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 76 Inserindo Todas as Dimensões do Modelo. . . . . . . . . . . . . . . 76 Manipulando Dimensões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 77 Dimensões de Referência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 79 Associação entre o modelo e o desenho . . . . . . . . . . . . . . . . . 80 Alterando Parâmetros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 80 Reconstruindo o modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 80 Atualizando a Tela . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81 Exercício 4: Placa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 83 Exercício 5: Alterações Básicas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 84 Exercício 6: Suporte . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 86 Exercício 7: Trabalhando com Frações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 87 Exercício 8: Detalhamento de Peças. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 90 Exercício 9: Guia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 91
  8. 8. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 iv Lição 4: Modelagem de um Fundido ou Forjado Estudo de caso: Ratchet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 97 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 98 Feature de Saliência com Draft. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99 Construindo a Handle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99 Intenção de Projeto da Handle . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 99 Simetria no Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 100 Simetria Simultânea ao Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101 Simetria após Desenhar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 101 Dimensionamento Automático de Sketches . . . . . . . . . . . . . 102 Primeira Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104 Desenhando dentro do modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 104 Intenção do Projeto de Transition. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105 Perfil circular . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 105 Desenhando o círculo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 106 Modificando a aparência das dimensões . . . . . . . . . . . . . . . 107 Extrusão Up to Next . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 107 Intenção do Projeto da Head. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 109 Solucionar conflitos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 111 Opções de visualização. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 113 Opções de Exibição . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 114 Opções de modificação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 115 Funções do botão intermediário do mouse . . . . . . . . . . . . . . 115 Atalhos do teclado . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116 Usando as arestas do modelo em um Sketch . . . . . . . . . . . . . . . 116 Zoom para Seleção . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 116 Desenhando um Offset . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 117 Criando uma geometria de Sketch trimada. . . . . . . . . . . . . . . . . 118 Trimando e estendendo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 118 Modificando as dimensões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 120 Medindo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 122 Usando Copiar e Colar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124 Desenhando o furo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 124 Copiar e Colar Features . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125 Relações Dangling . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 126 Editando um Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 126 Editando Features . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 128 Editando o Fillet . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 128 Exercício 10: Bracket Base. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 129 Exercício 11: Alterações na Ratchet Handle . . . . . . . . . . . . . . . 132 Exercício 12: Suporte para Ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . 134 Exercício 13: Idler Arm . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 135 Exercício 14: Polia . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 137
  9. 9. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 v Lição 5: Padrões de Repetição Por que utilizar Patterns? . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 141 Comparação de Patterns . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 142 Opções de Paterns. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 144 Árvore de Modelamento 'Flyout' FeatureManager. . . . . . . . 145 Repetição Linear. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 145 Exclusão de Instâncias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 147 Geometry Patterns. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148 Repetição Circular . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 148 Uma Palavra Sobre Eixos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 149 Padrões de Espelhamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 150 Usando Pattern Seed Only . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 151 Padrões de Repetição Dirigidos por Curva. . . . . . . . . . . . . . . . . 152 Padrões de Repetição Dirigidos por Tabela ou Sketch. . . . . . . . 154 Usando Vary Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 157 Pattern de um Pattern . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 158 Repetição de Faces . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 159 Padrões de Preenchimento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 160 Exercício 15: Repetições Lineares . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 165 Exercício 16: Padrões de Repetição Dirigidos por Tabela ou Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 166 Exercício 17: Omissão de Instâncias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 167 Exercício 18: Repetições Lineares e por Espelhamento. . . . . . . 168 Exercício 19: Padrões de Repetição Dirigidos por Curva . . . . . 169 Exercício 20: Usando Vary Sketch. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 171 Lição 6: Features de Revolução Estudo de caso: Handwheel . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 175 Intenção do Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176 Features de Revolução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 176 Geometria do Sketch da Feature de Revolução . . . . . . . . . . 176 Regras que governam os Sketches das Features de Revolução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 177 Dimensionamento do Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 178 Diameter dimensions (dimensões do diâmetro) . . . . . . . . . . 178 Criando uma Feature de Revolução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 179 Construindo o Rim . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 182 Sólidos de Múltiplos Corpos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 184 Construindo o Spoke. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 184 Completar os sketches de caminho e perfil . . . . . . . . . . . . . 185 Chanfros . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188 Edição de Material . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188 Gráfico do RealView . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 188 Propriedades da Massa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 190 Propriedades da Massa como Propriedades Personalizadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 191 COSMOSXpress. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 191
  10. 10. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 vi Visão Geral . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192 Malha [Mesh] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192 Resultados. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192 Usando o Assistente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 192 Fase 1: Options . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 193 Fase 2: Material . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 193 Fase 3: Restrição [Restraint]. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 194 Fase 4: Load [carga] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 195 Fase 5: Analyze. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 197 Fase 6: Resultados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 198 Atualizando o modelo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 201 Exercício 21: Flange . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 207 Exercício 22: Roda . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 208 Exercício 23: Placa de Compressão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 210 Exercício 24: Lanterna . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 212 Exercício 25: Sweeps . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213 Cotter Pin (contrapino) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213 Paper Clip (clipe de papel) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213 Mitered Sweep (sweep chanfrada) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 213 Exercício 26: COSMOSXpress . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 215 Lição 7: Edição: Reparos Edição de Peças . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 219 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 219 Tópicos de Edição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 Informações de um Modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 Procurando e Reparando Problemas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 220 Diálogo What's Wrong . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 221 Onde começar . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 222 Verificação de Sketch para Feature. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 223 Seleção por Caixa . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 224 Reparando o Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 225 Informações de um Modelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 229 Fazer um Rollback para um Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 234 Ferramentas de reconstrução . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 236 Fazer um Rollback para Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 236 Supressão de Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237 Feedback de Reconstrução e Interrupção . . . . . . . . . . . . . . . 237 Estatísticas das Features . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 237 Exercício 27: Erros 1 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 241 Exercício 28: Erros 2 . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 242 Exercício 29: Cópia e Relações Dangling . . . . . . . . . . . . . . . . . 243
  11. 11. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 vii Lição 8: Edição: Alterações no Projeto Edição de Peças . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247 Alterações no Projeto . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247 Modificações Necessárias. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 247 Exclusões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 248 Edição da Feature . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 249 Reordenamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 249 Edição do Sketch . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 250 Rollback . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 253 Contornos do Sketch. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 254 Contornos Disponíveis . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 255 Sketches Compartilhados . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 256 Cópia de Fillets . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 257 Adição de Texturas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 260 Exercício 30: Alterações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 263 Exercício 31: Adicionando Inclinação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 265 Exercício 32: Editando . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 266 Exercício 33: Contornos de Sketch #1 - #4 . . . . . . . . . . . . . . . . 267 Exercício 34: Braço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 268 Exercício 35: Bomba de Óleo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 270 Exercício 36: Uso da ferramenta Contour Select . . . . . . . . . . . . 272 Lição 9: Configurações de Peças Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275 Terminologia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 275 Usando Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 276 Acessando o Configuration-Manager . . . . . . . . . . . . . . . . . . 276 Adicionando Novas Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 277 Definindo a Configuração. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 278 Alterando Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 280 Renomeando e Copiando Configurações . . . . . . . . . . . . . . . 280 Editando Peças que Possuem Configurações . . . . . . . . . . . . . . . 282 Design Library . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 283 A Pasta Features . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 283 Definições Default . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 283 Referências Múltiplas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 285 Soltando em Faces Circulares. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 286 Exercício 37: Configurações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 289 Exercício 38: Mais Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 291 Exercício 39: Trabalhando com Configurações . . . . . . . . . . . . . 293
  12. 12. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 viii Lição 10: Tabelas de Projetos e Equações Tabelas de Projeto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 299 Tópicos-chave. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 299 Valores Linkados [Link Values] . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 300 Equações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 301 Preparação para as Equações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 302 Funções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 302 Formulário de Equações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 302 Algumas Palavras Finais Sobre Equações . . . . . . . . . . . . . . 305 Design Tables . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 305 Criação Automática de uma Tabela de Projetos. . . . . . . . . . 305 Formatação do Excel . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 307 Anatomia de uma Tabela de Projetos . . . . . . . . . . . . . . . . . . 308 Adicionando Novos Cabeçalhos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 309 Adicionando Configurações à Tabela. . . . . . . . . . . . . . . . . . 309 Tabela de Projetos Existentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 311 Inserindo a Tabela de Projetos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 312 Inserção de Tabela de Projetos em Branco. . . . . . . . . . . . . . 314 Salvando uma Tabela de Projetos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 314 Outros Usos de Configurações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 314 Estratégias de Modelagem para Configurações . . . . . . . . . . . . . 316 Mais sobre Elaboração de Desenhos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 316 Propriedades do Desenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 316 Vistas de Corte Simples . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 318 Vistas de Detalhe . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 319 Anotações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 321 Dimensões Ordenadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 321 Notas Paramétricas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 322 Hachura de Área . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 325 Tabelas de Projeto em um Desenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 326 No Curso Avançado.... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 326 Exercício 40: Usando Link Values . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 329 Exercício 41: Usando Equações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 330 Exercício 42: Tabelas de Projeto de Peças . . . . . . . . . . . . . . . . . 331 Exercício 43: Configurações existentes e Tabelas de Projeto Linkadas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 334 Exercício 44: Projetando para Configurações . . . . . . . . . . . . . . 335 Exercício 45: Desenhos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 339 Lição 11: Operação de Shell e Nervuras Operação de shell e nervuras . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 343 Estágios do processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 343 Análise e adição de inclinação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 343 Draft Analysis. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 344 Outras opções para Draft . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 345 Inclinação usando um plano neutro . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 345 Operação de shell . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 347 Seqüência das operações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 347
  13. 13. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 ix Seleção de face . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 347 Planos de referência . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 349 Nervuras . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 352 Sketch das nervuras . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 353 Fillets totais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 356 Entidades finas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 357 Exercício 46: Pump Cover (Tampa de Bomba) . . . . . . . . . . . . . 361 Exercício 47: Bola . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 363 Exercício 48: Tampa do Motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 365 Exercício 49: Braço . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 367 Exercício 50: Gancho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 368 Exercício 51: Secador de cabelos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 369 Exercício 52: Protetor Frontal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 370 Lição 12: Modelagem de Montagens Bottom-Up Estudo de caso: Universal Joint . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 375 Montagens Bottom-Up . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 375 Estágios do Processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 375 A Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 376 Criando uma Nova Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 377 Posição do Primeiro Componente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 378 Árvore de Modelamento FeatureManager e Símbolos. . . . . . . . 378 Graus de Liberdade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 379 Componentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 379 Annotations. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 Marcador de Rollback. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 Reordenamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 380 Grupos de Relações de Posicionamentos . . . . . . . . . . . . . . . 380 Adicionando Componentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 381 Insert Component . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 381 Movendo e Rotacionando Componentes . . . . . . . . . . . . . . . 382 Mate com um Outro Componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 383 Tipos de Mates e Alinhamentos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 384 Operação de Mate Concêntrico e Coincidente . . . . . . . . . . . 387 Width Factor (Fator Largura) . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 389 Operações de Mate Paralelo . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 393 Exibindo Configurações de Peças em Uma Montagem . . . . 393 O Pino . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 394 Usando Configurações de Peças em Montagens . . . . . . . . . . . . 394 O segundo Pino. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 395 Abrindo um Componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 396 Criando cópias de instâncias. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 397 Ocultar e mostrar componentes . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 397 Propriedades do componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 399 Submontagens. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 400 Smart Mates (relacionamentos inteligentes). . . . . . . . . . . . . . . . 401 Inserir Submontagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 402 Relacionar submontagens. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 403 Distance Mates (relacionamentos de distância) . . . . . . . . . . 404
  14. 14. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 x Exercício 53: Montagem de Caixa de Engrenagens . . . . . . . . . . 407 Exercício 54: Tabelas de Projetos de Peças em Uma Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 411 Exercício 55: Mates . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 413 Exercício 56: Modificações na Junta em U [U-joint]. . . . . . . . . 414 Exercício 57: Gripe Grinder . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 416 Lição 13: Utilizando Montagens Utilizando montagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 421 Estágios do processo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 421 Analisando a Montagem . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 422 Cálculos das Propriedades de Massa . . . . . . . . . . . . . . . . . . 422 Verificando Interferências . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 423 Detecção de Interferência Estática x Dinâmica . . . . . . . . . . 425 Considerações sobre desempenho . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 426 Alterando valores das dimensões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 427 Utilizando Dinâmica Física . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 428 Exemplos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 430 Dicas para trabalhar com Dinâmica Física . . . . . . . . . . . . . . 431 Simulação Física. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 432 Barra de Ferramentas de Simulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 432 Opções da Barra de Ferramentas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 432 Elementos de simulação . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 432 Controle de Animações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 433 Opções de reprodução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 433 Árvore de Modelamento FeatureManager . . . . . . . . . . . . . . 433 Montagens explodidas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 436 Configuração para a vista explodida. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 436 Explodindo um único componente . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 437 Explosão de múltiplos componentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 438 Explosão de componente de submontagens . . . . . . . . . . . . . 439 Auto-espaçamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 440 Reutilizando explosões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 440 Sketch da Linha de Explosão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 441 Linhas de Explosão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 441 Animando vistas explodidas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 443 Desenhos de montagens . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 444 Lista de Materiais . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 445 Adicionando Balões . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 446 No curso de desenhos... . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 446 Exercício 58: Usando Detecção de Colisão . . . . . . . . . . . . . . . . 447 Exercício 59: Vistas explodidas . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 448 Exercício 60: Vistas explodidas e desenhos de montagem. . . . . 449
  15. 15. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 xi Apêndice Definição das opções . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 453 Aplicando as alterações . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 453 Alterando as opções-padrão . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 453 Definições sugeridas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 453 Templates de documentos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 454 Como criar um Template de Peça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 454 Templates de Desenho e Formato de Folha . . . . . . . . . . . . . 456 Organizando seus modelos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 457 Default Templates. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 457
  16. 16. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 xii
  17. 17. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 1 Lição 1 Introdução Após a conclusão bem-sucedida desta lição, você estará preparado para: Descrever as características-chave de um modelador sólido paramétrico com base em features. Distinguir entre features desenhadas e aplicadas. Identificar os componentes principais da interface de usuário do SolidWorks. Explicar como as diferentes metodologias de dimensionamento conduzem a diferentes intenções de projeto.
  18. 18. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 2
  19. 19. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução Sobre este Curso 3 Sobre este Curso O objetivo deste curso é ensinar como usar o software de automação de projetos mecânicos SolidWorks para construir modelos paramétricos de peças e montagens e como fazer desenhos simples dessas peças e montagens. O SolidWorks 2008 é um aplicativo tão robusto e rico de features que é impraticável abranger, a cada minuto, os detalhes e aspectos do software e ainda ter o curso com uma duração razoável. Portanto, o enfoque deste curso está nas habilidades e conceitos fundamentais centralizados no uso bem-sucedido do SolidWorks 2008. Você deve ver o manual do curso de treinamento como um suplemento, não um substituto para a documentação do sistema e ajuda on-line. Após ter desenvolvido uma boa base nas habilidades básicas, você pode consultar a ajuda on-line para obter informações sobre as opções de comando utilizadas com menos freqüência. Pré-requisitos Espera-se que os treinandos neste curso tenham o seguinte: Experiência em projetos mecânicos. Experiência em sistema operacional Windows™. Lido o manual Introdução ao SolidWorks. Junto com seu software, está incluída uma cópia deste manual. Ou, você pode acessar uma versão on-line deste manual clicando em Help, Introducing SolidWorks. Completado os tutoriais on-line que estão integrados ao software SolidWorks. Você pode acessar os tutoriais on-line dando um clique em Help, Online Tutorial. Filosofia do Desenvolvimento do Curso Este curso foi elaborado para treinamento com abordagem baseada em processo ou tarefa. Em vez de dar enfoque em features e funções individuais, um curso de treinamento com base em processo dá ênfase aos processos e procedimentos que você segue para concluir uma determinada tarefa. Utilizando estudos de caso para ilustrar esses processos, você aprende os comandos, opções e menus necessários no contexto de conclusão de uma tarefa do projeto. Usando Este Livro Este manual de treinamento destina-se ao uso em ambiente de sala de aula sob a orientação de um experiente instrutor da SolidWorks. Não é destinado a ser um tutorial autoconduzido. Os exemplos e estudos de caso são elaborados para serem demonstrados "ao vivo" pelo instrutor. Exercícios de Laboratório Os exercícios de laboratório dão a você a oportunidade de aplicar e praticar o material abrangido durante a parte teórica/demonstração do curso. São desenvolvidos para representar situações típicas de projeto e simulação sendo ao mesmo tempo moderado o suficiente para ser concluído durante a aula. Você deve notar que muitos alunos trabalham em ritmos diferentes. Portanto, incluímos mais exercícios de laboratório do que você pode esperar para serem concluídos durante o curso. Isto garante que mesmo o estudante com ritmo mais rápido não fique sem exercícios.
  20. 20. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 4 Sobre este Curso Uma Nota Sobre Dimensões Os desenhos e dimensões dados nos exercícios de laboratório não são destinados a refletir algum padrão de desenho em particular. Na realidade, às vezes, as dimensões são dadas de uma forma que nunca seria considerada aceitável na indústria. O motivo para isso é que os laboratórios são desenvolvidos para estimulá-lo a aplicar as informações cobertas em aula e a empregar e reforçar certas técnicas de simulação. Como resultado, os desenhos e dimensões nos exercícios são feitos de uma maneira que complementa este objetivo. Sobre o CD No interior da tampa traseira está um CD contendo cópias dos vários arquivos que são utilizados por todo este curso. Estão organizados por número de lição. A pasta Case Study no interior de cada lição contém os arquivos que seu instrutor utiliza durante a apresentação das lições. A pasta Exercises contém todos os arquivos necessários para a execução dos exercícios de laboratório. Windows® XP e Windows® Vista As telas apresentadas neste manual foram obtidas usando o SolidWorks 2008 executado em Windows® XP e Windows® Vista. Você poderá observar diferenças na aparência de menus e janelas. Essas diferenças não afetam o desempenho do software. Convenções Usadas neste Livro Este manual utiliza as seguintes convenções tipográficas: Uso de Cores A interface de usuário do SolidWorks torna extensivo o uso de cores para o destaque da geometria selecionada e dá um melhor feedback visual. Isto aumenta muito a intuitividade e facilidade de uso do software SolidWorks. Para tirar o máximo de vantagem, os manuais de treinamento são impressos em cores. Convenção Significado Negrito [Bold Sans Serif] Comandos do SolidWorks e opções são apresentados neste estilo. Por exemplo, Insert, Boss significa escolher a opção Boss no menu Insert. Typewriter Nomes de features e nomes de arquivos aparecem neste estilo. Por exemplo, Sketch1. 17 Do this step Linhas duplas precedem e seguem as seções dos procedimentos. Isto faz separação entre os passos do procedimento e os grandes blocos de texto de explicação. Os passos são numerados em negrito.
  21. 21. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução O que é o Software SolidWorks? 5 Em muitos casos, temos usado cor adicional nas ilustrações para a comunicação dos conceitos, identificação de features e também a divulgação de informações importantes. Por exemplo, poderíamos mostrar o resultado de uma operação de fillets em cores diferentes, mesmo que, por padrão, o software da SolidWorks não mostrasse os resultados desta maneira. O que é o Software SolidWorks? O software de automação de desenho mecânico SolidWorks é uma ferramenta de desenho de modelagem paramétrica de sólidos com base em features que aproveita a facilidade de aprendizado da interface gráfica para um usuário do Windows™. Você pode criar modelos sólidos em 3D totalmente associativo com ou sem restrições ao mesmo tempo em que utiliza relações automáticas ou definidas pelo usuário para capturar a intenção do projeto. Os termos em itálico significam: Com Base em Feature Assim como uma montagem é composta de uma certa quantidade de peças, um modelo do SolidWorks também é composto de elementos individuais constituintes. Esses elementos são chamados features. Quando você cria um modelo usando o software SolidWorks, você trabalha com features geométricas inteligentes e fáceis de entender, como saliências, cortes, furos, nervuras [ribs], fillets, chanfros e inclinações. Conforme as features são criadas, elas são aplicadas diretamente ao trabalho. As Features podem ser classificadas em features desenhadas ou features aplicadas. Features Desenhadas: Aquela que é baseada em um sketch 2D. Geralmente, este sketch é transformado em um sólido por extrusão, revolução, sweep ou loft. Features Aplicadas: Criadas diretamente no modelo sólido. Fillets e chanfros são exemplos deste tipo de feature. O software SolidWorks mostra graficamente a estrutura baseada em features de seu modelo em uma janela especial chamada árvore de modelamento FeatureManager®. A árvore de modelamento FeatureManager não só mostra a seqüência na qual as features foram criadas, mas também dá fácil acesso a todas as informações associadas essenciais. Você aprenderá mais sobre a árvore de modelamento FeatureManager durante este curso.
  22. 22. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 6 O que é o Software SolidWorks? Para ilustrar o conceito de modelagem baseada em features, considere a peça mostrada à direita: Esta peça pode ser visualizada como uma coleção de diversas features diferentes - algumas que adicionam material, como saliências cilíndricas, e outras que removem material, como o furo cego. Se formos mapear as features individuais para a sua correspondente listagem na árvore de modelamento FeatureManager, ela teria o seguinte aspecto: Paramétrico As dimensões e relações usadas para criar uma feature são obtidas e armazenadas no modelo. Isto não só permite obter a sua intenção de projeto como também permite a alteração rápida e fácil do modelo. Dimensões Válidas: São as dimensões usadas na criação de uma feature. Estão incluídas as dimensões associadas à geometria do sketch, bem como as associadas à própria feature. Um simples exemplo disso seria uma feature como uma saliência cilíndrica. O diâmetro da saliência é controlado pelo diâmetro do círculo desenhado. A altura da saliência é controlada pela profundidade para a qual este círculo foi extrudado quando a feature foi feita.
  23. 23. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução Intenção do Projeto 7 Relações: Inclui informações como paralelismo, tangência e concentricidade. Historicamente, este tipo de informação tem sido passado nos desenhos através de símbolos de controle de features. Obtendo isto no sketch, o SolidWorks permite que você capture totalmente sua intenção de projeto diretamente no modelo. Modelagem de Sólidos Um modelo sólido é o tipo mais completo de modelo geométrico usado em sistemas CAD. Ele contém todas as grades de linha e a geometria de superfície necessárias para descrever totalmente as arestas e faces do modelo. Além das informações geométricas, possui informações chamadas topologia que relacionam as geometrias entre si. Um exemplo de topologia seria quais faces (superfícies) correspondem a qual aresta (curva). Esta capacidade torna operações como filleting tão fáceis como selecionar uma aresta e especificar um raio. Totalmente Associativo Um modelo SolidWorks é totalmente associativo com os desenhos e montagens que o referenciam. Alterações no modelo são refletidas automaticamente nos desenhos e montagens associados. Da mesma forma, você pode fazer alterações no contexto do desenho ou montagem e saber que essas alterações serão refletidas de volta no modelo. Restrições Relações geométricas, tais como, paralela, perpendicular, horizontal, vertical, concêntrica, e coincidente são apenas algumas das restrições suportadas no SolidWorks. Além disso, as equações podem ser usadas para estabelecer relações matemáticas entre os parâmetros. Por meio de restrições e equações, você pode garantir que os conceitos do projeto, tais como furos de passagem ou raios iguais são obtidos e mantidos. Intenção do Projeto Intenção do projeto é seu plano quanto a como o modelo deve se comportar quando for alterado. Por exemplo, se você modelar uma saliência com um furo cego nele, o furo deve mover-se quando a saliência for movida. Da mesma forma, se você modelar um padrão de furo circular de seis furos espaçados uniformemente, o ângulo entre os furos deve se alterar automaticamente se a quantidade de furos for alterada para oito. As técnicas que você usa para criar o modelo determinam como e que tipo de intenção de projeto você obtém. Intenção do Projeto Para usar com eficiência um modelador paramétrico como o SolidWorks, você deve considerar a intenção do projeto antes da modelagem. Intenção do projeto é seu plano quanto a como o modelo deve se comportar quando for alterado. A maneira pela qual o modelo é criado regula como ele será alterado. Vários fatores contribuem para como você obtém a intenção do projeto:
  24. 24. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 8 Intenção do Projeto Relações Automáticas [sketch] Com base em como a geometria é desenhada, essas relações podem fornecer relacionamentos geométricos comuns entre os objetos, tais como paralelo, perpendicular, horizontal e vertical. Equações Usadas para relacionar dimensões de maneira algébrica, elas fornecem uma maneira externa de forçar alterações. Relações Adicionadas Adicionadas ao modelo quando ele é criado, as relações proporcionam uma outra maneira de conectar a geometria relativa. Algumas relações comuns são concêntrica, tangente, coincidente e colinear. Dimensionamento A maneira pela qual um sketch é dimensionado terá um impacto na intenção do projeto. Adicione as dimensões de uma maneira que reflita como você gostaria de alterá-las. Exemplos de Intenção do Projeto A seguir, alguns exemplos de diferentes intenções de projeto em um sketch. Um sketch dimensionado dessa maneira manterá os furos a 20mm de cada extremidade independentemente de como a largura geral da placa, 100mm, seja alterada. Dimensões da linha básica como essas manterão os furos posicionados relativamente à aresta esquerda da placa. As posições dos furos não são afetadas pelas alterações na largura geral da placa. Os dimensionamentos a partir da aresta e de centro a centro manterão a distância entre os centros do furo e permitem que ele seja alterado desta forma.
  25. 25. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução Intenção do Projeto 9 Como as Features Afetam a Inteção do Projeto A intenção do projeto não é afetada somente pela maneira como um sketch é dimensionado. A escolha de features e a metodologia de modelagem também são importantes. Por exemplo, considere o caso de um eixo em estágios simples como mostrado à direita. Existem várias maneiras de uma peça como ser construída. A Abordagem "Camada de Bolo" A abordagem camada de bolo constrói a peça pedaço por pedaço, adicionando cada camada, ou feature, à anterior, da seguinte maneira: A alteração na espessura de uma camada possui um efeito em cascata, mudando a posição de todas as outras camadas que foram criadas após esta. A Abordagem "Por Revolução" A abordagem por revolução constrói a peça como uma feature simples, de revolução. Um sketch simples representando a seção transversal contém todas as informações e dimensões necessárias para tornar a peça como uma feature. Embora esta abordagem possa parecer muito eficiente, ter todas as informações do projeto contidas em uma única feature limita a flexibilidade e pode tornar as alterações impraticáveis. A Abordagem de Fabricação A abordagem de fabricação para modelagem imita o modo pelo qual a peça seria fabricada. Por exemplo, se este eixo em estágios foi torneado em um torno mecânico, você começaria com uma peça do estoque de barras e removeria o material usando uma série de cortes.
  26. 26. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 10 A Interface de Usuário do SolidWorks Ícones não Selecionáveis Às vezes, você notará comandos, ícones e opções de comandos que se tornam cinzas e não selecionáveis. Isto talvez seja pelo fato de você não estar trabalhando no ambiente adequado para acessar essas opções. Por exemplo, se você estiver trabalhando em um sketch (modo Edit Sketch), você precisa ter total acesso a todas as ferramentas de sketch. Entretanto, você não pode selecionar ícones, tais como fillet ou chanfro na barra de ferramentas Features. Da mesma forma, quando você estiver trabalhando no modo Edit Part, você pode acessar esses ícones, mas as ferramentas de sketch ficam cinzas e não selecionáveis. Este projeto ajuda o usuário inexperiente limitando as opções a apenas aquelas que são apropriadas, tornando cinzentas as não apropriadas. Pré-selecionar ou Não? Como regra, o software SolidWorks não requer que você pré-selecione objetos antes de abrir um menu ou caixa de diálogo. Por exemplo, se você deseja adicionar alguns fillets às arestas de seu modelo, você tem completa liberdade – pode selecionar as arestas primeiro e depois clicar na ferramenta Fillet ou pode clicar na ferramenta Fillet e depois selecionar as arestas. A opção é sua. A Interface de Usuário do SolidWorks A interface de usuário do SolidWorks é uma interface nativa do Windows e como tal se comporta da mesma maneira que outros aplicativos do Windows. Alguns dos mais importantes aspectos da interface estão identificados a seguir. Menus Suspensos Área de Gráficos Janela do Documento Triad de Referência Barras FeatureManager Árvore de Modelamento Área de Status Painel de ferramentas de Tarefas
  27. 27. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução A Interface de Usuário do SolidWorks 11 Menus Os menus dão acesso a todos os comandos que o software SolidWorks oferece. Quando um item de menu tem uma seta apontando para a direita como ilustrado a seguir: , significa que há um submenu associado a esta opção. Quando um item de menu é seguido por uma série de pontos como ilustrado a seguir: , significa que a opção abre uma caixa de diálogo com opções ou informações adicionais. Quando o item Customize Menu é selecionado, cada item é apresentado com uma caixa de seleção. Ao desmarcar a caixa de seleção, ocorre a remoção do item associado do menu. Atalhos do Teclado Alguns items do menu indicam o atalho do teclado, como: O SolidWorks está em conformidade com as convenções-padrão do Windows quanto a atalhos como Ctrl+O para File, Open (Arquivo/abrir); Ctrl+S para File, Save (Arquivo/salvar); Ctrl+Z para Edit, Undo (Editar;desfazer) e assim por diante. Além disso, você pode personalizar o SolidWorks criando seus próprios atalhos.
  28. 28. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 12 A Interface de Usuário do SolidWorks Barra de Ferramentas Os menus da barra de ferramentas fornecem atalhos que permitem o acesso mais rápido aos comandos usados mais freqüentemente. As barras de ferramentas são organizadas de acordo com a função e você pode personalizá-las removendo ou reorganizando as ferramentas conforme sua preferência. Suas opções individuais serão cobertas em detalhes durante este curso. Exemplo de Uma Barra de Ferramentas A seguir, um exemplo de barra de ferramentas, neste caso a barra de ferramentas Standard. Esta barra de ferramentas contém as funções mais comumente usadas, como abrir documentos novos ou existentes, salvar documentos, imprimir, copiar e colar objetos, desfazer, refazer e ajuda. Tornando as Barras de Ferramentas Visíveis Você pode ativar ou desativar as barras de ferramentas usando um desses três métodos: Clique em Tools, Customize. Na página Toolbars clique nas caixas de seleção para selecionar cada barra de ferramentas que deseja exibir. Desmarque as caixas de seleção das barras de ferramentas que deseja ocultar. Nota Para acessar Tools, Customize, um documento deve estar aberto. A guia Commands também pode ser usada para adicionar ou remover ícones das barras de ferramentas.
  29. 29. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução A Interface de Usuário do SolidWorks 13 Personalização do fluxo de trabalho As barras de ferramentas podem ser ativadas e desativadas por indústria usando Work flow customization na guia Options. Várias indústrias estão disponíveis. Clique com o botão direito do mouse na área de barra de ferramentas da janela do SolidWorks. Marcas de seleção indicam que as barras de ferramentas estão visíveis no momento. Desmarque as marcas de seleção das barras de ferramentas que deseja ocultar. Clique em View, Toolbars. A mesma lista de barras de ferramentas é exibida.
  30. 30. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 14 A Interface de Usuário do SolidWorks Disposição das Barras de Ferramentas As barras de ferramentas, incluindo o Command Manager, podem ser organizadas de várias maneiras. Elas podem ser reduzidas ao redor de quatro bordas da janela do SolidWorks ou arrastadas para as áreas de gráficos ou do FeatureManager. Estas posições são "lembradas" ao sair do SolidWorks, assim na próxima vez que iniciar o SolidWorks, as barras de ferramentas estarão onde você as deixou. A seguir, está mostrada uma das organizações. Dicas Rápidas Dicas Rápidas são parte do sistema de ajuda on-line. Aparece a pergunta "What would you like to do?" (O que gostaria de fazer?) e fornece respostas típicas com base na tarefa atual. Clicando em uma resposta, a barra de ferramentas e o ícone requerido são destacados para efetuar a tarefa. Barras de Command Manager ferramentas Toggle Quick Tips On/Off
  31. 31. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução A Interface de Usuário do SolidWorks 15 Árvore de Modelamento FeatureManager A árvore de modelamento FeatureManager é uma peça exclusiva do software SolidWorks que exibe visualmente todas as features em uma peça ou montagem. Conforme as features são criadas, elas são adicionadas à árvore de modelamentos FeatureManager. Como resultado, a árvore de modelamentos FeatureManager representa a seqüência cronológica de operações de modelagem. A árvore de modelamento FeatureManager também permite o acesso à edição das features (objetos) que ela contém. Menus do PropertyManager Muitos comandos do SolidWorks são executados por meio de menus do PropertyManager. Os menus do PropertyManager ocupam a mesma posição na tela que a árvore de modelamento FeatureManager e a substitui quando estiverem sendo usados. O esquema de cores e a aparência dos menus do PropertyManager podem ser modificados por meio de Tools, Options, Colors. Para obter mais informações, consulte a ajuda on-line do SolidWorks. A fila superior de botões contém os botões-padrão OK, Cancel e Help. Abaixo da fila superior de botões estão uma ou mais Group Boxes que contêm as opções relacionadas. Elas podem ser abertas (expandidas) ou fechadas e, em muitos casos, ativadas ou desativadas. Uma palavra sobre o Command Manager O Command Manager é um conjunto de barras de ferramentas preparado para ajudar o usuário novato que trabalha sozinho, na execução de tarefas específicas. Por exemplo, a versão da peça da barra de ferramentas tem dois agrupamentos principais: Features e Sketches listados como botões na parte superior. Este manual nãousará a barra de ferramentas Command Manager. Ao invés disso, usará o conjunto de barra de ferramentas padrão mais geral. Para obter mais informações, consulte Barra de Ferramentas na página 12. OK Cancel Help Group Box Open and active Group Box Closed and inactive Open and Close icon
  32. 32. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 16 A Interface de Usuário do SolidWorks Painel de Tarefas [Taskpane] A janela Task Pane é usada para abrigar as opções SolidWorks Resources , Design Library e File Explorer . A janela aparece à direita por default, mas pode ser movida e redimensionada. Pode ser aberta/fechada , presa ou movida de sua posição default no lado direito da interface. Abrir Laboratórios com a Design Library Você pode abrir peças e montagens necessárias para os exercícios de laboratório usando a biblioteca de projetos. Adicione os arquivos de aula à biblioteca de projetos usando este procedimento. Abra Task Pane e Design Library. Clique em Add File Location . Selecione a pasta Essentials - Parts and Assemblies usadas nos arquivos de aula. Ela deve ser encontrada sob a pasta SolidWorks 2008 Training Files. Clique em OK. Clique duas vezes no ícone da peça ou montagem na Design Library para abri-la.
  33. 33. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 1 Introdução A Interface de Usuário do SolidWorks 17 Botões do Mouse Os botões esquerdo, direito e intermediário do mouse têm significados distintos no SolidWorks. Esquerdo Seleciona objetos como geometria, botões de menu e objetos na árvore de modelamento FeatureManager. Direito Ativa um menu de atalhos sensível ao contexto. O conteúdo do menu pode variar dependendo de qual objeto o cursor está em cima. Esses menus também representam atalhos para os comandos freqüentemente usados. Meio Gira, movimenta ou aproxima dinamicamente uma peça ou montagem. Movimenta um desenho. Feedback do Sistema O feedback é fornecido por um símbolo anexado à seta do cursor indicando o que você está selecionando ou o que o sistema está esperando que você selecione. Conforme o cursor flutua pelo modelo, o feedback virá na forma de símbolos se movimentando próximo ao cursor. A ilustração à direita mostra alguns desses símbolos: vértices [vertex], arestas [edges], faces e dimensões [dimensions]. Opções [Options] Localizada no menu Tools, a caixa de diálogo Options permite a personalização do software SolidWorks para refletir os padrões de desenho de sua companhia bem como suas preferências individuais e de ambiente de trabalho. Vertex Edge Face Dimension
  34. 34. Lição 1 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução 18 A Interface de Usuário do SolidWorks Personalização Você tem vários níveis de personalização. São eles: Opções do Sistema [System Options] As opções agrupadas no cabeçalho System Options são salvas em seu sistema e afetam cada documento que for aberto em sua sessão do SolidWorks. As definições do sistema permitem o controle e personalização de seu ambiente de trabalho. Por exemplo, você pode preferir trabalhar com fundo colorido. Eu não. Como esta é uma definição de sistema, as peças ou montagens abertas em seu sistema teriam uma visão colorida. Os mesmos arquivos abertos em meu sistema não teriam. Propriedades do documento Certas definições são aplicadas ao documento individual. Por exemplo, unidades, padrões de desenho e propriedades do material (densidade) são configurações de documentos. Eles são salvos com o documento e não se alteram, independentemente de em qual sistema o documento é aberto. Para obter mais informações sobre as definições das opções usadas neste curso, consulte Definição das opções na página 453 no Apêndice. Templates de documentos Os templates de documentos são documentos pré-definidos que foram configurados com determinadas definições. Por exemplo, você pode desejar dois templates diferentes para as peças. Um com definições em inglês, como os padrões de desenho ANSI e unidades em polegadas, e outro com definições métricas como unidades em milímetros e padrões de desenho ISO. Você pode configurar quantos templates de documentos precisar. Eles podem ser organizados em diferentes pastas para fácil acesso para abrir novos documentos. Você pode criar templates de documentos para peças, montagens e desenhos. Para obter informações mais detalhadas sobre como criar templates de documentos, consulte Templates de documentos na página 454 no Apêndice. Object [Objeto] Muitas vezes, as propriedades de um objeto individual podem ser alteradas ou editadas. Por exemplo, você pode alterar a exibição default de uma dimensão para suprimir uma ou mais linhas de extensão ou pode alterar a cor de uma feature.
  35. 35. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 19 Lição 2 Introdução ao Sketch Após a conclusão bem-sucedida desta lição, você estará preparado para: Criar uma nova peça. Inserir um novo sketch. Adicionar geometria do sketch. Estabelecer relações de sketch entre as partes da geometria. Entender o estado do sketch. Usar as ferramentas de sketch para adicionar chanfros e fillets. Extrusão do sketch para um sólido.
  36. 36. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 20
  37. 37. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Sketch 2D 21 Sketch 2D Esta lição apresenta o sketch 2D, a base de modelagem no SolidWorks. Os sketches são usados para todas as features desenhadas no SolidWorks, inclusive: Extrusões Revoluções Sweeps Lofts A ilustração a seguir mostra como um dado sketch pode formar a base de diferentes tipos de features. Nesta lição, estarão cobertas apenas as features extrudadas. As outras serão cobertas em detalhes em lições ou cursos posteriores. Estágios do Processo Cada sketch tem várias características que contribuem para sua forma, tamanho e orientação. Peça Nova Peças novas podem ser criadas em polegadas, milímetros ou outras unidades. As peças são usadas para criar e manter o modelo do sólido. Sketches Sketches são coleções de geometria 2D usadas para a criação de features sólidas. Geometria do Sketch Tipos de geometria 2D, como,por exemplo, linhas, círculos e retângulos que compõem o sketch. Relações do Sketch Os relacionamentos geométricos, como, por exemplo, horizontal e vertical são aplicados à geometria do sketch. As relações restringem o movimento das entidades. Extrusão Revolução Sweep Loft
  38. 38. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 22 Estágios do Processo Estado do sketch Cada sketch tem um estado que determina se está pronto para ser usado ou não. O estado pode ser totalmente definido, subdefinido ou sobredefinido. Ferramentas de Sketch As ferramentas podem ser usadas para modificar a geometria criada para o sketch. Isto freqüentemente envolve a trimagem ou extensão das entidades. Extrusão do sketch A extrusão utiliza o sketch 2D para criar uma feature 3D sólida. Procedimento O processo nesta lição inclui o sketch e as extrusões. Para começar, uma nova peça é criada. 1 Peça nova [New Part] Clique em New , ou clique em File, New na barra de ferramentas Standard. Clique no template Part_IN na guia Training Templates na caixa de diálogo New SolidWorks Document e clique em OK. A peça é criada com as definições do template. Uma definição- chave é a unidade da peça. Como o próprio nome diz, este template de peça usa polegadas como unidade. Qualquer quantidade de diferentes templates pode ser criada e salva, todos com diferentes configurações.
  39. 39. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch O que nós vamos Desenhar? 23 2 Arquivamento de uma peça. Usando a opção Save no menu File ou selecionando o botão Save na barra de ferramentas Standard, arquive a peça sob o nome Plate. A extensão, *.sldprt, é adicionada, automaticamente. Clique em Save. O que nós vamos Desenhar? A primeira feature de uma peça será criada nesta seção. Esta feature inicial é apenas a primeira de muitas features necessárias para a finalização da peça. Sketch Criar um sketch é o ato de criar um perfil bidimensional composto pela geometria do modelo de arames. Os tipos comuns de geometria são linhas, arcos, círculos e elipses. O sketch é dinâmico, com feedback do cursor para torná-lo mais fácil. Planos-padrão Para criar um sketch, você deve escolher um plano no qual aplicar o sketch. O sistema fornece três planos iniciais por default. São eles Front, Top e Right. Introdução: Insert Sketch Ao criar um novo sketch, Insert Sketch abre a ferramenta de sketches no plano atualmente selecionado ou face do plano. Insert Sketch também pode ser usado para editar um sketch existente.
  40. 40. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 24 Sketch Após clicar em Insert, Sketch, um plano de referência ou uma face do plano deve ser selecionado. O cursor aparece indicando que você deve selecionar uma face ou um plano. Onde encontrar Você pode acessar o comando Insert Sketch de várias maneiras. Na barra de ferramentas Sketch, clique na ferramenta . Ou, no menu Insert, clique em Sketch. Ou, com o cursor posicionado em uma face do plano ou plano do modelo, clique com o botão direito do mouse e escolha Insert Sketch no menu de atalhos. 3 Abrir um novo sketch. Abra o sketch clicando em ou escolhendo Sketch no menu Insert. Isto mostrará todos os três planos default para a seleção em uma orientaçãoTrimetric. Uma orientação Trimetric é uma vista ilustrativa orientada, portanto, os três planos mutuamente perpendiculares aparecem desigualmente condensados. Na tela, escolha Front Plane. O plano será destacado e girado. Nota A Reference Triad (canto inferior esquerdo) mostra a orientação dos eixos das coordenadas do modelo (X em vermelho, Y em verde e Z em azul) o tempo todo. Isto pode ajudar a mostrar como a orientação da vista foi alterada com relação ao Front Plane. 4 Sketch active. O Front Plane selecionado gira, portanto, é paralelo à tela. Isto só acontece para o primeiro sketch em uma peça. O símbolo representa a origem do modelo da peça que é a interseção dos eixos X, Y e Z. Está exibido na cor vermelha, o que indica que está ativo. Introdução: Canto de Confirmação Quando muitos comandos do SolidWorks estão ativos, um símbolo ou um conjunto de símbolos aparece no canto superior direito da área de gráficos. Esta área é chamada Confirmation Corner.
  41. 41. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Entidades de Sketch 25 Indicador de Sketch Quando um sketch está ativo, ou aberto, o confirmation corner exibe dois símbolos. Um parece um sketch. O outro é um X vermelho. Estes símbolos dão um lembrete visual de que você está ativo em um sketch. Clicando no símbolo do sketch, ocorre a saída do sketch e o salvamento das alterações. Clicando no X vermelho, ocorre a saída do sketch e a desconsideração das alterações. Quando outros comandos estiverem ativos, o confirmation corner exibe uma marca de verificação e um X. A marca de verificação executa o comando atual. O X cancela o comando. Entidades de Sketch O SolidWorks oferece uma rica variedade de ferramentas de sketch para a criação da geometria do perfil. Nesta lição, será usado apenas um dos formatos mais básicos: Lines. Geometria do Sketch A tabela a seguir lista as entidades básicas de sketch que estão disponíveis por default na barra de ferramentas Sketch. Entidade do Sketch Botão da Barra de Ferramentas Exemplo de Geometria Line Circle Centerpoint Arc Tangent Arc 3 Point Arc Ellipse Partial Ellipse Parabola Spline
  42. 42. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 26 Sketch Básico Sketch Básico A melhor maneira de iniciar um sketch é usar sua forma mais fundamental, a Linha. A Mecânica do Sketch Para a geometria do sketch, podem ser usadas duas técnicas: Clicar-Clicar [Clicar - Click] Posicione o cursor onde você deseja que a linha comece. Clique (pressione e solte) o botão esquerdo do mouse. Mova o cursor para onde você deseja que a linha termine. Uma pré-visualização da entidade de sketch acompanhará o cursor como um elástico. Clique no botão esquerdo do mouse pela segunda vez. Clicar-Arrastar [Click - Drag] Posicione o cursor onde você deseja que a linha comece. Mantenha pressionado o botão esquerdo do mouse. Arraste o cursor para onde você deseja que a entidade de sketch termine. Uma pré-visualização da entidade de sketch acompanhará o cursor como um elástico. Solte o botão esquerdo do mouse. Introdução: Insert Line A ferramenta Line cria segmentos simples de linha em um sketch. Linhas horizontais e verticais podem ser criadas durante o sketch olhando os símbolos de feedback no cursor. Onde encontrar No menu Tools, selecione Sketch Entities, Line. Ou, com o cursor na janela de gráficos, clique com o botão direito do mouse e selecione Line no menu de atalhos. Ou, na barra de ferramentas Sketch, clique em Line . Introdução: Relações de Sketch Sketch Relations é usado para forçar um comportamento em um elemento do sketch obtendo assim a intenção do projeto. Isto será discutido em detalhes em Relações de sketch na página 33. Polygon Rectangle Parallelogram Point Centerline Entidade do Sketch Botão da Barra de Ferramentas Exemplo de Geometria
  43. 43. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Sketch Básico 27 1 Sketch de uma linha. Clique na ferramenta Line e desenhe uma linha horizontal a partir da origem. O símbolo “ ” aparece no cursor, indicando que foi acrescentada, automaticamente, uma relação Horizontal à linha. O número indica o comprimento da linha. Clique novamente na extremidade da linha. Importante! Não fique muito preocupado em fazer a linha no comprimento exato. O software SolidWorks é direcionado por dimensões – as dimensões controlam o tamanho da geometria, e não o contrário. Construa o sketch com o tamanho e forma aproximadamente corretos e então use as dimensões para torná-lo exato. 2 Linha em ângulo. Iniciando na extremidade da primeira linha, faça o sketch de uma linha em ângulo. Linhas de Inferência [Relações Automáticas] Além dos símbolos “ ” e “ ”, as linhas de inferência pontilhadas também aparecerão para ajudá-lo a “alinhar” com a geometria existente. Essas linhas incluem os vetores de linha, normais, horizontais, verticais, tangentes e centros existentes. Note que algumas linhas obtêm as relações geométricas reais, ao passo que outras simplesmente atuam como guia ou referência para o sketch. Uma diferença na cor das linhas de inferência as distinguirão. Na figura à direita, as linhas marcadas com a letra "A" estão em verde-oliva e se a linha do sketch obtém o snap nelas, estarão com o relacionamento de tangente ou perpendicular. A linha marcada com a letra "B" está em azul. É apenas uma referência, neste caso vertical, ao outro ponto final. Se a linha de sketch for terminada neste ponto, nenhuma relação vertical será obtida. Nota A exibição das Relações de Sketch que aparecem, automaticamente, pode ser ativada e desativada por intermédio de View, Sketch Relations. Ela permanecerá ativa durante a fase inicial do sketch. A B
  44. 44. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 28 Sketch Básico 3 Linhas de Inferência. O movimento em uma direção perpendicular à linha anterior faz com que as linhas de inferência sejam exibidas. Uma relação Perpendicular é criada entre essa linha e a última. O símbolo de cursor indica que você está obtendo uma relação perpendicular. Note que o cursor da linha não é mostrado por motivos de clareza. 4 Perpendicular. Uma outra linha perpendicular é criada a partir do último ponto final. Novamente, uma relação perpendicular é automaticamente obtida. 5 Referência. Algumas inferências são estritamente para fins de referência e não criam relações. Elas são exibidas em azul. Esta referência é usada para alinhar o ponto final verticalmente com a origem. Feedback do Sketch A ferramenta de sketch possui muitas entidades de feedback. O cursor será modificado para mostrar qual tipo de entidade está sendo criada. Também indicará quais seleções na geometria existente, como por exemplo, extremidade, coincidente ou ponto intermediário, estão disponíveis usando um ponto vermelho quando o cursor estiver nele. Os três símbolos de feedback mais comuns são: Ponto final [Endpoint] Círculos concêntricos amarelos aparecem no Ponto Final quando cursor estiver sobre ele.
  45. 45. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Sketch Básico 29 6 Fechar. Fecha o sketch com uma linha final conectada ao ponto inicial da primeira linha. Desativar Ferramentas Desative a ferramenta ativa usando uma dessas técnicas: Pressione a tecla Esc no teclado. Clique na ferramenta Line pela segunda vez. Clique na ferramenta Select . Clique com o botão direito do mouse na área de gráfico e selecione Select no menu de atalhos. Status de um Sketch Os sketches podem estar em um de três estados de definição por vez. O estado de um sketch depende das relações geométricas entre a geometria e as dimensões que o definem. Os três estados são: Under Defined Há definição inadequada do sketch mas o sketch ainda pode ser usado para criar features. Isto é bom porque muitas vezes em estágios iniciais do processo de desenho, não há informações suficientes para a total definição do sketch. Quando mais informações se tornarem disponíveis, o restante da definição pode ser adicionado posteriormente. A geometria de sketch "under defined" está em azul (por default). Fully Defined O sketch tem informações completas. A geometria "fully defined" está em Preto (por default). Como regra geral, quando uma peça é liberada para fabricação, os sketches nela devem estar totalmente definidos (fully defined). Ponto Médio [Midpoint] O Ponto Médio aparece como um quadrado. Muda para vermelho quando o cursor estiver sobre a linha. Coincident (na Aresta) Os pontos quadrantes do círculo aparecem com um círculo concêntrico sobre o ponto central.
  46. 46. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 30 Regras que Governam os Sketches Over Defined O sketch tem dimensões duplicadas ou relações em conflito e não deve ser usado até que seja reparado. Dimensões e relações estranhas devem ser excluídas. A geometria "over defined" está em vermelho (por default). Cores Adicionais Há várias cores e estados adicionais que podem surgir para geometria no sketch. Dangling (marrom), Not Solved (rosa) e Invalid (amarelo) indicam erros que devem ser reparados. Regras que Governam os Sketches Diferentes tipos de sketches produzirão diferentes resultados. Na tabela a seguir, estão resumidos os diferentes tipos. É importante notar que algumas das técnicas mostradas na tabela a seguir são técnicas avançadas que são abrangidas posteriormente neste curso ou em outros cursos avançados. Tipo de Sketch Descrição Considerações Especiais Um sketch "padrão" típico que representa um contorno fechado. Nenhuma. Sketches Múltiplos embutidos criam uma saliência com um corte interno. Nenhuma. Contorno aberto cria uma feature de espessura fina com espessura constante. Nenhuma. Para obter mais informações, consulte Entidades finas na página 357. Cantos não são fechados adequadamente. Devem ser. Use a ferramenta Contour Select. Para obter mais informações, consulte Contornos do Sketch na página 254. Apesar de este sketch funcionar, ele representa uma técnica ineficiente e hábitos de trabalho malfeito. Não faça isso.
  47. 47. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Regras que Governam os Sketches 31 7 Status atual do sketch. O sketch é Under Defined porque uma das geometrias está em azul. Note que as extremidades de uma linha podem ser de cor e estado diferentes da própria linha. Por exemplo, a linha vertical na origem é preta porque ela é (a) vertical e (b) anexa à origem. Entretanto, a extremidade mais acima é azul porque o comprimento da linha é subdefinido. 8 Arrastando A geometria subdefinida (azul) pode ser arrastada para novos locais. A geometria totalmente definida não pode. Arraste a extremidade mais acima para alterar o formato do sketch. A extremidade arrastada aparece como um ponto verde. 9 Desfazer a alteração. Desfaça o último comando dando um clique na opção Undo . Você pode ver (e selecionar nela) uma lista dos últimos comandos clicando no menu de seta para baixo. O atalho de teclado para Undo é Ctrl+Z. Dica Você também pode Redo (refazer) uma alteração, que a reverte ao estado anterior ao Undo. O atalho para redo (refazer) é Ctrl+Y. Sketch contém um contorno com auto- interseção. Use a ferramenta Contour Select. Para obter mais informações, consulte Contornos do Sketch na página 254. Se os dois contornos forem selecionados, esse tipo de sketch criará um Multibody Solid. Consulte Sólidos com Múltiplos Corposno curso Modelagem Avançada de Peças. Apesar de isso funcionar, a técnica de corpos múltiplos é avançada e não deve ser usada até que você tenha mais experiência. O sketch da primeira feature contém um contorno auto- intersectante. Este tipo de sketch pode criar um Multibody Solid. Consulte Sólidos com Múltiplos Corposno curso Modelagem Avançada de Peças. Apesar de isso funcionar, a técnica de corpos múltiplos é avançada e não deve ser usada até que você tenha mais experiência.
  48. 48. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 32 Intenção do Projeto Intenção do Projeto A intenção do projeto, como discutido anteriormente, regula como a peça é construída e como será alterada. Neste exemplo, o formato do sketch deve permitir alterações da seguinte maneira: O Que Controla a Intenção do Projeto? A intenção do projeto em um sketch é obtida e controlada por uma combinação de duas coisas: Relações do Sketch Cria relacionamentos geométricos, como, por exemplo, paralelo, colinear, perpendicular ou coincidente entre os elementos do sketch. Dimensões As dimensões são usadas para definir o tamanho e localização da geometria do sketch. Podem ser adicionadas dimensões lineares, radiais, diametrais e angulares. Para definir totalmente um sketch e obter a intenção de projeto desejada, é necessário entender e aplicar uma combinação de relações e dimensões. Desired Design Intent (intenção do projeto desejada) Para que o sketch seja alterado adequadamente, são necessárias relações e dimensões corretas. A intenção de projeto requerida está listada a seguir: Linhas Verticais e Horizontais. Valor de Ângulo. Valor de Distância Paralela.
  49. 49. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Relações de sketch 33 Relações de sketch Sketch Relations é usado para forçar um comportamento em um elemento do sketch obtendo assim a intenção do projeto. Alguns são automáticos, outros podem ser adicionados, se necessário. Neste exemplo, olharemos as relações em uma das linhas e examinaremos como afetam a intenção do projeto do sketch. Relações Automáticas de Sketch As relações automáticas são adicionadas quando a geometria é desenhada. Vimos isso quando desenhamos o contorno nos passos anteriores. O feedback do sketch informa quando as relações automáticas são criadas. Relações de Sketch Adicionadas Para as relações que não podem ser adicionadas automaticamente, existem ferramentas para criar as relações com base na geometria selecionada e para adicionar dimensões. Introdução: Display Relations Display Relations mostra e, opcionalmente, permite a remoção de relacionamentos geométricos entre os elementos do sketch. Onde encontrar Clique duas vezes na entidade. Aparecem símbolos indicando quais relações estão associadas a esta entidade. Neste exemplo, a linha tem duas relações: horizontal e tangent. O PropertyManager. Selecione a entidade de sketch e o PropertyManager mostra as relações associadas a esta entidade. Cantos com ângulos retos, ou linhas perpendiculares. Valor do comprimento total.
  50. 50. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 34 Relações de sketch Clique emDisplay/Delete Relations na barra de ferramentas Dimensions/Relations. O PropertyManager mostrará uma lista de todas as relações no sketch. 10 Exibir as relações associadas a uma linha. Clique duas vezes na linha em ângulo mais acima. Surgem símbolos identificando as linhas que são perpendiculares à linha selecionada. 11 PropertyManager. Ao clicar duas vezes na linha, o PropertyManager é aberto. A caixa Relations no PropertyManager também lista as relações geométricas que estão associadas à linha selecionada. 12 Remover a Relação. Remova a relação mais acima clicando na relação, no símbolo ou no PropertyManager e pressionando a tecla Delete. Se o símbolo for selecionado, ele se torna amarelo e exibe a(s) entidade(s) que ele controla. 13 Arrastar a extremidade. Devido ao fato de a linha não estar mais restrita a ser perpendicular, o sketch tornar-se-á diferente quando for arrastado. Compare isso com o comportamento do sketch quando você o arrastar no passo 8.
  51. 51. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Relações de sketch 35 Exemplos de Relações de Sketch Há muitos tipos de Sketch Relations. Quais são válidos depende da combinação da geometria que você selecionar. As seleções podem ser a própria identidade, as extremidades ou uma combinação. Dependendo da seleção, um conjunto limitado de opções se tornou disponível. A tabela a seguir mostra alguns exemplos de relações de sketch. Esta não é uma lista completa de todas as relações geométricas. Mais exemplos serão adicionados durante este curso. Relação Antes Após Coincident entre uma linha e uma extremidade. Merge entre duas extremidades. Parallel entre duas linhas. Perpendicular entre duas linhas. Collinear entre duas linhas.
  52. 52. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 36 Relações de sketch Horizontal aplicado a uma ou mais linhas. Horizontal entre duas extremidades. Vertical aplicado a uma ou mais linhas. Vertical entre duas extremidades. Equal entre duas linhas. Equal entre dois arcos ou círculos. Relação Antes Após
  53. 53. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Relações de sketch 37 Introdução: Add Relations Add Relations é usado para criar um relacionamento geométrico, como, por exemplo, paralelo ou colinear entre elementos de sketch. Onde encontrar Selecione a entidade ou entidades de sketch e selecione a relação apropriada na seção Add Relations do PropertyManager. Ou, clique com o botão direito do mouse na entidade ou entidades e selecione Add Relation no menu de atalhos. Ou clique em Tools, Relations, Add... Ou, na barra de ferramentas Sketch, clique em Add Relation. Selecionando Múltiplos Objetos Como você aprendeu na Lição 1, selecione os objetos com o botão esquerdo do mouse. E quando você precisa selecionar mais do que um objeto por vez? Ao selecionar múltiplos objetos, o SolidWorks segue as convenções-padrão do Microsoft® Windows: Ctrl-select. Mantenha pressionada a tecla Ctrl e selecione os objetos. 14 Adicione uma relação. Mantenha pressionada a tecla Ctrl e selecione as duas linhas. O PropertyManager mostra apenas as relações que são válidas para a geometria selecionada. Clique em Perpendicular e clique em OK . Midpoint entre uma linha e uma extremidade. Relação Antes Após
  54. 54. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 38 Dimensões 15 Arrastar o sketch. Arraste de volta o sketch para seu formato original aproximado. Dimensões As dimensões são uma outra maneira de definir a geometria e obter a intenção de projeto no sistema SolidWorks. A vantagem de usar uma dimensão é que é usada tanto para exibir o valor atual como alterá-lo. Introdução: Smart Dimensions A ferramenta Smart Dimension determina o tipo apropriado de dimensão com base na geometria escolhida, pré-visualizandoa dimensão antes de criá-la. Por exemplo, se você clicar em um arco, o sistema criará uma dimensão radial. Se clicar em um círculo, você obterá uma dimensão de diâmetro, ao selecionar duas linhas paralelas criará uma dimensão linear entre elas. Nos casos onde a ferramenta Smart Dimension não é suficientemente inteligente, você terá a opção de selecionar as extremidades e mover a dimensão para diferentes posições de medição. Onde encontrar No menu Tools, selecione Dimensions, Smart. Ou clique com o botão direito do mouse e selecione Smart Dimension no menu de atalhos. Ou, na barra de ferramentas Dimensions/Relations, clique na ferramenta Smart Dimension . Dimensionando: Seleção e Pré-visualização Assim que você selecionar a geometria de sketch com a ferramenta de dimensão, o sistema cria uma pré-visualização da dimensão. A pré-visualização permite que você veja todas as opções possíveis simplesmente movendo o mouse após fazer as seleções. Clicando com o botão esquerdo do mouse, a dimensão é colocada em sua posição e orientação atuais. Clicando com o botão direito do mouse, somente a orientação é travada, permitindo que você mova o texto antes da colocação final clicando com o botão esquerdo do mouse.
  55. 55. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Dimensões 39 Com a ferramenta de dimensão e duas extremidades selecionadas, a seguir estão as três orientações possíveis para uma dimensão linear. O valor é derivado da distância ponto a ponto inicial e pode ser alterado com base na orientação selecionada. 16 Adição de uma dimensão linear. Escolha a ferramenta de dimensão a partir de alguma fonte e clique na linha mostrada. Clique pela segunda vez para colocar o texto da dimensão acima e à direita da linha. A dimensão aparece com a ferramenta Modify exibindo o comprimento atual da linha. A caixa de números é usada para aumentar/diminuir o valor. Ou, com o texto destacado, você pode digitar um novo valor para alterá-lo diretamente. A Ferramenta Modify A ferramenta modify, que é apresentada quando você cria ou edita uma dimensão (parâmetro), apresenta várias opções. As opções disponíveis são: Aumentar ou diminuir o valor segundo uma quantidade pré-definida. Salvar o valor atual e sair da caixa de diálogo. Restaurar o valor original e sair da caixa de diálogo. Refazer o modelo com o valor atual. Endpoints
  56. 56. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 40 Dimensões Alterar o valor de incremento. Marcar a dimensão para a importação no desenho. 17 Definir o valor. Altere o valor para 0.75 e clique na opção Save . A dimensão força o comprimento da linha para 0,75 polegadas. Dica Pressionar Enter tem o mesmo efeito que clicar no botão Save . 18 Dimensões Lineares. Adicione dimensões lineares adicionais ao sketch, como mostrado. Dicas de Quando você for dimensionar um Dimensionamento sketch, comece com a dimensão menor primeiro e trabalhe desta maneira até a maior. Dimensões Angulares As dimensões angulares podem ser criadas usando a mesma ferramenta de dimensão usada para criar dimensões lineares, diametrais e radiais. Selecione duas linhas que são tanto não-colineares como não-paralelas, ou selecione três extremidades não-colineares.
  57. 57. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Desenhar Fillets 41 Dependendo de onde você colocar a dimensão angular, você pode obter o ângulo interno ou externo, o ângulo agudo ou o ângulo oblíquo. Possíveis opções de colocação: 19 Dimensão Angular. Usando a ferramenta de dimensão, crie a dimensão angular mostrada e defina o valor em 125°. O sketch está totalmente definido. Desenhar Fillets Sketch Fillets é usado para arredondar os cantos vivos em um sketch. Um fillet de sketch pode ser aplicado a um sketch que já esteja totalmente definido. Importante! Nem todos os fillets devem ser adicionados em nível de sketch. Há um comando fillet que funciona diretamente em modelos sólidos que podem ser mais apropriados ao uso. Você aprenderá sobre isso em lições posteriores.
  58. 58. Lição 2 Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Introdução ao Sketch 42 Extrusão Introdução: Fillets de Sketch Sketch Fillet é usado para criar um fillet ou arredondamento em um sketch. O fillet é criado como um arco colocado de maneira tangente a entidades adjacentes. Onde encontrar No menu Tools, selecione Sketch Tools, Fillet. Ou, na barra de ferramentas Sketch, clique em Sketch Fillet . Nota Sketch Fillets não permite valores de raio 0. 20 Sketch Fillets (desenhar fillets). Clique em Sketch Fillet e defina o Radius em 0.1875”. Selecione todas as extremidades no sketch. Clique em OK. Nota Para maior clareza, as relações estão ocultas neste exemplo e no restante da lição. Por que há apenas uma Dimensão? Uma dimensão só aparece no primeiro fillet criado. Todos os fillets criados em uma operação são controlados por este valor de dimensão. Como se faz isso? A exibição das relações do primeiro fillet mostra a resposta: o sistema adiciona automaticamente uma relação Equal aos outros fillets na série. Extrusão Uma vez concluído o sketch, ele pode ser extrudado para criar a primeira feature. Há muitas opções para a extrusão de um sketch incluindo as condições finais, inclinação [draft] e profundidade da extrusão, que serão discutidos em mais detalhes em lições posteriores. As extrusões ocorrem em uma direção normal ao plano do sketch, neste caso, o plano Front. Onde encontrar No menu: Insert, Boss/Base, Extrude.... Ou na barra de ferramentas Features, selecione: .
  59. 59. Manual de Treinamento do SolidWorks 2008 Lição 2 Introdução ao Sketch Extrusão 43 21 Menu de extrusão. Clique em Insert, Boss/Base, Extrude ou na ferramenta na barra de ferramentas Features para acessar o comando. No menu Insert, as opções para outros métodos de criação estão listados juntamente com Extrude e Revolve. Eles ficam indisponíveis porque este sketch não atende às condições necessárias para a criação desses tipos de features. Por exemplo, uma feature de Sweep requer um sketch tanto do perfil como do caminho. Como só há um sketch neste momento, a opção Sweep fica indisponível. 22 Visualizar Gráficos. A orientação da vista se altera automaticamente para Trimetric e uma pré-visualização da feature é mostrada na profundidade default. As handles aparecem e podem ser usadas para arrastarapré-visualização para a profundidade desejada. As handles são vermelhas para a direção ativa e cinzas para a direção inativa. Um callout mostra o valor da profundidade atual. Dica As definições de cores no SolidWorks podem ser modificadas usando Tools, Options. 23 Extrusão de definições de features. Altere as definições, como mostrado. Condição final = Blind (Depth)(produndidade) = 0.25” Clique em OK para criar a feature. Dica O botão OK é apenas uma maneira de aceitar e concluir o processo. Um segundo método é o conjunto de botões OK/Cancel no canto de confirmação da área de gráficos.

×