Prestação de contas

504 visualizações

Publicada em

Publicada em: Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
504
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
198
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prestação de contas

  1. 1. Conheceu Uberlândia-MG, referência de transporte coletivo no país.Ajudou a organizar o movimento ‘Quero Transporte de Qualidade’.Promoveu audiências públicas na Câmara e bairros de Rio Preto.Com sugestões da sociedade elaborou um documento e o entregou ao prefeito. Vereador Pedro Roberto durante visita a Uberlândia
  2. 2. .Resultado: Os problemascontinuam, porque o prefeito não acatou atotalidade das sugestões. Visando uma solução, o vereador PedroRoberto fez diversas reuniões em 2011 comAparecido Capello, secretário de trânsito.Jornal Diário da Região:03 de novembro de 2011
  3. 3. As demandas dos usuários de transportecoletivo de Rio Preto são prioridades dovereador Pedro Roberto (PSOL). No dia 19/04/2012, no Plenário daCâmara, fez Audiência Pública da ComissãoPermanente de Defesa da Cidadania com osecretário Municipal de Trânsito eTransporte, Afonso CarmonaO Transporte Coletivo está longe do ideal e o vereador Pedro Robertocontinuará cobrando melhorias nas linhas
  4. 4. Pedro Roberto cobra instalação de escolas e creches e Unidade de Saúde no Núcleo Residencial Nova Esperança. Convocou secretários de Educação, Obras, Assistente Social, Planejamento e Saúde para dar explicações sobre o atraso das obras. Depois das cobranças foram entregues as escolas de ensino infantil e fundamental. Atualmente, agosto/ 2012, está em fase de conclusão a Unidade de Saúde.Vereador acompanha as obras antes daentrega das chaves
  5. 5. O Vereador Pedro Robertoconheceu entidades assistenciais quecuidam de dependentes químicos emRio Preto. Objetivo: Cobrar da prefeitura umserviço de qualidade e a ampliação doCIAPS, que hoje não dá conta da Visita ao CIAPS (Centro Integrado de atenção psicossocial)demanda.
  6. 6. Prefeito aprovou Projeto de LeiComplementar (08/2011) que prejudicava osprofessores Pedro Roberto foi um dos poucosvereadores que VOTOU CONTRA e lutoupara REVERTER esta situação em favor dosprofessores da rede municipal para que asfaltas justificadas, abonadas, licençasmédicas e internação não prejudicassem apontuação e atribuição de aulas dosprofessores. Após a pressão, o prefeito corrigiu o erro erevogou a Lei aprovada.
  7. 7. Professores vivem períodos de descontentamento e desvalorização.Vereador Pedro Roberto acompanha e coloca seu mandato ao lado dacategoria.Pedro luta pela recomposição salarial, redução da carga horária e pagamentode cesta básica ou vale alimentação digno para as professoras.Houve ganho com a redução da carga horária, mas foi muito pouco.Pedro continuará nessa luta por melhores condições de trabalho dasprofessoras da Educação Infantil, assim como para as Coordenadoras,Cozinheiras e demais trabalhadores das creches.
  8. 8. Enquanto em São José do Rio Pretoas professoras ganham R$1.300,00, em Jundiaí o salário é de R$2.887,00. Nos dois casos sãoprofessoras com formação emPedagogia e com pós-graduação. Antes de viajar a Jundiaí, PedroRoberto visitou as creches de RioPreto, no começo de Abril/ 2012, econstatou o descaso com a EducaçãoInfantil da cidade.
  9. 9. O vereador Pedro Roberto luta aolado da categoria por melhorescondições de trabalho, salário edignidade profissional. Vereador Pedro Roberto participa deato em prol dos agentes de saúde
  10. 10. Desde 2002, Pedro Roberto emoradores do São Marco lutaramjuntos para solucionar o problema dagrande demanda de alunos quesobrecarregava a única escola dobairro. A solução foi a construção deuma nova escola. Com investimentode aproximadamente R$ 5 milhões aescola atende a região da Vila Azul,Navarrety, Santa Inês, Cidade Jardime bairros ao entorno.
  11. 11. Luta em favor dosempregados de empresasterceirizadas para teremmelhores salários epagamentos em dia. Pedro Roberto se reúne com funcionários terceirizados
  12. 12. Após provocar Mesa Redonda noMinistério do Trabalho, realizada nestamanhã 13/08, a empresa Art Limp recolheuFGTS atrasado de 300 cozinheiras eassumiu compromisso de pagar em dia: Vereador Pedro durante mesa redonda no M.Tsalários e ticket. O Ministério do Trabalhovai fiscalizar este acordo a meu pedido.
  13. 13. Proporcionou R$ 15.000.000,00 em multas às agências bancárias. Arrecadado até 3 de agosto R$ 5.714.121,76 Dinheiro suficiente para construir escolas e Unidades de Saúde. Exceto nos dias 10 e 5º dia útil, o cliente não pode passar mais de 15 minutos na fila. Pegue senha de atendimento, aguarde na fila e, ao chegar no caixa, exija o carimbo. Sentindo-se lesado, entregue a senha no setor de fiscalização da prefeitura, quintoandar, ou acione o gabinete do vereador.
  14. 14. IMPRENSADESTACA LEICONTRA AS FILA DOS BANCOS Jornal Bom Dia16 de Março de 2012
  15. 15. Jornal Bom Dia16 de Março de 2012
  16. 16. Pedro é autor da Lei 8629/2002 que cria o PROGRAMA DE SAÚDE DO TRABALHADOR baseado nos preceitos constitucionais que consagra a Saúde como direito de todo cidadão. A Lei visa contribuir na criação de um serviço público capaz de desenvolver ações para redução do número de acidentes e doenças ocupacionais, redução dos gastos para o Município com atendimentos de acidentes e melhorar o desempenho dos trabalhadores nas atividades laborais, favorecendo a produtividade, motivação, evolução nas relações de capital e trabalho e sobretudo proporcionar qualidade de vida no ambiente de trabalho.Centro de Referência de Saúde do TrabalhadorGanhos para o trabalhador: cursos, palestras,aperfeiçoamentos.
  17. 17. Lei Municipal nº 10.483/09 - Determina que aPrefeitura Municipal coloque à disposição dapopulação, em seu site na internet, lista com osgastos do governo. Uma forma de controlesocial onde o contribuinte fiscaliza, através daInternet, se os recursos públicos sãoempregados de forma correta. Pedro assina o Projeto Transparência Rio Preto
  18. 18. Pedro Roberto denunciou o abandono ao Ministério Público, à imprensa ecobrou pessoalmente secretarias de Educação, Obras e Planejamento. Agosto de 2012 – Retornou ao MP e cobrou providências O vereador Pedro Roberto fez com que o Executivo disponibilize R$ 900 milpara reconstrução do parque. Parque Ecológico abandonado Vereador Pedro aciona os órgãos públicos
  19. 19. Após receber um vídeo em sua páginana internet relatando violência contramoradores de rua , o vereador PedroRoberto averigua a situação. Confirmou-se que pessoas estranhas, emum carro preto, retiravam os cobertoresdos sem teto deixando-os passar frio. O vereador Pedro Roberto encaminhou adenúncia aos órgãos competentes paraapuração da responsabilidade, asinvestigações estão em andamento.
  20. 20. Trabalhou para evitar a construção de hidrelétrica no Talhadão. Acionou o Ministério Público para apurar possível crime ambiental deaterramento de nascentes no loteamento Europark, sentido Vila Azul, eeventual invasão em área de preservação permanente na Estância Unitra . Vereador participa de ato na cachoeira do Talhadão
  21. 21. Pedro Roberto, ao lado dos movimentossociais, lutou em defesa doTalhadão, inclusive participando de atoecumênico às margens do rio Turvo, dia 1 deoutubro de 2011. Na ocasião, além do vereador, o ato contoucom a presença do então bispo Dom PauloMendes Peixoto e demais representantespolíticos e #vergonhariopreto. O parlamentarsolicitou ajuda dos deputados do PSOL emBrasília e São Paulo.
  22. 22. Pedro Roberto vota sistematicamenteCONTRA a inclusão de área rural em perímetrourbano sem o estudo de impacto ambiental.
  23. 23. Através da luta de Pedro Robertoevitamos uma SABESP.O Semae administra a Estação detratamento de Esgoto.A economia para o Município foi deaprox.R$ 50 milhões na construçãoda Estação de Tratamento.
  24. 24. Atua firmemente no debate do orçamento de 2012 de mais de R$ 1 bilhão. Em 2011 convocou para dar explicações à sociedade rio-pretense ossecretários de Obras, Planejamento, Fazenda, Cultura, Trânsito e AssistênciaSocial.
  25. 25. Vereador Pedro Roberto apresentou emendas de R$ 5 milhões do orçamentode 2012 para melhorias no trânsito da Região Norte. Rotatória Av. Ernesto Vetorazzo Rotatória Av. Mirassolândia
  26. 26. Emenda 033 ao PROJETO DE LEI Nº 0175/2006Garantiu ao Instituto Comboniano São Judas Tadeuverba mensal de R$ 10.000,00 a partir de 2007.Totalizando R$ 120.000,00 por ano.Recurso para atender e formar muitos jovens para omercado de trabalho.
  27. 27. R$ 555 mil para diagnóstico e tratamento da pessoa autista, R$ 50 mil para construção de calçada no Jardim Felicidade R$ 400 mil para construção e ampliação do Centro de Controle de Zoonoses.As emendas foram rejeitadas pela maioria dos vereadores, apenas aemenda destinando R$ 400 mil para o Centro de Zoonoses foi aprovada.
  28. 28. Projeto de lei do prefeito que cria 230 cargos de apadrinhadospolíticos, reajuste de salário dos vereadores e aumento do número de cadeirade vereadores de 17 para 23 foram rechaçados pelo vereador PedroRoberto durante debate em plenário.
  29. 29. Moradores do Jardim Nunes eloteamento São Pedro I e II solicitaram aovereador Pedro Roberto, asfalto e pontede interligação entre os dois bairros. Pedro Roberto cobrou do secretário de Ruas do Nunes estão sendo pavimentadasObras, denunciou o descaso duranteSessão na Câmara por meio de vídeos eacionou a imprensa. Após as cobranças do vereador, osmoradores fizeram protesto no bairro. O asfalto chegou a todas as ruas doNunes e a ponte já é uma realidade. Ponte sobre o rio são Pedro

×