O Modelo de Auto-Avaliação

640 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
640
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Modelo de Auto-Avaliação

  1. 1. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: Metodologias de operacionalização (parte II) Vera Pessoa 1
  2. 2. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: Metodologias de operacionalização (parte II) D. Gestão da BE D.2. Condições humanas e materiais para a prestação de serviços Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Evidências Sucesso Recolha de extraídas dos Evidências Instrumentos D.2.1. A Professora/ Professora Liderança da Coordenadora: Professora O Coordenador é Coordenadora. É membro activo da membro do Conselho comunidade educativa Pedagógico mobilizando a equipa e a escola/agrupamento para o Registos cumprimento dos objectivos da BE e para a sua integração na escola; Define e distribui funções e cria boas relações interpessoais com a equipa Registos em actas e um ambiente de trabalho de reunião da BE propício ao bom funcionamento da BE; Participa nos órgãos de Aprovação do Plano decisão pedagógica e de Acção(PA) e do quando haja planificação Registos em actas Plano Anual de de actividades; dos Actividades (PAA) departamentos da BE no Conselho Pedagógico (CP) Recorre à planificação estratégica e operacional, 2
  3. 3. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização de acordo com os Documentos que objectivos definidos e dos regulam a problemas identificados; actividade da escola eda BE Operacionaliza um programa de formação para Integração e as literacias e articula com adequação do PAA os docentes contribuindo Recolha e análise da BE ao Plano para as aprendizagens dos de trabalhos Educativo de Escola alunos e para o sucesso realizados pelos (PEE) escolar; alunos Estratégias de marketing Materiais de para a BE e a sua difusão e de Integração e do avaliação; promoção Plano nacional de produzidos pela Leitura (PNL) no BE PAA da BE e a sua concretização Divulgação em blogue da BE e nos placards da escola Indicadores Factores Críticos de Instrumentos de Evidências Sucesso Recolha de extraídas dos Evidências Instrumentos D.2.2. A coordenadora possui um Adequação da nível de formação e um Currículo Constatação de equipa em perfil de competências que formação e perfil número e o tornam apto a gerir a qualificações às equipa e a BE; necessidades de funcionamento da BE e às A equipa é pluridisciplinar, solicitações da adequada em número e A Coordenadora comunidade possui informação e Registos em acta sugere os elementos educativa. competências compatíveis de reunião da BE para trabalharem com com as funções que ela 3
  4. 4. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização desempenha; A Coordenadora O coordenadora tem uma Registos dos analisou com o postura proactiva que recursos Conselho Directivo induz comportamentos de … acesso ao uso dos recursos e garante uma mediação Registo do eficaz entre as numero de necessidades dos utilizadores utilizadores e as fontes Formação adequada informação/possibilidades da BE; O coordenadora interage Registos em actas com a escola/agrupamento, de reunião da BE com o conselho de com os docentes e com os departamentos e restantes Utilizadores; Conselho A BE reúne com o Directivo conselho de docentes para incentivar e planificar acções… Os alunos são acompanhados e formados Grelha de para o uso da BE e para as Observação (O3) diferentes literacias; - usada para A BE analisa e observação e implementa acções registo da forma … integração como os alunos do PNL no PAA (individualmente ou em pequenos grupos) fazem uso da BE 4
  5. 5. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização Indicadores Factores Críticos de Instrumentos Evidências Sucesso de Recolha de extraídas dos Evidências Instrumentos D.2.3. A BE reflecte e integra os Aprovação e Adequação da normativos definitivos pelo Documentos integração da BE na BE em termos Ministério da caracterizadores RBE e de espaço e de Educação/RBE; da BE (plantas, acompanhamento equipamento às equipamentos) pelos seus necessidades de representantes. escola/agrupa- A BE disponibiliza mento condições de espaço capazes de responder, Relatório de no seu funcionamento, às Observação de solicitações da comunidade Qualidade escolar e a uma utilização Satisfação geral diversificada; Número de A organização do espaço em utilizadores zonas funcionais permite Livro de uma utilização integrada do Opiniões/Recla- espaço e dos recursos e o mações trabalho individual e em grupo; Relatório de Observação de O mobiliário é adequado em Qualidade quantidade, cor e altura à Satisfação geral faixa etária dos alunos, proporcionando boas condições de acomodação e o acesso livre dos utilizadores à Registos documentação; internos Requisições dos espaços e Os equipamentos são equipamentos pelos suficientes para as Docentes. necessidades locais e para as necessidades do agrupamento; 5
  6. 6. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização 6
  7. 7. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização Indicadores Factores Críticos Instrumentos de Evidências extraídas de Sucesso Recolha de dos Instrumentos Evidências D.2.4. Resposta dos Os equipamentos computadores e correspondem em Relatório de equipamentos adequação e observação de tecnológicos ao funcionalidade aos Qualidade trabalho e aos novos desafios que desafios da BE o paradigma actual coloca e ao trabalho e uso da documentação em diferentes suportes; Relatório de Satisfação geral Os equipamentos observação de de leitura Qualidade áudio/Mp3 e vídeo DVD são adequados em número e condições de Número de utilizadores funcionamento; Registo de utilização O número de computadores responde à procura e às solicitações dos utilizadores. 7
  8. 8. O Modelo de Auto-Avaliação das Bibliotecas Escolares: metodologias de 2009 operacionalização Vera Pessoa 8

×