Prova 7_ano

1.029 visualizações

Publicada em

PROVA DE LINGUA PORTUGUESA

Publicada em: Educação
1 comentário
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.029
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
18
Comentários
1
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Prova 7_ano

  1. 1. 1 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 LÍNGUA PORTUGUESA Questões 01 a 20 TEXTO I A ESTAÇÃO DO VERÃO Este é um capítulo curto porque o Verão passou muito depressa com o seu sol ardente e suas noites plenas de estrelas. É sempre rápido o tempo da felicidade. O Tempo é um ser difícil. Quando queremos que ele se prolongue, seja demorado e lento, ele foge às pressas, nem se sente o correr das horas. Quando queremos que ele voe mais depressa que o pensamento, porque sofremos, porque vivemos um tempo mau, ele escoa moroso, longo é o desfilar das horas. Curto foi o tempo do Verão para o Gato e a Andorinha. Encheram-no com passeios vagabundos, com longas conversas à sombra das árvores, com sorrisos, com palavras murmuradas, com olhares tímidos porém expressivos, com alguns arrufos também... Não sei se arrufos será a palavra precisa. Explicarei: por vezes a Andorinha encontrava o Gato abatido, de bigodes murchos e olhos ainda mais pardos. A causa não variava: a Andorinha saíra com o Rouxinol, com ele conversara ou tivera aula de canto – o Rouxinol era o professor. A Andorinha não compreendia a atitude do Gato Malhado, aquelas súbitas tristezas que se prolongavam em silêncios difíceis. Entre ela e o Gato jamais havia sido trocada qualquer palavra de amor, e, por outro lado, a Andorinha, segundo disse, considerava o Rouxinol um irmão. Um dia – dia em que a aula de cantos se prolongara além do tempo costumeiro - , quando os bigodes do Gato estavam tão murchos que tocavam o solo, ela lhe pediu explicação daquela tristeza. O Gato Malhado respondeu: - Se eu não fosse um gato, te pediria para casares comigo... A Andorinha ficou calada, num silêncio de noite profunda. Surpresa? – não creio, ela já adivinhara o que se passava no coração do Gato. Zanga? – não creio tampouco, aquelas palavras foram gratas ao seu coração. Mas tinha medo. Ele era um gato e gatos são inimigos irreconciliáveis das andorinhas. Voou rente sobre o Gato Malhado, tocou-o de leve com a asa esquerda, ele podia ouvir as batidas do pequeno coração da Andorinha Sinhá. Ela ganhou altura, de longe ainda o olhou, era o último dia de Verão. AMADO, Jorge. O Gato Malhado e a Andorinha Sinhá – Uma história de amor. Rio de Janeiro: Record, 1998. (Fragmento) 01. O narrador conta os fatos que envolveram o Gato Malhado e a Andorinha Sinhá. ▪ Como ele justifica o fato de o capítulo ser curto? a) Porque os fatos se sucederam lentamente. b) Porque Gato e Andorinha mantiveram-se ocupados. c) Devido à passagem rápida do tempo, pois os fatos se sucederam de repente, em um curto verão. d) Porque a história era curta, tinha poucos acontecimentos. 02. Gato e Andorinhas passaram o verão como dois namorados. A situação entre eles é modificada pela presença do Rouxinol. ▪ Por que o Gato Malhado temia tanto a proximidade do Rouxinol com a Andorinha? a) Porque o gato acreditava que a Andorinha e o Rouxinol eram namorados. b) Porque a Andorinha desprezava o Gato. c) Como o Rouxinol e a Andorinha eram pássaros, o Gato acreditava que eles eram mais adequados para se relacionar um com o outro. d) Porque o Gato acreditava que pássaros e gatos são inimigos e ponto final. 03. Na língua portuguesa escrita, quando duas letras são empregadas para representar um único fonema, tem- se um dígrafo. Encontre a alternativa na qual o dígrafo está presente em todos os vocábulos: a) adivinhara- Andorinha- explicação b) murchos – pardos- compreendia c) depressa – queremos- ganhou d) ficou – fosse- pequeno
  2. 2. 2 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 04. Sobre o texto é CORRETO afirmar que: I- possui um narrador personagem. II- apoia-se na observação da realidade. III- faz o registro de experiências vividas pelo autor. a) I apenas. b) I e III apenas. c) II e II apenas. d) I, II e III. 05. Marque a opção em que as palavras possuem a mesma classificação em relação à tonicidade da sílaba. a) Professor, respondeu, súbitas. b) Silêncio, difíceis, pediria. c) Arrufos, explicarei, bigodes. d) Capítulo, além,Sinhá. TEXTO II A MOÇA TECELÃ Acordava ainda no escuro, como se ouvisse o sol chegando atrás das beiradas da noite. E logo sentava-se ao tear. Linha clara, para começar o dia. Delicado traço cor da luz, que ia passando entre os fios estendidos, enquanto lá fora a claridade da manhã desenhava o horizonte. Depois lãs mais vivas, quentes lãs iam tecendo hora a hora, em longo tapete que nunca acabava. Se era forte demais o sol, e no jardim pendiam as pétalas, a moça colocava na lançadeira grossos fios cinzentos do algodão mais felpudo. Em breve, na penumbra trazida pelas nuvens, escolhia um fio de prata, que em pontos longos rebordava sobre o tecido. Leve, a chuva vinha cumprimentá-la à janela. Mas se durante muitos dias o vento e o frio brigavam com as folhas e espantavam os pássaros, bastava a moça tecer com seus belos fios dourados, para que o sol voltasse a acalmar a natureza. Assim, jogando a lançadeira de um lado para o outro e batendo os grandes pentes do tear para frente e para trás, a moça passava os seus dias. Nada lhe faltava. Na hora da fome tecia um lindo peixe, com cuidado de escamas. E eis que o peixe estava na mesa, pronto para ser comido. Se sede vinha, suave era a lã de leite que entremeava o tapete. E à noite, depois de lançar seu fio de escuridão, dormia tranquila. Tecer era tudo o que fazia. Tecer era tudo o que queria fazer. Mas tecendo e tecendo, ela própria trouxe o tempo em que se sentiu sozinha, e pela primeira vez pensou como seria bom ter um marido ao lado. Não esperou o dia seguinte. Com capricho de quem tenta uma coisa nunca conhecida, começou a entremear no tapete as lãs e as cores que lhe dariam companhia. E aos poucos seu desejo foi aparecendo, chapéu emplumado, rosto barbado, corpo aprumado, sapato engraxado. Estava justamente acabando de entremear o último fio da ponta dos sapatos, quando lhe bateram à porta. Nem precisou abrir. O moço meteu a mão na maçaneta, tirou o chapéu de pluma, e foi entrando na sua vida. Aquela noite, deitada contra o ombro dele, a moça pensou nos lindos filhos que teria para aumentar ainda mais a sua felicidade. E feliz foi, durante algum tempo. Mas se o homem tinha pensado em filhos, logo os esqueceu. Porque, descoberto o poder do tear, em nada mais pensou a não ser nas coisas todas que ele poderia lhe dar. - Uma casa melhor é necessária – disse para a mulher. E parecia justo, agora que eram dois. Exigiu que escolhesse as mais belas lãs cor de tijolo, fios verdes para os batentes, e pressa para a casa acontecer. Mas pronta a casa, já não lhe pareceu suficiente. – Para que ter casa, se podemos ter palácio? – perguntou. Sem querer resposta, imediatamente ordenou que fosse de pedra com arremates em prata. Dias e dias, semanas e meses trabalhou a moça tecendo tetos e portas, e pátios e escadas, e salas e poços. A neve caía lá fora, e ela não tinha tempo para chamar o sol. A noite chegava, e ela não tinha tempo para arrematar o dia. Tecia e entristecia, enquanto sem parar batiam os pentes acompanhando o ritmo da lançadeira. Afinal o palácio ficou pronto. E entre tantos cômodos, o marido escolheu para ela e seu tear o mais alto quarto da mais alta torre. - É para que ninguém saiba do tapete – disse. E antes de trancar a porta à chave, advertiu: - Faltam as estrebarias. E não se esqueça dos cavalos!
  3. 3. 3 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 Sem descanso tecia a mulher os caprichos do marido, enchendo o palácio de luxos, os cofres de moedas, as salas de criados. Tecer era tudo o que fazia. Tecer era tudo o que queria fazer. E tecendo, ela própria trouxe o tempo em que sua tristeza lhe pareceu maior que o palácio com todos os seus tesouros. E pela primeira vez pensou como seria bom estar sozinha de novo. Só esperou anoitecer. Levantou-se enquanto o marido dormia sonhando com novas exigências. E descalça, para não fazer barulho, subiu a longa escada da torre, sentou-se ao tear. Desta vez não precisou escolher linha nenhuma. Segurou a lançadeira ao contrário, e jogando-a veloz de um lado para outro, começou a desfazer seu tecido. Desteceu os cavalos, as carruagens, as estrebarias, os jardins. Depois desteceu os criados e o palácio e todas as maravilhas que continha. E novamente se viu na sua casa pequena e sorriu para o jardim além da janela. A noite acabava quando o marido, estranhando a cama dura, acordou e, espantado, olhou em volta. Não teve tempo de se levantar. Ela já desfazia o desenho escuro dos sapatos, e ele viu seus pés desaparecendo, sumindo as pernas. Rápido, o nada subiu-lhe pelo corpo, tomou o peito aprumado, o emplumado chapéu. Então, como se ouvisse a chegada do sol, a moça escolheu uma linha clara. E foi passando-a devagar entre os fios, delicado traço de luz, que a manhã repetiu na linha do horizonte. COLASSANTI, Marina. Doze reis e a moça no labirinto ao vento. Global: Rio de Janeiro, 2000. 06. No início da narrativa, a personagem vivia feliz. ▪ Quais das passagens podem comprovar essa afirmação? a) “ Nada lhe faltava. Tecer era tudo o que fazia. Tecer era tudo o que queria fazer.” b) “Assim, jogando a lançadeira de um lado para o outro e batendo os grandes pentes do tear para frente e para trás, a moça passava os seus dias.” c) “Mas se durante muitos dias o vento e o frio brigavam com as folhas e espantavam os pássaros, bastava a moça tecer com seus belos fios dourados, para que o sol voltasse a acalmar a natureza.” d) “E feliz foi, durante algum tempo.” 07. O que fez com que a jovem tecelã decidisse mudar seu estilo de vida? a) Ela teceu o próprio marido. b) Ela passou dias e dias, semanas e meses tecendo tetos e portas, e pátios e escadas, e salas e poços. c) Ela construiu o palácio com todos os seus tesouros. d) Ela teceu o tempo em que se sentiu sozinha. 08. O marido jamais se satisfazia com o que tinha e obrigava a mulher a tecer exaustivamente. ▪Que atitude dele demonstrou mais ainda sua ambição? a) O fato de ele exigir uma casa melhor. b) O fato de ele colocar a jovem com o tear na torre mais alta do palácio, como garantia de que seu maior bem estivesse em segurança. c) O fato de ele exigir um palácio. d) O fato de ele se esquecer dos filhos desejados pela tecelã. 09. Compare as escolhas feitas pela Andorinha e pela moça tecelã. O que elas têm em comum? a) Tanto a Andorinha quanto a moça tecelã preferem preservar a si mesmas a sofrer por amor. b) Tanto a Andorinha quanto a moça tecelã não confiam no amor. c) Tanto a Andorinha quanto a moça tecelã temem o amor. d) Tanto a Andorinha quanto a moça tecelã perderam a vontade de viver. 10. Assinale a opção em que todas as palavras são acentuadas pela mesma regra de “rápido”, “própria” e “pássaros”, respectivamente. a) “Exigências”, “já”, “além”. b) “Cômodos”, “contrário”, “último” c) “Caía”, “chapéu”, “pés”. d) “Cômodos”, “pés”, “palácio”.
  4. 4. 4 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 11. Sobre o vocábulo escolhesse, afirmamos: I. Possui dez letras. II. Possui oito fonemas. III. Um dígrafo. IV. É paroxítona a) Está correta apenas a primeira alternativa. b) Estão corretas só as duas primeiras alternativas. c) Nenhuma das alternativas está correta. d) Está incorreta a terceira alternativa. TEXTO III 12. Que palavras fizeram Eddie pensar que o marido de Helga não era Hagar? a) Vinte anos. b) Esbelto, bonito, espirituoso. c) Primeiro marido. d) Marido, esbelto, bonito, espirituoso. 13. Qual o motivo da confusão de Eddie? a) Hagar tem características iguais às que Helga mencionou. b) Hagar separou-se de Helga durante um tempo. c) Hagar não se interessa pela esposa. d) Hagar tem características oposta às que Helga mencionou. 14. Os numerais existentes na tirinha podem ser classificados, respectivamente: a) ordinal, cardinal. b) multiplicativo, ordinal. c) cardinal, ordinal. d) cardinal, fracionário. TEXTO IV TAJ MAHAL, UM PALÁCIO ORIENTAL Um comprido espelho d’água no centro de um palácio reflete a imagem dos visitantes que se aproximam. Quatro torres laterais protegem a construção. Ao centro, o grande palácio de mármore branco. O Taj Mahal, uma das construções mais belas do mundo, é um palácio de estilo oriental. Sua maior cúpula, no centro do palácio, é arredondada e tem a forma de um balão, como se alguém tivesse assoprado seu interior. Duas cúpulas pequenas ficam ao lado dessa principal. As duas pequenas lembram grandes turbantes árabes. O enorme Taj Mahal, na cidade de Agra, na Índia, parece que vai se desprender da terra e sair voando como um tapete mágico.
  5. 5. 5 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 A construção do palácio começou no fim de uma linda história de amor. O príncipe persa Shah Jahan era muito poderoso e namoradeiro. Ele tinha um harém: eram mais de trezentas moças à disposição do príncipe! A cada noite ele escolhia uma mulher diferente para namorar. Certo dia, quando estava com 21 anos, Shah Jahan se apaixonou por uma dessas namoradas, chamada Arjumand Begum. De uma hora para outra, nenhuma de suas trezentas namoradas o fazia feliz. O príncipe não queria saber de mais ninguém. Shah Jahan e a bela Arjumand casaram-se e tiveram 13 filhos! Mas um acontecimento trágico pôs fim a essa história de amor, e deu origem a um dos mais lindos palácios do mundo... [ ...] Quando o 14º filho de Shah Jahan e Arjumand estava nascendo, ela não suportou as dores do parto e morreu. O príncipe se desesperou e quase morreu também, de tristeza e desgosto. Para abrigar o corpo de sua amada, ele decidiu construir um palácio. Shah Jahan convidou os maiores artistas e arquitetos dos impérios persa e mongol, mandou comprar os melhores mármores, encomendou rubis e jades para decorar o mais belo túmulo que alguém poderia ter. Taj Mahal demorou 22 anos para ser construído e ficou pronto em 1653. Shah Jahan resolveu então construir um novo palácio, onde ele próprio seria enterrado. Mas seus filhos não deixaram o príncipe cometer mais essa loucura e o prenderam em uma fortaleza. Quando ele morreu, também foi enterrado no Taj Mahal, ao lado do seu amor. Shah Jhan e Arjumand Begum dormem juntos para sempre no mais lindo palácio do mundo. Disponível em : www.canalkids.com .br 15. Todo texto é produzido com uma intenção. Identifique a intenção do texto Taj Mahal, um Pálacio Oriental. a) Debater sobre um problema social. b) Instruir alguém para realizar uma ação. c) Expor informações, transmitir conhecimentos sobre um determinado assunto. “ d) Vender um produto. 16. Para apresentar o assunto, foi necessária a construção de trechos descritivos. Qual trecho comprova essa afirmação? a) “Sua maior cúpula, no centro do palácio, é arredondada e tem a forma de um balão, como se alguém tivesse assoprado seu interior.” b) “Quando ele morreu, também foi enterrado no Taj Mahal, ao lado do seu amor. Shah Jhan e Arjumand Begum dormem juntos para sempre no mais lindo palácio do mundo.” c) “Quando o 14º filho de Shah Jahan e Arjumand estava nascendo, ela não suportou as dores do parto e morreu.” d) “Mas seus filhos não deixaram o príncipe cometer mais essa loucura e o prenderam em uma fortaleza.” 17. No texto Taj Mahal, um Pálacio Oriental, o autor faz uso de adjetivos pátrios. Identifique a passagem que comprove essa afirmação. a) “Shah Jhan e Arjumand Begum dormem juntos para sempre no mais lindo palácio do mundo.” b) “Shah Jahan convidou os maiores artistas e arquitetos dos impérios persa e mongol, mandou comprar os melhores mármores, encomendou rubis e jades para decorar o mais belo túmulo que alguém poderia ter.” c) “Mas um acontecimento trágico pôs fim a essa história de amor, e deu origem a um dos mais lindos palácios do mundo... [ ... ]” d) “De uma hora para outra, nenhuma de suas trezentas namoradas o fazia feliz.” 18. Os pronomes não têm significado próprio; dependem do contexto para adquirir sentido. Quando substituem um substantivo, por exemplo, são chamados pronomes substantivos. ▪ Qual dos pronomes destacados nas passagens abaixo é um pronome substantivo? a) “. Mas seus filhos não deixaram o príncipe cometer mais essa loucura (...)”. b) “Mas um acontecimento trágico pôs fim a essa história de amor (...)” c) “Para abrigar o corpo de sua amada, ele decidiu construir um palácio” d) “Quando ele morreu, também foi enterrado no Taj Mahal, ao lado do seu amor.”
  6. 6. 6 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 TEXTO V 19. O garoto não gosta de gatos. Seus argumentos não conseguem convencer Tita a não gostar de gatos também. Por quê? a) Porque ironicamente ela usa os mesmos argumentos para demonstrar que o garoto é como os gatos, mas é amado pela mãe. b) Porque ela não acredita nos argumentos do garoto. c) Porque Tita também não faz nada. d) Porque ironicamente ela usa os mesmos argumentos para demonstrar que o garoto é diferente dos gatos, mas é amado pela mãe. 20. Sobre a passagem “... E sua mãe ama você”, podemos afirmar que: a) o verbo está na primeira pessoa do singular. b) o verbo está no modo imperativo. c) o verbo pertence à primeira conjugação. d) o verbo está no modo subjuntivo.
  7. 7. 7 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 MATEMÁTICA Questões 21 a 40 O esporte é essencial para uma melhor qualidade de vida. Assim como o conhecimento faz diferença no mundo em que vivemos, o movimento está em nossas vidas como uma necessidade vital do ser humano. Para as crianças e adolescentes, o esporte proporciona momentos ricos em sua aprendizagem. Ao praticar um esporte expressamos sentimentos, crenças, valores, enfim nosso modo de sentir e perceber o mundo. 21. Originalmente, os Jogos Olímpicos da Antiguidade foram realizados em Olímpia, na Grécia, no século VIII a.C. ao século V d.C. No século XIX, o Barão Pierre de Coubertin fundou o Comite Olímpico Internacional (COI) em 1894. O ano que foi fundado COI, em algarismos romanos é: a) MVIIIIXIV b) MXIIIIXIV c) MDCCCXCIV d) MCCMXCIV 22. Os primeiros jogos sob os auspícios do COI foram sediados no estádio Panathinaiko em Atenas, em 1896. Estes jogos trouxeram nações e 241 atletas que competiram em eventos. As informações acima foram trocadas por figuras ( ) Resolvendo as expressões, saberemos quantas nações e quantos eventos foram. = (3+4)2 – 7.5 = 72 – 45 + (22 + 33 + 23 ) O triângulo e a estrela, respectivamente podem ser substituídos por: a) 27 e 34 b) 14 e 43 c) 23 e 43 d) 43 e 14
  8. 8. 8 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 23. Fernanda é uma garota que não curte muito esportes que envolvem o físico, mas os que exercitam a mente é com ela mesma. A mãe de Fernanda pediu que ela respondesse ao seguinte desafio: João é mais velho que Pedro, que é mais novo que Carlos; Antonio é mais velho que Carlos, que é mais novo que João. Antonio não é mais novo que João e todos os meninos têm idades diferentes. Qual é o mais jovem deles? Agora, você me dirá!!! O mais jovem é: a) João b) Pedro c) Carlos d) Antonio 24. Hoje ser um grande atleta pode gerar fama, riqueza e muita influência. Existem atletas que têm salários que saem do nosso controle, são números que chegam a ser absurdos a realidade humana.” Para nós o Natal é uma vez por ano, todavia para os atletas que mais dinheiro ganham neste mundo eu arrisco-me a dizer que o Natal talvez seja todos os dias…” Supondo que a cotação do euro seja: 1 euro= 3 reais. A informação acima nos mostra que Messi ganha 31 milhões e 369 mil de euros, isso equivale em reais: a) 987.650.000 b) 956.432.100 c) 94.107.000 d) 98.700.000 25. Valor absoluto de um algarismo é o número de unidades simples que ele representa, independente da posição que ele ocupa no numeral. Qual a soma dos valores absolutos do salário de Messi em reais? a) 35 b) 30 c) 21 d) 24 26. Em alguns esportes, os atletas sofrem muito com lesões que podem até ser casos cirúrgicos. O gráfico abaixo mostra uma análise feita com 57 atletas na modalidade de handebol. Da análise dos 57 atletas, 42% apresentaram lesões, sendo que 48,37% das lesões aconteceram em jogos e 51,63% ocorreram nos treinos. Gráfico1. Momento em que as lesões ocorreram É correto afirmar que dos 57 atletas o número de lesionados é de aproximadamente: a) 23 b) 24 c) 25 d) 26
  9. 9. 9 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 27. Uma pessoa que pratica esportes pode ser considerada saudável. Já as pessoas que levam uma vida sedentária não se pode dizer o mesmo. A obesidade infantil é algo que preocupa muitos pais que não sabem como controlar essa situação. Mas sabemos que além de uma boa alimentação é preciso colocar o corpo e a mente em movimento para se ter uma boa saúde. Carlinhos não se cuidou e viu seu corpo e sua disposição acabarem de tal forma deixando a sua saúde em total descaso. Dos 8 aos 12 anos seu peso aumentou em uma progressão: 32 kg, 38kg, 46kg, 56kg, x. O peso de Carlinhos aos 12 anos é: a) 66kg b) 67kg c) 68kg d) 69kg 28. Mariana pratica ginástica olímpica desde os 3 anos de idade. Hoje, sua idade é: 6< idade< 11. Mariana atualmente já disputa grandes campeonatos de ginastas. Qual a letra na reta numérica que pode corresponder a idade de Mariana atualmente? a) Z b) Y c) X d) N.D.A 29. Em um certo dia, 4 canais de televisão transmitiram a abertura de um campeonato esportivo. Foi feita uma pesquisa para avaliar os níveis de audiência desses canais no horário que foi exibida a abertura do campeonato. Os resultados obtidos estão representados no gráfico de barras. O número de residências ouvidas nessa pesquisa foi de aproximadamente: a) 100 b) 320 c) 400 d) 300
  10. 10. 10 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 30. A natação é um esporte que traz vários benefícios para a saúde das pessoas. Ajuda no desenvolvimento do corpo, problemas respiratórios entre outros benefícios. Fábio treina todos os dias em um clube que tem uma grande piscina olímpica, pois ele sonha um dia ser um campeão nessa modalidade esportiva. Sabe-se que para calcular o volume dessa piscina, temos que multiplicar comprimento, largura e altura. As dimensões são as seguintes: 50 m de comprimento, 22,8 m de largura e 2,5 m de profundidade ( altura). Então podemos afirmar que o volume dessa piscina corresponde a: a) 1790 m³ b) 2850 m³ c) 1850 m³ d) 3850 m³ 31. Para encher uma piscina olímpica são necessários muitos, muitos e muitos litros de água!!! Sabe-se que 1 m³ equivale a mil litros de água. Logo, temos que a quantidade de água que cabe na piscina que Fábio treina seja: a) 2 milhões e 850 mil litros de água. b) 2,85 mil litros de água. c) 1 milhão e 850 mil litros de água. d) 3 milhões e 850 mil litros de água. A ROTINA DE UM ATLETA!! Fernando acorda às 6h para se arrumar para ir para escola, que fica a 3,4 km de sua casa. Ele pega sua bicicleta e em 10 minutos chega na escola feliz da vida, pois ele adora estudar e sua matéria predileta é claro, não podia ser outra, Matemática!!!! Fernando é um aluno super disciplinado em tudo que faz, e no esporte isso é uma exigência. De 2ª a 6ª feira ele treina em um clube que fica a 2,9 km de sua casa das 15 h às 18 h e volta para casa para terminar suas tarefas de escola, não quer ser apenas nota 10 nos esportes, mas também na escola. Tem como meta ser um grande homem e também um grande jogador, por isso tanta disciplina e amor no que faz. Ele diz que para alcançar seus objetivos usa muita determinação, coragem e dedicação. 32. O percurso que Fernando faz de 2ª a 6ª feira com sua rotina casa- escola, casa- clube ( ida e volta), corresponde a quantos quilômetros? a) 630 m b) 63 km c) 31,5 km d) 35,6 km
  11. 11. 11 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 33. Fernando tem uma rotina de estudos e tarefas todos os dias da semana, com mostra a tabela. Dias da semana Horas de Estudo 2ª feira 3,4 horas 3ª feira 4,5 horas 4ª feira 3,8 horas 5ª feira 4,7 horas 6ª feira 4 horas Pode se dizer que a média de horas de estudos por dia de Fernando é: a) 4 horas b) 3,9 horas c) 4,8 horas d) 4,08 horas 34. Para responder essa questão, volte nas informações acima sobre a rotina de um atleta. Um ano letivo são 200 dias, assim Fernando fará o seu percurso, no total, quantas horas de sua casa para escola ( ida e volta) durante o ano letivo? a) 66 horas e 40 min b) 66 horas e 20 min c) 66 horas e 10 min d) 66 horas e 50 min 35. Sr. Alex, pai de Gabi, comprou uma bicicleta de presente para filha, pois ela deseja muito ser uma ciclista profissional, além de se preocupar com o seu físico. Ele comprou uma bicicleta própria para ciclistas profissionais. Vai pagar em 4 parcelas da seguinte forma a 1ª R$ 280,00; a 2ª R$ 70,00 a mais que a primeira; a 3ª parcela R$ 90,00 a mais que a 2ª parcela e, a 4ª parcela igual à 1ª e a 2ª juntas. Quanto custou a bicicleta? a) R$ 1470,00 b) R$ 1259,00 c) R$ 1699,99 d) R$ 1700,00 36.
  12. 12. 12 MEGABOLSÃO para o ano 2013 – 7º ano/6ª Série – 21/10/2012 O número de chicletes que Calvin teria que ter para dividir com os colegas é o resultado da expressão 5x5 - 6 + 6x10. Então esse número é: a) 24 b) 35 c) 250 d) 79 37. Tio Cássio vai organizar um torneio de vôlei com os alunos dos 6º anos. Cada equipe de vôlei tem 6 alunos. Quantas equipes, no máximo, podem ser formadas com 32 meninos do 6º ano? a) 4 b) 5 c) 6 d) 7 38. Samuel tem apenas 13 anos mas já participa de grandes campeonatos de tênis. Desvendando o número das informações abaixo, obteremos o número de partidas que Samuel já participou. É um número maior que 200 e menor que 250. É divisível por 2, por 3 e por 5. Não é divisível por 7. Que número é esse? a) 230 b) 240 c) 210 d) 220 39. A Matemática pode até não ser bem aceita por todos, mas é um exercício para nossa mente. Pois nos ajuda a ter um raciocínio rápido e desenvolve a nossa agilidade!!! É por isso que o professor Januário não deixa as suas turmas nem um minuto sem desenvolver o raciocínio lógico e faz das suas aulas um exercício do cérebro. Durante uma aula então, perguntando sobre o dia do seu aniversário, o professor Januário disse: - O dia em que nasci é um número primo maior do que o quadrado e menor do que o cubo do mês em que nasci. A soma do dia com o mês também dá um número primo, mas a diferença não. A soma do dia com o mês do aniversário do professor Januário é: a) 23 b) 7 c) 17 d) 19 40. Se Ricardo joga futebol nos dias pares e pratica natação em todos os dias múltiplos de 3, em quantos dias do mês de maio ele pratica os dois esportes? (Maio=30 dias) a) 3 b) 4 c) 5 d) 6

×