 O termo usinagem compreende todo
processo mecânico onde a peça é o
resultado de um processo de remoção de
material.
 Ex...
 Processo mecânico de usinagem
destinado à obtenção de superfícies de
revolução com o auxílio de uma ou mais
ferramentas ...
 Faceamento;
 Sangramento;
 Torneamento longitudinal (ou
cilindragem);
 Torneamento de rosca;
 Perfilamento, entre ou...
Neste caso o movimento de avanço da
ferramenta se dá no sentido normal ao eixo de
rotação da peça.Tem por finalidade obter...
Movimento transversal como no
faceamento. Utilizado para separar o
material de uma peça (corte de barras).
Operação de torneamento onde se obtém uma
geometria cilíndrica, coaxial ao centro de rotação.
Pode ser externo ou interno ...
Como o próprio nome indica, neste caso,
velocidade de corte e avanço são tais a promover o
filetamento da peça de trabalho...
Operação onde uma ferramenta com
perfil semelhante àquele desejado
avança perpendicularmente ao eixo de
rotação da peça.
A usinagem começou em tempos remotos com
processos totalmente manuais e hoje em dia evolui
muito com o uso de máquinas de ...
Existe muitas ferramentas que são
utilizadas no torno para fazer as
usinagens. Para cada tipo de
torneamento desejado pra ...
.
Velocidade de corte (vc) [m/min].
Velocidade linear relativa entre a ponta da
ferramenta e a peça em rotação.
Avanço (f) [...
.
 Vantagens:
• Rapidez de entrega de um produto;
• Econômico;
•
 Limitações:
• Da uma superfície com rugosidade;
• Pouca precisão;
• A questão da segurança do torneador
• A questão ambi...
Específico para Torneamento duro e é uma
operação de usinagem de acabamento por rotação de
peças com mais de 48 HRc de dur...
• Elimina operações de retífica
• Produz cavacos em um ambiente limpo
• Maior produtividade em relação a operações
de retí...
 BYE BYE...
 GALERA DO EAPIC...
 EME 2007 UNIFEI AGRADECE...
Torneamentofinal
Torneamentofinal
Torneamentofinal
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Torneamentofinal

188 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
188
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
4
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Torneamentofinal

  1. 1.  O termo usinagem compreende todo processo mecânico onde a peça é o resultado de um processo de remoção de material.  Existem vários processos de usinagem, entre eles serramento, aplainamento, torneamento, fresamento (ou fresagem), furação, brochamento, eletroerosão entre outros.
  2. 2.  Processo mecânico de usinagem destinado à obtenção de superfícies de revolução com o auxílio de uma ou mais ferramentas monocortantes. Para tanto, a peça gira em torno do eixo principal de rotação da máquina e a ferramenta se desloca simultaneamente segundo uma trajetória coplanar com o referido eixo.
  3. 3.  Faceamento;  Sangramento;  Torneamento longitudinal (ou cilindragem);  Torneamento de rosca;  Perfilamento, entre outros.
  4. 4. Neste caso o movimento de avanço da ferramenta se dá no sentido normal ao eixo de rotação da peça.Tem por finalidade obter uma superfície plana.
  5. 5. Movimento transversal como no faceamento. Utilizado para separar o material de uma peça (corte de barras).
  6. 6. Operação de torneamento onde se obtém uma geometria cilíndrica, coaxial ao centro de rotação. Pode ser externo ou interno (geração de um tubo). Superfícies cônicas podem ser obtidas de forma similar, com adequada orientação do carro porta- ferramentas.
  7. 7. Como o próprio nome indica, neste caso, velocidade de corte e avanço são tais a promover o filetamento da peça de trabalho com um passo desejado. Para isto, é preciso engrenar a árvore do cabeçote fixo com o fuso de avanço por meio de engrenagens.
  8. 8. Operação onde uma ferramenta com perfil semelhante àquele desejado avança perpendicularmente ao eixo de rotação da peça.
  9. 9. A usinagem começou em tempos remotos com processos totalmente manuais e hoje em dia evolui muito com o uso de máquinas de alta precisão, por exemplo chamadas CNC (com comando numérico computadorizado), que são controladas por computador. A precisão de tal máquinas chega a ser tão pequena quanto 1 mícron.  Torno paralelo  Torno semi-automático de torre  Torno automático  Torno platô  Torno vertical  Torno CNC
  10. 10. Existe muitas ferramentas que são utilizadas no torno para fazer as usinagens. Para cada tipo de torneamento desejado pra fazer na peça a ser obtida existe uma ferramenta conveniente.
  11. 11. .
  12. 12. Velocidade de corte (vc) [m/min]. Velocidade linear relativa entre a ponta da ferramenta e a peça em rotação. Avanço (f) [mm/rotação] – distância percorrida pela ferramenta por revolução da peça. Permite remoção contínua de material. Profundidade de corte (ap) [mm] - espessura ou profundidade de penetração da ferramenta medida perpendicularmente ao plano de trabalho. Taxa de remoção de material – volume de material removido por unidade de tempo
  13. 13. .
  14. 14.  Vantagens: • Rapidez de entrega de um produto; • Econômico; •
  15. 15.  Limitações: • Da uma superfície com rugosidade; • Pouca precisão; • A questão da segurança do torneador • A questão ambiental • Dependência da habilidade do torneador
  16. 16. Específico para Torneamento duro e é uma operação de usinagem de acabamento por rotação de peças com mais de 48 HRc de dureza. Operações como torneamentos longitudinais, faceamentos e rosqueamentos podem ser realizadas em tornos CNC. Os tornos CNC devem ser rígidos e as ferramentas de corte mais utilizadas são as pastilhas de cerâmica e CBN. Dependendo do material a ser trabalhado, a usinagem pode ser feita a seco ou utilizando-se óleos solúveis.
  17. 17. • Elimina operações de retífica • Produz cavacos em um ambiente limpo • Maior produtividade em relação a operações de retífica • Possibilidade de realizar múltiplas operações em um único ciclo de trabalho • Baixo custo do ferramental • Investimentos muito acessíveis em tornos CNC • Reduz dependência do operador
  18. 18.  BYE BYE...  GALERA DO EAPIC...  EME 2007 UNIFEI AGRADECE...

×