EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO/ONGS EMPREENDEDORISMO Loanda-Pr 2010
EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO A empresa de participação segue o conceito de associativismo, visto que nasce a partir da mobiliz...
  Empresa de Participação é um modelo de investimento em negócios que reúne centenas de pequenos investidores de uma comun...
Atuam nos setores industrial, comercial, serviços e agropecuário.  QUEM PARTICIPA?   Pessoas jurídicas e físicas das mais ...
PRINCIPAIS OBJETIVOS     - Despertar a comunidade para um projeto auto-sustentável de desenvolvimento empresarial.     - C...
As ONG’s (Organizações não governamentais) são organizações formadas pela sociedade civil sem fins lucrativos e que tem co...
A capacitação e a formação como tarefas organizacionais consistem na criação de espaço onde se exercitam habilidades que s...
O objetivo das ONG's é fiscalizar as pessoas públicas, que estejam em cargos públicos e que, portanto, devem prestar conta...
VANTAGENS  A proximidade das populações, com trabalho a nível local, micro, mas simultaneamente passível de efeitos multip...
EXEMPLOS DE EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO/ONGS SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas,  A missão do ...
GREENPEACE  É uma organização global e independente que atua para defender o meio ambiente e promover a paz, inspirando as...
Adm. Vanderlei Mores Twitter: MoraesVanderlei [email_address] http://admvanderlei.blogspot.com/ Loanda-Pr 2010
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Empreendedorismo

640 visualizações

Publicada em

Empres

Publicada em: Tecnologia, Negócios
0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
640
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
7
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
4
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Empreendedorismo

  1. 1. EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO/ONGS EMPREENDEDORISMO Loanda-Pr 2010
  2. 2. EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO A empresa de participação segue o conceito de associativismo, visto que nasce a partir da mobilização de pessoas unidas voluntariamente, para satisfazer aspirações e necessidades econômicas, através da reunião de recursos individuais em um capital maior, visando criar uma empresa holding (empresa mãe) que vai investir em oportunidades, voltada à produção de bens e serviços, estimulando o surgimento de micro e pequenas empresas.
  3. 3.   Empresa de Participação é um modelo de investimento em negócios que reúne centenas de pequenos investidores de uma comunidade ou setor empresarial, que aplicam seus recursos, através de uma empresa holding (empresa mãe), na criação de novos negócios ou na capitalização dos já existentes. As EP's têm identidade própria definidas pelas seguintes características: PARA QUE SERVEM? Para a criação de novos negócios e também como fonte de recursos financeiros e técnicos para as pequenas empresas, sob forma de capital de risco. O QUE SÃO ?
  4. 4. Atuam nos setores industrial, comercial, serviços e agropecuário. QUEM PARTICIPA? Pessoas jurídicas e físicas das mais variadas profissões, tais como: empresários, técnicos, professores, estudantes, etc.   Um Conselho de Administração e uma Diretoria Executiva indicados e eleitos pela Assembléia Geral. EM QUE SETORES ATUAM? QUEM ADMINISTRA?
  5. 5. PRINCIPAIS OBJETIVOS   - Despertar a comunidade para um projeto auto-sustentável de desenvolvimento empresarial.   - Criar novas empresas e gerar empregos. - Deter a fuga de capital da comunidade para fora, inibindo os residentes a aplicarem em investimento sem retorno. Dar oportunidade de investimento seguro a pequenos poupadores. - Coordenar a gestão das empresas afiliadas, visando a lucratividade de cada uma e do grupo como um todo. - Implantar com o capital intelectual da comunidade, modelo de gestão profissional empresarial, que poderá ser utilizado por outros empresários locais.
  6. 6. As ONG’s (Organizações não governamentais) são organizações formadas pela sociedade civil sem fins lucrativos e que tem como missão a resolução de algum problema da sociedade, seja ele econômico, racial, ambiental, e/ou ainda a reivindicação de direitos e melhorias e fiscalização do poder público. São formadas por grupos de pessoas que por sua vez formam oficinas-vivências que oferecem reflexões diante das funções de trabalho e do viver cotidiano. As empresas de capacitação instigam a aquisição e descobertas de habilidades e capacidades de ações para o mundo em que vive, como recursos operacionais conscientes, que a pessoa pode utilizar no desempenho a ela designado. ONG’s
  7. 7. A capacitação e a formação como tarefas organizacionais consistem na criação de espaço onde se exercitam habilidades que se desejam desenvolver, ao mesmo tempo em que possibilitam a consciência das ações diante das reflexões. Também chamado “terceiro setor”, embora essa definição não seja muito clara, as organizações sem fins lucrativos são particulares ou públicas, desde que não tenham como principal objetivo a geração de lucros e, que se houver geração de lucros, estes sejam destinados para o fim a que se dedica a organização não podendo este ser repassado aos proprietários ou diretores da organização.
  8. 8. O objetivo das ONG's é fiscalizar as pessoas públicas, que estejam em cargos públicos e que, portanto, devem prestar contas de seus atos aos administrados. ONG's são importantes instrumentos de defesa do cidadão e pode se valer de todos os recursos legais para a consecução se suas finalidades. E a legislação, constitucional e infraconstitucional garante a gratuidade dos atos necessários ao exercício da cidadania.
  9. 9. VANTAGENS A proximidade das populações, com trabalho a nível local, micro, mas simultaneamente passível de efeitos multiplicadores; a independência face aos poderes, com uma grande diversidade de fontes de recursos e “imunidade” face aos ciclos políticos eleitorais; DESVANTAGEM O risco de esvaziamento do Estado de algumas das suas funções essenciais e de ocultar a necessidade de melhorar as condições de um bom governo, de forma a garantir resposta a algumas das necessidades básicas das populações; O risco de agravamento de conflitos dentro das sociedades pela disputa de recursos, na ausência de uma definição clara de complementaridades e da construção de uma agenda comum;
  10. 10. EXEMPLOS DE EMPRESAS DE PARTICIPAÇÃO/ONGS SEBRAE - Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, A missão do SEBRAE  é  "incrementar a criação e o desenvolvimento das pequenas e micro empresas através de ações educativas, melhorando assim o seu resultado, estimulando o espírito empresarial e reforçando o seu papel socioeconômico" SENAR – Serviço Nacional de Aprendizagem Rural É missão do Senar desenvolver ações de Formação Profissional Rural (FPR) e atividades de Promoção Social (PS) voltadas às pessoas do meio rural, contribuindo para sua profissionalização, sua integração na sociedade, melhoria da qualidade de vida e para o pleno exercício da cidadania.
  11. 11. GREENPEACE É uma organização global e independente que atua para defender o meio ambiente e promover a paz, inspirando as pessoas a mudarem atitudes e comportamentos. PÓLO EMPRESARIAL SPARTACO, EM COTIA – SP O pólo é administrado pela empresa de participação Espri - Empreendimentos, Serviços e Projetos Industrias S/A, EP criada em 1993, atualmente com cerca de 200 acionistas e mais de 3.000 associados. O pólo conta hoje com seis empresas de diversos setores: confecção, produtos de limpeza biodegradáveis e embalagens plásticas, entre outros. Numa área de aproximadamente 52.000 metros quadrados, o pólo tem espaço disponível para mais quatro empresas.
  12. 12. Adm. Vanderlei Mores Twitter: MoraesVanderlei [email_address] http://admvanderlei.blogspot.com/ Loanda-Pr 2010

×