Quadro vanda bernardino-07-12

299 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
299
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
1
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Quadro vanda bernardino-07-12

  1. 1. 1ª parte da tarefa da 7ª sessão on-line1. Elabore um quadro que permita cruzar o tipo de informação resultante da auto-avaliação da BE nos seus diferentes Domínios/Sub-domínios e respectivos Indicadores, com os Campos de análise e Tópicos descritores estabelecidos pela IGE, nos quais aquela informação deve ser relatada e enquadrada para apresentação. Quadro de referência para a avaliação de escolas e agrupamentos Modelo de auto-avaliação de Bibliotecas Escolares Agrupamento de Escolas Pedro Eanes Lobato (2007-08)Campos de análise de desempenho (avaliação externa) Domínio/Indicadores de auto-avaliação da BE 1- Contexto e caracterização geral da escola --- Não são feitas referências 2- O Projecto Educativo --- Não são feitas referências 3- A organização e a gestão da escola A – Apoio ao desenvolvimento curricularRefere-se a Biblioteca Escolar como espaço de A.2.- Promoção das literacias da informação, tecnológica eexcelência da comunidade escolar evidenciando o seu digitalapetrechamento e, posteriormente, dá-se conta da A.2.2 – Promoção do ensino em contexto deelevada taxa de utilização por parte dos alunos. competências de informaçãoEm “Gestão dos recursos materiais e financeiros” a BE A.2.3 – Promoção do ensino em contexto de 7 de Dezembro de 2010(da escola-sede e do 1º Ciclo) volta a ser referida como competências tecnológicas e digitaisespaço organizado e bem equipado, ao serviço de umensino vocacionado para as novas tecnologias. 4- Ligação à comunidade --- Não são feitas referências 5- Clima e ambientes educativos A – Apoio ao desenvolvimento curricularÉ referida a Biblioteca Escolar, pela dimensão cultural A.1.- Articulação curricular da biblioteca escolar com asque mobiliza. estruturas de coordenação e supervisão pedagógica e comRefere-se também a organização da BE e respectivos os docentespólos de funcionamento (na qual a rádio escolar é umdeles). A.1.6.- Colaboração da BE com os docentes na concretização das actividades curriculares desenvolvidas no espaço da BE ou tendo por base os seus recursos. 6- Resultados B – Leitura e literacia B.2.- Integração da BE nas estratégias e programas deÉ referida a BE pela dinamização de actividades de leiturapromoção da leitura, com vista à promoção do sucesso A – Apoio ao desenvolvimento curriculareducativo dos alunos. A.2.5 – Impacto da BE no desenvolvimento deRealça-se também a taxa de utilização do espaço da BE valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadaniapelos alunos em actividades diversas. e à aprendizagem ao longo da vida. 7- Outros elementos relevantes para a caracterização da escolaEm “ Parcerias, Protocolos e Projectos” voltam a referir- ---se PNL, RBE (…), estando ausente qualquer referência àBE. A BE não é apontada como ponto forte ou oportunidade deste Agrupamento de Escolas. Formação MABE DREL-VT Turma 3 A formanda: Vanda Maria Gameiro Bernardino 2010/12/07
  2. 2. Quadro de referência para a avaliação de escolas e agrupamentos Modelo de auto-avaliação de Bibliotecas Escolares Escola Secundária c/ 3º Ciclo José Afonso (2008-09)Campos de análise de desempenho (avaliação externa) Domínio/Indicadores de auto-avaliação da BE 1- Contexto e caracterização geral da escola --- Não são feitas referências 2- O Projecto Educativo --- Não são feitas referências 3- A organização e a gestão da escola D- Gestão da Biblioteca EscolarRefere-se a Biblioteca Escolar como espaço de D.2 – Condições humanas e materiais para a prestação deexcelência da comunidade escolar, evidenciando o seu serviçosapetrechamento e, posteriormente, dá-se conta daelevada taxa de utilização por parte dos alunos. D.2.3.- Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da escola. 4- Ligação à comunidade --- Não são feitas referências 7 de Dezembro de 2010 5- Clima e ambientes educativos A – Apoio ao desenvolvimento curricular É referida a Biblioteca Escolar, pela dimensão cultural A.2.- Promoção das literacias da informação, tecnológica que mobiliza. e digital A.2.5 – Impacto da BE no desenvolvimento de valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadania e à aprendizagem ao longo da vida. 6- Resultados --- Não são feitas referências 7- Outros elementos relevantes para a caracterização da escolaEm “ Parcerias, Protocolos e Projectos” voltam a referir- ---se PNL, RBE (…), estando ausente qualquer referência àBE. A BE não é apontada como ponto forte ou oportunidade desta Escola. Formação MABE DREL-VT Turma 3 A formanda: Vanda Maria Gameiro Bernardino 2010/12/07
  3. 3. Quadro de referência para a avaliação de escolas e agrupamentos Modelo de auto-avaliação de Bibliotecas Escolares Agrupamento de Escolas Paulo da Gama (2008-09)Campos de análise de desempenho (avaliação externa) Domínio/Indicadores de auto-avaliação da BE 1- Contexto e caracterização geral da escola D- Gestão da Biblioteca EscolarÉ feita referência à Biblioteca Escolar, caracterizando o D.2 – Condições humanas e materiais para a prestaçãoestado de desgaste dos pólos de biblioteca do de serviçosagrupamento. Refere-se ainda o bom estado deutilização dos equipamentos na BE da escola-sede. D.2.3.- Adequação da BE em termos de espaço às necessidades da escola. 2- O Projecto Educativo --- Não são feitas referências 3- A organização e a gestão da escola A – Apoio ao desenvolvimento curricularReferem-se os projectos e algumas iniciativas de A.2.5 – Impacto da BE no desenvolvimento depromoção da leitura e a Biblioteca Escolar no âmbito do valores e atitudes indispensáveis à formação da cidadaniaapoio a projectos com o tema “Os Direitos Humanos” e à aprendizagem ao longo da vida. B- Leitura e literacia B.1.- Trabalho da BE ao serviço da promoção da leitura 7 de Dezembro de 2010 4- Ligação à comunidade --- Não são feitas referências 5- Clima e ambientes educativos B- Leitura e literaciaÉ referida a Biblioteca Escolar, no âmbito da oferta de B.2.- Integração da BE nas estratégias e programas deactividades do Plano Nacional de Leitura leitura 6- Resultados --- Não são feitas referências 7- Outros elementos relevantes para a caracterização da escola --- Não são feitas referências A BE não é apontada como ponto forte ou oportunidade deste Agrupamento de Escolas. Formação MABE DREL-VT Turma 3 A formanda: Vanda Maria Gameiro Bernardino 2010/12/07

×