O Conto Tradicional

9.578 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
9.578
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.263
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
231
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

O Conto Tradicional

  1. 1. Literatura Oral e Tradicional<br />Conto Popular<br />
  2. 2. Narrativa curta e fantástica, de origem anónima e oral:<br />pouco extensos<br />levam-nos a um mundo irreal<br />de autor desconhecido<br />transmitidos oralmente de geração em geração<br />o mesmo conto pode ter diferentes versões<br />Conto Popular<br />2<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />
  3. 3. É sempre muito simples:<br />Situação Inicial:<br />muitas vezes iniciado por “Era uma vez…”<br />Desenvolvimento: <br />a situação inicial é perturbada, o que provoca uma série de peripécias, as quais conduzem a um ponto culminante.<br />Desenlace:<br />o equilíbrio é restabelecido<br />“… e viveram felizes para sempre.”<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />3<br />Estrutura<br />
  4. 4. Número reduzido de personagens<br />os heróis e os vilões:<br />representando o Bem e o Mal, ou seja, as qualidade e os defeitos do ser humano<br />vitória do Bem sobre o Mal<br />Caracterização indirecta das personagens<br />é sobretudo pelas ações que as personagens revelam o seu caráter<br />Caracterização estereotipada das personagens<br />princesas sempre bonitas, bruxas sempre más, príncipes sempre fortes e corajosos, madrastas sempre malvadas, …<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />4<br />Personagens<br />
  5. 5. Indefinidos e indeterminados<br />“Era uma vez…” / “Há muitos, muitos anos…”/ ou outra expressão equivalente, remete-nos para um passado longínquo, mas sem especificar<br />também não podemos determinar com exatidão quanto tempo dura a ação<br />a acão localiza-se num reino, num palácio, numa floresta, num deserto, mas sem referir exatamente onde<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />5<br />O Espaço e o Tempo<br />
  6. 6. Nos contos tradicionais encontramos com frequência referencias comuns:<br />o número três – perfeição<br />a rosa – amor, pureza e perfeição<br />o beijo – renascimento<br />a juventude da heroína – pureza e inocência<br />os desafios propostos ao herói – amadurecimento e passagem para a vida adulta<br />(…)<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />6<br />Simbologia<br />
  7. 7. Entreter<br />numa época sem livros de fácil acesso, tecnologia ou vias de comunicação rápidas e eficazes, preenchia-se o tempo livre contando histórias<br />Ensinar modelos de comportamento<br />não devemos praticar o Mal, mas sim o Bem<br />Transmitir valores<br />humildade, pureza, coragem, lealdade, …<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />7<br />Funções<br />
  8. 8. Simples<br />para que todos a compreendessem<br />Oralizada<br />com expressões próprias da linguagem oral<br />“arrumadeira e limposa”<br />“apontear a roupa”<br />“vocemecê”<br />“de sorte que…”<br />“a boca da noite”<br />(...)<br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />8<br />Linguagem<br />
  9. 9. Consulta os sítios<br />http://contosencantar.blogspot.com/search/label/Conto%20Tradicional%20Portugu%C3%Aas<br />http://contosencantar.blogspot.com/search/label/Charles%20Perrault<br />http://contosencantar.blogspot.com/search/label/Irm%C3%A3os%20Grimm<br />Escolhe um dos contos tradicionais<br />Elabora um esquema equivalente ao do diapositivo seguinte, tendo por base o conto que escolheste<br />Envia-o para o e-mail da turma até dia 9 de Outubro <br />Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />9<br />Trabalho de pesquisa<br />
  10. 10. Literatura Oral e Tradicional - Conto Popular - Professora Vanda Barreto<br />10<br />Esquema para análise do conto<br />

×