Folhetim do Estudante Núm. XV

296 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
296
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
2
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Folhetim do Estudante Núm. XV

  1. 1. Folhetimdo estudanteNúm. XV2ª quinzena - Dezembro/2012 incitando a seus colegas a não animado por computador, Dirigido produzirem tarefas, pois serão por Carlos Saldanha, fontes para a aprovados de qualquer maneira, quer reflexão e produção de um trabalho Folhetim do estudante é uma produzam conhecimento ou não de conclusão semestral (TCS), publicação de cunho cultural e produzam. E isso gera um experiência única em elaboração de educacional com artigos e textos descompromisso e auto-abandono conhecimento autônomo por parte exclusivos de Professores, alunos que esses alunos chegam a dos alunos. Ela surpreendeu-me e membros da comunidade da comparecer a escola quando desejam mesmo ao elaborar uma critica em “E.E. Miguel Maluhy”. indiferentes ao ensino que a escola forma de versos de uma crônica propõe. sobre a violência brutal que a cidade Acesse o BLOG do folhetim http://folhetimdoestudante.blogspot.com.br O surpreendente é que os enfrenta a partir de uma crônica do alunos com habilidades poeta Sergio Vaz, da COOPERIFA, Sugestões e textos para: desenvolvidas permanecem gentis, denominada PAZ NA PERIFERIA. vogvirtual@gmail.com educados embora incomodados com Pois esta moça elaborou sua um ensino sem vinculo com a análise, demonstrou sua competência realidade e na maioria das vezes sem mental, ao elaborar sua tarefa,FELIZ NATAL sentido. Ainda assim, pressionados pela escola e pela família, são escrevendo em português e em árabe. Escreveu sim, com seus obedientes e cumpridores de seus conhecimentos atingidos no curso de CONHECIMENTO E deveres, ainda que não percebam a árabe, do intercâmbio internacional, AUTONOMIA lógica do funcionamento de tudo. que esta escola mantém com aUm exemplo a ser seguido! A partir disso aproveito para BIBLIASPA, instituição que mantém estabelecer uma distinção para uma o PLCA – Programa de Língua e Um aluno com qualidade aluna altamente qualificada, Cultura Árabe com apoio dasempre é desejável por qualquer capacitada e comprometida que Fundação QATAR (QFI – Qatarprofessor, ainda mais quando esse encontrei nas turmas da tarde na E. Foundation International).vive em um ambiente pouco E. Comendador Miguel Maluhy. A felicidade pedagógica queestimulante a descobertas e Uma aluna frequente, disciplinada, esta moça proporcionou-me não temautonomia. A rotina em uma escola comprometida, estudiosa, cumpri- limites. Declaro que sua realização ese torna desmotivadora para um dora de todas as tarefas, mesmo as compromisso com o conhecimentoaluno que tem suas competências e mais irracionais, ansiosa para que as deve proporcionar um futurohabilidades desenvolvidas, encontra mesmas sejam feitas com qualidade e brilhante como estudante, sendomuito pouco desafio para fazer o uso apresentação, que não tendo sido certo seu acesso a universidade pordas mesmas. Constato isso ao estimulada a realizar leituras, ainda méritos próprios, tendo aberto para siobservar diversos alunos que mesmo as faça com alguma discrição. Sendo mesma um caminho para suaem condições qualificadas de desafiada a fazer uso dessas trajetória internacional. Para isso,aprendizagem, são desestimulados e competências e habilidades, encon- basta que continue sendo o queacabam se tornando indiferentes, trou dificuldades de elaboração em sempre foi: uma aluna exemplar. Porquando atingem as séries finais, pois tarefas que exigiriam dela não mais a esse motivo, divulgo seu nome aele permaneceu inserido em um cópia de tarefas, mas uma reflexão a todos que acreditam noprocesso de mesmice onde ainda que partir de sua própria elaboração conhecimento como fonte para asejam capazes de produzir reflexões mental, usando para isso elementos liberdade e autonomia humana,e análises, desenvolvem uma do conhecimento como a TALITA DE NOVAISindiferença e um acentuado comparação, a dedução, a análise e a CAVELHO, aluna da 8ª E, períodoabandono mental em relação a tudo o crítica. vespertino da E. E. COM. MIGUELque a escola realiza. Em dois momentos MALUHY, uma aluna que a escola Considerando que esses experimentei neste semestre sua pública deve se orgulhar.alunos que não foram provocados elaboração em ação, sua leitura doacabem se agrupando com aqueles livro A CARTA DA FELICIDADEque por não terem desenvolvidos as de Epicuro, para que elaborasse suamesmas habilidades, passam a agir análise comparativa com o filme Rio, que é um filme norte-americano 3D Prof. Rubens Aparecido.com descompromisso e sonolência, 1
  2. 2. folhetim do estudante dezembro/2012 principais veículos de comunicação As perguntas ficaram debate do mundo e em toda a mídia concentradas nas questões políticas alternativa preocupada com a paz na e econômicas, porém o palestrante faixa de Gaza. ficou sensibilizado com uma questão que procurava entender como as crianças palestinas conseguem conviver com essa situação de violência e de confinamento, além do fato de terem que desenvolver a sua identidade tendo a escola como possibilidade formadora, entretanto essa escola muitas vezes uma representação da Ao se referir sobre o violência em função dos conflitos, processo de dominação de Israel das leis severas que não permitem a naquela região, QAIS utilizou um circulação das pessoas sem o visto A QUESTÃO conceito que remeteu ao regime do ou autorização dos postos de PALESTINA APARTHEID, forma de segregação controle israelenses. política e racial praticada durante Em comunicação feita décadas na África do Sul, que estárecentemente em São Paulo o sendo exercitado pelas forçasPalestino QAIS AL – Hinti militares israelenses na região deapresentou uma visão ampla sobre Gaza. Além disso, foramos problemas da Palestina além de apresentadas imagens queaprofundar temas como Cultura e demonstram o cenário de destruição,Identidade para uma plateia de uma terra muito rica, ocasionadacomposta por pesquisadores, por essas ações de Israel queprofessores e estudantes impedem o povo palestino de A violência é a marcauniversitários além dos alunos do retomarem o que de fato lhes registrada nesse processo deMiguel Maluhy. pertence. formação. Violência em todos os A Cultura Palestina foi sentidos, mas, principalmente destacada em toda a sua riqueza com naquele que aponta a inexistência da a apresentação de ritmos, danças liberdade para o povo da Palestina. folclóricas e peças de vestuário que apontam para as tradições de um povo que luta para, ainda hoje, ser reconhecido como um estado independente. As roupas foram mostradas em detalhes que na sua As questões abordadas nesse concepção procuram retratar asencontro suscitaram discussões riquezas culturais da Palestina comoprofundas e levaram a o verde, a água e as oliveiras.questionamentos sobre o papel da Salaam AleikumONU – Organização das Nações As-Salamu AlaikumUnidas no processo de ‫ع ل ي كم ال س الم‬fortalecimento de uma política deconfinamento exercida por Israelsobre o povo da Palestina. Com dados recentes sobre a Prof. Valter Gomesregião, QAIS conseguiu mostrar um Para maiores informações acessempanorama significativo sobre os www.palestinesunbird.com ou entrem emprincipais problemas que colocam a contato via twiter @Qais_Al_Hinti ou emailquestão palestina na pauta dos qais.alhinti@gmail.com 2
  3. 3. folhetim do estudante dezembro/2012 sapo do patrão para manter um VARIEDADES O resultado foi percebido no empenho, dedicação e soluções emprego não importando o quão humilhante seja, cada misero centavo dos alunos para a execução da é importante. Enquanto for produtivo mostra cultural em pleno sábado será útil, enquanto for o pilar que na escola, onde os profissionais de mantém a casa e a engrenagem da educação, também empenhados na empresa, mas se já não for capaz de formação de seus alunos, tiveram a cumprir seus deveres se torna tão útil oportunidade de vivenciar o quanto uma barata que anda pelas excelente trabalho apresentado. paredes de um quarto fechado. Eis uma verdade, seus minutos já não pertencem a você. MOSTRA CULTURAL Vejo homens como JoaquimENSINO FUNDAMENTAL Soares da Cunha, homens que fazem de suas vidas inteiras uma Ocorreu no dia 10/11/2012 perspectiva que agrade a quem veja,a mostra cultural dos trabalhos apenas para manter uma imagemdesenvolvidos pelos alunos do perante a sociedade, manter umaensino fundamental II de 5ª a 8ª imagem perante a família, mesmo quesérie. seus empregos sejam degradantes e já Parabéns a todos os envolvidos, não exista nenhuma felicidade emOs projetos trabalhados tinham direta e indiretamente. cada dia-a-dia. Suas esperançascomo temas: Sustentabilidade, futuras são assistir o jornal no finalBullying e Sexualidade. Professoras e Professores do do dia e o jogo no final de semana, e Ensino Fundamental II a rotina permanece. Cadê a humanidade do homem? Cadê RESENHA o tempo que o pai tem para passar com seus filhos e esposa ? O dinheiro compra quase tudo, mas se Sleepwalking ninguém der valor é apenas um pedaço de papel, não que eu não ache Eis a sociedade como algo necessário no mundo, é apenas realmente é,uma máquina de criar superestimado. Vidas jogadas foras, máquinas com o intuito de produzir e vidas vendidas, vidas alugadas, a comprar , sem tempo para vida,sem cada canto do mundo existem esses Os alunos que se tempo para nada , e já não se vê mais tipos de vida, mas faltam vidas um sorriso verdadeiro nos rostos , realmente vividas, pois existir é umaenvolveram nesses projetos apenas olheiras de cansaço coisa, viver é outra questão...tiveram a oportunidade de ampliar camufladas por uma quantidadeseus conhecimentos através da "Chega o momento em que tu encara o brutal de maquiagem, e o relógio noreflexão, criação de composições pulso é apenas o revolver engatilhado espelho e não consegue mais se ver. Cadê tua alma? Cadê tua fé guerreiro? Cadê teusvisuais e conscientização da em suas cabeças,a cada tic-tac é mais princípios, teu sentimento verdadeiro. Cadêimportância dos temas abordados, um click-clack-boom, se vai o a mulher, cadê o amor, cadê? Qual foi? humano racional e vem o homem Cadê os parceiros? Vagabundo ta topando com um senso comum . A gravata no tudo por dinheiro.” Mc Marechal seu pescoço é a forca que você amarra a cada manhã, e o chicote do patrão estrala se a gravata não der conta de sufocar sua inspiração. Romário Teixeira – 2ºF Eu cresci vendo os pais de Análise crítica comparativa entre a obra família sendo apenas um Gregor de Franz Kafka ”A Metamorfose” e a Samsa, homens obrigados a renegar a obra de Jorge Amado “A Morte e a própria vida apenas para carregar morte de Quincas Berro D´água” financeiramente todas as despesas de especial para o Folhetim do Estudante. casa, pisando em ovos e engolindo 3
  4. 4. folhetim do estudante dezembro/2012 ESPECIAL AGENDA Encerramento do ano letivo 21/12/2012 DICASTalita de Novais - 8ª E UM FELIZ NATAL E QUE O PRÒXIMO ANO SEJA HUMOR PROMISSOR EM TODOS OS SENTIDOS PARA TODA A HUMANIDADE. O FOLHETIM DO ESTUDANTE SE DESPEDE DESSE ANO DE 2012. ESPERAMOS QUE NO PRÓXIMO ANO POSSAMOS CONTINUAR ESTIMULANDO A TODOS DA COMUNIDADE ESCOLAR EM PARTICIPAR DESSE PROCESSO DE APROFUNDAMENTO CRÍTICO E POSICIONAMENTO EM RELAÇÃO A TODAS AS QUESTÕES QUE FAÇAM PARTE DE NOSSO COTIDIANO, COMO CIDADÃOS ATUANTES NA REALIDADE QUE NOS CERCA E CONSCIENTES DE NOSSO PAPEL COMO AGENTES TRANSFORMADORES DA NOSSA Chargista: Vinícius Souza – 3ºG HISTÓRIA. UM PROMISSOR 2013. 4

×